História A magia e o amor - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Diário Secreto de um Adolescente
Tags Colegial, Comedia, Fantasia, Magia, Romance, Sobrenatural
Exibições 10
Palavras 670
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - A viagem


Semanas depois ..

Pol: ana, recebi um chamado de meu pai... Devo me apresentar para o conselho na alcatéia do meu pai ...

Ana: quando?? E por quê??

Pol: ele não revelou, apenas me chamou disse quê o assunto me diz respeito...

Ana: irei com você..
Pol: para um conselho cheio de lobisomens ??? Fora dr cogitação....
Ana: eu vou. ...
Pol: melhor não amor...
Ana: eu não estava pedindo permissão... Eu vou ...
Pol: se é de sua vontade... Que assim seja...
Ana: imagina... Uma alcatéia cheia de lobinhas assanhadas e famintas por um príncipe alfa ... Haha.... Até parece que vou dar tanto mole... Agora que já estou tão perto de tê-lo pra sempre....

Pol: só tenho olhos pra você... E você já me tem pra sempre....
Ana: eu sei... Tenho certeza quê sim... Mas não é com você quê eu estou preocupada....
Pol: pois então, será um prazer sua companhia... Só quê vou te pedir para evitar usar seus poderes na presença da alcatéia... Assim nem irão suspeitar de você e ficar aquele clima chato....
Ana: OK amor... Sem problema nenhum...

Ana: quando iremos???
Pol: hoje ao cair da noite...

Charlie e kate entrão sala a dentro....

Kate: onde vão a calada da noite???

Ana: iremos pra alcatéia do pai de pol....

Kate: alcatéia??? Tipo com lobisomens para todo lado???

Pol: nenhum mal acontecerá a ana... Dou minha palavra...

Kate: de fato quê não... Confio em você...

Charlie: aconteceu algo grave???

Pol: meu pai não disse, apenas me solicitou a presença...

Charlie: pois bem... Desejo a vocês boa viagem.... Carruagem ??

Pol: eu acharia mais rápido ir correndo... Mas como sua filha vai comigo vou aceitar sua carruagemtransformar carruagem ??? Pra mim??? Amor...

Pol: já que vai... Não quero quê se canse, muito menos quê se machuque...

Ana: quero ir correndo... Pêlos ao vento... Vou me transformar ....

Pol: de maneira nenhuma... Sua segurança em primeiro lugar....

Ana: vamos sim... Ah amor quero me divertir um pouco... Vamos vai... Correr na luz do luar com o amor da minha vida...
Pol: se isso vai te deixar mais feliz... Então que assim seja...

Charlie: mulheres... Conseguem tudo o quê querem...

Ana: aaahh obrigado amor... Então vamos logo já já ficará escuro...

Kate: vou preparar sua mala....
Ana: não preciso... Eu me troco em um piscar de olhos mãe ...

Kate: certeza???

Ana: sim mãe...

Kate: ok, então vá...
Charlie: mandarei uma tropa atrás garantindo suas seguranças...
Pol: para mim não seria necessário... Mas vou aceitar pela segurança da ana...
Ana: vamos amor...

Se despediram e eles foram...

Correndo pelo meio do bosque iam os dois... A lua estava linda... As estrelas no céu brilhavam e deixavam o cenário ainda mais lindo... Algumas horas depois eles chegam....

Pol faz reverência pra seu pai e para os lobos da alcatéia...
Ana faz o mesmo....
Pol foi chamado pois assumiria o lugar do seu pai no comando alfa da alcatéia... Ele não precisaria ficar lá mais a coroação devia ser feita...
Assim o conselho ae reuniu... E debatiam a condição...
Alguns olhavam a ana torto... Sentiam seu cheiro... Não tinham conclusões concretas sobre o que ana era mas mesmo assim ficavam a olhando e comentando entre si..

- ela é tão linda e delicada...

- cheira a flores... Eu não consigo entrar na mente dela...

- ela está usando lente...

- deve ter miopia coitada...

Enquanto eles comentavam ... O resto do conselho estavam decidindo a situação...

- que assim seja...
-Disseram

E assim foi...

Coroaram pol rei alfa da alcatéia... E seu pai assim pôde descansar sem se preocupar com mais nada....

Pol: eu não darei assistência a alcatéia pois estou iniciando minha vida junto a mulher quê me mostrou como viver de novo.... Portanto eu sou vosso rei mas, irei passar o comando de voz para o macho alfa mais forte da alcatéia para quê ele possa cuidar dos seus interesses em minha ausência....

Pol selecionou um alfa e passou seu comando para o mesmo...

Mais tarde...

Ana: senhor rei... Posso lhe ser útil???

Pol: pode... - e a beijou...

Ana: quando nós nus casar- mos serei rainha??

Pol; sim amor... Rainha ana...

Ana; que tudo...

Pol: ka quer retornar???

Ana: mais tarde... Quero que me mostre as redondezas ...

Pol: será um prazer...

E assim passaram o resto do tempo...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...