História A Luz de Shino Aburame... - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shibi Aburame, Shino Aburame
Tags Colegial, Descobertas, Misterios, Moda, Romance, Shino
Visualizações 29
Palavras 2.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora, mas trouxe mais um Cap., terminei agorinha e vim postar.
Tentarei trazer o próximo ainda esse final de semana!


P.S: Desculpa se houver erros de digitação, revisei mas sempre passa um que eu não tenha visto.
P.S 2: Gente, sempre esqueço de perguntar se gostaram ad foto de capa da Fic? ^^

Boa leitura <3

Capítulo 12 - Será?


Fanfic / Fanfiction A Luz de Shino Aburame... - Capítulo 12 - Será?

Konoha High School - Semanas depois...

Os dias seguintes passaram rapidamente as provas logo dariam o ar de sua graça, e para o terror da maioria dos alunos não iria demorar. Akemi e as meninas montaram um cronograma de estudos assim que os professores intensificaram suas rotinas com exercícios e trabalhos, deste modo quem era melhor em uma matéria ajudaria as outras.

Era a penúltima aula do dia e a turma de Akemi saia do laboratório de química depois de dispensados.

- Eu não acredito que agora é aula de matemática! – reclamou Kiba – Cara essa aula é tão chata que dormiria até o ano que vem!

- Somos dois – concordou Naruto – Só que sendo Ibiki o nosso professor prefiro ficar acordado fingindo entender tudo, do que acordar sem meus olhos.

- Nossa que drama!

A voz soou logo atrás do grupo dos meninos, composto por Sai, Sasuke e Shino este último lia algo do livro, e como Kiba e Naruto olharam para trás.

- Ah, Sakura você sabe que sou um desastre nesta matéria! Não me julgue, não sou inteligente como você e o Teme aqui.

A Haruno, como sempre estava acompanhada de Ino, Hinata e Akemi.

- Eu sei disso. – confirmou ela deixando o loiro mais pra baixo ainda.

Os meninos riram do comentário e juntamente com as moças seguiram andando para a sala de aula, Akemi nessas semanas se aproximou mais de Sai, e descobriu que ele era um artista e ganhava alguma grana com seus desenhos que eram expostos. E que Ino era completamente apaixonada por ele não era novidade, mas a loira fazia questão de exagerar nos elogios aos seus desenhos.

E após ter feito algum grau de amizade com Sai, ficou mais fácil conhecer mais pessoas como Shikamaru e Chouji, que também eram amigos de Naruto só que este ano foram mandados para outra sala. Mas o que desejou que acontecesse não tinha nem saído do lugar.

“Tudo bem, por tanto que não seja escandalosa como Kiba.”

Com isso em mente, olhou para frente e o viu de costas, o Aburame caminhava calmamente enquanto lia, entre Kiba e Sai que conversavam fervorosamente, e não parecia ligar para a conversa que estava acontecendo entre seus amigos.

Ele é tão sério e calado que eu não sei como me aproximar...

Depois de terem encontrado Shino e ele ter aceitado ser seu amigo, Akemi se animou e quis que aquilo realmente desse certo, mas quando o via sozinho na classe durante o intervalo, sua determinação ia ao chão. Isso porque não tinha a menor ideia de como iria aborda-lo, era fácil falar um “Olá”, mas o que diria depois?

Era difícil, se via sem assunto, a Akemi extrovertida com as meninas não poderia ser a mesma com o Aburame. Ele era um desafio, exigia uma estratégia como diria Shikamaru e por mais que a deixasse sem métodos de aproximação, sua áurea misteriosa a atraia mais e mais.

Não vou desistir! Vou falar com ele, como amigos, como falo com Sasuke e Naruto!

Entraram na sala e o professor já os aguardava.

**

A voz grave e amedrontante de Ibiki preenchia a classe, alguns alunos entendiam o conteúdo e faziam suas anotações outros somente vagavam a cada equação resolvida.

- E assim se chega à resposta desta questão – virou-se para a turma – Vejo que nesta avalição terei muitas notas insatisfatórias. Pouquíssimas pessoas estão participando e enquanto outras sonham acordadas.

Seu olhar penetrante ia em direção a Kiba que achou algo do lado de fora mais interessante que a aula e não percebeu a atenção que recebia do professor.

- Não é Senhor Ynuzuka?

- Que?! – levantou ao ouvir seu nome – E-eu não estava dormindo!

- Ah não, só achou que o vento lá fora era mais digno de sua atenção do que o conteúdo de minha avaliação.

O moreno ficou sem palavras, e logo se sentou sem jeito.

- Gomenasai, eu realmente não estava atento a sua aula. Não vai acontecer novamente.

- Tá, tudo bem? – Tenten cochichou a Neji- Que raios deu no Kiba pra dizer isso e ainda pedir desculpas?

- Vai entender – o Hyuga falou – deve ter comido algo estragado ou estar tentando passar a imagem de “coitadinho” para o professor Ibiki ter dó dele quando for dar a nota da prova.

- Você foi mal Neji! - Tenten deu uma leve risada – Mas a história que rola na escola é que Ibiki não ajuda os alunos com trabalhos, ele é tão rigoroso e egocêntrico com provas que só considera certa as questões que forem respondidas do mesmo modo que ele faria.

- Como é que é!? – Ino se incluiu na conversa – que merda é essa?! Quer dizer que se eu fizer do modo que EU entendi, e dando o mesmo resultado no final ele considera a questão como errada! Que velho chato!

- Talvez o trio ai do meio tenha algo a acrescentar a aula?

- Não é nada, Senhor Ibiki – Neji foi rápido – Só que estávamos debatendo sobre a forma que irá cobrar o conteúdo, e seria uma prova de múltipla escolha ou não. 

- Parece que alguém esta atento, pois bem irei responder e dizer mais.

Ibiki sai de seu posto indo em direção aos alunos, caminhando devagar entre as fileiras olhando para cada rosto presente ali. Aquilo era clássico dele.

- Esse homem me dar medo! – Ino cochichou – Meu Kami-sama! Parece que ele se alimenta do nosso medo e terror de suas provas!

Ibiki parou no fundo da sala.

- Respondendo a pergunta do colega de classe de vocês – ele começou – A prova não terá alternativas, sendo que terão que chegar ao final da resolução por si só.

- Primeiro passo para o meu fim – choramingou baixinho Kiba, deitando a cabeça desconsolado na mesa – completo...

- Só para reforçar, caso tenham esquecido, serão dez questão assim, então estudem.

- Me sinto caminhando para um precipício... – lamenta Naruto

- Mas vai ter algo diferente – sua voz neutra continuava – Para evitar que o número de reprovados seja enorme como prevejo, irei passar um exercício de fixação que ao me entregarem resolvido por completo, valerá pontos e irei anexar à prova de vocês. E será em duplas.

A classe toda soltou o ar que prendiam e as vozes em comemoração soaram satisfeitas, era uma luz no fim do túnel.

- Que milagre! Que milagre! – Kiba comemorou alto – Se eu fizer com o Shino, vou conseguir esses pontos!

- E quem disse que você escolherá sua dupla? – Ibiki pareceu rir e aquilo foi  suficiente para a tensão voltar – eu que irei fazer isso e neste momento.

Enquanto Ibiki caminhava de volta a sua mesa, os cochichos desesperados e olhares aflitos o seguiam.

- Por Kami! – Ino agarrou os ombros de Sakura que sentava a sua frente – Vamos ser separadas desta forma tão traumática! Que vou fazer da minha vida?

- Não é pra tanto porca – soltou-se das mãos da loira – Vai dá certo e só respirar fundo e se acalmar.

- Eu estou é pirando aqui! Sakura eu estou perdida e grelhada na sanduicheira nesta matéria!

Akemi  e Hinata soltaram o riso ao desespero da loira e receberam um olhar matador, mas aquilo não a fizeram parar.

- Gomen Ino, mas você esta sendo exagerada.

- Ah, Hina! Fala isso porque é cdf completa! E Akemi você mesmo disse que não é chegada a números, se não percebeu estamos grelhadas juntas!

- Mas sua reação é engraçada!

- Silêncio! – Ibiki voltou a falar – como eu já havia pensado nesta possibilidade antes, já tenho tudo formado e direi agora as duplas. Lembrando que considerei o nível de aprendizado de cada um, exemplo, aquele que tem mais facilidade ajudará aquele que não tem. Mas o objetivo é que entendam o conteúdo e façam a prova consciente.

- Consciente de que irei reprovar! – exclamou Kiba.

E assim os nomes das duplas iam sendo revelados, alguns ficaram satisfeitos e outros não, Akemi observa a todos e se perguntava com quem iria ficar, tinha a plena consciência de que não era boa na matéria mas era esforçada e tentaria ajudar a sua dupla.

- Tenten e Neji

- Ihuul!

- Mas que sortuda além de namorar um dos nerd estilosos da escola, vai passar na prova! – Ino falou irritada – Agora é para estudarem e não transarem! – cochichou a ultima frase somente ao casal.

- Não se preocupe, podemos fazer as duas coisas. – respondeu ousadamente o Hyuga.

- A próxima será Hinata e Naruto...

Akemi e as meninas olharam ao mesmo tempo e viram uma Hinata vermelha e sem fala, todas riram e Akemi torceu internamente que daquele trabalho Hinata conseguisse dizer como se sentia ao loiro.

- Nossa Hinata! – e ele foi até ela – Eu estava torcendo para ser com o Sasuke, mas com você é melhor ainda! – se inclinou animado sobre ela, a olhando nos olhos sorridente – Que bom!

- Q-que!

- Hum, melhor ainda é? – provocou Sasuke

- Ei, Teme! É porque sei que ela vai me ajudar, diferente de você! –o corrigiu envergonhado – Foi mal Hinata, não quis que isso soasse de outra forma.

- T-tudo bem

Akemi piscou animada a ela, que a fez corar violentamente.

- Sai e Ino, Sakura e Sasuke...

- Ei, nesta dupla aí quem é o burro? – reclamou à loira – Exigo respostas!

- Cala a boca, sua porca!

- Eu que exijo suas respostas senhorita Ino, se está infeliz com sua dupla, posso deixar você sozinha e Sai fará em trio.

- Não, pode deixar! – esperou que ele voltasse dar atenção à lista – Sai eu te amo, mas como eu você sabe que é injusto, os dois são inteligentes! Vão fechar a prova.

- O que posso fazer, é o poder do amor! – A Haruno comentou animada.

- Kiba e Tamaki.

- Tamaki... – repetiu o Inuzuka

A moça com quem faria dupla sempre sentava na primeira cadeira da segunda fileira, apesar de terem estudado juntos no ano anterior, nunca havia conversado com ela. E agora faria um trabalho que valia sua vida e as férias de verão com ela, como o destino prega peças.

- Eu nunca que falei com ela como vou fazer esse trabalho?

- Ué você e tão por fora Kiba, Tamaki é muito inteligente, não e a toa que fará dupla com ela, foi é totalmente o oposto. Mas desviando do assunto, você deveria dizer um “Oi”, já que serão uma dupla.

- Tem razão.

Consciente do que fazia Kiba foi falar com a moça, duas meninas a rodeavam enquanto ela permanecia sentada, pareciam empolgadas o que o parou e repensou se deveria atrapalhar a conversa delas, mas quando decidiu voltar a duas perceberam sua presença e não tinha mais volta.

- Gomen, atrapalhei a conversa de vocês.

- Que nada Kiba, pode vir, estávamos incentivando Tamaki a ir falar com você, já que não tinham contado.

Aquilo foi mais fácil do que pensou, não precisaria fazer cerimônias.

- Ah, eu também vim por esse motivo – do seu modo animado puxou a cadeira mais próxima e levou até a mesa de Tamaki, sentando-se ao lado dela. – Meu nome e Kiba, com já deve saber, serei sua dupla neste trabalho, como também já deve saber.

Ele mesmo riu se de sua apresentação e logo estendeu a mão, Tamaki permanecia de cabeça baixa.

- Tamaki.. -  Kiba quase não entendeu que ela falou o próprio nome de tão baixo que saiu – Meu nome e Tamaki e somos uma dupla! -

A moça levantou o olhar e Kiba pode ver pela primeira vez a face dela, não que nunca a tivesse visto, mas não havia reparado nos cabelos longos e da mesma cor que seus olhos, eram castanhos e naquele momento pareciam brilhar ao olhar fixamente a ele.

A face fina e seu jeito contido, falavam que ela era tímida talvez por não o conhece-lo direto.

- Será um prazer! – a voz saiu rápida e trêmula, mas ela sorriu e estendeu a mão o tirando dos devaneios – Kiba-Kun!

- Prazer...

Akemi ainda estava na espera de anunciaram sua dupla, quando Ino se aproximou.

- O que foi? – a viu de pé e de braços cruzados a sua frente – ainda está brava?

- Não, é que eu estava pensado em uma coisa, sabe. – inclinou-se para frente e falou no ouvido da mulata – Quando que você vai chegar no Shino, sabe não tem a vida toda né?

- Ino! – Repreendeu – Não venha com essa história de novo, desde que soube por Hinata que abracei Shino no parquinho, assim que o encontraram você vem insistindo nesta ideia de que devo investir nele... Nem sei o que quer dizer.

- Sabe sim! Você não é boba! – ela sorriu – Akemi, você mesma disse que ficou preocupada com ele, e no dia da correria no shopping o levou para um lugar reservado para que não o incomodassem.

- Se falei, fiquei preocupada sim. Somos amigos, pelo menos e isso que acho... Não sei, ainda não o conheço direto.

- Quer o conhecer melhor e assim poder conversar com ele? – a voz de Ino estava calma e aconselhadora – Amiga acorda, às vezes pego você o olhando, com cara de “o que devo fazer?”, Akemi será que não estar gostando do Aburame? E essa sua indecisão não é o nervosismo desse sentimento?

- Ino... – Akemi ficou sem palavras, a boca ficou seca e os olhos arregalados fixos nos de Ino.

Seu corpo teve um arrepio momentâneo que fizeram remexesse na cadeira, abraçou a si mesma ainda com a frase soando na mente “gostando do Aburame?”.

Sentiu ser tocada no ombro e era Ino a chamando de volta a realidade.

- Tente olhar isso com mais atenção, okay?

- Não estar equivocada?

- Depois desse seu silêncio e de ver algumas coisinhas com meus próprios olhos, Akemi, eu nunca erro.

- A última dupla será Shino e Akemi. – anunciou Ibiki – Essas são as duplas.

Seu coração aumentou o ritmo em segundos após ouvir o nome dele e que seria sua dupla, podia ouvir as batidas contra seu peito, às mãos suavam e sentiu seu rosto quente.

- Olha ai, ótima chance! – Ino falou somente a Akemi – Uma perfeita chance.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Gostaram?
Postei e sair correndo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...