História A Nascida-Trouxa II - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Astoria Greengrass, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Personagens Originais, Ronald Weasley
Tags Alitter, Harry Potter, Ruivinha, Trio De Ouro
Exibições 79
Palavras 1.133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIEEEEEEEEEEEE meus serumaninhos, aqui de novo com essa hora pq sim! brinks kkk é porque amo vcs e sei como querem cap novo rápido

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
<3

Capítulo 3 - Eles estão é encrencados, isso sim!


Fanfic / Fanfiction A Nascida-Trouxa II - Capítulo 3 - Eles estão é encrencados, isso sim!

HOJE É 1 DE SETEMBROOOOOOO!!! Eu sonhei com isso, literalmente! foi noite passada aliás, e foi enquanto Hermione chutava minhas canela! eu tava na casa dela, depois daquele dia no beco eu vim pra cá e passei dois dias, fui embora sexta pra casa, e como meus pais não podiam me levar pra estação hoje, eu passei o final de semana na casa dela, que é muito bonita na minha opinião! só que o problema de dormir aqui, é a parte de dormir! já que a Hermione é filha única eu divido a cama com ela, e nós fazemos um ufc enquanto dormimos!

- Prontinho! sua vez Ali, a água ainda tá quente - Disse Hermione saindo do banheiro já vestida pra ir pra estação king's cross

- To indo - Falei e peguei o look eu eu escolhi e fui pro banheiro, e depois de longos 7 minutos eu saio do chuveiro e me visto um cropped sem manga estampado, uma saia rosa claro de couro marcado, um tenis vinho de couro, e meu cabelo solto com um gorro preto com pedrinhas, já pronta eu saio do banheiro e desço pra cozinha onde Mione já tava me esperando com os pais pra tomar café da manhã

- Bom dia Alison - Falaram o sr e sra Granger juntos

- Bom dia tio, bom dia tia - Que foi? eu sou das intimas

- Já são quase 10 horas, é bom nos apresarmos se não nos atrasamos! - Mione falou bebendo um gole do seu café, enquanto eu me servia de suco de uva e cereal

- Calma Hermione, saímos daqui no máximo em 15 minutos, tem que dá tempo! - Falei e bebi um gole do suco, não sei como alguém da nossa idade toma café!

***

 Me despedir dos pais da Hermione e entrei no trem antes dela, fiquei procurando os meninos mas não achei eles, falta 5 minutos pro trem sair

- Ei voces dois! viram o Harry e o Rony? - Pergunto pro Fred e o pro Jorge

- Devem estar atravessando a plataforma - Disse Jorge

- E eles devem chegar num minuto -  Disse Fred e eu assenti e eles foram pras suas cabines e eu pra minha, só que quando o trem começou a andar, eu automaticamente fiquei nervosa, mas Hermione não tinha che...

- Oi, ué cade os meninos? - Gado! Como assim? eles perderem o trem?

- Achei que eles tavam com voce! - Falei me levantando

- Voce acha que eles perderam o trem? bobagem! eles devem tá em outra cabine com os amigos deles, aliás as meninas chamaram a gente pra ir ficar com elas na cabine, vamos? - Ela falou super calma, como?

- Ok, vamos! - Falei e nós fomos pra cabine e lá tava a Parvati Patil da grifinória, sua irmã Padma Patil da corvinal 

- Oi Hermione, oi Alison - Disse a Parvati

- Oi meninas - Falei e começamos a conversar

***

 Já tava pra começar a cerimonia de seleção dos alunos novos e aqueles dois não deram sinal de vida! ok, to considerando a ideia de que eles perderam o trem! 

- Colin Creevey - Chamou a profa Mcgonagall, um menino meio loirinho foi e se sentou no banquinho

- grifinória - A mesa começou a bater palmas

- Ginevra Weasley - Francamente! dá pra entender porque eles usam apelidos ao envés do nome

- grifinória - Eu bati palmas fracas, ainda não esqueci totalmente do que aconteceu na Floreios e Borrões. Eu e Hermione estávamos indo pro Salão Comunal e quando vir uma cabeça ruiva e outra morena que eu reconheceria á quilometros de distancia! sai correndo na direção deles

- Eu juro que eu não sei se mato ou abraço voces! - Exclamei quando parei do lado dessas criaturas

- Ajudaria bastante se voce nos falasse a senha - Falou o Rony

- Cerebro de mingau - Falei e Mione me encarou confusa

- É a senha? - Perguntou o ruivo

- Não, é o que tem na sua cabeça mesmo! - Falei dando um tapa na cabeça dele

- Maçarico - Disse Hermione e a mulher gorda deu passagem pra entrarmos

- Ouvi os boatos mais ridiculos, disseram que voces foram expulsos porque bateram um carro voador numa árvore - Mione falou e tudo fez sentido

- Bem...não fomos expulsos! - Falou Harry

- Voces não vão me dizer que realmente chegaram aqui voando? - Falei pronta pra dá um sermão daqueles 

- Pode poupar o sermão, obrigado - Rony disse impaciente, e eu não pude falar nada porque o pessoal puxou eles

- Que entrada! aterrissar de carro voador no salgueiro lutador! vão comentar disso durante anos! - Berrou Lino Jordan e o resto dava palmadinhas nas costas dos dois! 

- Isso é um absurdo! eles estão é encrencados, isso sim! - Falei aborrecida, balançando a cabeça negativamente e cruzando os braços e quando eu ia subir as escadas pro quarto sinto uma mão segurar o meu pulso, me viro e vejo que é Harry

- Não fica chateada conosco, por favor! era o único jeito que pensamos pra vir pra cá - Ele disse 

- Sei disso! mas passou pela cabeça de voces o quão perigoso era? não pelo visto! eu quase entrei em panico quando soube que voces não tinham entrado no trem! mas eu fiquei mais ainda com a ideia de que voces poderiam não ter sobrevivido e que eu teria perdido voces, voce poderia tá morto e eu não poderia fazer nada pra ajudar - Falei e uma lágrima involuntária desceu pelo meu rosto, no mesmo instante ele me puxou pelo pulso e me abraçou forte

- Hey! mas isso não aconteceu, eu to aqui, nós estamos! não vai nos perder, vai sofrer muito ainda nos aturando! não vale a pena ficar pensando numa coisa que nunca aconteceu! eu sempre vou tá do seu lado, pro que voce precisar - Ele falou acariciando meus cabelos enquanto minha cabeça tava deitada no peito dele

- É dificil não pensar no que podia dá errado, mas voce tem razão, obrigada, por...ser o melhor amigo que eu poderia querer - Falei me soltando dele e limpando algumas lágrimas que desceram no meu rosto e segurando sua mão, a vontade de dizer que pra mim ele era mais que isso era forte, mas eu não podia, não queria perder sua amizade por ser precipitada e acabar me iludindo 

- Eu te adoro, ruivinha! é por isso que eu to aqui pra o que voce precisar - Falou beijando minha mão, aposto que fiquei corada

- Bom saber! vou indo, eu to cansada - Eu falei meio abobalhada

- Eu também vou pra cama, boa noite - Ele falou

- Boa noite, moreno!


Notas Finais


Likearam? espero que sim, nós nos vemos no próx <3 #look:
http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=212364620


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...