História A menina dos olhos azuis - Capítulo 38


Escrita por: ~ e ~ZuzubaChan

Postado
Categorias Zayn Malik
Tags Romance, Suspense, Zayn Mailk
Exibições 32
Palavras 2.729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie meus amores aqui é a Ingrid com mais um capítulo escrito por mim mesma, esse capítulo promete.
Espero que gostem
Boa leitura :)
Musica do capitulo nas notas finais

Capítulo 38 - Ligada à ele


Fanfic / Fanfiction A menina dos olhos azuis - Capítulo 38 - Ligada à ele

Scott P.O.V:

Faz apenas algumas horas que trouxe Emma para a minha casa,  Lexi foi esperta cortando os pulsos da Emma com uma faca enfeitiçada, minhas tentativas  cura funcionavam e um minuto depois os pulsos dela estavam sangrando de novo, Emma estava perdendo muito sangue seu rosto mais pálido que o normal me preocupava, as olheiras roxas debaixo de seus olhos e seus lábios secos sem cor, mas de uma coisa eu sei não vou deixar a Emma morrer faria de tudo para mante lá viva nem que eu tenha que  gastar toda minha energia.

Emma - Gostaria de lembrar o que eu fiz para a Lexi me odiar tanto - ela fala suspirando e olhando para o seu colar em cima da mesa.

Scott - Você era diferente à alguns anos atrás - "ou melhor 200 anos atrás para ser mais exato" penso a encarando. 

A verdadeira Emma que a um mês atrás descobriu que era bruxa está presa no colar gritando para sair e ajudar a Emma que perdeu todas as memórias e se tornou muito frágil, é como se o colar roubasse suas memórias de coragem tirando dela sua força e colocando medo no lugar. Esses colares ajudam em um momento de quase morte trazendo você para a luz,  mas ele sempre quer algo em troca. 

Emma P.O.V:

Scott me disse que somente eu posso curar meus pulsos já que o corpo é meu, ele falou que a faca enfeitiçada só para de machucar se a pessoa ferida por ela se curar. 

Depois de treinar a falar aquelas palavras estranhas escritas no livro que o Scott me mostrou, eu finalmente consegui pronunciar perfeitamente as palavras em latim, falei todas juntas formando uma frase curta fechei os olhos com força tentando acreditar que esse feitiço funcionaria, então ao abrir os olhos ainda desconfiada pela magia não ter  tido efeito, pude ver meus pulsos completamente normais sem corte algum.

Fico vários minutos olhando onde os cortes haviam sido  feitos, impressionada com o que simples palavras poderiam fazer,  mas sinto que posso mais e nem preciso usar um livro para executar algum feitiço eu só tenho que querer ele.

Ando sobre as ruas vazias da cidade deixando minhas pegadas atrás de mim na neve branca, Scott me deixou sair da casa dele após ter visto que estava sem machucado algum. Vejo minha casa de longe penso o quanto meus devem estar preocupados comigo por ter passado a noite inteira fora,  o sol já nasceu a algumas horas  fazendo a neve brilhar, as luzes da minha estão acesas,  me aproximo da porta pronta para bater na mesma, mas escuto algo que me impede de entrar na casa, meus pais falando que sou adotada  e que eu fugi na primeira vez com o objetivo de conhecer minha mãe biológica tenho certeza que conheci ela,  mas sofri algum acidente que me fez esquecer tudo. Abro a porta entrando na casa encarando meus pais, não estou sentindo nada no momento nem mesmo raiva deles,  simplesmente respirp fundo e subo as escadas em direção ao meu quarto.

Emma - James?! - falo arregalando os olhos ao ver ele sentado sobre a cama. 

James - Onde você esteve à noite inteira?  - ele pergunta alterando a voz.

 Emma  - Não interessa - falo num tom grosso.

James - Não tenta ser fria comigo pequena, diz logo onde esteve - ele fala se levantando da cama ficando próximo a mim. 

Emma - Quando tudo se resolver eu conta para você - falo pegando a mão dele - Prometo

James - Desculpa brigar com você - ele fala com a voz diferente como se estivesse chorando.

Emma - Sinto muito ter negado mostrar os desenhos a você - falo fitando o chão envergonhada por ter sido tão infantil. 

James - Eu tenho que respeitar sua privacidade 

Emma - Preciso me arrumar para o trabalho, então a gente se vê depois - falo e o abraço de forma carinhosa.

James - Até mais tarde -  ele fala saindo do meu quarto.

Entro no banheiro me despindo, ligo a água quente ficando por baixo da mesma,  sinto um alívio percorrer meu corpo com a água quente  passei muito tempo no ar livre com o frio  envolvendo meu corpo,  agora  a quente  me acolhi de um jeito confortável. Ao terminar meu banho fico me olhando no espelho, escrevo  a letra E e Z no vapor no espelho tempo um leve flash de memória,  eu estou em um banheiro completamente diferente eu um homem que está atrás de mim escrevemos essas mesmas letras no box do banheiro com um coração em baixo.

Emma - Z de....Zayn - falo saio do banheiro. 

[...]

Já arrumada  sai em direção ao meu trabalho,  não conseguia me concentrar em nada além das palavras que  o Scott disse "você não é humana Emma e nunca terá uma vida normal", confesso ter ficado feliz com essa notícia, pois estou cansada da minha vida normal, quero sentir a mesma  adrenalina que senti aquele dia na delegacia com a criatura estranha, quero ter minhas lembranças de volta e quero  muito ver o Zayn de novo. 

Ao acabar meu expediente  no trabalho saio indo embora a pé sozinha mesmo.

O vento gelado bate contra meu rosto,  solto ar saindo um vapor quente. 

Zayn - Muito frio, não é mesmo?  - ele fala aparecendo atrás de mim.

Emma - Eu amo essa época do ano - falo com  um sorriso nos lábios. 

Zayn - Eu sei disso, assim como outras milhares de coisas sobre você

Emma - Eu vou lembrar de você prometo - falo esfregando minhas mãos uma na outra na tentativa de esquenta las.

Zayn - Pegue minha luvas não estou com frio - ele fala tirando as luvas estendo elas para mim.

Mexo a cabeço negativamente, ele insiste novamente com um sorriso meigo, então ao tentar empurrar a mão dele  de forma educada nossos dedos se tocam e um choque parece percorrer meu corpo inteiro, o pequenos flocos de neve  caindo no seu cabelo escuro, os lábios finos e seus braços quentes e fortes parecem me chamar como se fossem um imã  atraindo a mim.

Zayn - Não vou desistir de Emma mesmo que não sabia seus sentimentos por mim - ele fala rapidamente me selando. 

Arregalo os olhos  sentindo seus lábios colados aos meus a  sensação de conforto me invade e nem parece que tenho frio,  vou para o aconchego de seus braços  deixando algumas lágrimas se formar em nos meus olhos, mas não permito delas caírem quero mostrar que sou forte para o Zayn e que vou me esforçar para lembrar de nós dois, mesmo tendo pequenos flash de lembranças para mim não é o suficiente preciso de tudo.

Zayn - Eu amo você - ele fala separando nossos lábios rápido demais confesso que queria ficar com nossas bocas coladas para sempre se possível.

Emma - E-Eu.... - gaguejo hesitando em falar, pois na verdade eu sinto o mesmo só não tenho certeza se é realmente amor.

Zayn - Não precisa falar agora, quando se lembrar você saberá o que senti - ele se afasta segurando meu rosto entre suas mãos.

Emma - Você sabe que sou uma.... - ele me interrompe antes que consiga terminar de falar. 

Zayn - Uma bruxa? Sim eu sei, estava ao seu lado quando te contaram o que era - ele fala olhando nos meus olhos.

Emma - Desculpa por esquecer o que vivemos - falo encostando a ponta do meu nariz no seu. 

Zayn - Não é sua culpa - ele fala aproximando nossos lábios. 

Minha  coração acelera e  com a aproximação dele, fecho os olhos deixando as lágrimas escorrem sobre meu rosto ele cola nossos lábios iniciando  um beijo calmo cheio de carícias, sua língua invade minha boca  explorando ela, passo os braços em volta da sua nunca entrelaçando meus dedos no seu cabelo, minha língua parece dançar com a língua do Zayn, paramos o beijo por falta de ar.

Zayn - Preciso ir embora - ele fala ofegante.

Emma - Zayn eu a.... - mas antes que pudesse falar ele já tinha se afastado e não me escutaria. 

Fico parada no meio da calçada  com a neve caindo em cima de mim aquele conforto  quente dos braços do Zayn sumiu tão rápido e agora estou tremendo de frio, esses sentimentos de raiva, medo e amor estão me deixando confusa. Se pudesse voltar no passado  com certeza iria fazer de tudo para não esquecer o Zayn, caminho até meu carro entro no mesmo o ligo e guio em direção a minha casa. Ao entrar em casa vejo meus pais distraídos assistindo TV, vou para meu quarto preciso de um tempo sozinha para pensar em tudo que descobrir, tiro minha roupa ficando nua em frente ao espelho observo meu corpo em como emagreci nessas últimas semanas, ultimamente tenho esquecido de comer não sinto fome  na verdade quase não sinto nada. As cicatrizes de arranhões e outras que não sei como foram feitas, meu cabelo longo e preto sem brilho  cobrindo meus seios.

Emma - Eu não era assim - falo comigo mesma ajoelhando no chão - Quero ser forte enfrentar tudo que vier em cima de mim, mas não consigo dou fraca - choramingo.

Olho para o espelho e me assustou sou eu no reflexo, mas estou em pé e uso um vestido preto o rosto mais corado sem olheiras roxas, essa sou eu mais saudável e feliz com certeza,  meu reflexo se agacha coloca a mão no espelho e sorri para mim. Coloco a mão no espelho colando com a dela, se não  fosse pelo espelho nossas mãos estariam juntas agora.

Escuto uma voz fina na minha cabeça  dizendo "levante Emma você é mais forte do que pensa, você consegue assim como eu consegui,  levante!" 

A mulher que na verdade sou eu desaparece do espelho, crio forças me levantando do chão, limpo as lágrimas que insistiram de cair dos meus olhos. 

Emma - Eu sou minha própria força - falo colocando uma roupa quente, olho o relógio não acredito na hora que vejo - Eu fiquei quase duas horas aqui chorando

Saio do minha casa, preciso encontrar o Zayn dizer que agora sei o que sinto, quero abraçar ele mais que tudo neste momento. Paro para descansar estou correndo desde de casa até aqui no apartamento dele,  me encosto na parede de um prédio ao lado do prédio onde ele mora, ofegante limpo o suor da minha testa ouço passos por perto,  olho em volta e tudo que consigo ver é neve não tem ninguém. Ando lentamente  até o prédio onde  Zayn mora,  o sons de passos se tornam mais altos, ando mais rápido quase correndo  chegando próxima da entrada do prédio, mas antes que pudesse entrar alguém me derruba no chão arrastando até um beco sujo cheio de lixo.

Lexi - Estava indo ver ele, não é? - ela fala levantando meu rosto segurando meu queixo com as unhas.

Emma - Fica longe de mim - grito chutando a canela dela. 

Lexi - Eu amo o Zayn sempre amei, você só atrapalhou a gente de ficarmos juntos, mas agora com a sua morte vou te - lo para mim - ela altera a voz pegando uma faca enorme apontando para o meu peito. 

Emma - Você não vai me matar - falo me concentrando para tentar lembrar de algum feitiço  que possa parar ela,  fechos os olhos  e assim que os abro olho fixamente para sua mão com a faca.

 Lexi - Solta minha mão - ela fala tentando mexer a mão que segura a faca. 

Emma - Não!  - grito com o olhar concentrado na faca.

Zayn - Emma!  - ele grita correndo em minha direção.

Emma - Zayn! - falo feliz por ele ter aparecido nem sei por quanto tempo aguentaria segurar a mão da Lexi. 

Arshiya - Luta comigo sua desgraçada - ela fala empurrando a Lexi no chão partindo para cima dela.

Zayn - Emma você está bem? - ele fala se agachando ao meu lado procurando de forma desesperada algum machucado em mim.

Emma - Estou bem,  mas o que me preocupa é sua prima ela vai morrer a Lexi é uma bruxa muito forte

Zayn - Minha prima também é uma bruxa - ele fala me ajudando  a levantar.

Arshiya P.O.V:

Jogo para longe a faca  que Lexi segurava, começo a dar murros no rosto dela na tentativa de fazer Lexi desmaiar, mas nem mesmo sangue  sai dela.

Lexi - Eu sou imortal - ela fala com uma voz estranhamente grossa me jogando contra a parede. 

Arshiya - Ninguém  vive para sempre - grito levantando. 

Lexi - Tem razão,  seu dia termina hoje adeus querida - ela usa magia me mantendo presa contra a parede sem conseguir me mexer.

Arshiya - Sua desgraçada - tento atrair sua atenção a mim para que o Zayn fuja com a Emma.

Infelizmente não consigo ela percebo na hora o que estou tentando fazer e vai em direção a Emma.

Emma - Sua luta é comigo larga ela - ela grita me encarando. 

Arshiya - Emma vou matar ela continue - falo baixo para somente a mim mesma escutar.

 Emma pula em cima da Lexi arranhando seu rosto,  as duas caem no chão e ficam se batendo como se tivessem forças iguais, mas elas tem  Emma é forte só não sabe usar  sua força ainda. As duas se separam encarando uma a outra com ódio no olhar, os olhos da Emma estão totalmente pretos  seu lado bruxa despertou mesmo que um pouco, pego a arma da minha cintura mirando na cabeça da Lexi, destravo a arma apertando o gatilho. 

Emma P.O.V: 

A bala atravessa a cabeça da Lexi  que cai morta no chão, alguns respingo de sangue se espalham pelo chão, Zayn acendi o esqueiro  jogando no corpo já sem vida de Lexi. 

Arshiya - Conseguimos - ela fala ainda segurando arma.

[...]

Depois do corpo da Lexi ser queimado Zayn me  levou para seu apartamento e lá ficamos sozinhos,  sua prima foi para Londres levar o colar a avó de Zayn que diz saber como quebrar o colar e devolver minha memórias.

Zayn - É tão bom ter você aqui comigo de novo  - ele fala  beijando meu pescoço me deixando arrepiada. 

Emma - Vou sempre estar aqui com você, pois sou somente sua - falo mexendo no cabelo dele.

Zayn - Eu amo você - ele fala me beijando colando seu corpo no meu. 

Fecho os olhos aproveitando a maciez dos lábios dele, meu corpo implora pelo Zayn e meu coração também, puxo sua camiseta para cima e ele entende que preciso dele tanto quanto ele precisa de mim, logo estamos os dois quase nus se não fossem pela roupas íntimas. 

Zayn - Você é linda - ele fala distribuindo beijos  põe meu abdômen.

Emma - Eu amo você - falo com total sinceridade prendendo minhas pernas em torno do quadril dele. 

Zayn  sobe  beijos até meus seios,  ele abre o fecho do sutiã e eu tiro o mesmo, seus lábios abocanham meu seio esquerdo enquanto ele massageia o direito,  suas mãos passam por minhas pernas apertando elas,  gemo baixo cada vez mais exitada. 

Zayn - Como eu sonhei com esse momento - ele fala tirando minha calcinha em seguida massageia meu clitóris.

Emma - Eu também sonhei - falo dando  um sorriso malicioso. 

Zayn me beija fazendo nossas línguas dançarem e então me penetra lentamente fazendo eu senti - lo por inteiro em mim. Ele começa a se movimentar devagar para de me beijar e suga meu seio.

Emma -Mais...rápido - falo entre os gemidos  completamente entregue a ele. 

Ele obedece indo mais rápido também gemendo com os olhos fechados Zayn volta a me beijar. 

Emma - Za... Zayn - gemo alto apertando os braços dele perto do meu ápice. 

Quando chego ao meu ápice é como se milhares de cores se explodissem em minha volta,  as lágrimas quente caem sobre minha bochecha fecho os olhos sentindo meu corpo amolecer. 

Chorei por saudade do Zayn,  por saber que ele me ama tanto quanto o amo e chorei por  felicidade agradecida  por não ter esquecido esse sentimento grande que sinto por ele.

Zayn também chega ao seu ápice e desaba sobre mim,  ficamos deitados juntos e ofegantes totalmente ligados um ao outro.

Continua...


Notas Finais


O que acharam da volta do casal Zemma?
Ficou Bom? Ruim? Ótimo? Péssimo? Maravilhoso? Horrível? Dêem suas opiniões sobre o que precisa melhorar ou mudar são importantes para mim e para a Juju.
Desculpem a demora para postar o capítulo, mas infelizmente a escola toma muito do meu tempo, então prometo que nas férias postarem com mais frequência.
Até os comentários e/ou próximo capítulo
Beijos de luz ♥♥♥
Musica: https://www.youtube.com/watch?v=S6OOFeYV5M8


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...