História A Monster Among Humans - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Lyria1205

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Chariel, Frans, Humantale, Papyton
Exibições 156
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - 1° capítulo


Fanfic / Fanfiction A Monster Among Humans - Capítulo 1 - 1° capítulo

Narradora P.O.V.s on~

A muito tempo atrás houve uma terrível gerra entre monstros e humanos. Depois de muitas guerras, os monstros venceram, e aprisionaram os humanos no monte Ebott para nunca mais voltarem.
Alguns anos depois uma monstrinha chamada Chara decidiu ir até o local onde os humanos foram aprisionados porém, nunca mais voltou. A história acabou se espalhando, daí muitos outros monstros foram até o mesmo local e também não voltaram. Até que um dia uma monstrinha chamada Frisk recebeu um desafio de seus colegas de orfanato para ir até o tal local.
A garota escalou o monte até achar um enorme buraco. Ela estava quase desistindo daquilo mas pensou em como iram a respeitar se ela fosse e voltasse ilesa, então ela se jogou e caiu em um canteiro de flores que amorteceu sua queda. A garota se levantou assustada, sem saber onde estava ela seguiu sua intuição e passou pela primeira porta que viu que a levou até uma sala onde havia um canteiro de flores e um garoto humano de belos loiros, camisa verde e calça jeans, ajoelhado e olhando para o chão. Frisk tentou se esconder pensando que o garoto era perigoso mas ele levantou a cabeça e disse

— Howdy! Sou Flowey! —

Frisk recuou um pouco então ele ainda sorrindo continuou

— Você é nova por aqui? Deve estar confusa. Não se preocupe! Eu irei lhe ensinar como as coisas funcionam por aqui —

Frisk se aproximou um pouco pensando que ele poderia ser um novo amigo que iria a proteger dos perigos adiante

—  Ok! Então vamos —

A sala então ficou escura então ela olhou para si mesma que estava com a tonalidade cinza e apenas um coração em seu peito estava vermelho e brilhando um pouco

— está vendo isso? Essa é sua alma. No início sua alma é fraca mas ficará mais forte se você obter bastante LV. O que significa LV? LOVE, é claro! —

Frisk ficou com menos medo pensando que se tratava de amor já que love é amor em inglês

— Você quer LOVE? Não se preocupe! Eu irei dividir com você —

Frisk ficou bastante feliz. Parece que ela acabou de fazer um novo amigo e então sorriu para ele

— aqui embaixo o LOVE é representado com pequenas e brancas... Balinhas de amizade! Vamos! Se mexa e pegue quantos poder! —

Frisk então correu para pegar uma das balas porém quando tocou em uma sentiu uma dor em sua alma e se sentiu fraca. E então o garoto fez um sorriso enorme no rosto e olhou para Frisk com uma cara assustadora, e com uma voz aterrorizante disse

— Idiota! Neste mundo é matar ou ser morto! Por que alguém desperdiçaria uma chance dessas? —

Um círculo daquelas tais "balinhas da amizade" circularam a garota que desesperada tentava achar um jeito de escapar porém não havia como e então o garoto ainda com um sorriso imenso no rosto disse espantando ainda mais a garota

— MORRA! —

A garota então simplesmente ficou parada sem ter mais o que fazer apenas esperando seu fim enquanto as balas chegavam mais perto. Até que as balas pararam de se mover e uma bola de fogo bateu no garoto que voou para longe. Então uma mulher humana parou na frente de Frisk e a ajudou a levantar logo depois dizendo

— mas que criatura terrível. Ao torturar uma jovem tão inocente. Meu nome é Toriel, e sou guardiã das ruínas. Eu venho todos os dias aqui para ver se alguém caiu. Você é o primeiro monstro a cair aqui a anos. Venha minha pequena, eu irei lhe guiar pelas catacumbas —

Frisk seguiu a moça porém ainda estava desconfiada que ela também tentasse a matar.


Notas Finais


Obrigado por lerem minha fanfic :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...