História A Melhor Amiga da Minha Irmã - Capítulo 74


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Colegial, Romance
Exibições 349
Palavras 1.960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!
Qualquer erro ortográfico, perdoem!

Capítulo 74 - Esposa?


Pov Lauren

Fomos ao aeroporto, trouxemos todos aqueles loucos para o nosso apartamento, Camz parou de me provocar, bom até agora pelo menos. Não sei porque, mas as vezes sinto um ciúme enorme me corroer por causa da Ke. Acho que sou eu pagando os pecados por continuar todo o dengo com a ke quando a Camz odiava ela, eu reconheço mas não era por mal, e não fazia nada demais, mas agora sinto como é sentir ciúme de uma pessoa do nosso círculo de amizade. Enfim, vou me controlar porque eles acham graça da minha cara com isso.

Todos estavam se acomodando, temos quatro quartos contando com o meu e da Camz, sobrou três que ficou com Keally, Norminah e Tayzac. Larry tem o apartamento deles mas se eles virem dormir aqui ficam na sala, já são mais de casa do que os outros, sim, sou uma boa amiga eu sei. Selena disse que viria pra cá, só que não dormiria aqui, ela anda meio na bad esses dias, mas vou apresentar um amigo meu pra ela que é empresário, gente fina, acho que da certo com ela, e o cara é boa pinta, reconheço, mas não vou falar como a Camz. “Nossa Lolo, ele é um gato” jamais vou falar isso, afinal ele é um homem. Mas enfim, estava deitada em um divã perto da piscina, hoje estava um friozinho gostoso, não tanto mas estava uma brisa fria muito boa, o pessoal estava descansando da viagem, arrumando as coisas deles sei lá, gosto de ficar aqui, gosto ainda mais a noite ou de madrugada é muito bom ver o central park a noite bem tarde, gosto de pensar, ou quando tô estressada do trabalho fico aqui pra me acalmar e não descontar na minha mulher, mas hoje só estava por estar, teve muitas emoções a última semana, estou só descansando a mente, curtindo preguiça. Senti uma presença ao meu lado, estava de olhos fechados, abri os olhos e vejo minha Camz sorrindo vindo se deitar em mim, ela deita de bruços em cima de mim e rapidamente abracei seu corpo, e ela ficou fazendo carinho em minha bochecha.

-Oque minha vida tá fazendo aqui sozinha? Eu estava te procurando sabia? -fiquei surpresa.. porque ela estava me procurando?

-ue princesa, só aqui curtindo, sabe como eu gosto de ficar aqui, estava só curtindo preguiça mesmo. Agora que me achou o que queria minha bonequinha de porcelana? -ela cora e esconde o rosto em meu peito, outro apelido amoroso que dei pra ela, porque ela realmente parece uma daquelas bonequinhas de porcelana, perfeitamente desenhada e linda, fora que ela é minha pequena né, então.. ela me olha sorrindo ainda com as bochechas dela avermelhadinhas, fofa esse meu amor..

-Tava conversando com a ke e lembrei de uma coisa que comprei em Miami no sex shop para usarmos…- ahh, por essa não esperava… já deu calor só de pensar.

-sex shop é? -ela morde o lábio sorrindo afirmando com a cabeça- então faz assim, me dá um beijo bem gostoso e me conta o que o amor da minha vida comprou pra brincarmos… -ela sorri e se inclina, me beijando segurando meu rosto, é incrível como até hoje eu sinto borboletas no estômago quando beijo ela com carinho e amor, não que isso não esteja em todo beijo que demos, amor sempre está, mas digo em relação em como as vezes é mais amoroso, carinhoso, delicado sabe?! Não sei explicar, nossos beijos todos têm sentidos diferentes, sensações diferentes, ela é realmente incrível, nossa, é incrível mesmo ter sempre essa sensação com essa mulher.. a minha mulher… ela corta o beijo e continua pertinho, beija o canto da minha boca, minha bochecha e chega ao meu ouvido mordendo o lóbulo da minha orelha

-eu comprei uma coisa maravilhosa pra você usar comigo… só conto quando formos pra cama, e tem que ser a noite, quero escuro total… -senti um arrepio em todo meu corpo e ela percebeu porque riu safada mordendo meu pescoço forte

-aaai Camz… -porra realmente doeu -vai ficar a marca e eu tenho uma reunião amanhã.. -ela afastou e me olhou séria, eita.. fudeu.

-você está de férias senhorita Jauregui, seus amigos estão na sua casa e sua esposa não ficará sozinha de vela pros amigos pra você trabalhar. -meu peito se encheu, quando dei por mim estava sorrindo largamente, parecia que iria rasgar meu rosto de felicidade. Repararam como ela referiu a ela mesma? Ai, vou explodir. Meus olhos se encheram.

-Esposa? -agora ela sorriu largo e me deu um selinho demorado.

-Só precisamos casar oficialmente, já me considero uma senhorita Jauregui. -ela sorriu tão lindo, seus olhos brilhando, escorreu uma lágrima em meu rosto e ela limpou beijando o local em seguida.

-Eu te amo, tanto, tanto Camz.. céus.. parece que essas três palavras são insuficientes para me expressar. Meu Deus… como eu te amo, você se tornou a razão da minha existência, a razão do meu sorriso, do brilho em meus olhos, da razão de eu querer acordar todo dia bem, só pra te beijar até acordar e dizer “Bom dia minha vida”, obrigada por ser tão perfeita e me escolher minha razão. Esse nosso apelidinho nunca teve tanto sentido. -agora quem chorava era ela. De um jeito desengonçado seguro o corpo dela a fazendo deitar no divã e eu de lado em cima dela, antes de eu beijar reparo a porta de vidro.. todos estavam com os olhinhos brilhando e sorrindo, estavam todos ali, um em cima do outro, exprimidos na porta olhando a gente, eu só não sei a quanto tempo, Camz olhou também e eles começaram a gritar, assobiar, e falar “melhor casal” “Camren sempre” Caímos na gargalhada, eles não existem meu Deus.

    //


-Haazzaaa -A voz da Camz ressoa da cozinha estou na sala jogando com o Louis e Harry está agarrado nele, as meninas saíram disse que iriam dar um volta no central park, só ficamos nós quatro e o Zac, que está aguardando o Louis perder pra ele vir perder também. Lógico, eu amo jogar PlayStation 4, futebol ainda, não mexe comigo que é melhor.. Camz chega, sinto seu cheiro na sala pra falar a verdade porque estou concentrada no jogo.

-Amigo, preciso perguntar uma coisa pra você e tem que ser em particular. -pausei o jogo e olhei pra ela de cenho franzido depois reparei Louis do mesmo jeito.-ai gente, deixa eu da pro Harry em paz. Joguem aí vai. -Harry gargalhou, escandaloso? Você não tem ideia. Revirei os olhos e voltei a jogar. Harry é realmente viado, porra. Camz provoca tanto ele, e de ver ela provocando ele eu já fico em chamas sem ela ao menos ter olhado pra mim e ele fica com aquela cara de tédio dele, ele disse que se fosse eu ele queria, agora a Camz ele não quer. Idiota, depois que Dinah perguntou naquele verdade ou desafio na casa de praia em Miami o tamanho do meu pau ele não para de me encher por causa disso, já causou DR no casal Larry, porque ele falou que o meu era maior que o do Louis, rapaz.. trem ficou feio, não sei como ele conseguiu depois. Os dois saíram e Louis parou o jogo agora e me olhou, Zac franziu o cenho.

-Esses dois vão aprontar, me escutem só, vem merda por aí, a Mila e o Harry juntos.. com segredinho?! Lauren, se prepare, vem bomba pra você, só me conta quando descobrir. -Zac riu e nós o acompanhamos, logo me virei pra TV ..

-Lauren.. -voltei minha atenção antes de dar play novamente ao jogo- eu não… eu não devia falar isso com você afinal, namoro sua irmã, mas.. -ele parou e suspirou, parece que tinha algo incomodando ele e se era sobre minha irmã eu queria saber.

-Pode falar, a birra com você já passou azedo. -ele ri, e então chega mais perto de mim e de Louis.

-A Mila é da mesma idade da Tay, mas a Mila é bem mais segura de si tipo na vida sexual de vocês não é? Não tô querendo dizer que meu sexo com a tay é ruim, porque é maravilhoso, mas as vezes eu queria inovar sabe?! E ela meio que se sente envergonhada não sei direito, tô ficando preocupado com isso, mesmo depois de todo esse tempo, me sinto mal as vezes, eu errei em algo? -por mais que ele estava falando da minha bebezinha sobre sexo dele com ela, eu achei legal ele ter essa preocupação com ela.

-Tay sempre foi insegura Zac, eu confesso que fiquei muito surpresa quando ela perdeu a virgindade com você- ele me olhava atento - ela sempre foi gostosa envolvida com a Tigers no colégio e tudo, só que dentro dela ela era muito confusa, insegura, só que a camz também era, mas eu sempre, sempre mesmo que eu posso eu elogio, eu demonstro que ela é realmente o que eu quero sabe, ela até fala que ama uma mania que eu tenho de quando ela está nua, que é beijar o corpo dela, inteirinho, mas tipo sem querer só sexo sabe?! Só mostrando pra ela que não interessa como ela é, eu a acho perfeita eu amo cada detalhe dela, isso depois de um tempo, realmente a fez ter mais confiança em relação a isso. Devia tentar passar essa segurança pra ela Zac, não fica com vergonha de ser meloso, porque ela realmente quer isso, entende? Eu sou mulher mas eu sou totalmente homem, da pra entender? Nunca tive essas sensibilidades que mulher tem, principalmente a Tay. E você é um cara boa pinta Zac, ela deve achar que você pode cansar dela porque muita das vezes eu faltava beijar os pés da Camz e dizer que eu jamais iria permitir ela sair da minha vida porque acima de qualquer mulher ela é a minha escolha, e sempre vai ser. Me entende Zac? -ele sorri de lado sem mostrar os dentes com um som nasal.

-Caramba Laur. Tenho que andar mais com você..  E.. você.. tipo você sabe porque também já foi vagabunda, eu sei disso -ri dele - e eu também mas eu só me permitir amar quando eu percebi que eu queria só a Tay e eu iria perder ela se eu não me tornasse alguém que ela merecesse.. por isso mudei, mas em relacionamentos assim eu sou totalmente confuso, eu a amo não tenho dúvidas disso, mas as vezes eu não sei me expressar direito e ser como você disse. Reconheço que eu falho, eu tento mas sinto não ser o suficiente. Obrigado pelo que disse, acho que entendi como é isso pra elas. Agora já sei a quem conversar quando eu estiver confuso sobre como ser melhor pra ela. -ele acabou de subir no meu conceito agora. Eu tinha parado de encher o garoto depois que soube de algumas loucuras que ele fez pela tay depois de ter traído ela com uma piranha do colegial. Mas isso.. Tay nunca reclamou dele tipo depois que eles se tornaram um casal mesmo, mas entendi o que ele quis dizer. -Não ache que sou um babaca Lauren, eu sei que não é de hoje meu relacionamento com a Tay, mas acho que isso deveria estar avançado não é?! Mas não, e eu fiquei preocupado, não porque ela não fazia amor comigo em várias posições, eu tô preocupado com ela sabe?! Eu tô ficando maluco de pensar no que fazer pra ela confiar que é só ela que eu quero pra sempre na minha vida. Eu realmente sou um idiota…-ele fala com a mão na testa suspira forte e me olha- obrigado de novo pelos conselhos cunha.. -sorri pra ele bati de leve em seu ombro duas vezes voltamos para o jogo…


Notas Finais


Cap meio bosta né?! Eu sei. Me desculpem vai melhorar 🙊🙈💕
Obs: meu app anda meio bosta, não quer postar foto. Nao sei o q fazer 🤔😂😂 vou tentar arrumar mas desculpem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...