História A namorada do meu irmão. - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette
Visualizações 721
Palavras 1.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores, como estão?
Obrigada pelos comentários anteriores eu amei cada um deles, espero que gostem do capítulo.
Eu fiz de coração para vocês.
Boa leitura.

Capítulo 37 - I hate you


Fanfic / Fanfiction A namorada do meu irmão. - Capítulo 37 - I hate you

 

Antes que eu pudesse raciocinar Justin acordou e assim que percebeu o que estava havendo o loiro me empurrou para baixo do sofá, se não fosse tão sério aquilo seria engraçado, eu estava completamente nua escondida então minhas roupas foram jogadas para mim ouvi Justin xingar algumas vezes até vestir sua cueca.

- Maninho. - Jaxon disse abrindo a porta. - Que bom que está em casa. 

- Como foi de viagem? - O loiro disse sentando no sofá onde eu estava escondida colocando suas pernas para que o Jaxon não me visse ali.

- ótimo... Onde está a Aria? - Gelei ao ouvir aquilo.

- Não sei Jax. - Justin negou. - Ontem a mamãe saiu com a Aurora e eu acabei pegando no sono aqui na sala mesmo. - Ele mentia bem.- Vou te ajudar com as malas.

Ouvi passos subindo as escadas então a sala estava livre, rapidamente vesti minha roupa de qualquer jeito para que eu pudesse sair dali, sem fazer barulho subi as escadas nas pontas dos pés indo até banheiro. Me olhei no espelho e então senti um sorriso formar em meu rosto pela noite passada, eu estava errada! Muito errada, mas eu passaria por qualquer coisa para que eu pudesse senti-lo novamente.

Balancei minha cabeça ao ver um chupão enorme em meu pescoço, droga! Esfreguei algumas vezes mas foi em vão o sangue continuava ali, liguei o chuveiro tomando um banho relaxante sentindo cada parte do meu corpo. Ao terminar me enrolei na toalha voltando ao quarto ao ver Jaxon sorri mostrando meus dentes.

- Amor. - Ele disse me abraçando. - Pensei que estivesse no hospital. - Neguei.

- Hoje é meu dia de folga. - Sorri de canto indo até o armário. - Preciso de um descanso. - Murmurei. 

- Eu tenho muita coisa para te contar. - Assenti vestindo minhas roupas íntimas. - Eu senti muita saudade, meu amor. - Senti meu corpo se arrepiar ao ouvir aquilo.

- Eu estou louca para ouvir.. 

[....]

Passei a tarde toda com o Jaxon, enquanto ele me contava tudo sobre o caso que ele tinha defendido e claro ganhado. Por mais que eu tentasse eu não conseguia me concentrar em suas palavras, eu só pensava na noite passada.

- Aria? - Sai do transe olhando em seus olhos. - Terra para Aria... - Ele disse rindo.

- Me desculpe. - Balancei a cabeça. - Eu estou muito cansada com tudo, meu apartamento o meu trabalho. - Suspirei.

- Eu imagino meu amor. - Senti seus lábios em minha testa. - Mas agora eu estou aqui com você. - Senti uma enorme vontade de chorar ao ver seu sorriso, era o mais sincero.

- Eu preciso me arrumar. - Forcei um sorriso. - Se esqueceu da inauguração da academia? - Arqueei minha sobrancelha.

- Droga... Completamente. - Jaxon mordeu seus lábios.

Fui até o armário pegando meu vestido preto, ajeitei em meu corpo enquanto eu esquentava o babyliss para cachear meu cabelo, assim feito rapidamente passei uma maquiagem mais reforçada e claro optei pelos meus sapatos vermelhos me deixando alguns centímetros mais alta.

Me olhei no espelho sorrindo ao ver meu próprio reflexo, abri a porta do quarto descendo as escadas ao ver Aurora não consegui conter meu sorriso, a baixinha usava um vestido florido seu cabelo estava solto enquanto a franja presa com um grampo, seus sapatos brancos deixava tudo mais fofo.

- Você está linda querida. - Murmurei.

- Obrigada tia, você também está. - A mesma corou sorrindo. - Será que você pode passar batom em mim? - Aurora me encarou.

- Claro que posso! 

Abri minha pequena bolsa pegando meu batom rosa, sentei no sofá passando em seus lábios e por alguns segundos eu pensei que era seu pai ali pelo mesmo formato da sua boca.

- Obrigada, eu estou como você. - Aurora sorriu mostrando seus pequenos dentes.

- Você está ainda mais linda. - Sussurrei.

Entrei no carro enquanto Jaxon dirigia ao lado da sua mãe, como Justin era o dono ele já estava lá. O caminho todo Aurora foi contando sobre seu passeio com a vovó. Ao chegar notei que a academia estava lotada. Caminhei até adentrar o enorme local vendo Justin conversando com algumas pessoas, ao me ver ali o mesmo sorriu.

- Que bom que você chegaram. - Ele disse se aproximando.

- Papai.. - Aurora disse dando os braços para que ele pegasse a mesma no colo, então o loiro atendeu e logo depois beijou sua bochecha.

- O papai precisa trabalhar filha. - Justin disse colocando a mesma no chão, na mesma hora Aurora abaixou sua cabeça saindo dali. - Aria, quero te apresentar o Chaz. - Sorri ao ver seu amigo.

- É um prazer Chaz, o Justin fala muito de você. - Estendi minha mão.

- O prazer é meu. - O mesmo sorriu mostrando seus dentes. - Tudo o que ele disse é mentira. - Gargalhei. - Menos a parte que eu sou melhor amigo dele, e solteiro claro. - Justin rolou seus olhos.

- Está muito lindo aqui. - Sorri olhando nos olhos caramelos do Justin. - Parabéns, você merece. - O loiro sorriu de canto me encarando fixamente.

- Obrigado por ter me ajudado. - Justin sussurrou.

A festa estava rolando, Justin conversava um pouco com cada pessoa que estava presente. Caminhei até a cadeira onde Aurora estava sentada ao lado do seu tio Jaxon.

- Está tudo bem? - Franzi meu cenho.

- Ela não quer dizer o que tem de errado. - Jaxon negou.

- Você pode falar comigo, querida. - Aurora me encarou.

- Meu papai esqueceu de mim. - Ela disse baixinho.

- Claro que não! - Neguei pegando em sua mão. - Ele só está trabalhando para conseguir as coisas para você querida. - Acariciei seu cabelo louro.

- Hoje ele nem falou comigo titia. - Aurora disse fazendo biquinho começando a chorar.

Aurora era muito ligada ao Justin e nessa semana com tudo aquilo da academia eles não tiveram tempo algum, além de tudo a pequena estava com sono resultando naquele choro. Peguei Aurora em meus braços vendo a mesma colocar sua cabeça entre meu pescoço e meu peito chorando.

Pattie se aproximou me entregando sua chupeta a pequena pegou rapidamente colocando entre seus lábios. Não demorou até que Aurora soltasse todo seu peso foi então que eu percebi que a pequena havia dormindo mesmo com todo aquele barulho. 

Franzi meu cenho ao ver Justin conversando com uma garota, rapidamente o loiro abraçou a mesma com força enquanto a menina sorria e beijava seu rosto, senti meu rosto queimar, minhas mãos formigarem e claro minha barriga revirar céus que droga era essa? Eu estava sentindo ciúmes daquilo?

Sem pensar duas vezes levantei caminhando até os dois que riam de alguma coisa muito engraçada. Ao perceber que eu estava ali o loiro desmanchou seu sorriso me encarando.

- Aria, ela é Carlena, uma amiga minha. - Forcei um sorriso.

- Eu acho melhor eu ir para casa, a Aurora está exausta. - Balancei meu corpo segurando a pequena nos braços. 

- Tudo bem.. - Justin assentiu. 

Sem dizer nada sai dali indo em direção ao carro que havia nos trazido, Jaxon nos levou para casa e eu não conseguia esquecer daquela cena, aquilo não estava 'descendo' amiga?

Desci do carro adentrando a casa do meu noivo. Subi as escadas indo até o quarto do Justin, ajeitei Aurora em sua cama tirando aquele vestido e logo depois a calcinha que a mesma usava, abri o armário pegando uma fralda, logo depois coloquei seu pijama cobrindo Aurora para que ela pudesse dormir tranquila.

POV Justin Bieber- Estados Unidos - São Francisco 

Eu estava exausto! Abri a porta da casa da minha mãe sentindo meus olhos pesados, mas eu sentia uma felicidade imensa depois dessa noite. Subi as escadas indo até o meu quarto e novamente as minhas duas garotas estavam dormindo juntas, me aproximei da cama beijando Aurora e logo depois fiz o mesmo colocando meus lábios na testa da morena.

Lentamente a mesma abriu seus olhos me encarando, sorri acariciando seus cabelos a mesma sentou na cama rapidamente me assuntando.

- Pode dormir aqui, eu vou pra sala. - Murmurei.

- Eu vou para o meu quarto. - Ela disse séria levantando da cama.

- Hey, o que houve com você? - Franzi meu cenho olhando em seus olhos. 

- Você está enganando quanta? - Aria me olhou com a sobrancelha arqueada.

- Do que está falando? - Molhei meus lábios. - Você está com ciúmes das garotas que estavam na academia? - Sorri.

- Não! - Ela rolou seus olhos.

- Acho bom mesmo. - Falei sério. - Não sou eu que estou noivo Aria. -A mesma me olhou com seus olhos arregalados. - Então não venha me cobrar de algo que você não faz por mim.

- Eu odeio você. - Aria disse rolando seus olhos.

- Você me ama. - Puxei a mesma com força para perto de mim.

- Você é um idiota. - Aria disse saindo do meu campo de visão .

 

 

 


Notas Finais


Deu ruim hahahaha
Aurora cada vez mais próxima da Aria<3333
Justin e Aria brigados </333
Espero que tenham gostado, volto logo para vocês então me ajudem por favor.
Amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...