História A new beginning - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Zamaky

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Bobby Finstock, Breaden, Claudia Stilinski, Derek Hale, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Paige, Personagens Originais, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Romance, Stydia, Suspense, Teen Wolf
Exibições 57
Palavras 1.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Esporte, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como prometido, o número de letras aumentou. As coisas ainda estão um pouco difíceis de se decifrar e conseguir pensar sobre alguma teoria da fic. Logo, logo isso mudará.

Capítulo 3 - Escolhas erradas


 –Nunca tive uma visão com tantas mortes, desde que passei todo aquele tempo no Eichen House, ampliei meus poderes, mas não dessa forma.Lydia estava extremamente assustada com o que quer que ela tenha visto.

  –Não se parecia com uma premonição, mas sim com uma aniquilação, precisamos tirar todos daqui!

  –Lydia, me escute, vim até aqui por que preciso da ajuda de todos vocês, é algo muito maior do que todos nós.Quanto mais escutava, mais confuso eu ficava. Ninguém percebeu minha presença, então acho que não era pra mim estar escutando tudo aquilo.

 –Te ajudei quando você precisou Scott, agora preciso de ajuda da sua Alcateia.

 –Primeiro me conte o que está acontecendo, Lydia o que foi que acontecia na sua visão ?

  –A única coisa que consegui ver eram vários corpos e a casa estava em chamas, uma vasta camada escura cobria o local, eram como se todos os meus piores medos estivem acontecendo tudo de uma vez só.

 –É por isso que vim avisar vocês, eu fi.....

 Antes que Derek pudesse terminar de completar sua frase, a janela que estava perto de onde todos estavam dançando  explodiu em pedaços atingindo algumas garotas e garotos .

 –Você terá que explicar isso depois, agora precisamos tirar todos daqui!Scott pareceu perceber minha presença só agora, o que o assustou.

 –Preciso que você nos ajude a tirar todos daqui e esqueça o que escutou.Seu tom era de autoridade e ao mesmo tempo de medo.

 Seria difícil esquecer tudo o que estava acontecendo. A minha maior preocupação agora era em ajudar a tirar todos da casa antes que algo ruim acontecesse. Todos estavam descontrolados, a maioria não precisou ser avisada para fugir, o instinto de perigo de cada um fez a maior parte do trabalho por nós. Mas os que foram atingidos pela explosão da janela estavam todos no chão, eram seis garotas e três garotos no total. Consegui carregar duas meninas para o lado de fora, quando voltei para ajudar o próximo, percebi algo então olhei para cima.

 Uma menina de cabelos pretos e longos que parecia uma adolescente assim como eu, com roupas que pareciam ser dos anos noventa, ou alguma coisa perto disso.Ela se aproximava da casa, na direção de onde antes havia uma janela. Seus olhos negros possuíam um tom profundo , olhei fixamente na direção deles e me perdi no mar escuro de seus olhos. A essência de viver não existia mais, e tudo em que eu acreditava tinha se perdido.

 –LAWES, SAIA DA AI AGORA!!!Escutei uma voz distante gritar.

Acordei em uma cama do Beacon Hills Memorial Hospital, olhei para os lados tentando encontrar alguém familiar. Meu pai estava dormindo em uma cadeira ao lado da minha cama, Peguei o controle da televisão que estava em uma mesa ao lado da cama, liguei-a ,  o noticiário estava falando sobre o acidente que aconteceu na festa. Meu pai acordou em alerta, quando escutou o som da televisão.

 –Graças a Deus, você está bem .Podia-se perceber que um peso saiu de suas costas, ao me ver acordado.

 –O que aconteceu ?Esperando uma resposta do que estava passando no noticiário .

 –Me ligaram de madrugada, avisando que meu filho estava no hospital, quem deveria estar fazendo perguntas aqui não é você.Seu tom era de advertência, eu já esperava por isso.

 –Você sabia que não era para se meter em problemas.

 –Não foi culpa minha, eu só me lembro de uma explosão de uma janela, e agora estou aqui .Eu sabia que não poderia contar o que realmente aconteceu, ele não entenderia, assim como eu não tinha entendido nada.

 –Tudo bem, cuidamos disso quando chegarmos em casa, o que importa é que você não morreu, como aconteceu com os outros dois que estavam na festa, não consigo nem imaginar no sofrimento dos pais desses garotos.

 –Identificaram as vítimas ? –Perguntei sem hesitar, poderia ser Scott ou Stiles, ou algum dos meus outros amigos.

 –Não conseguiram identificar, foram queimados vivos.

 Uma onda de tensão cobriu meu corpo.Preciso sair desse hospital logo, olhei pela janela e percebi que o crepúsculo tomava conta do céu.

 –A quanto tempo estive inconsciente ? –Perguntei para meu pai.

 –Umas quatro horas, nós poderemos ir embora pela manhã, você não sofreu nem um ferimento grave.

 Isso me aliviou um pouco, meu corpo estava muito pesado, o cansaço tomou conta de mim, e acabei adormecendo. Acordei com alguém balançando meu corpo, era minha mãe, ela sorriu para mim, retribui do mesmo. A luz adentrava o quarto do hospital, estava na hora de ir para casa.

 –Sr. Finter, está sentindo alguma dor, ou algo do tipo ?A enfermeira perguntou olhando para mim.

 –Não estou sentindo nada, Sra. McCall. –Respondi com respeito.

 –Então, você está pronto para ir para a casa, da próxima vez tome mais cuidado com suas festas. Escutando o que a Sra. McCall disse, minha mãe me lançou um olhar de repreensão.

 –Tomarei cuidado da próxima vez. –Respondi me levantando, peguei minhas roupas e fui até o banheiro me arrumar.

 No caminho de casa, minha mãe ficou me falando sobre o incêndio que aconteceu e avisou que não haveria aula, por causa do acidente da noite passada. Quando cheguei em casa, recusei o café que minha mãe tinha preparado. Subi direto para meu quarto, peguei meu celular e mandei uma mensagem para o Scott.

‘’ Preciso conversar com você, sobre o que aconteceu ontem , você está em casa ? ‘’

Quase que imediatamente ele respondeu.Senti um alívio por ele estar bem.

‘’ Falei para você se esquecer de tudo, não quero que você se envolva com esses tipos de problemas ‘’.

 Não ia parar até conseguir as respostas para entender tudo isso.

‘’ Não vou esquecer nada, estou indo até a sua casa ‘’.

 Desci as escadas correndo, tão rápido que ninguém percebeu que eu tinha saído. Quando cheguei na casa do Scott, a porta estava aberta, entrei  e fui até o quarto dele.

 –Você só pode estar de brincadeira.Disse ele quando me viu.

 –Você não vai querer se envolver com essas coisas, é muito pior do que imagina.

 –Eu fiz uma coisa terrível no meu passado, até hoje procuro me redimir e fazer alguma coisa útil para alguém e vendo como vocês protegeram a todos na noite passada, sem nem uma hesitação, tenho certeza que me envolver é a coisa certa a se fazer.

 –Protegemos ? Dois garotos inocentes morreram, por que fomos incompetentes. Senti a tristeza em sua voz.

 –Não se pode ajudar a todos, apenas me deixe ajudar, me conte a verdade sobre tudo.

 –Tudo bem, mas você vai se arrepender de ter feito essa escolha.- Scott estava tenso, estava começando a pensar se realmente iria me arrepender de ter escolhido saber a verdade.

 –Eu sou um Lobisomem .

 


Notas Finais


Esse capítulo acaba por aqui, o que estão achando da trama ? alguém já tem alguma ideia de quem é a garota misteriosa ? >.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...