História A nerd dos meus sonhos - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~Isabela

Postado
Categorias Malhação
Personagens Karina "Ká" Duarte, Pedro Ramos
Tags Isabella Santoni, Rafael Vitti
Visualizações 89
Palavras 2.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente voltei!!

Mil disculpas pela demora...

Espero que ainda tenha alguem aquí....

Boa leitura!
Desculpa se tiver algum erro..💜

Capítulo 24 - Cap 23


Fanfic / Fanfiction A nerd dos meus sonhos - Capítulo 24 - Cap 23

Quem vai responder
Tantas perguntas
Que aflige todo o coração
Brigam pela razão quando ninguém tem explicação...



Pov Rafa

Passei o fim de semana inteiro sem ver minha namorada, não tive como falar que eu tava de castigo. E parece que o fim de semana tinha parado de passar e eu já estava com saudade da minha Pequena. Quando a Segunda-Feira chegou, meu coração se alegrou e não via á hora de ver minha namorada linda e matar a saudade que eu tava dela.

(....)

Quando vir ela entrar na escola não conseguir esconder meu sorriso de felicidade. Mas eu percebi que ela não parecia tão Caminhei em tão feliz. Fui em su a direção sorrindo e ela continuava cabisbaixa. Fiquei preocupado. Quando fui beija-la ela desviou e isso fez meu coração doer.

Rafa - Oque aconteceu? Porque ela tà assim?.- Não tive tempo de fazer nenhuma pergunta. Ela apenas passou por me e caminhou lentamente até a sala, vi algumas meninas á olharem de cima a baixo e sem que elas tinham raiva por eu nunca ter querido algo sério com elas. Mais que se exploda, nenhuma garota me interessa mais. Fui atràs dela que estava na sala de aula vazia parei confuso em sua frente e ela não me olhava.

Rafa- Amor?! -chamo e ela continou sem me olhar. - Você está bem? - toco em sua bochecha e á baixinha me olhou dessa vez. - Ela fica tão linda assim, toda cheia de marra.

Bella-Porque não respondeu minhas mensagens?.

Rafa-Ah é porq..-ela me corta e continua a falar.

Bella-Porque não atende minhas ligações?

Rafa-Eu tav... - Ela me corto u novamente.

Bella-Se você quer me dizer algo diz logo, mais não me ignora. Acho melhor a gente ter. ... - não deixo ela termina e iterropo oque ela ia dizer.

Rafa-Pelo amor de Deus Isabella não termina essa frase - me aproximo dela.

Bella- Acho melhor a gente termina! - ela completou, e eu fiquei a olhando sério, e sentir meu coração doer . Ela só pode tá ficando maluca em pensar que eu não a quero mais. Quando ia dizer algo sobre aquilo o sinal toca e a maior parte dos alunos entra na sala, e a Bella senta em seu antigo lugar. Eu não acredito que ela vai ficar me ignorando e nem se quer me deixou explicar. Que droga.

- Xx-Ei Rafinha..senta aqui do meu ladinho é que com essa sua bunda eu não consigo enxergar o quadro -fala uma das minhas ex peguetes e suas amigas dão risadinhas enjoadas e melosas.

Rafa- Me erra porra -falo ignorante e meio alto passo pelo professor e batendo a porta com força e saio da sala. Eu estava com raiva pela Bella não me deixa se explicar e magoado por ela me ignorar e dizer que é melhor a gente termina. Machuca muito a idiferença dela. Caminhei em passos largos e fui para quadra, sentei atrás das arquibancadas. Oque Isabella falou não saia da minha cabeça.. " Acho melhor terminar "... Nunca que eu vou terminar com ela, será que ela não percebe que eu sou louco pirado por ela! - Sem perceber lagrimas grossas caiam pelo meu rosto. Não consigo imaginar um vida sem ela. Porque ela tá fazendo, tempestade em copo d'água? - Ela se quer me deixou explicar, o porque de não ter falado com ela durante o fim de samana. Porque á Isabella tem que ser tão complicada!?

Pov Bella

Passei á aula toda sem dar a mínima atenção ao que o professor dizia, pensava apenas em falar com o Rafael, ouvir a explicação sobre tudo aquilo - Será que eu estava exagerando? - Assim que o sinal bateu, levantei deixando meu material do jeito que estava e começei a procura-lo por todos os cantos da escola e já estava irritada por não acha-lo, óbvio que não ia perguntar se alguém tinha o visto, muito menos aquelas..cadelas no cio. Fui até o jardim e passei meu olhar por tudo e nada dele e foi aí que lembrei de onde ele poderia estar se não tivesse ido pra casa. Caminhei até a quadra a lá aviam algumas pessoas, fingi ir até o banheiro e desci atrás da arquibancada e logo o avistei sentado encostado na parede , mas oque mais doeu foi ver que ele falado aquilo. Ver ele chorando despedaçou meu coração, eu sou burra nem deixei ele se explicar.- Droga porque eu tenho que ser tão insegura? Caminhei lentamente e sentei ao seu lado em silêcio. E ele me encarou sem falar nada, eu não sabia oque falar. Eu sentir meu coração aperta quando olhei naquele abismo castanhos que são seus olhos, estavam tão triste!....

Bella' Eu sou uma burra!

Rafa- Agora Você vai me deixa explicar? - disse cabisbaixo e triste.

Bella- Me desculpa? Eu sou uma indiota! - sentir meu olho encher de lagrimas..

Rafa- Bella aquilo que Você falou sobre se separar, me magou de verdade. Você se quer me deixou explicar o porque de não ter falado com você durante o fim de semana e foi logo pensando besteiras. Você me rejeitou você não sabe o quanto isso doeu! - As lagrimas jà caiam sem pudor algum de meus olhos e isso me fez perceber que minha insegurança me fez magoar o Rafa e ver ele chorar tava me matando.

Bella- Eu sei que fui injusta com você eu não te deixei se explicar. Mais você sabe que eu sou todo insegura ai você passa o final de semana inteiro sem me dár um sinal de vida ai eu fico com essas paranóias.- Eu falava sem parar.

Bella- Eu sou toda estranha tem um montão de garotas melhor que eu por ai, que você pode pegar e eu só te rejeitei daquela forma porque eu pensei que você não ia mais me querer porque eu Ainda sou uma virgem... - ele ficou me encaraando.

Rafa- Meus pais me deixaram de castigo também e agora só posso sair de casa para escola e me deixaram sem meu celular, por isso não te mandei um sinal de vida.-Me sentir mais culpado ainda. - Eu não vou te deixar por ninguém! Você acha mesmo que eu tenho olhos para outra garota?! Eu nunca te deixaria porque você é virgem.

Bella-Eu sei mas é que..

Rafa-Você é insegura já sei, mais você deveria ao menos me deixar se explicar. - ele diz grosseiro.

Bella-Rafa..- chamo fazendo ele me encarar friamente e aquilo me matou por dentro. - Eu não queria fazer você ficar assim, eu sou burra..eu sei, eu nunca tive um namorado você sabe e tudo isso é novo pra mim, mandei diversas mensagens e pensei que por causa do que aconteceu lá em casa, do meu pai, de eu ser travada..pensei que você estivesse me ignorando, a sensação de que você não queria mas falar comigo foi horrivel e eu fiquei meio revoltada quando depois disso você tentou me beijar aqui. -minha voz embargou - Eu já passei muita coisa por causa de você. - digo mesmo não querendo dizer aquilo a ele - Eu sou insegura por ter tantas garotas lindas ao meu redor, tantos corpos melhores que o meu, tantas garotas que querem você e eu sou invisivel nessa escola, você me notou do nada no meio da múltidão e quando você me notou não foi tão bom quanto eu imaginava quando uma pessoa me notasse, você sabe. - Faço um gesto com a mão não querendo entrar naquela assunto. -Desculpa mas uma vez por não ter te dado a oportunidade de falar, de se explicar. Me desculpe mesmo, eu não quero brigar com você, eu não quero terminar nosso namoro, só falei aquilo por raiva e por não saber o verdadeiro motivo do que tinha acontecido,eu demorei muito pra perceber que era apaixonada por você e eu não quero estragar isso, eu sei que é reciproco todo esse sentimento. Eu acredito em você! - Termino de falar e vejo que ele prestava atenção e chorava mas.

Bella-você não vai dizer nada? - ele continuava apenas me encarando -Esquece! - digo e me levanto. Caminho de cabeça baixa até o degrau pra subir e sai de baixo da arquibancada, mas sinto uma mão puxar meu braço me fazendo virar, ele sorria em meio as lágrimas. Ele colou nossas testa e logo depois nossos lábio, minhas mãos foram pro seu cabelo e as dele abraçam minha cintura, senti sua lingua em meu lábio inferior, abrir meus lábios dando espaço pra ele invadir minha boca, nosso beijo se misturava as lágrimas e deixa um gostinho salgado. Envolvia tantos sentimentos, amor, saudade, paixão, desejo e tantas outras coisas. Eu estava com tantas saudades do corpo quente dele, do seu gosto, do seu abraço, de encarar seus olhos e me perder me peder naquele de chocolate!.. Parecia que á gente não a via a tempos. Quebrei o beijo e o olhei nos olhos...

Bella- Você me perdoa? - Nois dois estavamos ofegante.

Rafa - Huuuum... - Fez cara de pensativo. - Só se você for pra minha casa depois da aula?

Bella - Não sei se é uma boa, a gente ta de castigo. - E se nossos pais descobrem?..

Rafa- Os nossos pais trabalham e Só chegam á noite, eles não vão descobri. - Realmente não tinha como nossos pais saber.

Bella- Tá eu vou sim! - abracei seu pescoço e fiquei olhando seus.. - Senti sua falta.

Rafa - Também minha pequena! - Falou beijando meu rosto inteiro e pescoço. - Muita mesmo. - ele atacou meus lábios com vólupia e me encostou na parede e passou a mão na lateral do meu corpo, me causando arrepios. Puxei seu cabelo de leve e separei o beijo, precisava respirar...

Bella- Acho melhor á gente e lanchar logo, Amor! - seu sorriso se alargou.

Rafa- Sou seu amor é? - sentir meu rosto queimar..

Bella - Para Rafael! - me soltei dele virado de costa para ele..

Rafa- Tá toda vermelinha á minha pequena. - me abraçou por trás beijado meu pescoço. Ficamos mais um tempo namorando e depois fomos lanchar. Quando o sinal tocou fomos para sala e o restante da aula passou rapidamente.

(....)

Rafa- Mãe..- ele gritou.

Bella- Não grita seu retardado.

Rafa- Pra ver se eles estão doida.

Bella- E se eles estiverem? e você ai gritando igual uma hiena. - ele faz cara de ofendido.

Rafa- E você ama essa hiena!.- Ela fica muda e logo muda de assunto.

Bella-Vamos verificar se eles estão, mais em silêncio!

Eles olham a casa inteira e os pais de Rafael não estavam.

Rafa- Vem cá! - ele a puxa fazendo ela tropeçar por está distraída e Rafael se desequilibra fazendo ela cair por cima dele. eles se encaram por segundos.

Rafa- me beija! Eu tava com saudades. E olhe que só fiquei sem tiver o final de samana. - ele diz encarando fixamente meus olhos. Ele segura minha nuca, me fazendo levantar a cabeça e ele alcançar meus lábios. Mordi lentamente os lábios dele o atiçando. Ele adentra minha boca com sua língua úmida me fazendo gemer baixinho. Rafael se apoia na parede levantando comigo em seu colo. Segurando-me pela bunda e me emprensou na parede. Nossos corpos queimavam de desejo.Ele desceu os seus beijos para meu pescoço. Enquanto eu arranho sua nuca. ele reservava entre lamber e chupar meu pescoço, isso me deixa mais acesa. ele mordeu de leve meu queixo e volta. dá atenção aos meus lábios. Ele caminha até o quarto comigo ainda em seu colo. Ele conseguiu abri á porta com dificuldade e á trancando em seguida sem descolar nossos lábios.Ele me coloca sobre a cama e deita sobre me é nosso beijo se torna mais intenso. Nossos corpos começaram a se roçar um no outro nos fazendo gemer entre o beijo. Àquilo taca muito gostoso a síncrona dos nossos corpos estava me deixando maluca. Sentir as mãos de Rafael aperta meu seio por cima da blusa e isso fez meu corpo travar. Quebramos o Beijo e ele me olhou nos olhos, e sentir meu rosto esquentar.

Rafa- Desculpa linda! é quero sempre algo mas quente com você princesa. As vezes eu não consigo me seguara. -ele me puxa pra sí me fazendo ficar de frente pra ele. -Mas quero, tipo agora. Á gente não precisa fazer nada que você não queira...

Bella-Eu..gostei..disso -fico mais vermelha que nunca.

Rafa-Minha branquinha linda. - Ele me abraça.

Bella-Meu moreno lindo. -Sorrimos.

Rafa- Que gay - Diz ele levando um tapa de Isabella.

Bella- Eu quero que seja com você ç mais não agora. Eu ainda não me sinto preparada pra isso. -Ele tocou meu rosto delicadamente e segurou minha mão entre as suas.

Rafa- Eu vou te espera!.. Eu também quero que seja especial pra você! - Ele me deu um beijo lento.

Bella- Eu te adoro meu grandão, muito!

Rafa- Também te adoro pequena, muito! - Grudou nossos  labios.


Notas Finais


O que acharam do cap?
Comentem o que estão achando!😄
Bis..❤

Prometo Volta o mais rápido possivel!💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...