História A nerd e o popular - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anerdeopopular, Justin, Stacy
Exibições 273
Palavras 1.636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Tudo boom?? Então gente eu só queria dizer QUE EU ESTOU MUITO FELIZ ♡♡♡♡♡ SÃO 16 FAVORITOS, JA POSSO MORRER? ??
Stacy: não, porque a fic não acabou.
Justin e Chaz: verdade.
Verdade, boom se divirtam e espero que gostem beijinhos...

Capítulo 4 - É o Chaz, Justin...


Fanfic / Fanfiction A nerd e o popular - Capítulo 4 - É o Chaz, Justin...

Stacy pov's

Eu acordei com uma santa dor de cabeça e dores nas pernas, porque dancei tanto?? Nem me lembro direito do que aconteceu ontem. A ultima coisa que me lembro é do Justin dizendo uma frase e eu apagando.

"O mundo girou Stacy..."

Ainda estou tentando entender essa frase. Sai de meus pensamentos quando parei pra reparar onde eu estava.

Olhei para o lado e vi chaz dormindo em uma poltrona perto da cama daquele quarto enorme e maravilhoso, será a casa do Justin?

Chaz abriu os olhos e percebeu que eu estava acordada.

Chaz: Stacy? - me perguntou e eu balancei a cabeça positivamente - você me deixou preocupado.
Eu: desculpa, não sei oque deu em mim... - disse me sentado na cama de frente para ele.
Chaz: nem eu... eu estava com uma menina - cortei ele.
Eu: você deixou ela pra me ver? - disse feliz por sua preocupação.
Chaz: claro, maninha - ele colocou a mão em cima da minha cabeça e chegou perto de mim sorrindo, adoro quando ele faz isso.

Ele se afastou e deu uma risadinha para dentro e eu estava sem entender nada.

Eu: oque foi bobão?
Chaz: nada - continuava rindo.
Eu: FALA AGORA SOMERSSS  - ele me olhou ainda rindo e disse - você disse pro Bieber que ja se apaixonou por ele.

OQUE?? EU TENHO DEFEITO MEU DEUS??

Fiquei ali com uma cara de sonsa até perceber que estava com um PIJAMA.

Eu: aonde arrumou esse pijama bonitinho aqui Chaz? - disse olhando pro pijama encantada.
Chaz: que? - disse parecendo mais confuso que eu. Se não foi o Chaz... eu me troquei sozinha... ou...

Justin: eu te troquei. - Justin disse na porta do nada. Espera... OQUE? - pode ficar tranquila, não fiz nada com você, mas você tem um belo corpo, nerd.
Eu: BIEBEEEEEEEER - gritei com raiva assim que ele saiu, e eu sai correndo atrás dele, com a intenção de mata-lo.

Eu sei que aquele pijama era um tanto quanto atrevido (foto capa do cap.), mas só estava eu, Chaz e Bieber em casa então...

Eu sai correndo e avistei ele parado no final da escada. Desci de fininho para quando chegasse no penultimo degrau, pular nas costas dele e estrangular ele.

Quando cheguei no penúltimo degrau eu me preparei e pulei, e bem na hora a praga se virou. Resultado? Eu pulei no colo dele e ele me segurou.

Estávamos nós dois ali, na ponta da escada, eu no colo do Bieber e ele me segurando. Porque eu estava sem reação? Meus braços estavam entrelaçados no pescoço dele e ele me olhava galanteador.

Ele foi se aproximando e minha única reação foi fechar os olhos. Até uma pessoa nos atrapalhar com uma tosse falsa, para chamar atenção. Eu e Bieber olhamos para a porta e vimos... Não acredito!

Eu: Mark? - disse saindo do colo do Bieber e ele me olhando confuso. - OQUE VOCÊ FAZ AQUI...depois...de tanto tempo - disse com os olhos marejados. Eu tinha apenas 10 anos.

~flashback on~

Eu: Mark! Chaz! Oque iam me falar? Porque me chamaram aqui tão cedo?
Chaz: bem... Cycy...
Mark: deixa que eu falo Chaz - ele disse se aproximando.
Mark: Cycy... meus pais foram chamados para trabalhar no Brasil... e eu poderia ficar aqui... mas .... é minha única chance de ver a Violeta.
Eu: Que? Violeta? COMO ASSIM MARK? - disse chorando.
Chaz: eles ja conversam a semanas, e ela mora no Brasil, é a chance deles se conhecerem... - disse abaixando a cabeça e eu olhei para Mark.
Eu: é verdade? VAI TROCAR NOSSA AMIZADE DE ANOS POR UMA GAROTA?? MAAARK - disse chorando muito e ele abaixou a cabeça.

~flashback off~

Sim, antigamente nós três eramos amigos inseparaveis, mas entre eu e Mark havia uma coisa a mais... até ele me trocar por um amorzinho de semanas.

Mark: eu voltei por você Cycy... - disse se aproximando.
Eu: Não me chama assim! - não somos mais crianças Mark! Não tenho mais uma paixão platônica por você!
Mark: é mesmo? Então me diz se você não enlouquece com isso. - me puxou pela cintura colando nossos corpos.
Eu: Mark - disse bem pertinho do seu ouvido - vai ter que fazer melhor para me ter aos seus pés denovo. - disse saindo dos seus braços.
Mark: certo... não vou desistir... agora me diz uma coisa - la vem - porque te encontrei aqui e não na casa do Somers? - e agora????.
Eu: bem... é que ... an... - eu realmente não sabia oque dizer. - como eu disse... não sou mais apaixonada por você... sou apaixonada pelo... pelo... - olhei para traz e vi Bieber de braços cruzados olhando aquela situação. - Bieber!
Mark: Bieber? - ele riu - Stacy... ninguém como ele ia querer uma nerd igual a você... apenas eu - disse no meu ouvido.
Justin: errado - disse e olhamos para ele - você está errado denovo... Mark - colocou o braço em volta do meu pescoço.
Mark: eu não vou desistir de você... - me olhou dos pés a cabeça - Cycy... minha Cycy - disse e saiu.

Fiquei paralisada, aquilo soou um tanto, ameaçador? Eu estava com medo? Ou surpresa pelo meu amor de infância ter voltado?

Olhei para bieber que já tinha tirado os braços do meu pescoço e estava me olhando.

Eu: e agora? - olhei para ele.
Justin: agora você fica aqui.
Chaz: e não sai sem a gente.
Eu: Justin - ele me olhou - eu te devo uma - pulei em cima dele abraçando ela.

Justin pov's

Ela me abraçou... aquele abraço era tão bom... envolvi meus braços em sua cintura e ela estava na ponta dos pés.

Eu: me deve... - disse e ela me soltou.
Stacy: eei, não se aproveite, babaca - disse e me bateu - ainda não esqueci oque você fez...
Eu: Não esqueça ué, não quero nada com você - ele me olhou, triste?! E depois sorriu.
Stacy: então estamos quites.

Seu olhar voltou a ser triste, provavelmente ela lembrou do tal Mark. Então ela subiu, sumiu por um tempo.

Stacy voltou, Chaz e eu estávamos jogando video-game, mas ela voltou com uma blusa de manga comprida. Chaz a olhou e ficou bravo.

Ela foi pra cozinha e chaz a seguiu, depois eu fui também, queria saber oque estava acontecendo.

Chaz: EI, VOCÊ ACHA MESMO QUE EU NÃO SEI PORQUE VOLTOU DEPOIS DE UM TEMPÃO COM UMA BLUSA DE MANGA COMPRIDA??
Stacy: para Chaz - disse com os olhos marejados. - ver o Mark foi demais pra mim...
Chaz: me de seu braço - ela ficou quieta - VAMOS - disse e pegou no braço dela com força que se contorceu de dor e eu não aguentei...
Eu: EI, Chaz vai com calma - disse me aproximando dela.
Chaz: estou cansado disso - ele disse e saiu, depois só ouvimos o barulho do pneu do carro de chaz "cantando".
Stacy: desculpa pelo transtorno Bieber... - ela disse e eu levantei as mangas de sua blusa, vendo muito sangue.
Eu: temos que ir ao médico - disse e ela segurou meu braço.
Stacy: médico não.
Eu: então vou pedir pra Olivia enfaixar..

Olivia enfaixou os braços da Stacy e ela estava abatida, então dei a ideia de pedir uma pizza pra ela, porque eu ia comer uma coisa diferente hoje.

A pizza dela e a minha Puta chegaram. Eu deixei ela comendo a pizza e fui comer a minha puta né.

Chegamos no quarto e eu joguei ela na cama. Arranquei o vestido dela em um só ato, comecei a descer para nossa amiguinha molhada mas ela me parou.

Puta: não pode ser no chuveiro? - a olhei malicioso e fui para o banheiro, ela me seguiu.

Liguei o chuveiro e começamos a brincar... eu comecei brincando com sua menina e ela brincava com o meu menino. A virei de costas comecei a arrastar meu membro em suas costas fazendo ela gemer, então comecei a "massagear" seus seios e sem nem avisar enfiei meu membro com toda força nela, ela gemia de prazer, e não era isso que eu queria, comecei a ir com mais força e mais rapido sem parar, até ouvir oque eu queria...

Puta: t-ta... d-doendo - ela disse e eu não parei. Aquilo era divertido.

Quando parei, percebi que ela ja estava sangrando, abaixei ela de joelhos e...

Eu: chupa
Puta: q-que?
Eu: TA SURDA? - gritei e ela começou a chupar fazendo movimentos de vai e vem e eu empurrava a cabeça dela, ouvindo ela engasgar as vezes, cheguei ao meu ápice e ela engoliu.

Eu: vira - ela se virou e eu encostei meu membro no local que eu sabia que ela sentiria dor, no local mais fechadinho, assim que ela sentiu ela disse.
Puta: não, isso não está no contrato,  é fora das regras, por favor...
Eu: quem faz as regras - enfiei meu membro com força e ela gritou de dor - sou eu!

Eu estocava ela com força, e ela só gritava, só parei quando senti ela fraca. Sai de dentro dela e ela caiu como um saco de batata no chão... peguei uma lâmina que havia ali, possivelmente da Stacy e fiz cortes fundos verticais em seus pulsos, em questão de segundos ela morria...

Até que ouvi batidas forte na porta.

Stacy: JUSTIIIIIIN JUUUUSTIN - droga, amarrei uma toalha na cintura.

Assim que abri a porta, Stacy estava chorando.

Stacy: Justin... - não pensou duas vezes e me abraçou, mesmo sabendo que eu estava pelado. Depois de uns segundo coloquei apenas uma mão em volta do seu corpo.
Justin: oque foi, garota?
Stacy:  jsjsuabu njigevsy hsusub
Justin: aai para de chorar se não eu não te entendo!
Stacy: é o chaz, Justin...

   


Notas Finais


Então gente, desculpa qualquer erro e comentem SE POSSIVEL, agradecida. Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...