História A Moça Do Ônibus - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drogas, Femmeslash, Romance Lésbico, Sexo
Exibições 103
Palavras 319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Orange, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem ♥

Capítulo 1 - Quem é ela ?


Fanfic / Fanfiction A Moça Do Ônibus - Capítulo 1 - Quem é ela ?

Minha mãe me acordou as 6:40 da manhã com água gelada no meu rosto, puta que pariu, pra que isso ?

Alessandra: Vai, Camila, levanta dessa cama, para de ser preguiçosa, se você faltar escola hoje, não vai sair com seus amigos. 

Eu: Porra, mãe, precisava jogar água ?? Já tô indo, que coisa chata

Alessandra: Vou ter que passar sabão na sua boca mesmo ? Já disse que não quero essas palavras de baixo calão.

Não respondi, mas me levantei num pulo, deixar de sair com meus amigos ? não, não baby. Tomei um banho rápido e vesti a roupa, (coloquei minha calça preta, rasgada nos joelhos e a blusa branca da escola com o símbolo da mesma do lado esquerdo, era o símbolo de uma coruja preta) Soltei meu cabelo liso natural, e coloquei meu óculos de sol preto. 

Bom ... Meu nome é Camila Campos, tenho 17 anos e moro no Recife/PE com meus pais e minha irmã mais nova, sou loira natural e tenho olhos azuis natural também, sou branca e magra. (sou bissexual)

Peguei um ônibus, pois papai quase nunca me levava (ele e mamãe tem carro) e mamãe não sei porque, mas era bem melhor assim, assim que subi no ônibus, vi uma menina muito bonita, (cabelo castanho claro, olhos castanhos, branca com as bochechas rosada e a boca também), fiquei olhando pra ela, e ela percebeu, logo sua bochecha ficou mais rosada ainda e ela baixou a cabeça, sentei muito atrás dela e fiquei olhando ela. 

Eu desci na mesma parada que ela, e ela foi andando logo à frente, e entrou na minha escola, naquela hora, eu congelei, "Como assim?" pensei e falei um pouco alto:

Eu: What fuck ?

Henrique: Ihh, ala a patricinha babando na aluna nova (pensei "que ?")

Eu: Patricinha seu butico, e eu não tava babando nela

Henrique: uhm, vamos entrar antes que a bruxa da diretora apareça (eu ri e a gente entrou) 


Notas Finais


Contínuo ? huehehehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...