História A New Life - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Comedia, Luta, Nova York
Exibições 3
Palavras 1.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie gente tdbem? Bom pra quem não me conhece eu sou o Imagination1000(Sim troquei de perfil) e resolvi refazer a Fic "As vezes a vida pode mudar". Não estava gostando muito do jeito que estava escrevendo ela, logo esta que vou escrever vai ser uma versão melhorada. Espero que curtem!

Capítulo 1 - Um Novo Começo


Fanfic / Fanfiction A New Life - Capítulo 1 - Um Novo Começo

P.o.v Sophia

Já era tarde e estava na casa da Alex(minha melhor amiga) e estávamos em seu quarto conversando sobre minha mudança para Nova York:

A: Então.. bem no começo do ano você vai se mudar?

 S: Sim, desculpa Alex...  Gostaria de ficar mais um tempo aqui, mas meu irmão está precisando por causa de sua faculdade e minha mãe não está achando um bom emprego aqui em Tulsa.

A: Eu sei, eu sei, mas nós últimos meses você quase não quis sair comigo e ficou só de cara nos estudos. O que quero dizer é que queríamos que tivéssemos passado muito mais tempo juntas... 

S: Já temos 15 anos Alex, precisamos dar um pouco mais de atenção aos estudos, temos que ser alguém na vida no futuro.

A: É verdade,afinal, terei que mandar em você, minha secretária - Ela sorriu me olhando com um olhar de bobeira

S: Ei! Eu que serei sua chefe - Demos risadas juntas até cairmos no chão- Já são 20:00, tenho que ir - Me levantei e ajudei Alex a se levantar, olhamos uma para outra e nos despedimos 

A: Até mais minha grama... 

S: Até mais minha gnoma... - Nos abraçamos por , quem sabe, uma última vez 

S: Volto em breve Alex...

A: Eu espero..

Eu e Alex cruzamos nossa pulseiras que demos uma a outra na infância .Dei um "Adeus" á ela e fui embora. Já era de noite e estava fazendo o caminho de casa. Enquanto ia andando fui vendo por, quem sabe, uma última  vez a minha linda cidade...

 Era 16 de Janeiro, as aulas começariam daqui a quatro dias . Mesmo que o Ano novo já tenha ido, fogos de artifício estavam brilhando no céu como uma estrela cadente. Diziam que Nova York tinha muito mais coisa á se fazer.Fiquei imaginando como seria minha vida nova lá: Amigos novos, casa nova, vida nova, tudo novo!. As vezes penso que eu não irei aceitar nada, gosto muito do lugar onde moro e dos meus amigos, mas como meus pais dizem: " nem tudo dura pra sempre". Depois de uma longa caminha de pensamentos embrulhados em minha cabeça mal percebi que já havia chegado em casa

Entrei em casa tirando meu casaco. Minha mãe estava na escada arrumando a mala dela e de meu pai:                 

                                                                          

M: Oi filha, estou arrumando as malas, iremos sair daqui as 06:00. Suba e vá fazer suas malas amor! 

S: Ok... - Minha mãe percebeu que eu estava um pouco triste

M:Sei que as vezes é duro fazer algo novo, mas você entende que tudo isso é necessário não?

S: Sim...

M: Ótimo, vá arrumar suas malas. A primeira coisa que farei quando chegar em NY será te matricular na escola, o fortão da casa(minha mãe chamava meu pai disso)  irá cuidar da mudança e depois irá matricular seu irmão na faculdade    

Subi as escadas pensativa, não queria simplesmente se mudar sendo que não terei nenhuma vantagem com isso, além disso, este foi o presente de aniversário que eu mais odiei . Meu quarto era o último do corredor (como eu era caçula,sendo que tenho 15 anos, foi combinado isso). Passei pelo quarto do meu irmão que continuava a ouvir seus rocks, mas ele me viu e perguntou

I: Hey mana! Tudo bem? Tá meio depre... 

S:  Não se preocupe Dani( Meu irmão se chama Daniel). Estou ótima 

Logo depois estava o quarto de minha mãe e meu pai. As vezes quando minha mãe não está vendo, meu pai costuma dormir, como agora. Resolvi não acordá-lo, afinal iríamos sair as 5 da manhã. Achei um baboseira sair tão cedo sendo que de Boston pra NY eram apenas 4 horas, mas nunca tenho um advogado quando falo com meus pais.

Entrei em meu quarto. Ele pra mim era como se fosse meu próprio mundo, fotos de mim e a Alex estavam penduradas na parede( Bons momentos aqueles..). Havia um monte de papeis em cima da minha mesa, eu era "escritora" e escrevia umas histórias invetadas por mim e publicava na Internet, Alex sempre gostou delas, mas acho que fala isso pra me deixar feliz, vaca...

Resolvi ir logo arrumar as coisas, coloquei apenas o que era de importante pra mim. As vezes guardava umas tralhas que nem usava, como uma maquete que fiz no 6º ano, literalmente aquilo ficou uma bosta. Coloquei as roupas que apenas eram necessárias, não sou daquelas que é louca por compras, sou mais "normal". Guardei as fotos de Alex comigo, sabe, mesmo brigando continuamos a ser amigas , não importa o que aconteça, prometemos uma a outra que não deixaríamos essa amizade acabar. A última foto era da nossa formatura, aquele foi o dia mais legal que tive com ela....

Deixei cair uma lágrima, limpei e fui deitar em minha cama, afinal já havia terminado tudo> Estava pronta pra dormir uma última vez em meu quarto...... logo dormi, 

                                                                                                           6:00                         

Continuava em meus sonhos quando meu bendito pai me acordou. Ele não parecia nada cansado, afinal, ficou dormindo a noite toda. Ele sorriu pra mim, aquele sorriso sempre era um "Bom dia filha".Fui aos poucos acordando, com uma voz rouca.

S: Já? tão cedo... 

P: Sim! São cerca de 20h até lá ,precisamos chegar lá o mais rápido possível. Vá sem preparando , já iremos sair - Ele me deu um beijo e ia sair do quarto quando perguntei:

S: Porque? Isso tudo é realmente necessário? - Ele ficou quieto sem olhar pra mim

P: Sim, é necessário. Sua mãe foi despedida e o que ganho não vai dar pra vivermos, por sorte uma oportunidade apareceu em Nova York e poderemos ter uma vida melhor lá e... 

S: Mas já temos uma vida boa aqui! 

P: Mas não teremos mais se continuarmos assim. Olha, seu irmão quer muito fazer faculdade de engenharia, aqui em Boston não tem as opções que seu irmão quer , por isso não seja egoísta com ele e conosco. Você me entende?

S: Sim...                                                             

P: Ótimo- Ele saiu do quarto

Pensando bem no que ele disse, eu estava sendo egoísta mesmo. Depois de ficar alguns minutos pensando "Acordei" e fui me arrumar: Arrumei meus cabelos negros e coloquei algo simples. E por último dei uma olhada naquele quarto, sentiria falta dele. Tomei ar e sai do quarto, desci as escadas e eu era a unica na casa, meu irmão estava no carro dormindo, minha mãe estava com alguns homens colocando malas, móveis e outras coisas no caminhão e meu pai estava resolvendo as últimas coisas com o dono da empresa de mudanças.                                                                                                                                                                                                  

Depois de uns 30 min, o caminhão já tinha partido. Entramos no carro e se preparamos para ir a nossa nova casa.

P: Estão animados com a viagem família?

S: ANIMADDÍSIMA

Minha mãe riu baixinho e meu pai ficou bravo, mas aceitou de boa. Ele ligou o carro e fomos, estávamos saindo de Tulsa. Olhei pela janela e suspirei , como ia ser demorada a viagem coloquei meus fones de ouvido e comecei a escutar 7 years

Eu me desliguei daquele mundo, isso me acalma...

Once I was seven years old my momma told me...
             Go make yourself some friends
             Or you'll be lonely
             ....

 

 

 

 

 

                                                                                                                  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Lembrando que como é o piloto terá muito mais coisas nos próximos capítulos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...