História A loucura move tudo -kim taehyung (v) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 30
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capitulooo!

Capítulo 13 - Por que não me ligou?


Fanfic / Fanfiction A loucura move tudo -kim taehyung (v) - Capítulo 13 - Por que não me ligou?

Brenda O.N

Fiquei completamente imóvel, não sabia oque dizer, só fiquei o encarando.

Jk: Ela é sua irmã?- Ele pergunta pra Bruna.

BN: É sim.- Continuei imóvel, ele estava ali, na minha frente mais perto ainda.

B: Érr... obri- obrigada.- Tentei disfarçar meu nervosismo mais não deu certo.

Jk: Não precisa agradecer, só tome mais cuidado da proxima vez.- Assenti.

B: Érr... a gente tem que ir, vamos Bruna?- Peguei em seus ombros ameaçando sair dali, mais ele pega em meu ombro me fazendo olhar pro mesmo.

Jk: E-eu levo vo-vocês...- Suas bochechas ficaram vemelhinhas me fazendo sorrir.

B: Não precisa, nós vamos andando mesmo.- Dei um sorriso.

BN: Unnie eu estou com preguiça de andar até em casa.- Abaixo a cabeça para encara-la.

Jk: Esta vendo? Eu posso levar vocês.- Ele ficou insistindo e eu acabei cedendo.

B: Tá bom!- Ele sorri e nos leva até o carro.

S/N O.N

Começei a sentir fome mais não tinha nada de bom em casa, então fui até o mercado comprar ingredientes pra fazer brigadeiro de panela. Já tinha pegado tudo, praticamente as compras do mês, só faltava o chocolate em pó.

S/N: Aish, por que eles colocam isso tão alto?!- Pulei pra tentar pegar oque eu queria, já estava quase desistindo quando alguém pega o chocolate em pó e estende pra mim.

S/N: Oh... obrigada.- Virei pra pessoa me deparando com ninguém, ninguém menos que Kim Taehyung, eu gelei na hora.

T: Oh... é você!- Sorriu quadrado, eu não sabia oque falar, estava nervossa.

T: Por que não me ligou?- Ele me encara sério.

S/N: P-porque você é muito ocupado, não queria encomodar.- Desviei o olhar pra lata de chocolate em pó.

T: Se eu te dei meu número é porque eu queria ser encomodado por você.- Arregalei os olhos e o encarei.

T: Está ocupada agora?- Neguei com a cabeça.

T: Podemos dar uma volta?- Eu queria muito, mais também não queria sair com ele cheia de sacolas nas mãos.

S/N: E-eu adoraria mas... tenho que guardar essas compras.- Apontei pro carrinho.

T: Eu posso te levar pra casa?- Ai meu Deus, que neném.

S/N: Não precisa se encomodar, eu pego um táxi.

T: Eu insisto!- Ele fez uma carinha fofa e eu acabei aceitando, fomos pro caixa e ele insistiu em pagar, mais eu não deixei, estendi o dinheiro pra moça mais ele abaixa minha mão e paga com o dinheiro dele.

T: Obrigada.- Ele agradeçe a mulher enquanto pega o troco.

S/N: Aish! Eu disse que não precisava!- Ele fingi que não ouviu e pega as sacolas saindo do mercado e eu vou logo atrás. Ele coloca as compras no porta-malas. Entramos no carro e eu digo onde eu moro e ele segue pra lá.

Brenda O.N

Ele estaciona o carro em frente a casa.

Jk: É aqui?- Ele diz olhando pra janela.

B: Aham, quer entrar?- Perguntei por educação... mentira, queria ficar com ele por mais alguns minutinhos.

Jk: ... ta bom...- Dei um sorriso de lado e quando virei o rosto abri um maior. Descemos do carro e ele abre a porta pra Bruna descer. Entramos em casa e Bruna corre pro sofá.

B: Hey, psiu!- Ela me encara confusa.

B: Banho!- Ela bufa alto e vai em direção a escada.

BN: Já volto!- Ela sobe pro quarto.

B: Fica avontade, aceita alguma coisa?- Ele nega com a cabeça e um sorriso no rosto.

Jk: Casa bonita, mora com seus pais?

B: Aham.- Sorri de lado.

Jk: Desculpa mais... quantos anos você tem?- Por um segundo tinha esquecido minha idade.

B: ... 17...- Ele sorri.

Jk: Tem certeza?- Assenti.

B: Por que?- Encarei ele confusa.

Jk: Demorou um pouco pra responder.- Ele continua sorrindo.

B: Érr... é que eu tenho quase 18.- Ele abre a boca e assente com a cabeça. Me sentei no sofá e pedi pra ele fazer o mesmo, e assim ele fez.

B: Tem ensaio hoje?- Ele negou com a cabeça.

Jk: Tenho o dia inteiro livre.- Ele sorri.

B: Deve ser bem cansativo não é?- Ele entorta os lábios.

Jk: Um pouco, mais a gente se diverte bastante, e além do mas estamos realizando nossos sonhos.- Sorri com o que o mesmo disse.

B: Que bom. Para nós armys é muito bom ver vocês felizes e realizando seus sonhos.- Ele sorri.

Jk: É bom saber que gostam de nosso trabalho, nos esforçamos muito pra isso.- Dei um sorriso e ele retribui.

S/N O.N

S/N: É aqui ó...- Apontei pra casa e ele estacionou em frente a mesma.

T: Eu te ajudo a levar as coisas pra dentro.- Assenti, queria ficar mais tempo com ele. Entramos em casa com as sacolas em mãos e vamos pra cozinha colocando tudo sobre o balcão.

S/N: Obrigada.- Ele sorri de lado.

T: Não precisa agradecer. Quer ajuda pra arrumar as coisas no armário.

S/N: Não! Não precisa, você ja me ajudou demais e se se atrassar pro ensaio a culpa vai ser minha, e não quero que leve uma bronca.- Ele sorri.

T: Obrigada pela preocupação mas... hoje não tem ensaio, então... eu posso te ajudar sem me preocupar com o horário.- Dei um sorriso e assenti.

S/N: Tá bom.- Continuei sorrindo.


Notas Finais


Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...