História ♧A Lua dos Condenados ♧ - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags A Lua Dos Condenados
Exibições 3
Palavras 467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Nyaaaah, essa é minha primeira história original, espero que gostem niggas!

Niggas: caras ou cara em inglês, rsrs

Capítulo 1 - ◆ In umbra Luna est ◆


Fanfic / Fanfiction ♧A Lua dos Condenados ♧ - Capítulo 1 - ◆ In umbra Luna est ◆

Oh sussurrados da noite, limpem minhas lágrimas e carreguem minha dor em bondade. 

Não senti o momento do impacto do carro com a árvore. Eu só vi quando estava cara a cara com o ser envolto de um capuz negro com uma foice nas costas, a lua nos iluminava, ela afastava a escuridão e os protegia da mesma, criando um tipo de redoma de luz prateada contra a umbra faminta por minha alma humana. 

Olhei nos olhos da morte e vi que o mesmo me encarava já com a foice em mãos. Mas... ele hesitava?

"- Faça. -" Ordenei, não sentia a dor que devia estar sentindo, apesar do sangue que manchava a grama, meus cabelos dourados e meu vestido branco.

"- Eu... -" Sussurrou a morte, hesitante.

"- FAÇA! -" Gritei em desespero. Eu queria que aquilo acabasse de uma vez. Eu vi tudo o que amo morrendo, tudo o que eu mais amava foi tirado de mim. Senti as lágrimas se formarem em meus olhos.

"- EU NÃO CONSIGO! -" Gritou, soltando a foice que caiu no chão.

Foi quando fechei meus olhos, tentando afastar as lágrimas, que senti braços de envolverem. Uma nuvem petulante cobriu a nuvem e sua glória, as asas da morte se abriram e a dor chegou até mim e a única coisa que me lembro é de ver os olhos azuis cintilantes da morte no escuro. 

~◆~

Merda. Como? Por que? Quando eu olhei nos olhos daquela garota que agora devia estar morta, vi apenas desespero, tristeza e doçura. Um vazio enorme estava em seu peito e uma estranha vontade de preencher esse vazio se apoderou de mim. Merda. Isso não devia acontecer, isso não pode acontecer! 

Quando vi as lágrimas brilharem nos olhos amadeirados, um desespero enorme surgiu dentro de mim, doeu tanto que chegou a me deixar sem ar. A peguei no colo, quando a luz da lua começou a sumir, não iria deixar nenhuma sombra nojenta se apoderar dela, da minha humana, a minha Mackena. Olhei para a foice no chão.

"- Lya, volte. -" Ordenei e uma luz pálida rodeou minha foice, que se transformou em uma bela, porém arrogante, garota de longos cabelos acinzentados, pele bronzeada, olhos verdes e dona de uma corpo curvilíneo que tira o fôlego de muitos seres. "- Sem perguntas, Rosálya. -"

"- Sem perguntas o cacete! Você recebeu a ordem de matar essa garota, você sabe que serás punido, não é, Kyle? -" Sua voz sensual soou raivosa.

"- Calada. -" Fui curto e grosso.

Olhei para o céu e vi a Lua. Tão gloriosa em sua luz prateada. A acho bem melhor que o Sol, já que sua luz queima e cega, enquanto a Lua acaricia nossos corpos pecaminosos em um carinho frio e aconchegante.

"- Nas sombras a Lua está. -" Sussurrei para os ventos furiosos com minha escolha.


Notas Finais


E aí, gostaram? Rss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...