História A Minha Paixão Secreta || YugBam - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Tags Got7, Shinee, Yugbam
Exibições 207
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie eu queria passar para dizer o por que não postei esses dias,é por que eu estava com um bloqueio de criatividade e sinceramente só voltei por que a minha amiga me deu uma ideia do que eu poderia fazer neste cap,então eu pesso desculpas (novamente) e espero que gostem do cap

Capítulo 9 - Nine (≧∇≦)


Fanfic / Fanfiction A Minha Paixão Secreta || YugBam - Capítulo 9 - Nine (≧∇≦)

O resto do dia foi um tédio e eu não fiz quase nada,apenas fiquei deitado no sofá vendo algumas fotos e vídeos caseiros que a minha mãe fazia de mim,de uma certa forma aquilo fazia eu me sentir como se estivesse ao seu lado e confesso ter me divertido, rido e chorado muito mas dessa vez de felicidade durante todos os vídeos e fotos,quando me dei conta já eram 3:00 da manhã então resolvo ir dormir,faço minhas higienes e vou para o meu quarto dormir,me deito e logo adormeço

~~~Na manhã seguinte~~~

Acordo no dia seguinte e dessa vez estava sozinho,me levanto e vou me arrumar pois hoje o corpo da minha mãe que foi um dos poucos que continuaram intactos chegaria e eu iria organizar o seu funeral que aconteceria já no dia seguinte,tomo meu banho, faço minha higiene,tomo meu café da manhã,pego minha carteira e saio,vou para uma funerária e faço as coisas que eles pedem,compro turquesas brancas que era a flor favorita dela,contrato um pastor humanitário e tudo o que eles pedem,dinheiro não seria o problema eu só queria que minha mãe tivesse um velório digno dela,depois volto para casa e já era 14 horas,já estava completamente cansado mas tinha que ligar para os convidados,pego a lista telefonica da minha mãe onde tinha o número de todas as pessoas importantes para ela e começo a ligar.
       Depois de duas horas termino de ligar mas avia apenas um para quem ainda não havia ligado: meu pai.
Ele nunca se importou com a gente,por que se importaria agora?
Penso e suspiro pesado mais resolvo ligar,durante toda a ligação eu mantenho uma voz firme,dou o aviso e desligo rápido sem deixa-lo falar nada,depois de terminar isso eu resolvo limpar a casa que estava uma zona desde a minha pequena "festa do pijama"...
Depois de algumas horas termino e já tinha limpado cada canto daquela casa,faço uma mini-pizza para mim e janto,vejo um filme,tomo banho,me troco,faço minhas higienes e vou dormir mas dessa vez vou para o quarto da minha mãe e durmo na sua cama,aquele lugar tinha o cheiro dela e me fazia lembrar de quando eu era pequeno e tinha pesadelos e ia dormir com ela e ela dormia abraçada comigo enquanto acariciava meu cabelo e cantava uma música de ninar para mim,para todos os momentos em que eu estava com ela,ela tinha uma música para mais acalmar e me fazer sorrir e só de pensar que nunca mais sentiria aquela sensação eu me corroia por dentro como se uma parte de mim estivesse deixando de existir,durmo e acordando 3 horas da manhã,eu já havia perdido o sono então fiquei olhando algumas coisas lendo algumas cartas que minha mãe tinha escrevido e quando acordo para a vida já era 5 da manhã e eu estava quase dormindo em cima da escrivaninha que tinha no quarto da minha mãe,que era bem grande por sinal,volto para a cama e durmo,acordo 10 horas então me levanto,faço a minha rotina da manhã e quando vejo as horas já estava atrasado pois tinha dito que iria ajudar no velório pois queria aquilo perfeito,pego minha carteira e minha chave e saio correndo as pressas de casa e vou para a funinaria,chego lá e eles me dizem que o corpo iria chegar meia hora antes do velório começar definitivamente, por sorte o lugar não tinha aquele cheiro horrível de formol e era um lugar um tanto quando agradável para receber os convidados e o corpo da minha mãe.... Estava arrumando algumas coisas até que ouço alguém falar
Xx: Parece que alguém precisa de ajuda...

Eu me viro para trás e vejo os 6 meninos me encarando e com roupas de ajudantes

MK: Ei,não viemos aqui para ficar parados nos olhando não sabia? - rimos
Jr: Como você está Yug?
Eu: Estou bem... Obrigado por virem - vou até eles e os abraço forte e eles retribuem
BB: Estaremos sempre aqui quando você precisar e quando não precisar também! - rimos novamente
Eu: Vamos logo com isso,quero tudo perfeito! - rio e eles começam a me ajudar. Depois de um tempo acabamos e vamos todos nos arrumar,o Jinyoung já tinha trazido ternos e tudo mais,nos arrumamos e esperamos as pessoas começarem a chegar o que não demora muito tempo,algumas pessoas da minha família chegam e em seguida o corpo da minha mãe,naquele momento eu não aguento e começo a chorar sobre o corpo dela,os meninos se aproximam e me abraçam e vejo o Jinyoung,o Jae e o Mark chorarem também o meu pai acabou não vindo e sinceramente? Eu não queria que ele viesse! E no geral o tempo passou bem rápido, muitos amigos e familiares vieram e eu sei disso por causa do livro que tinha deixado para os visitantes assinarem seus nomes e alguns até deixaram endereços e bilhetinhos me apoiando que no caso foram aqueles que não conseguiram me ver,quando todos já tinham ido em bora  eu me sentei em um banco e o Bambam ainda estava lá comigo e disse ter ficado para me apoiar,eu pego o livro de visitas e começo a ler com o Bambam todos os bilhetinhos e histórias que contaram com a minha mãe e eu só conseguia pensar em como ela era incrível e assim eu e o Bambam viramos a noite lendo bilhetinhos e conversando e eu aproveitei para lhe contar um pouco sobre a minhã mãe


Notas Finais


Gente eu estava pensando em começar a interagir com vocês nos comentários o que vocês acham dessa ideia?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...