História A Monster Among Humans - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Lyria1205

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Chariel, Frans, Humantale, Papyton
Exibições 146
Palavras 620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse daqui é um bônus por que não vai ser todo o dia que vou postar nem vão ser duas vezes por dia se não a fanfic ficará chata e acabará mais rápido mas como eu tô super inspirada esta aqui um capítulo fresquinho. Boa leitura! :3

Capítulo 2 - 2° capítulo


Fanfic / Fanfiction A Monster Among Humans - Capítulo 2 - 2° capítulo

Um tempo se passou desde que Frisk caiu ali. Ela conheceu outros humanos que no início ela pensou serem maus mas descobriu que tudo o que os monstros diziam dos humanos era mentira. Ela ganhou vários amigos porém não conseguiu quebrar a barreira mas ela juntamente com seus novos amigos trabalham todos os dias para quebrar a barreira e libertar os monstros.

||14:57 p.m, case de Sans e Papyrus||

Frisk vai quase todos os dias visitar Sans e Papyrus. Ele aprendeu muito com ambos desde que os conheceu. Papyrus conseguiu aprimorada bastante suas habilidades culinárias e passou todas elas para Frisk, já Sans a ensinou várias piadas super legais e ensinou como dar um jeito nas outras crianças do abrigo.

Frisk estava no sofá conversando com Sans quando Papyrus entrou e Sans disse acenando para ele

— e aí bro! Onde você estava? —

E ele respondeu

— NA CASA DO METTATON —

E então ela disse

— a relação de vocês tá ficando seria —

— COMO ASSIM MONSTRINHA? — perguntou ele

— você vai quase todo o dia pra casa dele — respondeu

— EU O GRANDE PAPYRUS E O METTATON SOMOS APENAS AMIGOS —

— tá, mas imagino como seria estranho já que ninguém sabe o sexo dele —

Ele riu um pouco e disse que ele e o Mettaton nunca ficariam juntos mas Frisk ainda acha que os dois combinam. E então Sans convidou Frisk para ir ao Grillby's e ela aceitou. Frisk tem uma certa paixão por Sans porém não quer contar a ninguém, e essa paixão é o motivo de ela rir até mesmo das piadas sem graça de Sans e ir com ele toda a vez que ele a convida para ir ao Grillby's.
Chegando lá os dois se sentaram no balcão e ambos pediram batatas fritas.

— e então... Você e Alphys conseguiram achar um jeito de quebrar a barreira? — perguntou ele

— ainda não mas uma coisa que eu aprendi é... Sempre tenha determinação — disse ela sorrindo para ele logo em seguida

— é mas você acha que não vai acabar em outra gerra? — disse preocupado

— tenho certeza que assim que me virem com vocês iram perceber que são inofensivos — falou tentando deixa-lo menos preocupado

— você é uma cabrinha de ouro pirralha — disse logo em seguida passando a mão pelos cabelos da garota

||Enquanto isso, no mundo dos monstros||

Estava passando em todos os canais um alerta para o resto dos monstros

Foi revelado mais um relato de um monstro indo para o monte Ebott e não voltando. Já se passou dois meses desde que a jovem chamada Frisk fugiu do orfanato para ir até o monte, e até agora não foram encontrados rastros dela. Então que fique um alerta, esses humanos assim como contam as histórias são perigosos, eles não parecem ser nem um pouco amigáveis. —

||De volta ao mundo dos humanos||

Frisk voltou para casa e como sempre Flowey ficava reclamando o tempo todo. Nem mesmo ela sabe por qual motivo ela o poupou.

— foi encontrar com seus amiguinhos e esqueceu de me trazer comida NOVAMENTE! — ele brigava

— tinha comida na geladeira e se você não queria nada era só andar até o mercado — falou calmamente

— urg! Você é irritante! — ele disse con raiva

Frisk apenas ignorou e seguiu até seu quarto. Ela deitou na cama e pensou sobre o que ela havia dito a Sans mais cedo, ela sabia que com certeza eles não iriam aceitar os humanos de primeira e então ficou bastante preocupada. Mas seus pensamentos foram interrompidos quando Toriel a chamou para comer sua deliciosa torta de canela e caramelo.


Notas Finais


Obrigado por lerem :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...