História A loucura move tudo -kim taehyung (v) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 27
Palavras 1.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu tô SHIPPANDO!

Capítulo 16 - Shopping


Fanfic / Fanfiction A loucura move tudo -kim taehyung (v) - Capítulo 16 - Shopping

S/N O.N

Acordei uma hora tarde por ter ido dormir tarde na noite passada, não me preocupei já que era sábado. Levantei fiz minhas higienes e fui almoçar, estava sozinha, minha mãe já tinha ido trabalhar. Meu celular vibra avisando que tinham mandado mensagem, pego o mesmo e visualizo.

Mensagem O.N

T: Oi S/N, sobre a ida ao shopping, quer que eu busque vocês?- MEU DEUS! EU ESQUECI!

S/N: Não precisa, provavelmente vamos com a Brenda.

T: Então tá bom, até mais tarde.

S/N: Até!

Mensagem O.F.F

EU ESQUECI COMPLETAMENTE DO PASSEIO! EU NÃO ESCOLHI ROUPA NEM NADA. NÃO FIZ UNHA, NÃO PENSEI EM UMA MAKE! MEU DEUS ME AJUDA!

BRENDA O.N

Já tinha separado tudo, roupa, tênis, e já sabia que make iria ussar. Na noite passada avisei pra Gabi sobre o passeio e ela aceitou na hora. Aproveitei que ainda era cedo e fui na casa da S/N, fui de skate mesmo. Bati na porta e ela abriu logo me puxando pra dentro e me levando pro quarto, assim que entramos ela me joga na cama.

B: QUE AGRASSIVIDADE É ESSA MEU AMÔ?!- Me sentei já que tina caido deitada.

S/N: ME AJUDA PELO AMOR DE  DEUS!- Ela pega em meus ombros e me sacode.

B: ME SOLTA!- Ela faz o que eu mando, odeio quando falam pegando em mim, isso irrita.

B: Ajudar em que?- Arrumei o cabelo que estava jogado em meu rosto.

S/N: A escolher uma roupa!- Ela senta ao meu lado.

B: Você não pintou as unhas não?- Ela diz que não com a cabeça.

B: Eu pintei as minhas ontem, você não fez nada?!

S/N: Não, eu tinha me esquecido!- Revirei os olhos.

B: Tá! Eu ajudo!- Ela sorri. Levantei em fui até seu guarda-roupa, passei meia hora procurando alguma roupa que ela gostasse, mais sempre que eu escolhia uma ela falava que não gostava, eu já estava perdendo a paciência, isso é uma coisa que não dura comigo.

B: Vê essa!- Ela observa e assente.

S/N: Gostei!- Agradeçi a Deus mentalmente. Passei duas horas pintando a unha dela porque ela sempre borrava.

B: Pronto!- Sorri. Ela olha pras unhas sorrindo e acabou borrando quando fechou a mão.

B: Eu vou fingir que isso não aconteceu...- Fechei os olhos enquanto falava.

S/N: Desculpa!- Respiro fundo e apago a unha borrada e pinto novamente.

B: Deixa a mão parada!- Ela assente e eu guardo as coisas. Alguns minutos depois as unhas delas estavam totalmente secas, deitamos na cama e ficamos vendo alguns videos de maquiagem no celular, eu não sou muito de me maquiar, só me maqueio quando saio.

B: Vai fazer essa?- Ela assente.

B: Tô com fome! Vou comer alguma coisa!- Levantei e desci até a cozinha. Olhei no relógio da parede e já eram 15:00 da tarde, arregalei os olhos e peguei uma maça, corri pro quarto e me despedi de S/A. Peguei meu skate e voltei pra casa pra me arrumar. Chegando lá percebi que estava sozinha, me lembrei que meus pais iriam sair com a Bruna e voltariam tarde. Subi pro quarto tomei banho, arrumei meu cabelo, coloquei a roupa e fiz a make. Demorei uma hora fazendo a maquiagem, ta ai o motivo de eu não usar sempre. Já eram quase 17:00 horas, peguei as chaves e fui pro carro, busquei primeiro Gabi e depois S/N.

Tae O.N

Chegamos no shopping cada um com seu carro e esperamos elas na frente do shopping.

Sg: Elas vão demorar demais?- Ele cruza os braços.

Jm: Normalmente as mulheres demoram mais pra se arrumar.- Falou concentrado na tela do celular. Achamos que elas iriam de morar, mais cinco minutos depois vemos elas descendo de um carro branco.

T: Chegaram.- Abri um sorriso.

Jm: WOW! Elas estão lindas!- Sorriu.

S/N/B/Mg: Oi!- Sorriram timidamente.

Todos: Oi!- Sorrimos.

T: Estão muito lindas!- Percebi as mesmas corarem.

Jk: Eu concordo!- Ele sorri olhando pra Brenda.

Sg: Vamos entrar?- Assentimos e entramos. Elas eram bem engraçadas, animadas, e extrovertidas, todos nós nos demos muito bem.

T: Que tal um cinema?- Passei o braço em volta do pescoço de S/N por impulso.

Jm: Boa ideia!- Ele estava com o braço em volta do pescoço de Gabi e ela com o braço em volta de sua cintura.

Sg: Então vamos logo!- Ele acelera mais o passo.

Jh: Doido pra domir lá dentro!- Ele da um tapa na cabeça do mesmo fazendo os demais rirem.

S/N O.N

AAAAAAAAAAAAAA EU TÔ DO LADO DO BANGTAN INTEIRO, A MINHA VONTADE E DE DAR UM BEIJO EM CADA UM E SAI CORRENDO GRITANDO QUE EU SOU A PESSOA MAIS SORTUDA DO MUNDO, mais não, eu estou aqui fingindo ser a pessoa mais normal do mundo. Compramos pipoca e refri e entramos na sala de cinema, iamos ver um filme de terror, sentei ao lado do Tae, Brenda ao lado do kook, e Gabi ao lado de Jimin! Alguns minutos depois o filme começa.

Na metade do filme eu já tava me cagando, era muito assustador e nojento ao mesmo tempo, eu e as meninas sempre assistimos de filme de terror juntas, mesmo ficando com medo depois.

Brenda O.N

O filme era muito nojento, e eu estava ficando com medo. O jungkook se assustava mais quase não gritava, e o que me irritava é que ele ria quando eu me assustava.

B: AAAAAA!- Agarrei seu braço e escondi meu rosto atrás do mesmo escutando ele rir.

Jk: Já passou pode olhar.- Olho pra tela e levo outro susto.

B: VOCÊ...- Lembrei que estava em um cinema.

B: Você disse que tinha passado!- Falei mais baixo.

Jk: Desculpa, eu não resisti.- Ele diz rindo baixo e eu bufo cruzando os braços.

Gabi O.N

Levei um susto e agarrei Jimin deixando nossos rostos em uma aproximação arriscada. Ele desce o olhar para meus lábios e eu desço o meu para seus lábios carnudos, selo nossos lábios e ele pede passagem com a lingua e eu cedo. Sua boca tinha gosto de uva, e seus lábios eram tão macios quanto uma nuvem, seu beijo era tão bom, até beijando essa criatura é fofa. Nos separamos por falta de ar e senti minhas bochechas esquentarem e as deles ficaram vermelhas, ele pega em minha mão e enlaça nossos dedos, dou um sorriso e volto a ver o filme.

S/N O.N

O filme finalmente acaba e saimos da sala.

B: Nunca mais... assisto filme de terror! - Rimos do que ela disse.

Mg: Tô com fome.- Falou com cara de tédio.

B: Também tô! Mais eu tô mais apertada!- Ela sai correndo pro banheiro.

Mg: Que errado.- Começei a rir.

Jm: Como assim?- Ele pergunta inôcentemente.

Jk: Você é muito inocente as vezes.- Ele diz rindo.

Ela volta depois de alguns minutos e decidimos ir no Mcdonald's. Pedimos nossos lanches e sentamos em uma mesa. Estavamos nos divertindo muito, pegamos o número deles, rimos das piadas sem graça do Jin. Sim, nós somos os tipos de pessoas que riem de coisas sem graça.

S/N: Que horas são?- Perguntei pra Brenda.

B: A mesma de ontem.- Todos começaram a rir menos eu.

S/N: Não tô vendo graça.- Falei com cara e voz de tédio.

B: Problema seu!- Acho que por isso que ela e o Suga se deram bem, é cada patada.

S/N: Aish!- Fiz biquinho e cruzei os braços.

T: São... 19:30.- Ele sorri de lado.

S/N: Obrigada!- Sorri. Olhei pras mãos de Gabi e ela estava de mãos dadas com o Jimin, chutei a perna da Brenda de leve e fiz sinal com a cabeça pra ela olhar pra Gabi. Nos encaramos e sorrimos maliciosamente.

B: Melhor a gente ir.- Ela diz enquanto brinca com o guardanapo.

Jk: Já?! Amanhã é domingo!- Ele olha pra ela de um jeito fofo e ela olha pra ele do mesmo jeito.

B: Eu tô cansada!- Ela deita a cabeça na mesa.

Jk: Fica mais um pouco? Por favor?- Ele faz um biquinho e deita a cabeça na mesa. AAAAAAAAA QUE FOFOS!

B: Tá bom!- Ela sorri e ele retribui. Já tô shippando BRENKOOK meninas! Levantamos e ficamos andando pelo shopping.

Brenda O.N

Ai meu Deus, Eu tô mais apaixonada ainda pelo menino Jungkook! Ele é tão fofo, e sempre que diz algo fofo cora, e o cheiro dele? Alguém me ajuda!

Jk: Você tem namorado?- Ele cora.

B: Não.- Sorri.

B: Por que?- Continuei sorrindo.

Jk: Nada...- Ele coça a nuca.

B: Você já namorou?- Ele assente.

B: E... ela era... bonita?- Ele sorri e assente.

Jk: Sim! Bastante, mais... a gente não saia muito, eu era muito timido na época.- Abri a boca e balançei a cabeça possitivamente.

Jk: Por que?

B: Nada...- Escutei ele rir. Passamos em algumas lojas e em uma delas Jungkook comprou um ursinho de pelúcia pra mim, era um daqueles amarelinhos da Coréia, super fofos! E Tae comprou um de unicórnio pra S/N. O jimin comprou um de panda pra Gabi, pense em uma menina pra gostar de panda! Saimos do shopping indo em direção ao estacionamento.

S/N: Muito obrigada por esse dia!- Sorriu.

B: Verdade, a gente se divertiu muito!- Apertei um pouco o urso.

Mg: E obrigada pelas pelúcias, a gente adorou!- Ela aperta o urso.

T: Não precisam agradeçer!- Sorriu.

Jk: Verdade, e a gente também se divertiu muito!

Jm: Sim, vocês são muito engraçadas!- Riu.

B: Obrigada!- Nos despedimos de todos com um abraço e vamos pro carro e eles vão pro carro deles.

B: Isso tudo foi real?- Fiquei olhando pra frente.

S/N: Acho que não!- Sorriu.

Mg: Eles são tão fofos!- Sorriu.

Liguei o carro e deixei elas em casa, logo indo pra minha.

 


Notas Finais


E ai? Estão shippando BrenKook?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...