História A Mestiça - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Mark, V
Tags Drama, Interativa, Luta, Romance, Sobrenatural, Violencia
Visualizações 51
Palavras 1.034
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLO PESSOINHAS! Eu voltei e agora para ficar... estou trazendo para vcs minha primeira fic \o/
espero que gostem de vdd, estou dando todo meu sangue, suor e lágrimas por ela. Deem muito amor ela, pfv. E com nosso amado TaeTae e o meu amorzinho Mark (do GOT7) eles são principais, porém todos os integrantes de ambos os grupos vão aparecer.
Bom é isso, espero que se divertam lendo tanto quando eu me divirto escrevendo. ^-^

Capítulo 1 - O Plano de Fuga.


Fanfic / Fanfiction A Mestiça - Capítulo 1 - O Plano de Fuga.

S/N Pov's

Fazia um mês… um mês que eu não tomava nenhuma das pílulas para que nossos poderes fossem contidos, um mês que eu me sentia bem. Mesmo com todo o cansaço físico devido aos treinos pesados e o efeito dos remédios ameniza-se a dor, ainda sim me sentia bem.

 Como ainda era uma das únicas que aguentava as dores dos treinamentos e até mesmo das inúmeras experiencias, fui a escolhida para tentar nos salvar. Mas quem sou eu? bom meu nome é S/N Jones tenho 19 anos, sou Americana e sou uma mutante, sim! Isso mesmo que ouviu, uma mutante... bom ninguém ultiliza esse termo, somos mais chamados de mestiços e mestiças, tenho telecinese, teletransporte, e consigo dominar o fogo. Eu não conheci os meus pais, por que desde sempre fui criada aqui na Área 51, sim o famoso local de estudos e experimentos Americanos, onde todos pensam que existe alienígenas na verdade, apenas crianças e adolescentes mutados. Alguns forem "feitos" aqui outros como no meu caso, tirados dos pais ao nascer, nem se quer me lembro deles...ou se ainda estão vivos.

-S/A (seu apelido) quando você irá tentar fugir mesmo?- Mark meu  melhor amigo pergunta.

-Já disse para não falarmos sobre isso aqui Mark, você sabe que eles podem nos ouvir. - Eu o encaro.

-Desculpe, mas preciso saber quando vou ficar longe da minha melhor amiga. -Ele olha para seus pés, depois me encara.

-Não sei lidar com você fofo, Senhor. Tuan, não sei kkkk- Aperto as bochechas dele, e isso o faz corar.

-kkkkk eu não sou fofo mocinha, sou timido.-Ele ri.

-Sim, e garotos tímidos ficam fofos. - Toco o nariz dele.

Mark e eu nos conhecemos desde os 3 anos, época que ele chegou aqui ele era sempre muito quieto e fechado, então não conseguia falar com os outras pessoas, então eu resolvi puxar assunto com ele e descobri o garoto incrível que ele era. Mark tinha o poder de atravessar as coisas e dominava a água, apesar de termos poderes contrários isso não interferiu em nada em nossa amizade.

- Jackson disse que tudo está pronto, para quando formos levados para a sede na Coréia, vou tentar fugir durante a troca dos carros. -Digo olhando os monitores que "cuidavam" de nós.

-Então será daqui 3 dias...-Mark deita sua cabeça em meu ombro.

-Sim, daqui 3 dias...-deito minha cabeça na dele, e Mark entrelaça nossas mãos.

-Crianças acabou o horário de almoço, todos de volta para a sala de treinamentos.- Um dos monitores vem nos avisar.

-Estamos indo. - Mark responde com certa indiferença.

A verdade é que nenhum de nós gostava de viver aqui, nós sofremos, eles nos tiram de nossas familias, destroem nossas infâncias, fazem testes e nos obrigam a lutar uns com os outros. Eles dizem que tudo isso é necessário, pois somos o futuro de nosso país, somos as armas para futuras guerras e por isso precisamos ser aperfeiçoados desde nosso nascimento. A unica coisa boa, disso é as amizades que fazemos, pois todos passamos pelas mesmas coisas e isso meio que nos uni mais.

Os dias se passaram e faltava apenas um, para que fomossémos levados para a Coréia, a nova sede de treinamentos. Com uma nova remessa de Mestiços chegando, estavam ficando sem espaço então mandaram os que estavam a mais tempo para a Coréia, incluindo eu e meus amigos.

-S/A vou sentir muito sua falta, por favor não esqueça de nós. -A pequena Jane, dizia chorando.

-Oh Jane, não chore querida prometo nunca esquecer nenhum de vocês, e eu vou voltar! E quando voltar levarei vocês todos embora comigo. - A peguei no colo, abrançando-a.

-É você Júlia, cuide muito bem de Jane e de todos e se cuide. - Abraço Júlia uma de minhas amigas.

-Pode deixar, S/N! Cuidarei de Mark também para que ele não morra com sua ausência. -Ela ri.

- Faça isso.-Dou um sorriso.

Abraçei todas as outras crianças e todos meus amigos, me despedindo de todos, afinal eles eram a minha família...mas quando chegou na vez de Mark, tudo ficou mais difícil já que ele era meu melhor o amigo.

-Por favor, não vamos começar a chorar, se não vou desistir de tudo. - Eu o encarei, o puxando pra mais perto do meu corpo.

-Que culpa eu tenho, se não sei viver sem minha pequena.-Ele dá um beijo em minha cabeça.

-Ah, Mark como vou aguentar as coisas lá fora sem você, aquele mundo desconhecido. -Agarro seu corpo com força, e as lágrimas descem.

-Que droga! Por que tudo é tão difícil, eu não quero que vá, mas nossa liberdade depende disso...-Ele seca minhas lágrimas, com a parte de trás de uma de suas mãos.

-Eu sei, isso é difícil... Mas por todos os anos que passamos aqui, todo sofrimento, não pode mais continuar! - Eu me solto dele.

-Isso é verdade, mas nunca se esqueça de mim pequena, por favor! - Ele me encara e segura uma de minhas mãos.

-Nem se eu quisesse.-dou um beijo em sua bochecha.

-Boa noite S/N.-Mark diz indo em direção ao seu quarto, que ficava na frente do meu.

-Boa noite Mark. - Entro no meu quarto e encontro Júlia minha amiga, e colega de quarto se preparando para dormir, Júlia tem super velocidade, e domina o vento.

-É Senhorita Tuan, amanhã a Rebelião começa, está preparada? – Ela pergunta  sentando em sua cama.

-Meu sobrenome é Jones, Jully não Tuan kkkk mas estou mais que pronta. - Digo me sentando ao seu lado.

-Todo mundo sabe, que você será a Senhora Tuan algum dia S/A dá para ver a relação de vocês dois, o sentimento de ambos vai além do que um amor de apenas amigos.- Ela bate palmas e sorri como se tivesse dito a coisa mais inteligente, e certa do mundo.

-Isso é o que você pensa, mas eu amo Mark como um irmão e sei que ele me ama como uma irmã.- Digo tacando um traviseiro nela, que ri.

-Tá se você diz- Ela se deita em sua cama rindo.-Boa noite Mrs. Tuan kkk.

-Boa noite, Mrs. Cala a boca, ou vai dormir lá fora.

-Parei, parei kkkk. - Ela Ri e apaga as luzes.


Notas Finais


Espero que gostem. comentem o que estão achando da fic, se querem que eu continue e tal ( se quiserem) comentários e criticas construtivas são muito bem vindas. Bjos no kokoro de vcs moranguinhos da Omma. #YoonGirl


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...