História A Luxury Girl - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cheryl Cole, One Direction
Personagens Cheryl Cole, Liam Payne, Personagens Originais
Tags Charlotte, Cheryl, Liam
Exibições 6
Palavras 1.141
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!

Capítulo 8 - Capítulo 8


Liam entrou na rua e viu a certa agitação em frente a boate, coisa que de fato não era comum, já que quem ia até lá ficava todo o tempo dentro do estabelecimento. Estacionou o carro do outro lado da rua e caminhou até a portaria, onde foi barrado por um dos seguranças, que nem tinha se dado conta que existiam por ali.

- Espere aí.

- Qual o problema? - ele disse, sem entender.

- Nome.

- Liam Payne.

Ele parou para olhar algo em sua prancheta, dirigindo-o em seguida para Liam novamente.

- Não pode entrar, não está na lista.

- O que? - riu debochado - Que lista, amigo? Desde quando precisa estar na lista pra entrar?

- Primeiro, não sou seu amigo. Segundo, há uma lista de convidados porque, terceiro, há uma festa particular acontecendo aqui hoje. - o homem era um pouco rude em seus tratos, mas Liam não parou de encará-lo nenhuma vez.

Assentiu, meio insatisfeito, e saiu, voltando para o seu carro. Sentou e apoiou as mãos no volante, batendo freneticamente com os dedos. Depois de algum tempo, decidiu que esperaria ali mesmo.

* * *

- Para com isso!

Charlotte ria enquanto dançava com Ryan. A música penetrava em seus ouvidos e ela sentia as mãos de seu amigo passarem pelo seu corpo.

- O que que você tá fazendo, Ryan?

- Aproveitando. - riu cafageste e ela deu-lhe um tapa de leve em seu ombro. - Posso te falar uma coisa?

- Claro.

- Eu adoraria ficar com você hoje. - sussurrou em seu ouvido. - Ter você só pra mim.

Ela se desviou quando ele tentou mordiscar seu pescoço, mas sem muito sucesso, já que, em seguida, ele a segurou e conseguiu seu feito, tirando um gemido baixo e um sorriso sem vergonha da morena.

- Vem cá.

Ele a puxou pela mão, indo até um quartinho perto do bar. Com um certo cuidado, ele abriu um dos armários onde pegou um dos cartões com uma chave, dos cômodos mais simples. Subiram as escadas, indo até o final do corredor.

- Ryan...

- Shii. Só entra, amor. - ele a interrompeu, acariciando seu rosto.

Eles entraram e Ryan fechou a porta, trancando-a. Charlotte deitou na cama de solteiro e viu o amigo se aproximar lentamente, subindo em cima dela, apoiando o peso do corpo nos braços e joelhos. Ela fechou os olhos ao sentir Ryan roçando s ponta do nariz em seu rosto e pescoço.

- Droga, Lottie. Esperei tanto por isso.

Ela o envolveu com os braços e deu um sorriso cafajeste.

- Então não espere mais.

Ryan ficou observando os traços de Charlotte por um momento e, como com um impulso, tomou seus lábios em um beijo sedutor, transformando-o em puxões no cabelo e arranhões, apertões e mordidas pelo corpo.

- Oh, Ryan. - gemeu.

Eles estavam se perdendo naquilo, e quanto mais faziam, mais queriam seguir. Mordeu o lábio inferior e seguiu conforme a música, agarrando-o e fazendo o que fazia tão bem.

I'm a pleaser
(Eu sou um prazer)

* * *

Liam estava no carro parado havia pouco mais de duas horas. Já tinha comprado umas bebidas e alguns petiscos na loja de conveniência perto do beco e estava ouvindo umas músicas no rádio do carro.

Cheryl havia ligado diversas vezes, e mandado algumas mensagens. O celular estava cheio de chamadas perdidas de Tom, pessoas da agência e de sua mãe, bem como recados na caixa postal. A vontade de ligar para Cheryl era imensa, mas ele não queria fazer aquilo. Talvez fosse até esse o motivo de ainda estar parado na frente da boate. Quem ele estava tentando enganar? Sentia falta da noiva, sim. Liam suspirou, sacudindo a cabeça em negação e arrancou com o carro.

* * *

Charlotte e Ryan saíram e se encontraram com os outros na pista de dança como se nada houvesse acontecido. Ninguém parecia ter percebido a ausência coincidente dos dois, e se perceberam, agiram normalmente. Quando estava perto das quatro da manhã, ela já se sentia exausta. Andou até poucos metros de uma mesa mais no canto, onde Vany estava com umas outras pessoas. Acenou para que a amiga se aproximasse.

- E aí?

- Vany, você vai agora?

- Ah, não sei. Você quer ir agora? - ela olhou em volta.

Lottie assentiu e Vany fez sinal para que ela esperasse. Ela pegou sua bolsa de mão que estava na cadeira que ocupava há pouco e se despediu de todos com beijos e abraços.

- Vamos. - elas saíram por entre a multidão.

Elas caminhavam em silêncio pela rua. Seus sapatos de salto já não estavam mais em seus pés e parecia que as duas tinham algo para falar.

- Lottie.

- Oi?

Vany respirou fundo.

- O Ash terminou comigo.

- Por que?

- Não quer uma prostituta como namorada.

- Ele falou isso pra você?

- Uhun.

- Por isso estavam brigando na praia outro dia?

- É. Mas quer saber? Ele é  babaca. - ela riu em deboche - Fala sério, eu tô parecendo aquelas adolescentes histéricas que chora por causa de ex. Pelo amor!

Elas riram fraco. Mais alguns metros e estavam entrando no prédio. Charlotte abriu a porta, indo direto para o banheiro. Depois de um banho relaxante, ela pôs seu moletom, se jogando na cama. Quando pegou o celular, viu várias chamadas não atendidas. Liam.

* * *

Algumas semanas se passaram e as coisas continuavam as mesmas. Charlotte continuava com Jake, Liam por vezes a procurava na boate, e ela gostava disso. Eles conversariam por horas se permitissem, já que falavam sobre diversos assuntos diferentes. A relação entre Ryan e Lottie não mudou em nada, embora ela sentisse que ele queria mais. Liam recebeu um considerável número de ligações de Cheryl. Uma delas ele chegou a atender, mas nada além de um silêncio constante foi escutado na linha.

Charlotte terminava seu café da manhã enquanto via um programa de auditório qualquer que passava na televisão quando ouviu seu celular tocar em cima da cama. Levantou da cadeira e foi até ele, atendendo-o.

- Sim?

- Lottie?

- Sou eu. Quem tá falando?

- Aqui é o Liam.

Ela sorriu.

- Oi! Mudou de número? - ela caminhou de volta para a mesa.

- Não. Tô usando o de um colega.

- Ah ta.

Ficaram um momento em silêncio, até Charlotte pigarrear.

- Tem compromisso hoje?

- Acho que não. Por quê?

- Quer dar uma volta comigo?

- Claro. Que horas?

- Daqui a... - ele pausou, devia estar olhando o relógio. - Daqui a trinta minutos tá bom?

- Tá ótimo. Vou ficar te esperando.

- Ok.

Desligaram e Charlotte mandou uma mensagem para Jake, dizendo que não poderia ir à casa dele. Respondeu apenas com um ok  simples.


Notas Finais


Não tá muito bom, mas espero que tenham gostado.

Beijocas ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...