História A Mulher Que Não Devo Amar... (Emison) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias K.A.R.D, Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Ashley Marin, B.M, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jessica DiLaurentis, Jiwoo, Mona Vardewaal, Noel Kahn, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Tom Marin
Tags Alison Vs Ali Bitch, Bwoo, Conto De Fadas, Drama, Emison, Haleb, Kard, Romance, Sparia Vs Jaria, Spoby Vs Sparia
Visualizações 173
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem trouxe o último capítulo desta semana.,. euzinha né??


Por favor, atenção ás notas finais obg


Boa Leitura!!

Capítulo 16 - Consequências...


Fanfic / Fanfiction A Mulher Que Não Devo Amar... (Emison) - Capítulo 16 - Consequências...


NARRAÇÃO 

 

Alison sorriu maliciosamente ao perceber que a aula estava prestes a começar, e que a Emily ainda não tinha aparecido, pois apesar de tudo que tinha acontecido de especial entre elas na noite anterior, a verdade é que a loirinha não conseguia esquecer tudo que a sua ex-noiva lhe havia feito no passado, e nada lhe tirava da cabeça que a mesma só a quis prender ali, pra que ela não fosse se "encontrar" com o Noel..

O professor falava sobre um assunto do qual ela não conseguia se concentrar, pois o tic-tac do seu relógio de pulso, apenas a deixava cada vez mais ansiosa, por achar que a morena estava demorando demais pra aparecer, o que só veio a acontecer no terceiro tempo.

Mesmo a vendo interrompendo a aula, e se dirigindo a ela com uma expressão furiosa, a verdade é que o coração da jovem começou a bater descompassadamente, por ver que a sua amada estava a salvo, e que mais uma vez tinha conseguido tirá-la do sério.

- Porque você deixou esse dinheiro em cima das minhas roupas? - Emily pergunta sem se importar com a presença do professor, e muito menos dos colegas.

- Você é inteligente, deve saber - Alison responde enquanto a olha de cima abaixo.

- Não eu não sei.. seja mulher uma vez na vida, e diz na minha cara porque raios você me deixou sozinha no balneário, cortou as minhas roupas e ainda deixou uma nota de cinquenta dólares em cima delas?

- Meninas, o que está acontecendo? - o professor de geografia pergunta, contudo ele logo é silenciado pelas duas, que gritam em simultâneo:

- Não se mete professor!


(...)

 

- Fala Alison!

- Eu deixei a nota porque é assim que se recompensa as piranhas por um serviço bem prestado - a loira diz friamente - cinquenta dólares é mais do que justo concorda, ou vou ter de pagar mais?

Essa resposta inesperada, foi o quanto bastou pra tirar a morena do sério, que de cabeça perdida, empurra a mesa que está em frente á Alison, e depois de pegar nela pelo braço, a mesma a obriga a deitar-se no seu colo de bunda pra cima:

- Isso. é. pra. você. aprender. a. respeitar. as. pessoas - Emily grita, e a cada palavra que sai da sua boca ela vai infligindo um tapa na bunda da loirinha, que começa a implorar por socorro.

- Eu vou acabar com isso agora - Spencer diz, contudo Hanna segura no seu braço.

- Deixa...

- Como assim, não tou entendendo..

- Ah Spence, você vai dizer que a Alison não tá merecendo essa surra?

- Pensando bem.. até que tá..

- Me solta Emily! Você me paga!

- E você já me pagou pelos "meus serviços", mas hoje de manhã eu lembrei que faltavam as palmadas que eu prometi - a morena responde sem parar de bater na Alison, que continuou gritando até o diretor chegar:

- Emily Fields e Alison Dilaurentis, as duas pra detenção, agora!

 


                                     ****

 

No final da aula de natação, todos estão no balneário e o assunto ainda é a briga das meninas..

- A Emily pegou pesado.. só quero ver quando o Jason ficar sabendo - Aria pra logo em seguida pegar no celular.

- Você não vai botar mais lenha na fogueira baixinha - Hanna diz logo após retirar o aparelho da sua mão.

- Eu não sei como ainda fico chocada com as coisas que a Alison vem fazendo - Spencer diz entre gargalhadas.

- Não tem graça.. é sério.. ela humilhou a Emily depois de transar com ela, isso não se faz.

- Hanna.. será que você esqueceu de tudo que a Alison passou, depois que a Emily a abandonou? Essa garota volta com a maior cara de pau, e acha que tem o direito de exigir, transar, bater.. Aff, quando puder eu mesma vou falar umas verdades pra ela - Aria remata depois de bufar umas três vezes.

- Tá legal, você é quem sabe.. eu vou perguntar pro diretor quando é que ele vai liberar a Alison - Hanna diz tentando evitar de entrar em conflito com a amiga..


(...)

 

- Será que foi aqui? - Aria pergunta sem perceber que acaba de tirar a Spencer dos seus pensamentos.

- Aqui o quê?

- Que elas transaram... será que foi aqui no chão? - ela continua ao mesmo tempo que morde o seu lábio inferior...

- Hum.. acho que não, vem cá.. acho que foi bem aqui - Spencer diz enquanto aproveita pra empurrar a baixinha pra dentro de uma das cabines.

- Você não disse que a gente tinha que parar e blá blá blá? - Aria ironiza com um sorriso malicioso, enquanto relembra da quantidade de vezes que se masturbou pensando na amiga..

- Eu acho que a culpa é do balneário que tá com uma puta carga afrodisíaca.. além disso é dificil te resistir quando você fica nervosinha como estava há pouco  - Spencer responde sabiamente, aproveitando pra passar a mão pela coxa da baixinha e ao mesmo tempo que ela ia subindo até chegar na sua calcinha, a mesma se deliciava ao escutar os seus gemidos.

Dali uns minutos foi a Aria quem começou a passar as mãos nas coxas da amiga, que agiu de uma forma gostosa, olhando e rindo pra ela com cara de safada, o que fez com que a baixinha a puxasse pra um beijo, ao que a Spencer correspondeu, logo depois de pegar nos seus seios..

Em resposta, Aria colocou a mão por dentro das suas calças, e foi descendo com a mão até tocar alcançar o seu clitoris, enquanto dizia pra amiga o quanto ela é deliciosa.. 

Spencer gemeu e começou a fazer movimentos circulares nos seios da Aria, que implorou pra que a mesma os chupasse, ao que ela acedeu logo depois de arrancar a sua blusa.. Aria arranhou as suas costas, fez um chupão no seu pescoço mas ela nem se importou, por estar decidida a levar a boca até ao seu sexo, não sem antes enfiar os seus dedos lá dentro... 

Não demorou muito até que a baixinha gozasse, e depois de beijá-la prolongadamente, Spencer a escuta dizer bem baixinho:

- Agora é a minha vez de sentir o seu gosto.

Isso deixou a estudante louca de desejo, e fez com que ela arrancasse as suas calças, dando total liberdade, pra que a amiga a chupasse até ela gozar.. Não satisfeitas, as duas ficaram esfregando o sexo uma na outra até gozarem novamente, e se não fosse pela entrada de algumas alunas do segundo ano, com certeza que aquela transa não ficaria por ali...

- Foi a última vez - Spencer diz enquanto as duas caminham em direção á sala de aula.

- Sim, tenho certeza que foi...

 

                             *****

 

Algumas horas se passaram e tanto a Alison quanto a Emily estavam se sentindo super irritadas por estarem fechadas numa sala, enquanto esperavam o diretor, que certamente estava decidindo um castigo exemplar pra aplicar nas duas.

- Você me paga! - Alison afirma depois de partir um lápis de carvão ao meio.

- Você se tornou na pior pessoa possível.. fria, cheia de malícia, falsa, cínica, debochada..

- Você tava á espera de quê? - a loirinha explode cedendo a um impulso - Que eu ficasse te esperando e continuasse sendo aquela trouxa que se apaixonou e confiou em você?

- Eu sei que te machuquei muito mas..

- Machucar? Não você não me machucou: você só destruiu aquela Alison de há cinco anos atrás.. no fundo eu até devia te agradecer, pelo menos agora mais ninguém me pisa..

- No entanto você parece adorar o fato de pisar e humilhar as pessoas sempre que assim entende.. eu me entreguei, e tudo que eu falei pra você ontem é a mais pura verdade..

- Puro é o sangue que ficou naquele chão.. puro é o fato de eu estar tão machucada que nunca consegui me entregar pra outra pessoa.. de pura você não tem nada sua piranha - Alison diz enfatizando o seu discurso com um revirar de olhos...

- Alison eu..

- Vai pro inferno! - a loira grita enquanto limpa algumas lágrimas.

- Quer saber? Eu não devia ter voltado.. mas ainda vou a tempo de corrigir isso... eu vou embora e você nunca mais vai precisar de ter de olhar pra minha cara - Emily diz saindo dali logo em seguida, contudo, um estrondo vindo da sala de detenção a faz regressar rapidamente.

- Alison, Alison? Socorro, eu preciso de ajuda! - a morena grita desesperada ao ver que a loirinha estava deitada no chão e se debatendo, dando a entender que estava tendo uma convulsão...

 


Notas Finais


Dxi novo Alison?? Foi muita emoção, mas a partir desse novo ataque da Alison muita coisa vai mudar kkkkkkkkkkkk

Gente eu pedi atenção ás notas finais pra deixar o link da minha nova fic e agradecer novamente a todos que me apoiam de uma forma ou de outra a ir em frente nos meus projetos https://spiritfanfics.com/historia/the-secret-emison-10348156

Volto na próxima semana, obrigada a todos que continuam acompanhando, e se alguém encontrar a Spencer por aí, digam que ela muito da sem vergonha kkkkkkkkk


Suzy Liars amo vc viu??

X0X0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...