História A New life in London - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles
Tags Harry Styles, Londres, Los Angeles, One Direction, Romance
Exibições 13
Palavras 1.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiii

Aqui mais um capitulo!!!

Espero que Goste!!!!

Boa leitura!!!

Capítulo 9 - O beijo mais intenso


Fanfic / Fanfiction A New life in London - Capítulo 9 - O beijo mais intenso

Me levantei e sentei, ele fez o mesmo. Mas foi se aproximando de mim, olhou em meus olhos, passou a língua em seus lábios,  tirou uns fios de cabelos do meu rosto e foi encostando seus lábios bem devagar nos meus, um beijo calmo, que logo se tornou intenso, e nossas línguas estavam agora em uma batalha.

Harry....

 Brincamos feitos duas crianças, mas fiz aquilo que estava com muita vontade de fazer, decidi beijá-la, mas dessa vez não foi só um simples beijo, mas um beijo intenso, poder sentir por completo seus lábios, sua boca.

Karen...

Paramos de nos beijar e fiquei sem graça, e ele perguntou:

- Está tudo bem? E logo respondi:

- Não sei nem o que te falar Harry.

Ele colocou a mão na minha boca e disse:

- Então não precisa falar nada.

E logo nos beijamos novamente e ele foi me deitando, e ficando um pouco por cima de mim, e como era bom os seus beijos. Sentia com voracidade aqueles lábios, a sua língua que me pedia passagem adentro a minha boca, e logo permitia, e assim pode sentir a sua boca por completo. Paramos de nos beijar e disse:

- Harry acho que estamos indo com muita pressa. Não estou dizendo que não gosto ou que não gostei dos seus beijos, você é maravilhoso. Só acho que devemos nos conhecer mais.

Ele me olhou, se levantou e me puxou, e disse:

- Desculpas se forcei a barra. E respondi:

- Não precisa pedir desculpas, e você não forçou nada, e logo lhe dou um selinho, e ele se encosta à árvore e me acomodo entre suas pernas e ele me abraça e ficamos mais um tempinho ali. E digo:

- Harry e essa história de atuar, surgiu como? E corte do cabelo foi por conta do papel no filme? Ele responde:

- O cabelo, você gostou? E eu assenti com a cabeça, e ele continuou a falar:

- Também adorei meu corte e aproveitei para doar o restante do cabelo para uma instituição de crianças com câncer. Quanto a atuar, tinha muita vontade, e era um projeto meu, e com a pausa da banda, aproveitei e fui convidado pelo diretor Christopher Nolan, mas claro, fiz vários testes com outros atores, mas Chris queria alguém com pouca bagagem, e dei sorte de ser essa pessoa.

- Que ação legal Harry, você ajudando quem precisa, isso realmente é lindo. E quanto ao filme você já começou a gravar? Pergunto.

- Karen eu ajudo sempre, desde que me entendo por gente, minha mãe trabalha com ONG´S , e ela sempre nos incentivou a ajudar quem precisa. As gravações ainda não começaram, fui a uma reunião com os produtores, enfim, com toda equipe, para definirmos a minha participação, e assim conhecer todo elenco. Talvez comece daqui a uma semana.

- Muito bacana mesmo, gostaria de conhecer a ONG que sua mãe trabalha, acho lindo poder ajudar sempre as pessoas que precisam, também ajudava quando morava no Brasil, mas a minha mãe ficou com essa missão. E a banda acabou mesmo?

- Com todo prazer te levo para conhecer e logo te apresento minha mãe, você vai adorá-la. Quanto à banda vamos dizer que estamos de férias bem prolongadas, sem data definida para voltar, pois cada um de nós tem projetos pessoais, eu por exemplo terminando de gravar o filme, gostaria de fazer um álbum solo, mas por enquanto é algo que não tem nada certo. E assim cada um está se dedicando aos seus projetos, mas continuo tendo contato com eles. Viro pra ele e digo:

- Me conte mais da sua vida, tudo que você quiser me contar, quero te conhecer melhor.

 Ele me olhou e deu um sorriso, e foi me contando sobre sua família, especialmente sua mãe, me falou da Gemma, sua irmã, que eu ia adorá-la assim como sua mãe. Me contou como sua vida deu um salto, após virar cantor, a perseguição da mídia, em lhe arranjar mulheres, mas me falou dos verdadeiros romances que teve. Aproveitei a brecha e perguntei:

- E a Kendall? Ela não é tua namorada?

Ele me olhou espantando e me respondeu:

- Não Karen, a Kendall não é minha namorada, tive um lance, até recente, mas não deu certo, como eu e ela somos do ramo artístico, eu cantor e ela modelo, e com uma agenda atolada de coisas pra fazer, mal conseguíamos nos ver, apenas nos falavámos pelo telefone, eu não quero um relacionamento por telefone, quero uma mulher que tenha tempo para mim.

 Fico olhando-o, e falo:

- Mas você não sente mais nada por ela?

- O que sinto por ela é um grande carinho, que não tem nada a ver com amor, paixão, continuo falando com ela, sempre que precisa de um amigo, se eu estiver disponível vou ao seu encontro, mas só isso, uma verdadeira amizade, sou muito amigo da família dela. Tentamos mas não deu certo. Mas porque está me perguntando sobre a Kendall, e como sabe que tive alguma coisa com ela? Ele pergunta.

- Pois é, eu já ia te falar. Quando falei de você para a Olivia, minha amiga, ela me perguntou se você me falou dos seus relacionamentos, porque ela achava que você estava namorando a Kendall. E fiquei curiosa e fui pesquisar alguma coisa na internet, e eu não sou de fazer isso Harry, mas fiz e vi que você teve um relacionamento com ela, até mesmo anos atrás. Eu não a conhecia, e te digo você tem muito bom gosto, ela é realmente muito bonita.

Ele começou a rir, e disse:

- Tenho mesmo bom gosto, estou aqui agora com uma mulher linda, atraente e interessante. Enquanto a Kendall, tive sim um relacionamento com ela uns anos atrás, ficamos nesse vai e vem, tentando para ver se dava certo, mas como você pode ver não deu certo. Respondi:

- Agradeço pelo elogio, e agora vamos que está ficando tarde. E ele responde:

- Já? Ah, só mais dez minutos. E me abraça colando seu rosto no meu, e falo:

- Está bom, também estou com dó de ir e deixar esse lugar maravilhoso, a brisa desse lugar é perfeita, ainda mais na tua companhia, você é maravilhoso Harry. Até agora estou sem acreditar que estou aqui em Londres, e com você, nunca que imaginaria isso.

Viro pra ele, olho nos seus olhos e digo:

- Você é lindo, doce, gentil, nunca perde essa tua sensibilidade Harry, esse seu jeito lindo de ser, olha que eu pensei que não existia mais homem assim, e você me surpreendeu. Eu agarrei sua nuca, comecei a roçar meu nariz em seu rosto, o beijando calmamente, e desci com a boca na sua, e pedi passagem com a língua, sem pressa, mas sentia muita vontade por parte dele, e claro pela minha também. Só paramos quando faltou o ar.

- Agora vamos? Disse.

Harry fez uma cara de choro, e eu comecei a rir dele.

Arrumamos as coisas e fomos em direção ao carro, ele abriu a porta para eu entrar, e logo entrou dando partida. Estávamos conversando, coloquei a cabeça em seu ombro e acabei adormecendo, só sentia Harry beijando minha cabeça.

Me espantei e olhei para o Harry e disse:

- Eu dormi, e deixei você aí sozinho, tadinho, falo. E começo a rir.

- É senhorita, fiquei aqui só com meus pensamentos, alguém pegou no sono e esqueceu de mim, ele disse.

Viro e lhe dou um beijo, e falo: - estou perdoada Sr.Styles?

- Ainda não. Ele disse.

Logo ele parou o carro, me puxou para seus braços e começou a me beijar loucamente, e o chamo entre seus beijos,

- Har-ry!!


Notas Finais


Esse Harry, um homem de ficar desejando!!!

Beijinhos!!!

Continuem lendo

Obrigada!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...