História A Nerd e o Problemático - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 37
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem dessa história.

Capítulo 1 - Nos conhecendo.


School High, uma escola para gênios e prodígios de todos os tipos, para entrar nessa escola só se você tiver ótimas notas e um grande futuro em mente. Aqui todos são ótimos estudantes,mas cada um de seu jeito.  Uns estudam em cima da hora, outros com antecedência.

Mas parece que nem todos os alunos são tão corretos assim, veja aquele garoto. Ele possui tatuagem por todo o seu corpo, usa tudo quase preto, e pelo o que parece muita gente não está gostando de sua presença.

XX: Mas quem é esse garoto?

XX: Quem permitiu a entrada dele nesse colégio?

XX: É melhor ficarmos longe dele.

XX: Sim,é melhor.

Pelo canto que ele passa todos se afastam, mas ele parece não estar nem aí para esses comentários. Ele está apenas procurando a sua sala de aula. O Sinal toca,e ninguém o ajuda. Daqui a pouco os inspetores estarão rondando o colégio  para saber se alguém está matando aula, e ele vai levar uma punição, sem mesmo escutarem sua explicação.

De uma sala a sua esquerda, sai uma menina de cabelos escuros bagunçados e de óculos não dá para ver os seus olhos, ela carrega uma pilha de folha, parece ser muito pesada. O garoto então,procura para ver se alguém vai ajudar essa garota. Mas só tem ele no corredor.

Ricky: Af!- disse ele reclamando do decidiu fazer- Você quer ajuda?

A menina doce e delicada, da um sorriso gentil.

Anne: Obrigada,mas não precisa se incomodar.- disse ela rejeitando a sua ajuda, e continuou a andar pelo os corredores toda desengonçada.

Ele deu de ombros, e decidiu seguir o seu caminho. Mas ele olhou para atrás novamente e viu ela ainda tentando andar sem ver nada que está a  frente, vendo que logo ela iria cair e deixar aquilo tudo cair no chão. Ele correu,e pegou a metade da pilha que ela carregava e a ajudou a se indiretar.

Anne: Mas eu disse que...- disse ela pronta a reclamar.

Ricky: Eu sei o que você disse. Eu não sou surdo,mas se você caísse eles iriam colocar a culpa em mim. E eu prometi para minha mãe  que não iria para coordenação no primeiro dia de aula.- disse ele com a cabeça erguida, decidido a não olhar para ela.

Anne: Mesmo assim obrigada.- disse ela dando um sorriso gentil e sincero.

Rivky: Para onde você vai?- disse ele ainda não olhando para ela.

Anne: Para a sala dos professores, o professor Cláudio pediu para deixar isso na mesa dele.

Ricky: Que tipo de professor deixa uma aluna carregar algo que não consegue?

Anne: O do tipo que não está nem aí para ela.- disse ela com um sorriso um tanto triste.

Ricky: Isso é errado, não se pode fazer isso . Você tem que reclamar na coordenação,se quiser eu vou com você.

Anne: Admiro a sua preocupação para alguém  que nem conhece.- disse ela dando um sorriso para ele, que ficou vermelho depois que percebeu o que falou.- Mas esquece. Estou com isso a anos.

Ricky: Mas por que ele faz isso?

Anne: A minha mãe o rejeitou e ele assim que descobriu que eu era filha dela, desconta em mim o quanto pode.

Ricky: Isso é mais errado ainda. Você precisa reclamar disso.

Anne: Precisa não,o importante é que não afete as minhas notas.- disse ela dando um sorriso.- Eu nunca tive na escola, é aluno novo?

Ricky: Sim, eu estava procurando a minha sala quando eu te encontrei.

Anne: Ata.- Então veio um idéia brilhante na cabeça dela.- E se eu te ajudasse a encontrar a sua sala depois de deixarmos isso aqui lá?

Ricky : Eu ia adorar a sua ajuda.- disse ele dando um sorrio.

Ela deu um enorme sorriso, e deu um pulo de comemoração quase deixando as folhas caírem.

Anne: Opa!- disse ela equilibrando as folhas.- Quase que cai?

Ricky: Você é maluca garota? Para que está comemorando?

Anne: Você sorriu. Estava fazendo um esforço para você sorrir, estava quase no ponto de fazer careta ou uma dancinha  estranha.- disse ela dando uma risadinha.

Ricky : Você é maluca.

Anne: Com toda certeza. Aqui chegamos.- disse ela enfrente a porta.

A porta dizia: sala dos professores, bate antes de entrar. Ela bateu com muita dificuldade, dava para ouvir uns passos como se estivessem correndo até a porta.

Jaque: Oh! Anne. Aquele covarde fez isso de novo- disse ela dando espaço para entrar na sala.

Essa é a professora mais doce e que ajuda todos, a melhor professora de todo o mundo. Ela tem cabelos cacheados e um óculos de grau.

Anne: Não se preocupa não professora, vai dar verrugas nesse seu lindo rosto.- disse ela dando um sorriso gentil, enquanto colocava as folhas na mesa do Cláudio.

Jaque: Ah, Anne! - disse ela dando um abraço na garota,com um sorriso enorme.- Essa garota não é fofa?

Ricky: Claro.- disse ele dando um sorriso.

Jaque: Quem é você? Nunca o vi na escola.- disse ela rodeando ele,como se o tivesse o avaliando.

Ricky: Eu sou Ricky e sou novato na escola. Prazer.- disse ele estendendo a mão  para ela.

Jaque: Prazer, sou Jaque professora de português, redação e literatura. Vai ser um prazer ter você na minha aula.

Ricky: Claro.

Anne: Vamos? Preciso mostrar a sala dele, professora. Até mais.- disse ela dando Tchau.

Ricky: Até.

Jaque: Até.

No caminho do corredor.

Ricky : Essa professora é maluquinha.

Anne: É né ? Mas ela é divertida e uma ótima professora, é isso que importa. Bem, cadê o papel dos seus horários?

Ricky: Esta aqui.- disse ele entregando um papel.

Anne: Vocês têm os mesmo horários  que eu, prazer Ricky sou a sua colega de sala.

Ricky: Prazer Anne sou seu colega de sala.

Ela deu um sorriso doce e dessa vez deu para ver os seus olhos, um par de olhos com heterocomia. Olhos verdes com um pouco de azul.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem o que acharam.
Bjs 😘 até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...