História A matemática do amor - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Block B, Got7, Monsta X, Seventeen
Personagens BamBam, Changsun, Cory, DaeIl, Hongseob, Hui, Jackson, JB, Jeonguk, J-hope, Jimin, Jin, Jinhong, Jinyoung, Jisoo, Joo Heon, Jungkook, Ki Hyun, Kim Mingyu, Kisu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Show Nu, Suga, SungOh, Taeil, V, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, A Matemática Do Amor, Bangtan Boys, Black Pink, Block B, Gayfic, Got7, Jikook, Markson, Monsta X, Namjin, Songfic, Taegi, Yoonkook, Yoonseok
Visualizações 27
Palavras 1.208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~Surgi das trevas~

OI, HUMANOS!!

Essa vai ser a minha intro agora!

(Por favor, me chamem de tia Aoki ou sei lá o quê "Aoki". Não, meu nome não é Aoki, mas eu passei a gostar de nomes japonês, então... ksksksks)

Eu ia postar 2 capítulos hoje, porque eu não postei quinta passada, porém o meu editor fez o favor de travar.

"Ah, Aoki, o quê isso vai mudar na fic?"

Não é questão de mudar, bolinhos de arroz... é que eu me guio pelos banners. Essas frases escritas no banner não é inútil, okay? Elas vão ser um pouquinho importantes maia para frente, mas isso não quer dizer que vocês tenham que gravá-las, tudo bem!?

Agora, vamos ao motivo de minha pessoa estar postando o capítulo adiantado. A tia Aoki aqui, tá passando por períodos de provas... sien! As pragas das provas começaram T.T

Inclusive, era para mim tá estudando agora, mas, dani-si!

Enfim, é só isso.

Ah!! Hoje é o Taehyung narrando.

Boa leitura, bolinhos de arroz.😴

Capítulo 4 - Entrei pela janela


Fanfic / Fanfiction A matemática do amor - Capítulo 4 - Entrei pela janela

Não estou com a mínima vontade/disposição de começar algo decentemente, educamente, ou os caralho à quatro, por isso, logo nesse comecinho já tem palavrão para uma porra.

Antes de realmente começar a porra que tem que começar, gostaria de dizer que esse capítulo tem muito palavrão, então, se você não gosta de palavrão, ou não acha “bonito”, vai tomar no centro do seu orifício anal e para de ler isso aqui, seu trouxa.

Não, tô de brinks! Vou tentar ao máximo evitar palavrões, coleguinhas!

Voltando ao foco que não sei bem qual é porque nem comecei definitivamente direito o negócio e já fui xingando pessoas que nem sei se ofederam (se você se ofendeu... desculpa aí, amigo).

Neste momento, estou jogado no chão com um deus grego — vulgo Min Yoongi — em cima de mim. O que fazer nessas situações?

Como o bom retardado que sou, vou dar três opções à mim mesmo.

Opções (des)necessárias:

1) Me levantar normalmente e ajudar Yoongi;

2) Gritar igual um doido com Jungkook, levantar e deixar Yoongi jogado igual um saco de batatas no chão;

3) Apenas agir normalmente.

Para mim, a mais certa parece a-

— JEON JUNGKOOK, EU VOU TE CASTRAR, SEU... OTÁRIO!! — gritou Yoongi enquanto se levantou de cima de mim e saiu correndo atrás do Jungkook.

Apenas sorri de lado e me levantei do chão, limpando minha calça. Que ótimo! Yoongi, além de estragar o meu momento de “decisão importante”, ainda fez eu sujar minha calças jeans. Valeu mesmo, baixinho!

Imagina que legal você conhecer uma pessoa linda que chega gritando na casa do seu irmão, tem meio que uma “apaixonite à primeira vista”, e, logo em seguida, tem apenas sua calça jeans favorita suja de um líquido vermelho que mais parece sangue.

Para você que não está entendendo bulhufas, eu vou explicar exatamente o que aconteceu.

Eu, Kim Taehyung, estava todo pimposo fazendo um lanchinho da tarde quando um doente mental lindo para um senhor caralho entra gritando na casa do meu irmão. Okay... até ai nada anormal, até porque meus melhores amigos — Taeil, Jisoo, Jooheon e Woozi — faziam isso todo dia quando iam lá na casada minha omma e, eu, obviamente, fazia o mesmo quando ia na casa deles.

Voltando ao foco da coisa...

Namjoon me apresentou o doente mental lindão. Minha linda pessoa, em uma tentiva pacífica e completamente “pura” de se aproximar um pouquinho mais do “crushin”, acabou despertando uma brincadeirinha idiota de Jungkook, uma criança do infernos, certeza, e PÁÁ! Lá estava eu e Yoongi jogados no chão.

Mereço palmas por esse explicação maravilhosa, não, produção?!

Voltando.

— Você tá bem, Taehyung? — perguntou Namjoon preucupado.

— Estou ótimo, maninho. — sorri quadrado.

Sabe quando você caiu, se machuca feio e quando alguém pergunta se tu está bem, você pode estar com uma putíssima​ dor, mas fala que está tudo bem e sorri? Era exatamente isso que está acontecendo comigo agora. Minha costa dá doendo para caralho, porque a porra do chão é duro — jura, Taehyung? —; meu irmão poderia ao menos pagar umas notas à mais para a praga do engenheiro, ou sei lá quem que faz esse trabalho, botar uma lajota macia tipo uma cama, pelo menos ela ia me livrar de micos como esse.

Aliás, esse negócio da lajota podia ser lei!

— Yoongi, para de ser chato, primo! — Jungkook falou ofegante tentando se esconder atrás do Yong, que apenas tinha uma feição divertida na face — Foi sem querer!

— A minha mão também vai escorregar sem querer na sua cara! VOLTA AQUI, CARALHO! — correu atrás do Jungkook que dava voltas pela mesa, enquanto Yoongi apenas tentava pegá-lo.

— É SÉRIO, YOONGI, DESCULPA! — Jungkookie deu uma risada escandalosa.

— Yoongi, para com a viadagem aí, caralho! Eu estou tentando dormir e vocês não estão ajudando, porra! — uma voz doce e suave ecoou pela sala, fazendo com que todos nós direcionasse o olhar para o dono da voz doce.

Não pude evitar de soltar um sorriso quando vi ele ali, bem ali na minha frente. Finalmente eu iria rever meu hyung favorito com personalidade tsundere. Abri ainda mais meu sorriso e corri em sua direção, logo o abraçando bem apertado.

— Que saudades eu estava de você, hyung! — soltei uma risadinha.

Fazia, mais ou menos, uns 7 anos que não via o hyung, realmente estava com saudade de seu perfume, conselhos, patadas... pois é, de tudo.

— Aish, Tae! — me empurrou — Sai para lá, demônio.

— Obrigado pela parte que me toca, hyung! — ri mais uma vez.

Olhei em minha volta e percebi que todos estavam de boca aberta e meio confusos, menos Yoongi.

— Então, esse aí é o tal amigo que você falou? — indagou Yoongi.

— Sim, Yoonie! — bocejou e coçou os olhos — Agora, se me permitem eu vou voltar a dormir. Vocês podem continuar com a viadagem, mas em silêncio!! — girou os calcanhares e ameaçou ir embora.

— HEY! — gritou Namjoon, fazendo ele virar — Como você entrou aqui, Woozi?

— Arrombei a janela da sua casa e entrei. — respondeu e deu de ombros.

— É O QUE, LEE JIHOON? — berrou Namjoon.

— Pra quê tanto drama, Nam? É só comprar outra! — Yong falou indiferente.

— AH, E POR ACASO É VOCÊ QUE VAI GASTAR SEU DINHEIRO EM JANELA? 

— Jin, não se mete! — exclamou Baek.

— Me manda calar a boca te novo que eu te quebro na porrada, muleque! — ameaçou Jin e Baek abaixou a cabeça.

— Eita cu! — disse, pela primeira vez, Jimin.

Sinceramente? Eu, Yoongi, Jimin e Jungkook e Hoseok não estávamos entendo porra alguma do que estava acontecendo.

ו÷•×

Nesse exato momento, Woozi tava tentando estrangular um travesseiro; Yoongi estava puto da vida; Jimin tentando dançar Very very very com Hoseok; Jungkook estava capotado no sofá; Nam e Jin estavam falando sobre E.T's; Baek e Yong trocando piadinhas sem graça e, eu, estava apenas pensando em como de uma hora para a outra, eu posso pegar fogo.

— Que tal a gente pedir uma pizza? Tá mó tédio, aqui, cambada! — comentou Jin.

— Credo! Vocês são uns esfomeados!

— Esfomeado é o Jin!

— Hey, sem brigas, crianças! — interferiu Yoongi.

— Acho ótima a idéia de pedir a pizza! 

— Falando em pizza... — Baek deu um sorriso maligno — Que tal passarmos trote para pizzarias?

— Mas o qu... Tu tem merda na cabeça, Baek? 

— Não, Woozi, mas eu pensei que a gente podia se divertir​ um pouco, não?!

— Passando trotes?

— Sim. — deu de ombros e se levantou do sofá, pegando um telefone aleatório que viu em cima de uma mesa — E o primeiro vai ser você, Taehyung!

— Ôu! Eu não concordei com essa porra!

— Sabe que agora eu até me interessei?! — comentou Yoongi. Filho de uma...

— Vamo logo com isso, Taehyung, pega o telefone! — jogou o celular em mim, fazendo-o pegar certinho no meu nariz.

Mas que porra!

Liguei o celular, desbloqueei e fui até o coiso que disca, já sentindo meus dedos suarem. Eu tinha mesmo que fazer isso?

Confesso que, pela primeira vez na vida, eu entendi o que o Taeil quis dizer com: “As vez eu sinto que o suor do meu corpo tá suando”; pois eu estava sentindo algo igualzinho. 

Era tipo eu suar e, de tão nervoso o suor começar a suar também (deu para entender?).

— Yong, você já sentiu que o suor do seu corpo tava suando?


Notas Finais


Ksksksks...

Foi isso.

Não corrigi, então provavelmente terá alguns erros...!

O próximo capítulo não vai sair tão cedo, até porque eu tenho provinea. PORÉM, quando terminar as provas os alunos já vão estar de férias \'-'/ quando eu entrar de férias, prei! Dois capítulos novos e cheirosos.

Aah, quanto mais vocês forem conhecendo o Yoongi, humanos, cês me conhecem também.

“Comassim, Aoki?!”

A personalidade do nosso Rei da Porra Toda, foi inspirada na minha pessoa cheirosa e fofa e também porque alguns acontecimentos que acontecerão (ksksksksks deu pra entender a frase?) aconteceram realmente comigo.

Enfim, foi isso! Beijineo, humanos!

~Volta para as trevas~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...