História A Mente de uma Dupla - Capítulo 72


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Tikki
Tags Adrinette, Chat Noir, Ladybug, Ladynoir, Marichat, Miraculous
Exibições 242
Palavras 2.114
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente, beleza ? E aí, como vai a vida ?

A mensagem nha está boa, mas está difícil sem poder ficar postando os capítulos diariamente ;-; dói sabia ?

Mas tudo bem, eu vou ver se.continuo escrevendo no celular ou se eu roub- pego o note do trabalho do meu pai emprestado... Hehe.

Espero que gostem do capítulo de hoje, teremos a visão da Mari. Já fazia um tempo que não tinhamos a visão dela...

Aproveitem, divirtam-se e inspirem-se, vocês são livres para tudo ! Boa leitura !

Capítulo 72 - Burricos Azuis.


[Marinette/Ladybug]

 

 

-Mas eu gostaria de saber, qual é o combo Chat ? – é esse tipo de pergunta que ele quer fazer ? Tá bem, deixa eu pensar...

-Hum... Acho que poder fazer carinho em você e escutar os seus ronronos, seus abraços, escutar as suas cantadas e piadas horríveis e ... Seus beijos. – eu corei, mas é meio que impossível não corar enquanto se diz algo como isso.

-Aposto que eles são meowravilhosos. - mereço.

-Aposto que eu sou a única que tem que ficar escutando essas suas piadas horríveis.

-Mas faz parte do combo My Lady... O que eu posso fazer se você é a única que está recebendo essa coisa tão miautástica ?

-Agora me diz você ! Como é o Combo Lady ? – ele começou a pensar enquanto andava pelos prédios, eu percebi que ele está indo mais devagar, mas eu não vou reclamar.

-Bem... Acho que só de estar ao seu lado o combo já dá certo pra mim, poder te admirar, falar com você... - é fofo, mas sem graça.

-Chat isso não vale ! Qualquer um pode ter essas coisas, tem que ser algo mais especial... Por exemplo eu poder fazer carinho em você e escutar o seu ronrono

-Certo... Acho que poder escutar a sua risada quando eu conto uma piada, poder ficar do seu lado na hora dos treinos, ser o único que pode ir te visitar de noite, poder receber seu carinho, poder sentir o sabor dos seus lábios... Coisas assim. - meu Deus, ele realmente sabe ser fofo quando quer, que coisa mais linda... Ele olhou pra mim é deu um sorriso, pelo simples fato de eu ter virado um pimentão, esse sorriso também é muito fofo.

-Você sabe ser fofo quando precisa... - disse bem baixo.

-Bugboo, eu sou fofo em todos os momentos !

-E sabe estragar o clima super fácil também ! - digo rindo, ele não consegue ficar quieto.

Chegamos na minha casa logo em seguida, desfiz a transformação e ele me colocou na cama, mesmo que eu pudesse ir sozinha. Ele ia falar alguma coisa, mas alguém estava subindo, então ele me deu um selinho e foi embora.

-E aí, tá melhor ? - Belly me perguntou enquanto abria a porta do quarto.

-Na medida do possível, sim.

-Ótimo ! Quer assistir um filme ou coisa parecida ?

-Não sei, que tal se você me mostrasse uma dessas fics que você lê ? - eu tenho certeza de que os olhos dela começaram a brilhar.

-Sério ?! Tá bem, - ela pegou o celular e sentou do meu lado - existem várias fics e histórias, nem sei qual eu poderia mostrar primeiro...

-Pode ser qualquer uma.

-Qualquer uma nada, tem que ser as melhores das melhores ! - ela começou a ver várias fics, acho que ela estava escolhendo qual ela iria me mostrar.

Você está bem ? - Estou sim Chat, já disse que não precisa se preocupar comigo.

-Olha, tem essa daqui que...

Eu me preocupo sim e se reclamar eu vou aí agora mesmo e fico do seu lado até você ficar melhor - Dúvido, mas prefiro não testar. - Você desconfia das minhas palavras My Lady ?

-O que você achou ?

-Hã ? Achei bem legal... - eu não escutei uma palavra sobre essa história.

-Você não gostou dessa, nem prestou atenção na explicação, vou ver uma melhor...

Não, não duvido, eu acredito que você viria aqui. - Quer que eu prove ? - Não precisa, aliás a Belly está aqui do meu lado, então não daria certo.

-Aqui, essa é diferente da outra, nela a personagem...

Salva pela shippadora - Sorte a minha - Vai descansar, aí eu paro de encher o seu saco - Você falando que vai parar de me encher o saco sem eu reclamar ? Quem é você e o que fez com o meu gatinho ? ... Espera... O QUE FOI QUE EU FALEI ?!

-Mari, você está bem ? Você fez uma careta do nada... Essa história é tão ruim assim ?

-N-não, pode continuar...

-Acho melhor escolher uma história mais calma pra você...

Não sei se fico feliz em saber que você usou o meu apelido ou se fico triste por você só usar ele quando está brincando.

-Você me escutou ? Quer saber, acho melhor você descansar. - ela se levantou da cama, ajeitou a coberta , desligou a luz do quarto e saiu.

E-eu estou indo... Tenho que descansar... Sabe como é né ? - E dessa vez eu nem posso pedir um beijinho de despedida... a telepatia tem seu lado ruim pelo visto... Até My Lady, descansa bastante e se prepare para meus vários beijos... Hehe.

Eu mereço, se bem que descansar não é uma má ideia, talvez quando eu acordar eu já vá estar melhor. Tikki saiu de onde estava escondida e se sentou na minha testa, logo em seguida ela se levantou rapidamente.

-Você está bem que te Mari, é realmente melhor você descansar.

-Nossa, todo mundo quer que eu descanse, não é possível...

-É porque isso é o melhor a se fazer.

-Tudo bem, eu concordo, é que eu só queria poder melhorar logo, é um saco você ter que ficar de cama o dia todo, eu só quero ver quando eu for voltar a treinar, eu vou estar toda enferrujada.

-Você está de cama há pouco tempo, não vai ser tão ruim assim. Agora dorme um pouco, vai te ajudar a recuperar energia.

-Certo, até depois Tikki. - eu fechei os olhos e escutei ela murmurando um "até" bem baixinho. Depois disso tudo ficou escuro.

 

-✳-

 

Eu me vi em um teatro, que por sinal é enorme e bem bonito, ele pode receber umas mil pessoas facilmente, mas só há alguns lugares ocupados. Ocupados por portadores. Hum, se os portadores estão aqui isso quer dizer que o Chat também deve estar... Só que isso daqui é enorme, como é que eu vou achá-lo ?

E se eu voasse ? Pelo menos eu posso voar com mais facilidade nos sonhos e o fato de que aqui eu me sinto sem sintomas também ajuda. É, eu acho que vou voar. Depois de poucos segundos de concentração eu já me encontrava em uma altura razoavelmente boa. Eu passei os olhos pelo imenso teatro e vi o Chat sentado na frente de dois portadores.

Eu voei até perto deles e desci lentamente, alguns portadores me olharam e acenaram pra mim, eu acenei de volta e andei até o Chat. Eu encostei de leve no ombro dele e ele se virou pra mim.

 -My Lady ! Está se sentindo bem ? Senta aqui. - ele indica o assento ao lado dele, eu me sento.

 -Aqui no sonho eu não sinto nada, acho que porque é um sonho no final das contas... E que teatro enorme não acha ? Os lugares que eles criam, ou escolhem são impressionantes.  

-Tenho que concordar, os mesmos sempre escolhem as coisas mais incríveis ! Menos o Plagg, da última vez que ele escolheu um lugar nos tivemos que ficar em uma queijaria... Foi bem desagradável. - um jovem vestido de Bee disse. 

 -Plagg não tem jeito, eu já tentei fazer com que ele comesse outra coisa sem ser queijo, mas o máximo que eu consegui foi fazer ele comer tortas... de queijo. Mas eu achi que ele só gostou porque elas eram de My Lady.

 -Espera, Plagg comendo outra coisa além de queijo ? Eu não acredito, estou devendo uma boa grana pra Volp. - o Chat sentado ao lado do menino abelha disse, eles chegaram a apostar uma coisa dessas ? Por que eu estou impressionada ? 

 -Depois me diga o segredo dessa torta Lady, porque pro Plagg a ter comido deve ter alguma coisa nela... - Bee falou. 

 -Não tem nada demais na torta, Chat que exagerou, não é Chat ?

 -Se tem eu não sei, mas nas duas, três primeiras vezes que eu fui te visitar, e ainda nem sabia a sua identidade, foi porque ele queria mais torta... Eu acho que você coloca alguma coisa na torta. 

 -E você ainda está me devendo pelas tortas. 

 -Heróis não podiam pegar de graça ?

-Não. 

 -Nem parceiros de luta ? 

 -Não. 

-Nem mesmo o seu futuro marido ? - ele diz chegando o rosto mais perto do meu, sério que ele não vai parar de ficar fazendo isso ? Se bem que essa já é uma marca dele, ficar me irritando dessa forma. 

 -N-não, eu já disse. 

 -Ué, vocês já são noivos ? - o Bee atrás da gente perguntou, eu tinha até esquecido que ele estava ali. 

 -N-não, por quê ? 

 -Ele acabou de dizer "seu futuro marido" e você não reclamou nem nada, achei que fossem. - o Raposo do lado falou. 

 -É verdade My Lady... Estava planejando o casamento sem meu consentimento ? Queria fazer alguma surpresa ? - pronto, agora meu sonho não vai ser mais calmo e tranquilo.

 -Chat se eu estivesse fazendo isso você nunca iria descobrir, eu sou muito cuidadosa com as minhas coisas. 

 -Já está me tratando como se eu fosse seu My Lady ? Você é bem possessiva... - eu corei, mas acho que ninguém percebeu.

 -Não foi isso que eu quis dizer... - eu desviei o olhar e acabei vendo que tinha um... Burrico azul no palco ? Que estranho...

 -Será que você está ficando com febre aqui também ? - ele colocou a mão na minha testa, a mão dele está gelada - Você está quente...

-N-nem vem, eu estou bem... Mas por que tem um burrico azul no palco ? - ele olhou e fez uma careta.

-Não tem nada ali My Lady... 

 -Como não ? Ele tá até fazendo umas acrobacias... Ah ! - ele deu um mortal e quase caiu - Nossa, parecia que ele ia cair e se quebrar todo... 

-My Lady, você deve estar tendo alucinações por causa da febre... Você tomou os remédios quando chegou em casa ? 

 -Hã ? Aqui tá frio né ? Será que... - eu peguei o braço do Chat e o passei pelo meu braço - Bem mais quentinho... 

 -Eu acho melhor você acordar. Eu te vejo daqui a pouco, certo ? - ele vai sair ? Mas pra quê ?

 -Pra onde você vai ?

 -Pra sua casa. 

Depois que ele disse aquilo ele brilhou e já não estava mais no teatro, como que ele fez isso ? Hum...

Aquele burrico continuou fazendo algumas acrobacias, mas eu já não estava mais ligando pra ele, mesmo que ele seja muito bom naquilo.

Os portadores que estavam sentados atrás de mim ficaram me olhando, até que eu comecei a escutar alguém me chamando e depois uma tremedeira. Os portadores deram um sorriso e tudo ficou preto.

 

-✳-

 

Alguém me acordou, só pode ter sido a Belly, não importa se eu estou morrendo, ela sempre vai querer ficar me acordando, que absurdo ! Ela ainda estava me balançando de leve.

 -Para Belly, me deixa dormir. - dei um tapa na mão dela de leve, para que ela parasse de me balançar.

 -É assim que você vai chamar o seu futuro marido ? Pensei que você me chamaria de algo mais fofo... 

 -Chat ? - abri os olhos e percebi que ele estava deitado do meu lado - O que você está fazendo aqui ? E se a Belly te ver ? 

-Calma, eu fiquei sabendo, de uma forma meio bizarra, que você não tomou os remédios depois da batalha, então eu vim aqui pra te dar. Mas se você preferir eu posso só ficar aqui deitado do seu lado. 

 -Me dá logo os remédios. 

 -Nossa. - ele pegou os remédios e me deu, eu tomei e ele deitou de novo do meu lado.

-Obrigada, já pode ir. - eu disse fazendo carinho na cabeça dele. 

 -Impossível sair daqui com esse carinho tão meowvilhoso. Vou ficar aqui até você dormir. 

 -Mas Chat... - ele ronronou e se aconcheguei no meu colo, golpe baixo, só porque ele sabe que eu gosto de ficar escutando os ronronos dele - Tá bem... Só mais um pouquinho, mas não se acostuma não. 

 -Já me acostumei, que pena né ? Agora toda vez que eu vier aqui eu vou ter que receber carinho... Trágico isso. - ele disse com um sorriso irônico nos lábios.

 -E eu vou ter que escutar os seus ronronos, realmente, é um horror. - eu ri e escutei mais um ronrono, isso é tão fofo.

Eu fiquei fazendo carinho nele e escutando ele ronronar por mais algum tempo, até que as minhas pálpebras começaram a pesar e eu dormi.


Notas Finais


Por hora é somente isso...

E eu achei mais um shipp pra mim ❤ Yatori ❤

Depois se quiserem dar uma olhada em fanarts e fanfics, eu recomendo, eles são muito fofos ❤ (mesmo que nunca tenham se beijado, na verdade ele recebeu mais chutes dela do que qualquer outro personagem, mas o amor é assim né ? ~suspira pelo shipp~

Essa é a minha novidade...

E eu estou postando antes das 17:00 u.u

Beijinhos de estrelas ❤ Bye, bye !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...