História A namorada do papai! - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Comedia, Naruhina, Naruto, Romance, Sakuradiva, Sasusaku, Sexo
Exibições 235
Palavras 1.614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


oieee amoricos *-*
espero que gostem e me falem o que acharam pois to curiosa

kisses

Capítulo 9 - Vergonha para a família..


Fanfic / Fanfiction A namorada do papai! - Capítulo 9 - Vergonha para a família..


  O assunto não parava de ser comentado por toda empresa e isso estava me tirando do sério,eu precisava fazer algo pra parar com essa palhaçada mais não consigo olhar pra meu pai e deixar de ver o rosto daquela rosada, e isso me enche de raiva de imaginar ele tocando seu corpo, a beijando por inteiro. Como desejo ser ele nessas horas, o que essa mulher tem que me deixa desse jeito?! Porra! 

  Joguei para a lixeira mais próxima, o jornal que estava em minhas mãos. A caneca com café joguei na parede ouvindo o barulho estridente dela ficando em pedaços, ouvi batidas na porta e a voz de shion.

-Senhor uchiha, esta tudo bem? -

-Sim. - suspirei levantando e andando de um lado a outro, observo o trânsito lá fora pela janela, Suspirei, saco.

-Sasuke-kun. Tô precisando de você. -

- Agora não karin. - Sinto suas mãos em meus ombros,  ela adora me provoca quando não estou afim.

- O que foi? Algum problema sobre a questão do relacionamento de seu pai.?-

-Nao toque nesse assunto. Porra sai daqui.- Me livrei de suas mãos.

-Sasuke..o que você tem hoje? - trinquei os dentes.

-Olha karin ,sai daqui quero ficar sozinho e me concentrar no trabalho. - ouvi ela resmunga alguma coisa  e saiu.

-Ja estava se divertindo sasuke? - olhei para jugo que entrou antes de karin fecha a porta.-Essa cara não é de quem acabou de transar! -

-Nao estou para brincadeiras. Para quando marcou para começarmos a prepara tudo sobre o apartamento de Yamato? -

-Ainda esta semana, fiz a planta do apartamento, Deidara desenhou os moveis que será grande  parte embutido, outros que nós mesmos iremos fazer, a esposa dele gostou e ficou bem..agradecida. - ele sorriu maldoso ao falar.

-Jugo você transou com ela? Nao trás problemas para a empresa! -

-Relaxa! Vou falar com deidara até mais sasuke.-

-Até ! -  Maldito seja o dia que a vi, não consigo nem me concentrar para trabalha que a haruno perturba meus pensamentos. Irei ter que fazer algo, ela sera minha de um jeito ou de outro e pai desculpa mais você não pode simplesmente ficar com ela só pra você..

                                             (....)

  Corri subindo os degraus da calçada, já é noite e to afim de um banho depois de ter ficado com ino para beber um pouco, minha cabeça esta doendo e não to afim de me encontrar com meu pai, merda depois do jornal, com certeza ele esta sabendo.

  O que posso fazer..? isso iria acontecer uma hora ou outra, abro a porta e vejo shaya já vindo em minha direção sua cara não esta muito boa, isso é um péssimo sinal.

-Sakura você chegou numa péssima hora. - Eu sabia!

-O que aconteceu? -

-Seu pai esta muito bravo xingando os quatro canto da terra, e pediu pra que quando chegasse fosse em seu escritório. - suspirei longamente e assenti.

-Ele leu o jornal não é? -

-Sim. E tocou fogo quando viu a foto.-

-Foi o que pensei, estou subindo por favor shaya leve um chá para ele.-

-Certo.- fui subindo respirando devagar , parei de frente o escritório dele e antes de abrir a porta dei uma ultima respirada. 

  Foi impossível não ver seu rosto quando abrir a porta, entro devagar fechando a porta, sua cabeça esta baixa lendo alguma coisa.

-Pai. - seu olhar não foi nada bom para mim, permaneço com cara de quem não sabe o que ta acontecendo.- Shaya me deu o recado.- Me aproximei mas de sua mesa e ele levantou me olhando friamente.

-O que significa isso? - jogou o jornal em minha direção deixando entre nós. Nao olhei pois sei que é o que todos os outros jornais tem, sobre meu relacionamento com fugaku. -Que decepção! E fugaku como ele pode fazer isso somos amigos! Eu sempre quis o melhor pra você e é assim que retribui? Imagina o que a sociedade fala de você nesse exato momento..- Então é isso ele esta mais preocupado com o que a sociedade pensa do que com a felicidade da própria filha.

-Pai.. Não me importo com o que eles pensam, que mal tem em namorar uma pessoa mais velha? - 

-Nao é por ai sakura eu sempre batalhei para da o melhor a você.-

-Mas nunca estava quando eu precisava.- não acredito que vamos entrar nesse assunto.

-Mais você tem tudo, te dei a perfumaria, tem conforto, dinheiro...O que mais quer? - 

-Sua atenção, um pouco do seu amor..-

-Sakura não comece nesse assunto! - fez uma pausa me olhando com reprovação.- Então por isso esta com fugaku,ele tem idade de ser seu pai! O que quer fazendo isso, me envergonhar, é assim que quer minha atenção? -

-Nao é bem assim papai, você nunca esta presente desde minha infância te via enfiado nesse escritório, você nunca me levou se quer a um parque todas lembranças que tenho é apenas da mamãe , talvez por isso ela preferiu ir embora.- Desabafei e vi o semblante de meu pai mudar e antes que eu pudesse continuar a falar senti um forte tapa em meu rosto, e uma lagrima rolar.

-Nao ouse falar na sua mãe dentro dessa casa. Você esta sendo uma vergonha para esta família assim como sua mãe foi.- ouvi batidas na porta mas não olhei.

-Senhor kizashi, desculpe interromper eu trouxe chá.- mordi os lábios de cabeça baixa.

- Saia da minha frente sakura, nem sei se te chamarei de filha outra vez! Você esta sendo uma vergonha para mim. -  saiu do escritório as pressas chorando claro.

- Como esta o clima entre vocês? - me perguntou durante  a ligação.

- Se ele fosse mais presente como um pai eu diria que esta horrível. -

-Complicado em amiga, mas eu sei do que você precisa..-

-Nao vem não, to afim de ficar em casa! -

-Querida somos jovens temos que divertir, e não vou ficar em casa sábado a noite.- 

-Você é muito chata ino. -

-Eu sei, te vejo amanha beijos nessa sua bunda grande.- eu ri.

-beijos de nutella..- desliguei. 

 Rolei na cama para tentar dormir, como eu queria minha mãe aqui, as palavras de meu pai não sai da minha cabeça ,suspirei , e em minha mente veio a imagem de fugaku, como sera que ele esta reagindo a tudo isso? Talvez não seja tao ruim pra ele que vivia falando o quanto é louco para assumir o relacionamento. Mais..aquele tao de sasuke é tao idiota, imaturo falando coisas como se eu fosse uma interesseira! Sendo filho de fugaku não esperava atitudes tao imbecis assim.

  Enfim me venci pelo cansaço e fecho os olhos para dormi.

                                         (...)

- Você sempre tão atencioso, carinhoso e legal comigo fugaku. - Digo o olhando um pouco corada, estamos numa lanchonete vim tomar café da manhã com ele.

- Eu nem sempre fui assim querida, eu era um grosso,  egoísta só me importava  com a empresa e negócios,  enquanto deixava a família de lado, meus filhos não tiveram tanto a presença do pai quanto deveriam. - Ele e meu pai são bem parecidos, isso não posso negar. - Desculpe não é querer lembrar do passado,  meu casamento que não deu certo, eu acho..Que nem quero falar sobre isso, não que eu sinta falta da ex mulher,  mais porque não me orgulho do homem que fui no passado.-

- Entendo.- a única coisa que eu consigo falar.

-Quando..eu te conheci algo em mim mudou, na verdade eu já estava bastante mudado,  mais ainda estava fechado para novos relacionamentos. - Fez uma pausa e tomei um gole de café.- E quando vejo meu filho sasuke, me preocupo ele é tão idiota, egoísta  quanto eu já fui um dia.  Perdi muitas coisas e também pessoas assim, acho que que sasuke precisa de alguém que seja capaz de mudá-lo. - Pensei nessa possibilidade e acho impossível.

- Pessoas assim as vezes nunca mudam.-

- Eu mudei não foi?- me deu um sorriso que retribui de volta.

- Talvez ele tenha medo de se machucar, de perder pessoas ao redor dele. - Fugaku assentiu.

- E com seu pai como está o clima?- suspirei.

-Bem, nossa conversa não foi uma das melhores. -

-Irei ter uma conversa seria com ele, kizashi com certeza terá muito o que falar, mais também ouvir.-

-Deve ser chato pro meu pai, vocês dois são amigos.-

- Imagino! Não  se preocupe dará tudo certo. - Alisa meu rosto com carinho.- Linda terei que ir agora, Óbito uchiha meu irmão assim como madara uchiha estarão à minha espera na empresa. Em breve te apresentarei a todos irão ficar encantados com sua beleza.-

-Tudo bem, te vejo depois.-

-Se cuida.- Me deu um selinho antes de ir embora. 

  Permaneço ainda na lanchonete, meu olhar é distante que eu sei, e minha cabeça esta cheia demais para pensar em algo.

- Sakura..- olhei vendo naruto com um sorriso, segura uma xícara de cafe.- Posso? -

-Fique a vontade ! - 

- É difícil não saber e seu olhar também diz tudo, brigou com seu pai? Pois vi em jornais sobre seu relacionamento. - 

-Impossível não ver né? Aposto que estão falando que fui o motivo da separação de fugaku e mikoto.- 

-Mais não fica assim sakura, vocês se gostam isso que importa não é? - eu sorri.

-É..ate me admiro ouvindo isso de você.- ele sorriu largo.

-É que conheci uma pessoa. -

-Hum.. apaixonado uzumaki naruto? - ele corou um pouco.

- Acho que sim.- 

-Boa sorte, bem, depois quero saber mais sobre isso. Mais agora temos trabalho não é mesmo!  - Levantamos.

-Sim , vamos ao trabalho! - 


Notas Finais


aii kizashi vai com calma, fugaku sempre pensando positivo entre os dois <3 sasuke o que vai aprontar eeem...

espero que tenham gostdo e to loucaaa pra saber o que acharam compartilhem com outros leitores pois adoro sabe opniao de muitos e ver varios favoritos me deixando feliz para continuar :DD ^^

kisses e ate maiis *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...