História A Menina Do Vestido Azul - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Magia, Misterios, Revelaçoes, Sonhos
Visualizações 3
Palavras 634
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Luz na escuridão


Fanfic / Fanfiction A Menina Do Vestido Azul - Capítulo 15 - Luz na escuridão

Capítulo 15 - Luz na escuridão

Muitas coisas aconteceram, mas veremos o que se passou nos sonhos de Hanna. O sonho começou com uma luz branca com um sol e uma sombra com uma lua. De repente, Hanna caiu em um buraco escuro e viu monstros e assombrações ao seu redor e começou a gritar, implorar e chorar para que aquele pesadelo acabasse. Então, ela fechou os olhos e uma luz iluminou seu sonho, mas desta vez, não era a menina do vestido azul. Ela ouviu uma voz bonita que parecia familiar para ela, pois era do homem que a colocou na cesta e a levou para o rio após nascer. Esse homem apareceu para ela e colocou a mão em seu ombro e a acalmou, pois ela estava muito assustada e um pouco traumatizada com o que viu. Esse homem a abraçou e fez ela sorrir com um abraço consolador e um carinho na cabeça. Ela se sentiu tão segura e confortável ao ouvir ele dizer:

- Calma, minha pequena! Não precisa ficar com medo, porque sempre estarei contigo. Não importa o que acontecer, pois sempre que você estiver em apuros eu estarei lá pra te proteger minha estrelinha.

Com aquelas palavras, Hanna sentiu paz em seu coração naquele momento e deitou - se no colo daquele homem. Na verdade, era um homem velho. Quando ela piscou os olhos viu que ele não estava mais lá e que estava usando um lindo vestido preto com rosas brancas e pérolas. Quando ela olhou para trás viu um portão de ouro e diamantes. O portão se abriu para Hanna e ao passar pelo portão viu o homem velho e ele a guiou para uma cachoeira de água cristalina com  flores nas margens. Ela sorriu e deu as mãos ao homem velho. Ela sentia que estava no céu e fechou os olhos e imaginou que estava voando de avião. Quando ela abriu os olhos viu que estava voando e começou a rir, e quando olhou para baixo viu lindos cristais azuis que pareciam estrelas. Ela estava se divertindo tanto que nem reparou quanto tempo se passou. Quando ela parou para descansar na campina de girassóis, viu a menina do vestido azul e contou o quanto ela se divertiu. Mas parecia que a menina do vestido azul tinha algo importante para falar com Hanna.

- Você viu como esse sonho é lindo, né?

- Tão lindo que nem parece um sonho. - disse Hanna.

- É assim que esse mundo em que você está já foi um dia.

- Como assim? O mundo fora deste sonho é um lugar horrível.

- Se ele é assim tão horrível, então , por que não foi embora ainda?!

- Não sei. Mas me motiva ao saber que você sempre vai aparecer pra mim.

- Infelizmente não poderei estar com você sempre.

- Você vai me deixar como todo mundo fez comigo? Vai me abandonar?

- Não é isso.

- Então por que está dizendo isso pra mim?

- Porque eu não sou real. Sou apenas uma personagem dos seus sonhos.

- Se você é realmente uma personagem dos meus sonhos, então, por que não desapareceu quando eu tentei te deletar dos meus sonhos?

- Porque...

- Não. Você só está querendo me enrolar.

- Hanna não é assim.

- Sai de perto de mim. - gritou Hanna.

Quando Hanna gritou, a menina do vestido azul foi arremessada e caiu no chão um pouco distante de Hanna. Então, ela disse:

- Hanna despertou.

Foi nessa hora que Hanna viu que tinha poderes e que ela poderia machucar alguém. Mas e agora? O que vai acontecer com Hanna? Seria um novo segredo dela? Por que o despertar desses poderes? Será que há magia neste mundo? Haverá uma resposta? Descubra no próximo capítulo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...