História A new chance for love. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 1.311
Palavras 1.364
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Agora sim, a primeira temporada de ANCFL está oficialmente terminada!
Em breve eu volto aqui para informar vocês sobre a nova temporada! (Vocês ainda querem, não é?)
Eu não fui tão fundo nesse bônus porque vocês concordaram em ter uma segunda temporada, então vou trabalhar mais nela.
Eu quero agradecer por tudo, eu fico muito feliz de ter finalmente terminado a fanfic (tinha medo de não conseguir). Obrigada mesmo, de coração! ❤
E mais uma vez, perdoem minhas demoras e se alguma vez eu falhei com vocês ou decepcionei vocês.
Eu amo vocês, sério ❤
Vejo vocês nas outras fanfics e na segunda temporada! ❤
Beijão! ❤

Capítulo 32 - Your forever is all that I need.


Fanfic / Fanfiction A new chance for love. - Capítulo 32 - Your forever is all that I need.

 

 

They say that love is forever

Your forever is all that I need.

— Sleeping With Sirens.

 

 

 

POV CAMILA CABELLO.

 

Quando eu decidi pedir Lauren em casamento, minha mãe perguntou se eu tinha realmente certeza disso. Foi tão não tê-la do meu lado me apoiando em minhas decisões, há alguns anos atrás eu não tive o apoio da mesma. Talvez se eu tivesse tido ela ao meu lado, evitaria o casamento com Shawn. Mas aí não teria tido Melanie e consequentemente não conheceria Lauren.

 

Assim que coloquei em minha cabeça que a pediria em casamento, fui falar com a minha mãe e, mesmo que ela estivesse me apoiando, eu senti muito mais firmeza da parte do meu pai, como sempre.

 

FLASHBACK ON

 

Sentei-me no sofá de frente para minha mãe que me olhava sorrindo. Ela não deveria achar que eu iria confiar nela tão fácil assim.

 

— O que você quer me falar, filha?

 

— Eu estou querendo pedir Lauren em casamento, mamãe.

 

— Mas já, minha filha? Você não disse que vocês não estão nem a um ano juntas?

 

— Sim, mamãe. Mas eu sinto que não preciso me importar com o tempo, eu sei que vamos continuar juntas.

 

— Filha... — Ela suspirou — Não quero que você se arrependa depois.

 

— Não vou. Sei que você se preocupa, mas eu nunca tive tanta certeza de algo na minha vida.

 

— Você disse isso quando me falou que se casaria com Shawn.

 

— Eu tinha apenas vinte anos. Agora eu já tenho 32, sou uma mulher, sei o que eu quero.

 

— Bem, minha filha, vou te apoiar em sua decisão. Sei que você a ama e eu vejo o quanto ela te ama também, sem contar que Melanie só sabe falar dela.

 

— Sim, Melanie realmente ama a Lauren. — Sorri.

 

— Seus olhos brilham quando você fala delas.

 

— É porque elas são as pessoas mais importantes na minha vida.

 

— Faça o que seu coração mandar, filha. — Abracei-a forte e ouvi a porta da sala se abrir, afastei-me para olhar quem era, e era meu pai.

 

Ele sorriu ao me ver e eu levantei correndo para abraça-lo, como eu fazia antigamente quando ele chegava do trabalho. Eu estava feliz por ainda ter a chance de fazer de novo.

 

— O que faz aqui, minha princesa? — Sorri ao ouvir o apelido tão conhecido por mim, e mesmo que hoje eu não fosse tão fã desse apelido, adorei ouvir ele me chamando assim novamente.

 

— Vou preparar o jantar. Já volto — Minha mãe disse e foi para a cozinha.

 

— A que devo a honra de sua visita, minha filha? — Ele perguntou.

 

— Eu estou com uma coisa na cabeça, papai.

 

— Vamos nos sentar aqui, e você me conta — Ele segurou minha mão e me puxou até o sofá. Nos sentamos e quando se tratava de uma conversa com meu pai, eu não sentia medo de falar.

 

— Então, pai... Estou pensando em pedir Lauren em casamento.

 

— Filha, eu adorei ela. Além dela ser linda, ela é uma pessoa maravilhosa e cuida muito bem da Melanie, a gente sente o amor incondicional que ela tem por ela. Eu te dou todo o apoio do mundo! Segue seu coração, vocês serão felizes! — Ele disse sorrindo e meus olhos se encheram de lágrimas, ele é o meu herói.

 

— Obrigada, papai! — Sorri e o abracei forte. Eu estava tão feliz!

 

FLASHBACK OFF

 

Quando Lauren anunciou que estava grávida, eu quase tive um infarto. Fazia algum tempo que eu estava pensando em chegar nela para falar sobre isso, mas não exatamente para que ela engravidasse naquele momento. Mesmo que fosse uma vontade minha eu sabia que ainda estava um pouco cedo.

 

Porém, o fato dela ter ido atrás de tudo por conta própria e porque eu tinha essa vontade me deixou feliz. Ela fez aquilo por mim, claro que ela também queria, mas ela foi atrás porque me ouviu falando que queria.

 

No dia do nosso casamento eu estava tão nervosa, eu sentia as famosas "borboletinhas" no estômago.

 

Quando ela entrou no salão, meu coração acelerou. Ela estava tão linda, seu sorriso era tão contagiante. Quando ela chegou mais perto de mim, pude ver o quanto seus olhos brilhavam.

 

E ali estava, a minha Lauren, minha namorada, minha esposa, minha pequena, minha princesa e meu tudo. Nunca imaginei, que eu estaria tão melosa de novo e tão apaixonada por alguém.

 

Quando dissemos "sim", eu perdi todo o medo que tinha de perde-la, mesmo sabendo que mesmo após o casamento eu ainda tinha que surpreende-la todos os dias e não decepciona-la. Eu com certeza não queria perde-la e não iria!

 

Um mês após nosso casamento, eu e Lauren fomos até o médico fazer um ultrassom para descobrir o sexo do bebê.

 

FLASHBACK ON

 

— Já dá pra saber o sexo do bebê, né doutor? — Eu perguntei, impaciente.

 

— Calma, amor. — Lauren falou enquanto ria da minha cara.

 

— Sim, Camila. — Ele sorriu — Mas vocês acham que será o que?

 

— Menino — Lauren disse.

 

— Menina — Eu falei.

 

— Sinto muito, Camila. Mas Lauren está certa, é um menino! — O médico disse sorrindo e eu beijei Lauren.

 

Nosso Nick estava à caminho!

 

FLASHBACK OFF

 

E aqui estávamos nós, meses depois, na sala de espera de um hospital. Lauren já havia dado à luz, mas ainda não estávamos liberados para vê-la.

 

Dinah assistiu ao parto, já que eu estava com medo de passar mal de tão nervosa e ansiosa que eu estava.

 

Logo fomos chamados para ir vê-los, fui quase correndo até o carro, Melanie estava almoçando com Maria, logo estaria ali também para conhecer seu irmãozinho. Ela estava muito animada.

 

Entrei no quarto sendo seguida por Normani, quando vi Lauren sentada na cama com Nick no colo. Ela sorriu ao me ver. Corri até ficar ao seu lado na cama e olhei aquele pacotinho que estava em suas mãos. Ele dormia tranquilamente, tão lindo.

 

— Ele é lindo, amor. — Eu disse sorrindo.

 

— Sim. É um anjinho.

 

— Nosso anjinho.

 

— Parabéns, mamães! — Normani disse sorrindo enquanto olhava Nick.

 

— Eu estou apaixonada! — Lauren falou enquanto encarava Nick com lágrimas nos olhos. Beijei sua testa e a testa do nosso pequeno. Com certeza, é um dos melhoras dias da minha vida.

 

A porta se abriu e Melanie entrou correndo e pulou em meu colo, ela olhava curiosa para o bebê que estava em sua frente, mas sorria.

 

— Ele é lindo! — Ela falou baixinho e parecia hipnotizada.

 

— Lindo igual você, meu amor. — Lauren disse e ela sorriu mais ainda.

 

— Lindo igual à nós três, mamães.

 

— Sim, meu amor. — Eu falei.

 

— Vocês sabem que serão as madrinhas dele, né?

 

— Seremos? — Normani perguntou, surpresa.

 

— Claro que seremos, não há escolha melhor. — Dinah disse nos fazendo rir.

 

— Convencida — Lauren disse enquanto mostrava a língua para Dinah.

 

— Sou apenas realista, obrigada.

 

— Boba — Eu disse rindo.

 

1 MÊS DEPOIS...

 

Acordei com um chorinho, virei-me para o lado e fitei o relógio que marcava 03:45 da manhã. Beijei o rosto da Lauren, acordando-a, assim que caiu a ficha que Nick estava chorando ela deu um pulo da cama e correu até o berço pegando Nick no colo e indo até a poltrona.

 

Lauren abaixou a alça do seu pijama deixando seu peito direito a mostra. Ela fechou os olhos enquanto esperava Nick mamar.

 

Sentei-me na cama e continuei olhando aquela cena. Lauren era uma mãe maravilhosa, e eu não tinha dúvidas que ela seria. Ela continuou com o mesmo carisma de sempre e mesmo quando estava sem paciência ou muito cansada, não deixava isso transparecer para Melanie e Nick. As vezes evitava até demostrar isso para mim, mas era muito mais fácil de saber. Eu percebia.

 

Lauren Jauregui era com certeza o amor da minha vida.

 

Ouvi a porta se abrir e Melanie entrou com seus Olaf nos braços e coçava os olhinhos.

 

— Eu posso dormir com vocês, mamães? — Ela perguntou baixinho me fazendo sorrir. Olhei para Lauren que a olhava sorrindo.

 

— Claro que pode, filha. — Lauren falou e ela sorriu, fechando a porta e correndo ate minha cama, deitando-se ao meu lado. Logo Lauren terminou de amamentar Nick e após ele arrotar, ela se deitou ao meu lado junto com ele e nós dormimos.

 

Eu, minhas duas mulheres e meu meninão.

Eu, com certeza, era a pessoa mais feliz e realizada com mundo. Graças a Deus!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...