História A melhor das Noites - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 5
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente espero que gostem S2 boa leitura

Capítulo 2 - Segunda Noite


   Uma semana depois daquela noite ainda não tinha saído de sua cabeça, ele não podia pensar em outra coisa que não fosse aquilo, então eis que seu celular toca, ele rapidamente atende e uma voz melodiosa do outro lado do telefone lhe diz -hoje dormirei sozinha novamente, quer me fazer companhia como naquela noite?- era sua namorada, ele sem pensar duas vezes responde com um sim e combinam tudo para aquela noite.

  Assim que ele chega de seu trabalho toma um banho e rapidamente parte para a casa dela, chegando lá os pais dela ainda estavam lá, ele confuso cumprimenta todo mundo e pergunta bem baixinho no ouvido de sua namorada -o que eles estão fazendo aqui? Já não tinham saído ?- ela o responde calmamente -eles sairão mais tarde e meu irmão caçula ficará aqui também -ele concorda meio cabisbaixo mas sabe que aquela noite ainda seria de certo modo “uma noite daquelas”. Eram 7 horas da noite os pais dela saem e deixam eles na casa, apenas voltaria no outro dia de tarde. Então o casal como de costume fica debaixo das cobertas assistindo até que o irmão dela viesse a dormir, 9 horas da noite o garotinho estava apagado roncando, então o casal coloca-o na sua cama e rapidamente vão para o quarto, eles sabiam que seria perigoso mas não se preocupavam tanto pois os quartos eram longe uns dos outros.

Chegando no quarto já começam a se beijar loucamente e vão para a cama, dessa vez ele não iria ser tão gentil como da última vez pois sabia que ela já estava se acostumando, ele rapidamente tira sua roupa e a dela e parte para cima, começando dessa vez com leves chupões no pescoço dela, ela adorava aquilo, ele a mordia e ela gemia, então ele como de costume começou a descer suavemente até seus peitos novamente, dessa vez chupava-os forte e ela parecia estar adorando aquilo, depois de um tempo acariciando e chupando seus peitos ele começou a descer devagar deixando chupões ao longo do caminho, ela não fazia nada além de gemer em um tom bem baixo pois temia que seu irmão acordasse, quando ele chegou entre suas pernas lambendo lá, ela aparentava estar ficando louca de prazer com aquilo, seu corpo fervia de uma maneira inexplicável suas pernas tremiam como nunca, mas hoje ela tinha um pensamento diferente, ela também queria fazer um esforço, assim que ele acabou ela estava tremula com suas pernas e seu lençol encharcados mas aquilo era apenas o começo. Ela então pois ele deitado sobre a cama e fez a mesma trajetória que ele tinha feito em seu corpo descendo suavemente até chegar no lugar desejado, quando ela chega lá ela sem pensar duas vezes começa o seu trabalho, sua boca parecia o paraíso para ele , ele estava adorando pela sua expressão, quando ela acaba ele mais que depressa a segura e coloca-a em posição, como já tinha feito isso na outra noite não precisou ir tão devagar, mas mesmo assim começou suavemente, ela se contorcia de prazer , de calor , de desejo e ele dessa vez estava mais selvagem, ela estava ficando louca pelo tanto que estava adorando aquilo, ela arranhava suas costas em resposta do prazer que estava tendo aquela noite, aquilo foi durante a noite toda várias e várias posições mas dessa vez ela nem ele podiam gemer ou grunhir alto pois ainda tinha o irmãozinho dela, mas tirando aquilo a noite foi a mais perfeita de suas vidas, ela gemendo e tremendo de tanto prazer , de tanto calor mas seus gemidos eram abafados pela mão de seu namorado que não parecia ser o homem gentil da primeira noite, estava mais rápido, mais forte, mais prazeroso do que nunca e então de repente os dois soltam o alto gemido caloroso, tinham chegado em seus limites naquela noite.

  Olham o relógio quando acordam e já são meio-dia, rapidamente levantam e se arrumam limpam tudo e vão checar o irmão dela que ainda estava a dormir, aliviados que tudo tinha dado certo preparam o café acordam o irmão e esperam os pais dela chegarem. Quando os pais dela chegam ele se despede de todos e sai para sua casa mais feliz do que nunca, mas como sempre não via a hora para a próxima noite .


Notas Finais


Espero que tenham gostado kjkjkkjj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...