História A new life, a new -A - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Noel Kahn, Personagens Originais, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Alison Dilourentis, Aria Montegomery, Casamento, Emily Filds, Ezria, Filhos, Haleb, Hanna Marin, Jemily, Nalison, Pretty Little Liars, Spencer Hastings, Spoby
Exibições 29
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capítulo 7! Espero que gostem.

Capítulo 7 - Toby is back


 

Capítulo 7

48 HORAS DEPOIS DO POV'S JASON DO CAPÍTULO ANTERIOR.

POV'S Hanna

Abri meus olhos devagar mas não consegui deixá-los abertos por muito tempo por causa da luz e da dor enorme que percorreu todo meu corpo. Aos poucos eu me acustumei com a luz em cima de mim, porém ainda não conseguia abrir os olhos.

-Hanna? -Ouvi alguém me chamar, mas não consegui responder.

-Mamãe? -Eu reconheceria essa voz doce em qualquer lugar, era Lizzie que estava ali. -Mamãe, acorda! -Ela continuava chamando, mas eu não conseguia nem abrir os olhos e muito menos me mexer.

-Meninas, esperem lá fora. -Acho que foi Caleb que disse isso.

-A luz. -Sussurei depois de ouvir a porta se fechar e as meninas saírem. -Desliga.

A luz foi apagada poucos segundos depois, e eu consegui abrir os olhos, com dificuldade.

-O que aconteceu, meu amor? -Caleb perguntou, e vi algumas lágrimas solitárias descendo por suas bochechas.

-Caleb, não chora, se não, eu vou chorar também. -Disse, passando a mão em seu rosto.

-Mas, como isso foi acontecer? -Ele perguntou, depois de conter as lágrimas.

--A. -Eu disse. --A mandou uma mensagem pra Spencer dizendo pra buscar o Toby em uma rua qualquer e causou o acidente.

-Meu Deus, e porque você acreditou em -A Hanna? Não sabe que as chances de ser mentira eram muito altas? -Disse Caleb, apertando minha mão com força.

-A Spencer não podia arriscar, é do marido dela que estamos falando. -Eu disse, e fiz uma pausa. -Se fosse ao contrário, eu não pensaria duas vezes pra ir te buscar. -Conclui dando um sorriso e vendo ele dar um sorriso também.

-Vou buscar as meninas, elas estão doidas pra te ver. -Ele disse e eu assenti com a cabeça.

Caleb foi abrir a porta pra chamá-las e quase que as 3 caiem no chão, porque estavam apoiadas na porta, escutando tudo.

-O que as 3 mocinhas estão fazendo? -Ele perguntou.

-Estamos esperando pra entrar. -Respondeu Bonnie, com as bochechas coradas. -Como você mandou.

-MAMÃE! -Gritou Violet e correu em minha direção.

-Olá florzinha! -Eu disse, e uma felicidade enorme percorreu meu corpo. -Vem aqui.

E não precisou pedir 2 vezes, Violet subiu na cama com agilidade, e se deitou ao meu lado.

Lizzie correu pro colo de Caleb e Bonnie se apoiou na lateral esquerda da cama.

-Mamãe, quando você vai poder ir pra casa? -Perguntou Bonnie.

-Eu não sei, boneca. -Eu disse, mas quando vi seu pequeno sorriso murchar, consertei. -Mas em breve, com certeza. -E ela voltou a sorrir.

Lizzie estava quieta, mas que o normal.

-O que você tem, Liz? -Perguntei.

-Eu não estou me sentindo muito bem.

E ao reparar bem nela, percebi que estava suando muito, mesmo estando bem frio no quarto, e as bolinhas da catapora agora estavam muito vermelhas e maiores. Sua respiração era ofegante e seus lábios estavam totalmente brancos. O esforço que ela fazia para manter os olhos abertos era enorme e todo seu corpo estava tremendo.

-Caleb, você não acha que é melhor levar ela na emergência pediátrica pra ver o q...-Lizzie desmaiou e sua cabeça foi com tudo pra frente.

Caleb saiu correndo do quarto pedir ajuda e Bonnie quis ir atrás.

-Querida, você precisa esperar aqui. -E ela assentiu com a cabeça.

-Mamãe, o que ela tem? -Perguntou Bonnie, já com os olhos vermelhos.

-Eu não sei Boo, mas não chora, tá? Vai ficar tudo bem. -Eu disse, tentando impedí-la de chorar, mas todo mundo sabe que eu não sou muito boa de consolar as pessoas.

 

POV'S Spencer (7 HORAS DEPOIS DO POV'S ANTERIOR).

Finalmente me deram alta! Eu poderia voltar pra casa e agradecer a Ali e a Aria por cuideram dos meus pequenos por quase 3 dias.

-É só assinar aqui e está liberada. -A mulher de uniforme azul atrás do balcão disse me entregando uma caneta.

-Obrigada. -Agradeci depois de assinar e de lhe devolver a caneta e o papel.

Fui andando em direção ao estacionamento e avistei o carro da Aria vindo em minha direção, parando ao meu lado para que eu entrasse no banco do carona, ou como Rick diria, co-piloto.

-E aí Spence? Como você tá? -Aria perguntou, com uma cara preucupada.

-Eu estou bem, só com saudade dos meninos e do Toby. -Respondi, tranquilizando-a.

-Ele mandou avisar que queria muito vir...-Aria começou a explicar mas eu me adiantei.

-Eu entendo, e estou com muita saudade, mas estou feliz por ele estar bem. -Respondi.

-Que bom. -Ela disse, virando pra frente e dando partida no carro.

-Você ficou sabendo da filha da Hanna? -Aria perguntou.

-Aí depende. -Soltei um risinho baixo. -Qual filha da Hanna?

-Lizzie. -Ela disse. -Ela está internada aqui no hospital a quase 6 horas, e ninguém sabe dizer o que ela tem.

-Que horror! A Hanna e o Caleb devem estar arrasados. -Eu comentei.

-Caleb está inconsolável, e Hanna está muito triste também, mas é ela que está ficando com as meninas, então não pode demostrar.

 

POV'S Emily

-Vamos mamãe? -Perguntou Bay, segurando a porta do quarto

-Vamos! -Disse e peguei sua mão, deixando a porta do quarto bater

Jason, Abby e Henry já estavam no carro, esperando a gente. Estavamos indo até a casa de Spencer, saber notícias do Toby.

Entrei no banco do carona e coloquei o cinto, senti meu celular vibrar no meu bolso e o peguei, pra ver quem era, e era Aria.

LIGAÇÃO ON

Emily: Alô?

Aria: Oi Em, tudo bem? Você já está vindo?

Emily: Acabei de sair daqui, não deve demorar muito.

Aria: Tudo bem. Já está todo mundo aqui, só falta você.

Emily: Já estou chegando! Não comece sem mim.

Aria: Pode deixar, até daqui a pouco. Tchau.

Emily: Tchau.

LIGAÇÃO OFF

                 13 MINUTOS DEPOIS...

*Plimmm* Fez a campainha ao ser apertada.

-Eu atendo! -Gritou Olivia lá de dentro, e a porta foi aberta. -Bay! Você chegou! -E as duas se abraçaram.

-Vem gente, entra! -Disse Aria, aparecendo atrás da filha.

Bay e Olivia deram as mãos e foram brincar. Eu e Jason fomos nos sentar com o pessoal. Pelo canto do olho vi outros grupinhos espalhados ao redor da casa: Rick, Jonh, Patrick, Liam e Abby brincavam de pique-pega no quintal, Sabrina e Alex brincavam com maquiagens infantis no chão da sala, e Isabella, Jimmy e Henry brincavam com bonecos dos mais variados tipos.

Ver que nossos filhos se davam tão bem quanto nós fazia eu me sentir feliz.

POV'S Toby
-Então pessoal, eu acho melhor as crianças não ouvirem essa parte. -Eu disse baixo.

-Porque não? -Perguntou Alison.

-Por que eu acho que descobri quem é -A.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim! Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...