História A Melhor Amiga da Minha Irmã - Capítulo 77


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Colegial, Romance
Exibições 340
Palavras 1.795
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me perdoem!!!
Boa leitura!
Qualquer erro ortográfico, perdoem!!

Capítulo 77 - Positivo?


Fanfic / Fanfiction A Melhor Amiga da Minha Irmã - Capítulo 77 - Positivo?

Pov Camila

Abri os olhos, morta, meus olhos pesam, meu corpo dolorido, flashes da noite passa vem a minha mente, Lauren metendo em mim de todas as forças, ver aquele pau enorme e grosso dela brilhando e entrando em mim, estava tudo escuro e eu nunca estive tão focada em observar seu pau entrando e saindo da minha boceta, ela sabe mesmo como suprir minhas necessidades e como realizar meus desejos sexuais, minhas costas doeram só de lembrar de Lauren metendo por tras puxando meu cabelo, me fazendo arquear as costas pra trás e sentindo como é delicioso ela me rasgar por dentro. Acabei rindo e mordendo os lábios, passando as mãos pelo meu corpo, depois de alguns minutos só revivendo os toques da noite passada, olho pro meu bem, e ela dorme de bruços, toda rasgada, marcas roxas em sua nuca, vai arder um tanto quando ela for tomar banho e lavar as costas… É.. eu também acabei com ela ontem, usamos as 12 camisinhas neon da primeira caixinha e algumas da segunda, fomos dormir estava amanhecendo, e já estou acordada, não sei porque, parece de manhã ainda, procurei meu celular não achei, tirei o lençol do meu corpo, puta que pariu, não tinha reparado meu corpo, não sou a mesma, que horror.. porra Lauren.. Mas quer saber?! Não vou esconder, foda-se, aqueles otários também fode. Achei meu celular, 10h da manhã, pra mim está de madrugada, dormi não tem nem 6 horas.. fui rumo ao banheiro tomar banho e pisei em uma camisinha que tava no chão, não estava suja, estava limpa, só que fora da embalagem e a lubrificação dela melando a pele do meu pé me fez enjoar.. meu estômago revirou, corri pro banheiro e fechei a porta, vomitei, vomitei muito.. argh, de novo.. desde o final de semana eu venho tendo enjôos, mas não entendo, a última vez que transei com a Lo ela gozou na minha boca, foi a uma semana e meia.. que foi de bom dia.. depois ela começou só a trabalhar e só agora viemos transar de novo… será que to ficando doente? Merda, vou falar com a ke, lavei a boca com enxaguante bucal, escovei os dentes depois e só assim fui banhar, vou deixar Lauren descansar, foi puxado a semana pra ela e ontem eu ainda ajudei bastante haha.. coloquei uma blusa dela e uma calça de moletom, estava friozinho, o bom de Nova York é que não tem um calor infernal, é sempre gostoso ou extremamente frio. Fui para o andar de baixo, estavam alguns ali com uma péssima cara, bêbados, passei Harry e Louis no sofá da sala e eles nem me viram, chego a cozinha está Ally e Normani e Tay com o Zac.

-Bom dia meus amores..-digo sorrindo- estão com a maior cara de bêbados, já beberam remédios?

-Nós já amiga, falta as meninas que estão dormindo.. e como foi sua noite com a Laur?-Tay pergunta, mordi o lábio lembrando daquela noite perfeita.. olhei e eles me olhavam com umas caras engraçadas.

-Okay, isso é assunto pra mulher, tô saindo, tchau meu amor, vou ficar na sala ta bom?! -Zac beija Tay e sai.. esperamos alguns segundos.

-Okay, pode contar… -Mani e suas taradices.. olhei em volta e só tinha nós.

-só olha.. -levantei minha blusa até o pescoço, me virei de costa alguns segundos e voltei minha atenção pra elas que estavam com os olhos arregalados..

-puta que pariu, minha irmã é um vampiro e eu não sei.. a sua sorte é que estamos em Nova York, porque teríamos que ir comprar bastante maquiagem pra tampar isso se estivesse em Miami.. -gargalhamos, realmente, mordidas, chupadas, arranhões.. acabamos uma com a outra..

-Que nada, vocês não viram a Lo… às costas dela.. minha unha e meu salto acabaram com aquela região…

-Salto? Okay, fantasia, adoro.. conta.. -Ally safada brooke diz..

-Ai Meu Deus..- reviro os olhos me dando por vencida- eu fui no sex shop em Miami com a keana, daí não tive a oportunidade de usar o que eu tinha comprado, daí ela chegou ontem e como vocês saíram resolvi tirar a gente da seca devido o trabalho dela-elas assentiram me virei pra Normani- sabe aquela lingerie vermelha com espartilho que você me deu Mani? -sim, Mani me deu de presente quando chegou aqui, o dia que saímos e falamos que íamos pro central park, mentira , fomos as compras.. e as meninas todas viram, me fizeram vestir e tudo mais. Enfim.. elas assentiram -então, daí eu me produzi toda e fiz todo o clima, ela ficou louca, depois mostrei a ela as camisinhas neon que eu tinha comprado, sim, é uma delícia brilha no escuro, e maravilhoso aquilo, Tay você devia experimentar, tem algumas da segunda caixinha ainda que eu comprei,posso te passar ou compramos algumas caixinhas depois, porque é muito bom amiga o céu.. -antes que eu continuasse minha empolgação reparei a cara da Tay, aff, bufei.. -voce vai usar sim, Maniii-chamei minha amiga manhosamente- da um jeito, não aguento a Tay mais, o Zac ama tanto ela e ela fica de bobagem.. -falar aquilo parece ter acionado o modo ira na Tay..

-Não é bobagem Mila, tenho meus motivos.. caramba não sou você.. ele tá me passando muita confiança agora, ma não foi você que já foi traída uma vez. -ela solta tudo de uma vez e eu fiquei quieta, então é isso…  entendi a insegurança dela, realmente deve ser difícil…

-Desculpa.. -pedi sem jeito, ela revira os olhos e sai da cozinha.. fico quieta..

-o que ta acontecendo? Ela não transa com ele??? Ou o que? -Ally, só a cara de santa, ama saber da vida alheia, mas adoro quando ela me conta da vida alheia também… expliquei toda a situação da Tay pra elas, conversamos bastante e depois dessa que ela soltou eu realmente comecei a entender ela, mudamos o assunto ficamos falando bobagens e comendo bolo de laranja.. estava muito bom.. Dinah e Keana entram na cozinha morgadas.

-Porra, que princesas.. pinguças? Magiiina colega. -digo irônica e a Dj bate na minha cabeça, keana senta no colo da Ally, olhei pra Dj e ela foi sentando ao lado da Mani, deu um beijo na morena e ja foi colocando café em uma xícara, mas não bebeu, depois pegou achocolatado em pó e colocou no copo misturando no café, arregalei os olhos e ela tomou um gole fazendo uma cara boa, meu estômago embrulhou.

-Anem amor, isso é horrível… -Mani fala pra Dj, ela realmente come e bebe umas coisas estranhas.

-É uma delícia, bebe Mila.. -pra que fui pegar aquela xícara? Foi sentir o cheiro daquilo e meu estômago revirou, coloquei a mão na boca, levantei rápido e sai correndo pro corredor, tinha um banheiro ali, joguei tudo que tinha comido agora pra fora… fiquei um pouco tonta.. senti mãos em mim, mas não olhei de imediato logo me recuperei, e aí sim olhei, era keana, fechei a tampa e dei descarga, levantei lavei a boca e passei um enxaguante bucal que tinha ali.

-Amiga, o que você tem? Não é de hoje que vejo você enjoando, vomitando do nada..  -tentei pensar em algo mas eu realmente não sei..

-A família irá aumentar? -Dj diz entrando no banheiro..

-Acho que não amiga, última vez a uma semana que transei com a Lo ela não gozou dentro..

-E quando chegamos, você estavam transando, pela sua voz na ligação e depois o cheiro de sexo em vocês no aeroporto comprovou- keana diz fazendo graça e elas gargalharam e veio um estalo na minha mente, transamos no sofá.. sem camisinha, e eu esqueci completamente de tomar remédio, íamos comprar no caminho mas fomos em carros separados e esqueci, depois com todo mundo aqui nem lembrei..

-puta que pariu.. com vocês aqui eu esqueci total de comprar meu remédio que tinha acabado naquele dia, e vai fazer exatas duas semanas.. meu Deus Ke.. -me senti tonta outra vez.

-fica calma ta bom? Vamos trocar de roupa e achar uma farmácia pra comprarmos testes.. não vamos falar pra ninguém vamos ter certeza primeiro, vem com a gente Dj? -Ke fala e eu ainda estou em choque.

-Claro, vou só trocar de roupa.. -ela sai do banheiro e keana baixa na minha frente..

-Amiga? Ta tudo bem?

-Não e sim..

-Porque não? Vocês sempre sonharam com uma criança…

-Keana, um sonho futuro, agora é um pesadelo, eu ainda estou na faculdade, que droga, vai acabar com a minha vida, se eu.. ke eu não posso.. eu sempre sonhei com um filho, mas desde pequena eu sonho em me formar na Columbia, amiga como vou entrar no Presbyterian? Me diz? Droga, está tudo errado.. que irresponsável Camila.. idiota. -falo comigo mesma as últimas frases.. isso não pode ta acontecendo..

Chegamos da farmácia, compramos dez testes de gravidez, Lauren ainda não tinha acordado, ótimo.. fomos pro quarto da Ke, fui fazendo xixi as prestações nos testes, fiz em nove e guardei um.. sai do banheiro deixando todos em cima do balcão da pia.. me joguei na cama e ficamos esperando o tempo certo para olharmos.. droga.. não tenho dúvidas que isso será de uma grande parte muito boa, mas.. nova meses, depois no mínimo uns tres anos pra eu poder deixar ele em alguma creche ou escolinha. Quando vou terminar minha faculdade? Okay, esta acabando, mas… vou ter que abrir mão do Presbyterian Hospital.

-Amiga, o Presbyterian vai te aceitar, você é uma Cabello, não pense que se der positivo, esse bebê vai acabar com sua vida, ou com a da Lou, com a sua carreira, fica calma.. isso é bom, uma criança é a melhor coisa amiga.. voce esta nova, ja ia se casar mesmo, pode trancar o curso quando estiver com uns 7 meses, suas notas são ótimas, não ira afetar você.. nós vamos dar um jeito.. acredita em mim? -incerta assenti e ela sorriu- Nós vamos dar um jeito boneca.. agora me abraça e vamos ver o resultado.. -abracei ela forte, absorvendo tudo que ela falou, sim.. nos vamos dar um jeito.. hora de enfrentar a verdade Camila, levantei e ela também Dj sorriu e pegou em minha mão, entramos no banheiro e eu evitava olhar os testes.. mas foi inevitável..

-Oh Meu Deus amiga…

-Dinah fala baixo, se der positivo eu não vou contar pra Lo agora.

-Como assim? Ficou louca? -ela fala gesticulando só que ela tava segurando um teste, eu olhei e fiquei estática olhando aquelas barrinhas…

-Oh não.. -minha voz sai como um sussurro

-estão todos iguais amiga.. e me desculpa.. AAAHHHHHH.. - ela grita mas nem me importo, eu deveria estar feliz não deveria? Mas estou assustada.. preciso ligar pra minha mãe. -Eu vou ser titia… ai mds… -diz mais baixo agora mas totalmente histérica e Dj gargalha e por fim fala.

-Todos nós vamos, deu positivo Mila.. 


Notas Finais


EITA CARAAALHOOOO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...