História A Nascida-Trouxa II - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Astoria Greengrass, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Personagens Originais, Ronald Weasley
Tags Alitter, Harry Potter, Ruivinha, Trio De Ouro
Exibições 79
Palavras 1.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIEEEEEEEEEEEEEEEEEE meus serumaninhos, 1 cap do 2 livro! IEEEEEEEEEEEEEEEE e sim,eu sei que era pra ter começado ontem, só que eu tive uns probleminhas, e eu pude reler o cap e mudar umas coisas que ficaram chatas, então espero que likeiem, e como sempre:

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
<3

Capítulo 1 - Eu amei essa merda de shopping!


Fanfic / Fanfiction A Nascida-Trouxa II - Capítulo 1 - Eu amei essa merda de shopping!

 EU VOU MATAR MINHA MÃE! porque ela me acordou bem cedinho nas férias dizendo que íamos no shopping, mas não fomos, ela me arrastou até um cabeleiro e cortou meu cabelo! as moças cortam 2 ou 3 dedos do cabelo, e do meu ela cortou 2...palmos! 2 palmos!! meu cabelo batia na minha bunda, agora ele bate 1 palmo abaixo do meu seio! a mulher só não cortou a franja porque minha mãe percebeu que eu sou uma aborrecente! eu já tava ficando mais vermelha de raiva que meus cabelos! a Kim começou a rir da minha cara e foi aí que minha mãe percebeu e correu pra dizer que não precisava fazer a franja, obrigada Kim!

- ``Vamos ao shopping fazer compras´´! sabia que eu amei essa merda de shopping?! - Reclamei quando saímos daquele salão infernal

- Admito que eu escondi a verdade, mas nós ainda vamos fazer compras sim - Ela falava tentando me acalmar, missão impossivel? virou!

- Escondeu mãe? escondeu nas tuas ventas só se for! voce M-E-N-T-I-U pra mim! - Exclamei quando entramos no carro

- Tá, ok! confesso que eu disse uma coisa e não fiz, mas voce pode escolher pra onde vamos agora - Ela falou 

- Compras! só compras! - Falei e ela dirigiu até uma rua de lojas que chamamos de shopping central, desci do carro e peguei Kim nos braços, já que hoje é niver dela, ela queria porque queria um tenis pisca pisca

- Eu quero! eu quero! eu quero! - Ela falava puxando a barra do meu short pra vitrine

- Te acalma que tu vai virar uma árvore de natal capeta! - Exclamei já irritada

- Alison? Meu Deus lindinha quanto tempo?! - Falou uma voz de taquara rachada, não, não é o Malfoy, é a versão feminina trouxa dele

- Kim, tu ainda é capeta, essa aí é uma Voldemort mesmo - Murmurei no ouvido da minha irmã

- Ali! como voce tá?! amei o cabelo, ficou fashion lindinha! - Falou a Ashley super animada, mandando beijinho na bochecha

- Eu odiei terem cortado meu cabelo! - Falei sorrindo ironica e ela ficou de boca aberta

- Pensando melhor eu só falei aquilo pra lhe agradar mesmo, concordo com voce - Ela falou super #FALSIANE

- Surda tu não é?! então escuta bem, se no testamento não tivesse escrito que meu pai herdaria a empresa onde o seu trabalha, voce estaria aqui sendo `gentil´ comigo? Não! já que eu sou a nerd da turma! e quer saber querida? a nerd cresceu! então minha querida, para de bancar a minha amiguinha que tu não é e nem vai ser nem aqui nem na china, querida! sai fora carrapata! e pra sua opinião, se eu te chamar de vaca, é porque tu é minha amiga, mas se eu te chamar de querida, é porque eu to pra acertar minha mão no meio da tua cara, entendeu ou vai querer que eu desenhe? não, ótimo! - Falei tudo que tava entalado e sai pisando duro da loja

- Que foi minha flor? tpm? - Perguntou minha mãe quando eu cheguei bufando

- Sim mãe! uma bem VAGABA! - Gritei a última parte ironica, em parte verdade, porque o que me aconteceu foi Ashley Vagaba, ela é uma vagaba

- Vag o que? - Ela perguntou 

- Esquece! só esquece! - Falei abaixando a cabeça e colocando a mão na testa, só quero comprar logo esse pinheirinho de natal que se calça e ir pra minha cama! 

***

 Eu só não falo um palavrão danado porque eu preso meu sono! um inútil me acordou altas horas da noite, me levantei e calcei minha pantufa de pé de monstro e fui até a janela, sim a janela, tem um barulho vindo lá de fora! abri a janela e me deparo com uma coisa que vindo deles não é surpresa

- O que estão fazendo aqui? - Perguntei pras tres cabeleiras ruivas dentro de um carro voador parado na janela a minha frente

- Estranhamos Harry não responder e nem mandar cartas, então vamos até a casa dele, suspeitamos dos tios dele - Rony falou e pode ser, Harry nunca responde as minhas e nem manda alguma se quer

- E onde eu entro em tudo isso, por acaso?! - Pergunto irritada por terem me acordado pra saber disso

- Achamos que gostaria de ir conosco ver seu namoradinho - Disse Jorge fazendo um biquinho, na minha opinião ridículo!

- Tá, ok! eu vou, mas pelo menos tenho o direito de me trocar e colocar algo decente?! - Pergunto dando língua pro ruivo

- Se for the fla - Não deixei Fred terminar e fechei a janela na cara dele e fui correndo pro closet, vesti um short branco cintura alta, uma camisa branca com vermelho que tinha uma frase qualquer, uma jaqueta colegial preta, um tenis de veludo vermelho e uma bandana preta com meu cabelo solto e liso por terem cortado os cachos, e passo um hidratante nos lábios e vou correndo pra janela e abro a mesma e com cuidado saio pela janela ficando no telhado, e ando sorrateiramente no telhado até o carro e pulo no banco de trás

- Hello Hello, bitches - Falei quando coloquei o cinto

- Quis ficar bonitinha pro Harry, foi? - Falou Fred, revirei os olhos, mas me mantive calada, mas no fundo foi isso sim, pois é, aparentemente eles tem razão, eu posso ter uma quedinha, ou um penhasquinho pelo meu melhor amigo, se eu vou admitir isso? não pra eles!

***

 Foi bom ver que Harry tava bem, mas eu quero matar os tios deles pelo que fizeram, até grades na janela dele colocaram! quando Fred ``estacionou´´ o carro perto da janela de Harry depois de arrancar as grades, eu praticamente pulei do carro pra dentro do quarto e abracei Harry forte e rodeei seu pescoço com meus braços e ele me levantou um pouquinho do chão

- Como voce tá? - Perguntei

- Bem melhor agora - Ele falou me soltando e sorrindo, e Merlim! quase que me derreto, por que tão lindo?!

- Q-que bom - Falei e mordi o lábio inferior e droga! por que eu fui gaguejar?!

- Nervosinha Ali? - Perguntaram os gemeos maliciosamente, vai Alison, pensa!

- Não que isso?! só to pensando o que minha mãe vai dizer quando vir que eu não to no meu quarto, ``Olha que lindo, minha filha fugiu! que orgulho! ´´ - Falei e eles vieram até mim e cada um bateu na minha cabeça

- Tiramos o selo! - Jorge falou

- Ela cortou o cabelo - Fred falou 

- Fui praticamente arrastada pro salão do quinto dos infernos - Falei cruzando os braços

- Ok! depois discutam, temos que ir buscar o material do Harry, e os Dursley trancaram - Falou Rony e seus irmãos foram, e eu e Rony ajudamos Harry a juntar e colocar suas coisas nos malões, depois de tudo colocado nos malões, eu pulei pro carro e Rony e Harry foram me passando os malões da janela, depois Fred e Jorge apareceram segurando os materiais e a vassoura de Harry e passaram pra mim, e os meninos subiram no carro, mas quando Harry passou, Edwiges deu um pio tão alto que tenho certeza que acordou os porcos

- Esqueci Edwiges - Falou Harry voltando pra pegá-la, passou ela pra mim, só que quando o mesmo ia passar, o mesmo porco-chefe da estação apareceu, só que com o dobro de raiva, e em uma fração de segundos já estava puxando Harry pelo tornozelo e nós pelos braços

- PETÚNIA! ELE ESTÁ FUGINDO! VENHA AQUI! ELE ESTÁ FUGINDO - Gritou o porco-chefe mas nós demos um puxão que fez Harry entrar no carro e ele caiu encima de mim! nossos rostos meio que ficaram próximos e minha respiração pesada

- Pé na tábua, Fred! - Gritou Rony e eu mal escutei o resto, tava ocupada com a proximidade da minha cara com a do meu crush! infelizmente ele se levantou

- Desculpe - Ele disse me ajudando a sentar no banco

- Não foi nada - Falei meio sem jeito

- VEJO VOCES NO PRÓXIMO VERÃO! - Gritou o Harry para os tios e o primo que estavam desbruçados na janela com cara de tacho

 Já deve ser umas 3 da manhã, disse tchau pros meninos e desci do carro, andei do telhado até a janela do meu quarto silenciosamente e entrei no mesmo fechando a janela, coloquei o pijama de antes e fui pra cama, mas quando eu ia me deitar me deparo com a Kim dormindo lá toda tortinha, coitada! ficou me esperando

- Onde voce foi? - Reparei que ela falou abrindo um pouco os olinhos 

- A nem um lugar importante minha estrelinha, e agora eu só quero é dormir - Falei pegando ela no colo e me deitando com ela abraçada em mim

- Boa noite Ali - Disse ela com o pouquinho de voz que a restava antes de cair no sono

- Boa noite - Falei dando um beijo em sua testa e fechando os olhos e rapidamente dormindo


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...