História A misteriosa garota da montanha - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chávez, Christopher Uckermann, Diego Boneta, Dulce María, Maite Perroni, Rebelde
Personagens Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria, Maite Perroni, Personagens Originais
Tags Adultério, Alfonso Herrera, Amor, Anahi, Chaverroni, Christian Chavéz, Christopher Uckermann, Colegial, Dulce Maria, Família, Maite Perroni, Ponny, Rbd, Rebelde, Romance, Viagem, Vondy
Exibições 62
Palavras 853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa noite, leitores!
Desculpem o capítulo pequeno rsrs. Boa leitura!!!

Capítulo 7 - Plano : Parte 2


- Dul, posso te fazer uma pergunta?
- Já perguntou! - brincou. - Faz a outra. - Zora jogou uma almofada na amiga. - Ai, Zoraida! Isso machuca.
- Tá, me desculpa! - se desculpou. - Dul, você tá gostando do Christopher? - Dulce arregalou os olhos, surpresa.
- Não, claro que não, Zoraida! Ele é uma pessoa admirável, nada comparado aos pais assassinos que tem. - respondeu, nervosa.
- Amiga, eu te conheço à anos. Sei que não está sendo totalmente sincera, mas te respeito. - Zora falou, enquanto Dulce levantou. - Você gosta dele, não é?
- Ele é um amigo, é gentil! - Dulce respondeu, sorrindo.
- Cuidado, amiga! O Christopher é filho dos seus maiores inimigos, Dulce Maria! - ela lembrou. - Você mesma disse que são todos iguais, nenhuma pessoa naquela família presta.
- Mais uma vez, te agradeço por se preocupar comigo, Zoraida Gómez, mas não há necessidade. O Chris não é como seus pais, ele é um amigo, já disse.
- Tudo bem, só quero que tome cuidado com ele, tá? - Zora pediu. - Não quero que você sofra, Dul!
- Eu não vou sofrer, até por quê eu não tenho nada com ele. O Chris só quer me ajudar, Zora! - Dulce respondeu, um pouco irritada.
- Você não me respondeu!
- Respondeu o quê, garota? - perguntou, confusa.
- Você não me respondeu se gosta do Christopher, mesmo sendo um Uckermann!
- Como você é chata, Zoraida! - elas riram. - Você me conhece muito bem, não tem como te esconder nada! Eu estou gostando dele sim, mas fica tranquila, não vamos ter nada. - Dulce confessou, o que fez com que sua amiga arregalasse os olhos. - Ele é muito legal comigo, sempre me trata com carinho.
- Esqueceu que esse garoto te maltratou, quando chegou aqui?
- Não, mas ele tem razão!
- Vai dar razão para as atitudes dele? Dulce, vocês se conheceram ontem, garota! Já está apaixonada?
- Ele me maltratou por quê eu afirmei que os pais dele são assassinos! Eu não estou apaixonada pelo Chris, só gosto do jeito carinhoso que me trata.
- Só você mesma, Dulce! Espero que não se arrependa! - Zora terminou.

                             ****
- Agora, você terá que executar a segunda parte do plano! Esta é uma das mais importantes. - Natália afirmou, se deitando no peito de Christopher.
- Eu não quero, Nat! - ele respondeu, irritado, se levantando da cama. - Você sabe que estou odiando aquela desgraçada. Eu não sei se consigo, odeio ter que olhar pra cara dela.
- Olha aqui, Christopher, você não tem que querer nada! Eu sei que odeia ela, mas você só tem hoje e amanhã pra fazer essa selvagem te amar, entendeu? Do contrário, terá que vir aqui todo fim de semana.
- Tá, tá bom! - bufou. - Eu não tenho outra escolha, não é? - ele perguntou, dando um beijo no pescoço dela.
- Agora, vai se arrumar e vai atrás dela, meu anjo! - disse ela, enquanto bagunçava o cabelo dele.
- Eu não posso ficar aqui com você? Só mais um pouquinho? - Ucker perguntou, sorrindo malicioso.
- Não, não pode! Teremos uma vida toda pela frente! Vai atrás dela e se declara. - disse ela, saindo do quarto.
- Droga! - Ucker bufou, se jogando na cama. - Eu vou ter que me humilhar pra dizer que estou gostando dessa selvagem idiota. - se levantou, tomou um banho, vestiu uma roupa confortável e foi até o quarto de Dulce, que estava sentada em sua cama, lendo. - Não é possível que ela só saiba ler e cuidar de uma cobra. - pensou.
- Ai! - Dulce gritou, quando viu Christopher entrar. - Assustei! Achei que fosse um bandido.
- Boa noite, Dul! - disse, com um pouco de sedução na voz. - Eu não queria te assustar. - estava rindo por dentro pelos trajes da jovem. Dulce vestia um pijama branco, cheio de borboletas coloridas.
- Boa noite, Chris! - ela respondeu. - O que faz aqui?
- Já estava se preparando pra dormir? - perguntou, fitando-a.
- É... eu tenho que ir dormir, depois de ler mais algumas páginas do livro.
- Eu queria te convidar pra jantar comigo! Você quer? - Ucker perguntou.
- Não, acho melhor não! - disse ela.
- Eu queria conversar com você! Quero te ajudar a descobrir o responsável pela morte de seus pais. Se for os Uckermann's, quero que eles paguem pelo que fizeram, ainda que sejam meus próprios pais.
- Tá falando sério? - Dulce perguntou, admirada.
- Sim! Eu quero justiça, Dul! - afirmou. - Eu gosto de você! Eu senti algo diferente quando nos vimos pela primeira vez. Eu... eu acho que estou apaixonado por você. - Dulce suspirou com aquelas palavras ditas por ele. Afinal, ela acabara de dizer pra Zora que estava gostando do Christopher. - Não... não precisa responder nada, Dulce. Ainda me considera inimigo? - ele perguntou.
- Não, você não é meu inimigo, Chris! - respondeu. - Eu também gosto de você.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...