História A magia sempre está aqui, basta abrir um bom livro.(hp) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jungkook
Exibições 19
Palavras 1.385
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha primeira fic espero que gostem, é só isso mesmo tchau.
A fic se passa sendo contada pela (Leticia).
Leticia significa seu nome, se tu quiser se colocar no lugar dela sinão pensa em uma menina chamada Leticia.

Capítulo 1 - Capitulo único !!!


Lá estava eu com um ódio imenso de mim mesma por não ter fechado a cortina noite passada, pois agora o sol  ta na minha cara. 

-filha vem comer !!! (diz meu pai gritando)

- to indo.

Vou no banheiro tiro o pijama e coloco uma roupa para ir para a biblioteca, desço vendo meu pai, minha mãe e meu irmão tomando café da manhã, vou até eles me sento e comemos em silencio, meus pais não eram de conversar muito nem meu irmão.

- tchau gente vou para a biblioteca, até mais tarde ( digo me levantando da cadeira).

- até meu anjo se cuida (diz minha mãe)

- ou porque não arruma um emprego na biblioteca já que gosta tanto de passar lá ( diz meu  irmão)

- amei a ideia, mais não tá contratando.

- ta sim! e serio a dona tava procurando alguém pra ficar na recepção  ( diz ele convencido)

- OQUE NÃO CREIO, EU TENHO QUE CONSEGUIR ESSE EMPREGO BEIJOS VOU INDO.

 Eu falo gritando e saindo de casa em rumo a biblioteca toda feliz, eu amava a biblioteca ficar lá era ótimo sem ninguém pra te atormentar, sim eu sou anti-social foda s*, chego na porta e vejo uma plaquinha  que me deixa mais feliz ainda, ela dizia: Contrata-se funcionário.

Eu entro as presas e vejo a bibliotecária conversando no telefone, vou até ela e espero ela terminar de falar no telefone para me candidatar ao emprego....

Bem, eu não poderia  voltar pra casa mais feliz, eu consegui o emprego de cara, ela me disse que por ver minha dedicação todos os dias na biblioteca estudando eu acabei dando a impressão de uma menina  que levaria o trabalho a serio. Amanhã mesmo eu riria começar e estava muito feliz.

~~~~~~~~ primeiro dia de trabalho~~~~~~~~

Lá estava eu morrendo de nervoso para meu primeiro dia de trabalho, eu chego lá e a dona da biblioteca me mostra oque eu vou fazer, que se baseia em... ficar na recepção para orientar as pessoas que iam ali, e também de vez em quando dar uma volta pela biblioteca para organizar os livros que estavam fora do lugar, fácil melhor trabalho.

Eu estava na recepção desde quando cheguei acho melhor da uma organizada nos livros lá dentro. Saio da recpção e vou arrumando os livros nas prateleiras, qual é as pessoas não podem colocar os livros no lugar depois de ler, chega a dar raiva.( AUTORA: uai cade a menina que se apaixonou pelo trabalho!!! ta parei kkkkk).

vejo um menino alto de cabelos pretos com livros na mão parecendo meio confuso, apesar da minha timidez tive que ajuda-lo afinal era meu trabalho( AUTORA: até parece pra uma army quem não ia querer ajudar o kook, para neh).

- olá, vem eu te ajudo.(tiro das mãos do garotos alguns livros)

- olá, obrigada eu queria saber onde ficam os livros de ficção !

-claro, são  meus tipo de livro favorito, por aqui.( vou na sessão dos livros que ele me pediu e ele me segue)

- valeu, eu me chamo jungkook ou só kook.

- prazer me chamo Leticia, seu nome e diferente.

kook -sou coreano me mudei pra cá a poucos dias, trabalha aqui a muito tempo neh, parece conhecer bem a biblioteca.

-não comecei hoje, e que eu frequentava a bastante tempo.

kook- ha legal, e um lugar perfeito bastante silencioso.

- nem me fale amo aqui, vou voltar ao trabalho leia muitos livros, ler faz bem.

kook- tchau, até mais.

Eu gostei de conhecer o kook ele parece ser bem legal, voltei ao meu trabalho e assim foi eu sem tirar o olho do livro que eu estava lendo: Harry Potter e a pedra filosofal  ( AUTORA: porque sim amo Harry Potter, sem mais nem menos), termino de ler meu livro pelo décima vez, já li tantas vezes que eu poderia fazer uma peça teatral, quando olho pro relógio e vejo as horas tava quase na hora do fim do meu expediente vou ver como andam as coisas mais para dentro dá biblioteca, chego lá e vejo uma cena um tanto engraçada, o kook dormia em cima de um livro não consegui identificar o nome, o que eu ia fazer( AUTORA: talvez acordar ele burra ), vou até ele e o acordo.

- kook acho que alguém dormiu demais.

kook- me faz uma favor responde  que horas são por favor fala que não e 17;00.

- se não quer que eu fale não falo, mais são 17:16.

kook- anão eu tenho que ir, por favor me perdoa mais guarda os livros pra mim por favor.

-claro, pode ir.

Ele se levanta e me da uma beijo na bochecha e sai correndo como louco, nem fiquei com vergonha só fiz cosplay de pimentão. Arrumei os livros nas prateleiras, fui fechar o biblioteca e ir embora. Cheguei em casa e fui fazer o dever de casa, hoje era sabado então amanhã iria ficar em casa sem fazer nada só  dormindo não tem vida melhor.

 ~~~~~no outro dia~~~~

Olha eu lá sentada no sofá as 7:00 em um domingo, tudo isso por que minha mãe quer ir no mercado e não queria ir sozinha e o Jimin falou que não iria(Jimin e meu irmão esqueci de mencionar o nome dele), eu tive que ir, porém fiz ela comprar bastantes besteiras pra mim principalmente toddynho ( wtf bangtan), cheguei em casa e ainda não era hora do almoço então decidi sair pelas ruas de Londres naquele frio pra ver as pessoas fazendo o mesmo de sempre, oque exatamente eles faziam eu não sabia nem prestava atenção direito, pra falar a verdade, eu simplesmente gostava de sair pra andar!!( AUTORA: comeu pé de cachorro doido, ta parei).

Resolvi passear no park(  Park Jimin kkkkkkk),  eu via as crianças brincando e os casais passeando de mãos dadas , owwwwnnnttt que fofo, como sou a anti-social nunca tive um namorado (AUTORA: me identifiquei com alguém), preferi sentar no banco do parque e ficar ali ouvindo música, alguém retira meus fones de ouvido, me viro pra ver quem era e...

-kook, oque tá fazendo aqui, me assustou!!!

kook- desculpe, eu vim andar não tinha nada pra fazer mesmo, quer tomar um sorvete e eu não aceito um não!!!

- desculpe mais eu tenho que ir agorinha.

kook- eu encisto até porque eu deixei os livros ontem uma bagunça, por favor ele sorri.

- só agora fui perceber esse seus dentinhos de coelho.

kook- desculpe.

- não e feio é fofo, tudo bem eu aceito amis agorinha eu tenho que ir embora.

kook- ebaaaaaa vamos.

Ele pega na minha mão me puxando feito uma criança. O pouco tempo que passei  com ele foi bem divertido, mais já tinha que ir pra casa.

- kook eu vou indo obrigado pelo sorvete, tava muito bom.

kook- Leticia toma meu número, me manda mensagem depois.( eu pego o papel).

-obrigado kook, tchau.

~~~~~~~~~~ tempos depois de conhecer kook ~~~~~~~~

Eu já tinha 18 anos e eu já passei um ano da minha vida com o kook, aguentando aquela coisinha chata todos os dias, mais ele meu melhor amigo me ajudava em tudo tipo em tudo até assuntos de família, eu ainda trabalhava na biblioteca falando nela ela sofreu uma transformação tá mais bonita agora, oque faz as pessoas visitarem mais o lugar fazendo o lugar silencioso ficar um pouco mais agitado.

Hoje de manhã eu recebi uma mensagem do kook falando para eu encontrar ele no porão da biblioteca no final do dia, e eu já havia fechado a mesma, e desci pro porão cheguei lá e estava tudo iluminado por velas no chão eu achei estranho, eu e o kook descobrimos esse lugar a alguns meses atrás, vinhamos aqui sempre para nós distrair jogavamos alguns jogos e etc... mais o lugar nunca faltou luz( AUTORA: ai já e burrice não perceber  oque está acontecendo).

E derepente o kook vem na minha direção segurando uma rosa linda, se ajoelha na minha frente e faz uma declaração linda falando que me ama mais do que uma amiga( AUTORA:  vcs imaginem uma declaração sou boa com essas coisas não).

No final faz uma pergunta:

kook- quer ser minha namorada ( ENTÃO AGORA E COM VCS ARMYS, ACEITANDO OU NÃO, NÃO MAGOEM MEU BISCOITO)


Notas Finais


E tu que decide o final, não tenho nada haver com isso !!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...