História A maldição de Anúbis (Jungkook) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bts, Drama, J-hope, Jungkook, Mitologia Egípcia
Exibições 35
Palavras 805
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E aaaaeeen. Acho que voltei mais cedo que o normal, não? Hehehehe. Amém. Finalmente.
Esse cap. tem o que? Sabe o que? Um hot bem de leve mas não deixa de ser +18 e.e
Então se não gosta não precisa ler. Não tem nada além disso nesse cap. Quis deixar a primeira vez das criança separada dos demais acontecimentos xD.

Boa leitura. [\_^_^_/]

Capítulo 6 - Primeiro encontro. Pt.2


-Quer é? Acho que eu também quero te dar esse outro presente.-O menino disse parando o beijo e começou a chupar o pescoço da menina. Fazendo-a gemer baixinho em seu ouvido.

Por mais que ambos fossem virgens, Kook entendia muito bem do assunto. Havia vivido por anos e anos e anos...que seria patético não saber sobre. Afinal, não é como as coisas humanas que vem aprendendo agora. Sexo é algo que quase toda espécie viva faz. Incluindo anjos e até mesmo os deuses.

O garoto sorriu ao ouvir os gemidos da menor e a pegou no colo entrando em casa. Deitou a mais nova na cama e ficou por cima da mesma beijando todo seu pescoço. A mesma gemia mais alto. Kook sorriu e voltou a beijar a menina de forma mais calma. Não queria nada "selvagem". Estava apenas excitando a mesma.

-Quer mesmo fazer isso? Hu?
-Quero!-A menina sorriu beijando o mais alto de forma apressada mas ainda delicada.
-Então nos iremos..só confia em mim
-Eu confio.

Ambos sorriram. Jungkook tirou o vestido da menina e olhou seu corpo coberto por panos menores. Queria logo ve-lo por completo mas teria que esperar. Ele desceu seus chupões para a clavícula, em seguida para a barriga e então parou na virilia da mais nova. Que gemia e arfava baixo, envadindo os ouvidos de Jungkook e o excitando mais ainda. Jungkook tirou suas roupas apressados e se manteve apenas de cueca. A jovem Ana não entendia do assunto, mas nada a impediu de sorrir ao ver o volume do namorado. Kook sorriu para a menina e introduziu dois dedos em sua intimidade. Ana gemeu mais alto fechando os olhos e mordeu os lábios. Não podia imaginar como era tão bom. A garota gemia falhado incentivando Kook a ir mais rápido e era isso que ele estava fazendo. Os gemidos de Ana eram tão lindos para si, eram tudo que ele queria ouvir no momento. Kook estava estocando seus dedos rápidos. A garota gemia quase sem som indicando que chegaria logo ao seu clímax. Jungkook a beijou um tanto desesperado enquanto tirava seus dedos da menina e sorriu. Ana saiu do beijo e deitou o mais velho na cama. Abaixou sua cueca e o olhou manhosa. Nunca havia feito tal ato. Mas sentia uma desconhecida e enorme vontade de fazê-lo

-P-posso?
-Tem certeza?
-Uhum...
-Então faça.

A menina sorriu e tomou o membro ereto em suas mãos. Colocou tudo que podia na boca, sugando forte e fazendo Jungkook gemer arrastado. Jogando a cabeça para trás e fechando os olhos.

-M-mais rápido, Ana....

Ana se excitou mais que antes ao ouvir seu nome ser gemido pelo maior e obedeceu ao pedido, tratou de pegar o que não conseguia por na boca nas suas mãos, e o masturbava na mesma velocidade em que o sugava. Jungkook sentia que chegaria logo, então pediu a Ana para que parasse. A garota obedeceu e o Jungkook a trouxe para cima em meio aos beijos e a deitou na cama. Kook a olhou com delicadeza e a deu um selinho demorado.

-Posso?
-Pode....

Kook beijou a menina delicadamente enquanto se introduzia devagar na mesma. Ana soltou um pequeno gemido abafado de dor, mas Kook continuou a beijando e acariciando seu rosto para dostraí-la. Kook se mexia devagar para que a mesma se acostumassd logo. Ana deixou que um gemido rouco escapasse de seus lábios fazendo então, Jungkook sorrir. Kook começou a fazer vais e vens mais rápido e ambos estavam gemendo alto, mas não tão alto para que ninguém escutasse. Ainda não eram livres para amar um ao outro.

-K-Kook....mais rápido... isso é t-tão bom!-Jungkook sorriu e obedeceu ao pedido da mais nova.
-Sabia que seus gemidos são lindos? Geme pra mim, Ana!-Kook sorriu ao ver a menina corar e rodou as posições.

Sentou Ana em seu colo e a abraçou forte pela cintia e colou seus corpos. Jungkook giava a menina já que ela não sabia muito bem o que fazer. E a mesma se deixava levar pelos movimentos do mais velho. Ambos estavam gemendo mais alto. Ana gemia descontroladamente o nome de Jungkook em seu ouvido, enquanto o mesmo gemia rouco em seu ouvido. Chegaram ao clímax e sorriram largo enquanto se beijavam devagar devido ao fôlego precário de seus pulmões. Kook se deitou na cama, e logo Ana saiu de seu logo e se deitou ao seu lado, ficando sobre seu peito. Estavam suados, colentos e ofegantes. Mas não poderiam parar de sorrir. Ana beijou o peito do maior várias vezes e o abraçou muito forte.

-E-eu te amo tanto, Jungkook... tanto, tanto, tanto!-A menina dizia de modo infantil. Jungkook beijou sua testa e a abraçou de volta, tão forte como ela o abraçara.
-Eu também te amo muito, muito, muito, Pequena Ana...

Os amantes permaneceram conversando por mais um tempo até que se permitiram dormir. Agora não poderiam negar. Eram completamente um do outro, assim como deveria ser na cabeça de ambos.


Notas Finais


MDS. QUE AMOR. QUE FOFO. QUE COISA LINDA. MUAHAHAHHA. Parei. É o sono, liguem não... afinal. São cinco horas da madrugada. Ontem fui dormir seis e acordei onze, ou seja, estou como um zumbi agora.

Até o próximo.
Beijos, morangos e abraços.
~Kissus da Myka. =^•^=


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...