História A nerd e o Popular - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Lutteo, Simbar
Exibições 156
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - "Já eu te amo loirinha"


Fanfic / Fanfiction A nerd e o Popular - Capítulo 7 - "Já eu te amo loirinha"

Capitulo 05 

Âmbar POV 

-Pronto chegamos! - me colocou na maca – Vou fazer seu curativo. 

-Você sabe fazer isso? Eu sei que não e muito complicado, mas do Simon Alvarez podemos esperar de tudo!  

-Assim você me ofende – fez uma cara de magoado ,começo a rir – Qual e a graça? 

-Nenhuma! Acho bom meu curativo ficar bom!  - tentei fazer uma cara brava 

-Esta ficando Maravilhoso! Claro fui eu quem fiz! 

-Nossa que menino humilde. 

-Uma das minhas principais qualidades - começou a rir - Pronto! Acabei. 

-Olha não e que ficou bom!- digo olhando no espelho – O que foi? Porque esta me encarando? 

-Nada de mais - deu ombros - Você esta bem? 

-Tudo isso é arrependimento? - ele fez um cara de confuso – Eu sei que foi você que jogou a bola em mim. 

-Não..Talvez..Esta bem eu admito! 

-Muito Bem senhor Simon! O primeiro passo e assumir - começamos a rir  

-Sabe algo que eu nunca reparei? - neguei  – Sua risada é fofa loira! 

-Como você mente! Minha risada parece uma hiena. - rimos  de novo 

-Eu descordo plenamente –olhou pra trás – Você tem visita! Eu vou deixar vocês a sós! Beijos loira. 

Existe pessoa mais idiota do que eu? O meu amigo esta com problema e eu parecendo uma criança birenta.O que me preocupou foi ele não quer ir, não quero ser um problema na sua vida.Se ele estivesse na sua casa, o pai dele não teria bebido .Porque os dois fizeram uma proposta para que ele parasse de beber. 

[...] 

-Você gostou? 

-Se eu gostei? Matteo você me trouxe num parque de diversões! - digo animada - Obrigada de verdade! 

-Então vamos entrar? - Concordo – Onde quer ir primeiro? 

-Que pergunta! Obvio que na montanha russa. 

-Quem chegar por ultimo paga o sorvete de amanhã! - começou a correr 

-O que? Matteo -  comecei a correr mas ele chegou primeiro - Muito justo! 

-Só aceita Loira – sorriu  

Pareço uma criança ,eu amo parque desde pequena mas com meus pais bricando,quase se  separando, tudo ficou mais complicado.Eu tive que para com as aulas de musica ,porque irritava minha mãe. Jantar em família não acontecia, e quando acontecia sempre eles brigavam não comíamos direito. Por isso eu amo o matteo ,ele traz a criança que existe em mim e me deixa feliz com coisas tão simples.  

Confesso que estou destruída! Passamos a tarde inteira nesse parque fui a vários brinquedos, eu acho que meus pês estão com bolha. 

-Eu esperava mais da roda gigante! 

-Eu gostei! O que tinha de errado com ela? 

-Nada de demais só que...- o interrompi 

-Ai meu deus! - gritei 

-Âmbar o que ouve?  –Perguntou preocupado. 

-Cabine de fotos! Vamos agora! - Amo cabine de fotos! Entramos e tiramos milhões de fotos 

-Eu acho que ficou bom! Vou pendurar todas na minha parede.  

-Somos dois – disse ele   

-Ai meu deus! - gritei 

-De novo âmbar? As pessoas já estão  começando a achar que somos loucos! 

-Algodão doce! Matteo eu quero! - gritei de novo 

-Vamos comprar o maldito algodão doce e ir embora.Antes que nos expulsem! 

Depois e comprar os algodoes doces, ele falou que queria me levar no seu lugar favorito. Como pode? Ele é o meu melhor amigo  e nunca tinha me mostrado seu lugar favorito.Quando chegamos, o maldito me vendou de novo! Serio isso já esta me irritando.E ruim ficar sem saber pra onde estão nos levando. 

-Matteo posso tirar a venda? Por um momento eu pensei que tínhamos parrado com esse negocio de vendar. - digo brava 

-Aguenta um pouco! Além do mais da ultima vez não foi bom? 

-Foi, mas isso coça . 

-Esta bem senhora reclamona! 

-Senhora não senhori.. - tirou minha venda – Seu lugar preferido e essa praia?  

-Então parece que você se lembra que essa não e uma praia qualquer! SE lembra que essa  é praia que nos conhecemos. 

Flashback  

Aqui estou indo na praia, e o lugar que eu me escondo, quando meus pais brigam.Ouvi o barulho das ondas e a melhor coisa.Sentei na areia e fiquei olhando pro nada, fiquei pensando se meus pais se separassem ia ser bom.Porque eu acho que essa seja a melhor opção, para acabar com as brigas e gritos.  

-Pega a minha folha –quando virei a maldita folha bateu na minha cara 

 –Eu acho que a peguei! 

-Não briga comigo ela voou da minha mão. 

-Eu ate brigaria com o vento mas ele não ia escutar – rimos –Então o que tem de tão importante nessa folha pra você pagar esse mico de sair correndo atrás dela? 

-Nada demais! Só a melhor musica que eu escrevi ! 

-Motivo aceitável – rimos –Eu sou a âmbar! -sorri 

-Eu sou o Matteo a melhor pessoa que você já conheceu! 

Flashback OFF 

-Não e pra se achar com o que eu vou dizer !Mas realmente você estava certo. Você e a melhor pessoa que eu já conheci –digo chorando 

-Eu te amo loirinha - abraçou -Você se lembra do que aconteceu depois ne? 

-Claro! Nos sentamos e começamos a cantar a sua melhor musica. -ri 

-Eu acho que você devia terminar ela, porque realmente e a melhor musica. 

-Eu sei! Mas eu tenho meus motivos para não continuar essa musica.  

-Esta bem!  

-Meu celular esta tocando! Vou atende e já volto – concordo de novo, depois de cinco minutos ele voltou – Eu tenho que ir pra casa mas não quero. 

-O que houve? Está tudo bem? -perguntei preocupada 

-Meu pai, ele voltou do hospital! 

 -Isso e bom não?  

-E mais, ele me prometeu âmbar! -disse ele chorando – Eu só quero que ele perceba que isso pode o matar, eu não iria aguentar se ele morresse! 

-Eu acho que você tem que conversar com seu pai! Não vai adiantar fugir Matteo – o abracei – Mas se você quiser fugir não irei impidir.Eu ate falaria pra você dormir em casa mas acho que a ultima coisa que você quer ouvir e meu pai. - rimos. 

-Então  dormi na minha casa – o que? -Vai âmbar por mim! Eu preciso de você lá comigo. 

-Eu acho melhor não. Vai ter uma conversa de família e não quero interromper. 

-Nem vai ,eles vão comemorar a chegada do meu pai!  

-Então porque o medo de ir? Eu estou de uniforme também! 

-Passamos na sua casa, você se arruma e depois vamos na minha! 

-Eu tenho escolha? 

-Você sabe que não! 

-Eu te odeio Matteo 

-Já eu te amo loirinha. 


Notas Finais


Gente proximo tem simbar.porque ja tem muitos de Mambar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...