História A Neutral - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 0
Palavras 1.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Colegas de quarto...Aff.


Pov Adrien


  Olá, sou o Adrien, um dos colegas de sala da Soni e hoje vou contar a minha parte da chegada de Soni ao internato.


~um tempo antes~


   Eu não sou como todos pensam. Tudo bem que reprovei em duas matérias e tive que repetir o primeiro ano, mas sou um ótimo aluno e não o pegador. Sou o que conversa e tira as melhores notas <eu acho>.

   Porém, minha dificuldade é artes e biologia. <O negócio fica muito feio>.

   Estava no meu, quarto de boas. Foi quando bate na porta.

   - Pode entrar. - respondo. Breno entra.

   - Eai, Breno? Aconteceu algo?

   - Não, a diretora só me pediu para te avisar que vai chegar um aluno novo que vai dividir quarto com você. - <nem aconteceu nada>.

   - É o quê? Sério isso?

   - Sim e é melhor você deixar tudo arrumado, o aluno vai chegar um pouco tarde, mas ainda hoje.

   - Eu não tive que dividir ano passado, por quê tenho esse ano?

   - Pois é. Se quiser ajuda, estou aqui a vontade.

   - Valeu. - e nós arrumamos tudo e fomos para junto de nossos amigos lá na cantina. 

   Breno foi na frente já que ele tem mais coisa a fazer e eu estava terminando.

   Quando vou sair, abro a porta do prédio e uma garota esbarra em mim.

   - Arg!!

   - Ei, cuidado por onde anda! - digo irritado.(pra que?).

   - Ai, desculpa-me, não queria amaçar o moletom da mocinha. - isso me deixou um pouco mais irritado.

   - Como disse? Você sabe com quem está falando?

   - E você?! Sabe com quem está falando? Me respeite, moleque, eu não sou seus amiguinhos. - e entra bem furiosa.

   Após isso, vou para a cantina e encontro o povo.

   - Eai, Adrien? Que cara é essa? - pergunta David.

   - (suspiro) não é nada. É que eu vou ter que viver com um cara que eu nem conheço.

   - Então, acabou a zuera? - pergunta Vitor.

   - Parece que sim. Por tocarmos no assunto, vão dividir com quem?

   - Com a Larissa. Pelo menos não terei nenhum problema.

   - Com a criatura mais imprestável, irritante e destruidora de privacidade. Minha irmã, Mariane. - fico impressionado com os "elogios" - O Adrien, qual é o nome do cara que vai ficar com você?

   - É um tal de... Soni Yakamura Sun. Deve ser um japa, ou sei lá - (não briguem comigo, por favor...).

   Então, fico conversando com eles a tarde toda ao lado do bloco D. Até que começo a me entediar e vou para o meu quarto.

   Entrando no quarto encontro os cantos desocupados com varias coisas arrumadas. Cama com outro lençol.

   <Meu colega de quarto chegou? Não ví nenhum japa aqui> penso.

   Resolvo ignorar, me deito em minha cama e fico mexendo no celular.


{mensagens on}


   - Eae, Tayran.

   - Fala, Adrien. Td blz?

   - ou - cara.

   - Q foi?

   - Eu tô meio entediado.

   - Cara, vamos concordar, vc sempre tá entediado. Mas n se preocupa q quando eu chegar, vamo começar a zoar mais. Kk.

   - Ok, então. Flw Tayran.

   - Flw.

   

{mensagens off}


   Decido ouvir musica para tentar ver se passava o tédio.

   Porem, a porta abre:

   - Mas... O que você está fazendo no meu quarto? - era a garota de mais cedo.

   - Seu? Seu desde quando? Esse quarto é meu, sua gótica! - ela só me olha e tira o capuz.

   - ... - diz alguma coisa.

   - É o quê?

   - Qual é o seu nome? - me pergunta rígida enquanto tira aquele casaco. Eu só a observo coloca-lo no gancho.

   - Meu nome é Adrien, Adrien River. - respondo - e quem é você?

   - É Soni, Soni Yakamura Sun. - cruza os braços. Aquele olhar; não dava para ver direito por causa da franja. Era de arrepiar.

   Ficamos em silêncio até cair a ficha, ela é o meu colega de quarto.

   - Não me olhe assim, nesses três anos terei que te suportar. E se quiser reclamar, fale com a diretora e não comigo. - diz indo se deitar e mexer no seu celular.

   Percebo coisas como um short legue debaixo da saia, sapatos de suas cores, cabelo longo... E tudo da cor preta e branca.

   - Tá olhando o quê? - pergunta sem tirar os olhos do celular.

   - Nada. - ignoro-a.

   Não demora muito e ela se levanta, vai para o seu guarda roupa, pega umas peças de roupa e vai para o banheiro. 

   Quando ouço o barulho da água cair, minha mente se abre para varias perguntas como: o que o povo vai pensar ao me verem com uma garota no quarto? E se ela começar a controlar as regras do quarto? Fazer ceitas satânicas? Ela parece muito dessas.

   A água do chuveiro para de cair e eu acordo dos meus pensamentos. 

   A garota sai do banheiro com uma roupa de cetim, short curto de até um palmo de tamanho, e uma camisola que mostra a barriga. <Putz, só me faltava ter namorado e chama-lo para o quarto>, penso.

   - O que é que você tanto me olha? - me pergunta brava.

   - Não é nada. - respondo.

   Então ela só se deitou e em menos de alguns minutos, já aparentava estar dormindo.


Pov Soni


   Eu ainda não estava acreditando que aquele moleque é o meu colega de quarto. Fui dormir cedo só para esfriar a cabeça.

    Acordando só de manhã, estava com disposição. Nisso, percebo que o garoto ainda estava dormindo.

   Ignoro-o e vou arrumar o quarto e me arrumar. Uma regata branca, saia jeans com o com o short legue preto por baixo, tênis. E por último o sobre tudo é lógico.

   Pego meu distintivo e coloco no meu bolso.

   Pronta para sair, vou encontrar as meninas. Acho que não passava das 8:40 que eu as acho.

   - Oi, gente. Bom dia.

   - Oi, Soni. Você vai ao parque com agente?

   - Não sei, acho que sim.

   - Ela vai sim! Eu ia chama-la, mas esqueci qual era seu quarto. - diz Lary.

   - Mas primeiro tenho que resolver um assunto.

   - Que assunto? - Evelyn.

   - Um assunto. - e fomos.


~x~


   Não demora muito e já chegamos.

   Como havia dito, as meninas foram para o parque e eu fui resolver uma coisa.

   Chegando lá procuro o sargento.

   - Olá, meu nome é Soni, estou a procura do sargento. 

   - Olá. Eu sinto, mas ele está ocupado.

   - Tem certeza?

   - Tenho. Alem do mais, só podemos atender responsáveis de menores. - aquilo não era nada mais, nada menos que uma mentira do cara da recepção.

   Acabo conseguindo resolver meus assuntos e volto para o parque onde estava as meninas.


~x~


   - Finalmente, Soni.

   - Calma, gente, desculpa a demora.

   - Tudo bem, chega. No que vamos andar? - pergunta Mary.

   - De patins! - Larissa, correndo para a bancada pagar os patins.

   Cada uma de nós pegou um par e juntas fomos para perto da pista colocar os patins.

   Enquanto colocávamos os patins, Lary fica me olhando e isso meio que me deixa frustada.

   - O que foi, Lary?

   - Ah! Co-como sabia que eu estava olhando para você?

   - Não pergunta, só responde.

   - É que esse sobre tudo não vai te atrapalhar?

   - Eu acho que vai.

   - Você está de short, pode tirar. - e com todas me pedindo acabo tirando.

   - É isso que a gente está falando. Agora vamos, gente! - Larissa.

   Ficamos andando por alguns minutos, até as meninas se entre olharem, faltava um pouco de ação.

   - Soni, você sabe andar entre os cones?

   - Uhm... Sei? Por quê?

   - Mostra pra gente? - me perguntam juntas com um olhar de “por favor“. Não pude fazer outra coisa a não ser obedece-las.

   Pegamos alguns cones e colocamos-os em fileira só para eu tentar mostrar o que sei, o pouco que sei.

   E então comecei a andar. Rodopios, de costas, girando, etc. Mas no último cone eu não presto atenção e caio de joelhos.

   - Soni, você tá bem?! - me perguntam.

   - Estou sim, só foi um susto.

   - Sabe, tirando isso, você foi muito bem. - diz Evelyn.

   - Você já tentou investir?

   - Não exagera, Larissa. Alem do que eu errei no final e ainda cai. Não ficou tão bom assim...

   - Quem disse? Você foi demais, eu também caio bastante. - uma garota de cabelos loiros com pontas azuis aparece.


Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...