História A new love (Taegi) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taegi, Vkook
Exibições 189
Palavras 1.431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, peço mil perdões pela a demora, é q os meus professores decidiram q era uma ótima hora para foder com os alunos e passaram milhões de trabalhos e provas, ainda por cima eu estudo em tempo integral e tenho 17 matérias, lindo né?

Bom, eu fiquei com um pouco de receio em postar essa capítulo, não ficou como eu gostaria, mas juro para vcs q vou me esforçar ainda mais no próximo e recompensar vcs

Aproveitem

Capítulo 9 - Favores.


- Você está falando sério? - Namjoon ainda não acreditava no que tinha ouvido. - Você vai PEDIR para KIM TAEHYUNG cantar uma música você criou?

- Sim, qual o problema? - Colocou a expressão mais indiferente que podia, estava morrendo por dentro, não sabia como fazer isso.

- Ah sei lá, talvez a pequena birra que vocês têm um pelo outro atrapalhe, sabe, só um pouquinho. - Diz ironicamente, o outro revirou os olhos.

- É só a porra de um favor, nós não vamos virar melhores amigos.

- Até porque o posto de melhor amigo de Min Yoongi é meu.

- Ciúmes Namjoon? Deixa o Jin saber disso. - O menor disse com um sorriso malicioso.

- Oshi, o quê o Jin tem a ver com isso? - Perguntou envergonhado.

- Você acha que eu não sei do rola e enrola de vocês?

Namjoon ficou quieto, não sabia como responder àquilo que o melhor amigo havia dito, não tinham nada, isso era verdade, já que nunca ficaram, mas tinham um sentimento um pelo outro, o único problema era que os dois tinham um orgulho muito grande e uma taxa bem elevada de vergonha para se declararem. Continuaram conversando até que Namjoon foi embora e deixou o menor de pele pálida sozinho com os próprios pensamentos, não sabia como pedir o favor a Taehyung, além da vergonha, ainda tinha o problema de se "odiarem", não podia chegar no garoto e perguntar "Hey Taetae, você pode cantar uma música que eu criei, por favor?", seria ridículo.

Mas por que caralhas tinha que ser tão difícil?

                           ~*~

Kim Taehyung não sabia o quê fazer, Jimin tinha acabado de sair de sua casa, haviam conversado e percebera que o ruivo estava realmente interessado em Jungkook, mas tinha receio por causa de sua amizade consigo, então não queria ir atrás do moreno. Precisava de algum plano para mostrar a Jimin que não tinha mais nada com o ex.




Acordou com muito sono, não conseguiu dormir direito porque passara a noite pensando em algum plano para conseguir que Jimin se aproximasse de Jungkook. Tomou um banho e se arrumou para ir a escola, passando na cozinha para pegar um lanche e cumprimentar a sua mãe antes. Encontrou Hoseok em frente a seu apartamento e foram para escola, não demorando muito para chegarem e encontrarem Jungkook e Jimin os esperando no portão, aquela cena se tornou algo comum quando Taehyung começou a amizade com o ruivo. Se despediram de Hoseok, já que ele, junto a Jin, Yoongi e Namjoon eram do terceiro ano e os três eram do segundo.

Era aula de Biologia novamente e a professora ressaltou o trabalho que os amigos deveriam apresentar na próxima semana, a aula seguiu normalmente e logo deu o horário para o intervalo. Estavam indo para o refeitório, quando uma pessoa baixinha, branca igual leite e com cabelos rosa se aproximou.

- Posso falar com você? - Perguntou a Taehyung, depois de passar muito tempo pensando, decidiu que iria perguntar de uma vez, acabar com aquilo logo, não seria tão difícil né?

- Comigo? - Aquilo não era normal, o garoto que o chamava de irritante agora pedia para conversarem a sós.

- Sim. - Respondeu depois de um longo suspiro.

- Ok... - Confirmou receoso. - Encontro vocês no refeitório depois. - Falou aos outros dois. - Se eu não voltar sabem o quê aconteceu. - Eles riram e murmuraram um "ok" enquanto se afastavam.

- Você acha que eu sujaria minhas mãos com você? - Entrou na brincadeira.

- Não sei, do jeito que você é. - Deu de ombros. - Você não vai falar o quê quer?

- Eu preciso de um favor. - Sussurrou tão baixo que o outro quase não ouviu.

- Min Yoongi precisa de um favor meu? Você deve estar bem desesperado. - Brincou mesmo estando surpreso.

- Aish, eu só não desisto... - Suspirou. - Olha, é assim, um produtor quer que eu entregue a ele uma música e ela tem que ser ótima para eu conseguir um contrato, o negócio é que eu tenho uma música perfeita só que uma parte dela é canto e a minha voz não serve para isso, como a sua voz é bonita, eu queria que você cantasse.

Taehyung começou a pensar, não seria nenhum problema gravar uma música, amava cantar e a ideia de que a sua voz chegaria nos ouvidos de um produtor parecia muito boa, mas uma coisa passou pela sua cabeça, ele também precisava de ajuda.

- Eu te ajudo. - Viu o garoto abrir um sorriso. - Com uma condição. - O sorriso do outro sumiu.

- O quê?

- Preciso que você me ajude com o plano Jikook.

- Jikook? - Perguntou curioso.

- Jimin e Jungkook.

- Meu Deus, o quê você quer que eu faça? - Talvez, só talvez, Taehyung fosse masoquista.

- Eu percebi que o Jimin sente alguma coisa por Jungkook, mas não quer se aproximar por minha causa, então, eu queria que você me ajudasse com isso, sabe... - Suga o olhava confuso, mas sua expressão mudou para surpreso quando entendeu o quê o outro queria dizer. - Não estou pedindo para você fingir estar namorando comigo, só que estamos meio que com interesse um no outro, algo desse tipo.

- Como alguém acreditaria nisso e por que eu?

- Porque eu não posso pedir para nenhum dos meninos, seria estranho e eles com certeza não iriam aceitar.

- E comigo não, esqueceu que a gente se odeia?

- Ué, você mesmo disse que não me odeia e eu nunca disse que sentia isso por você. - Tentava ao máximo fazer o outro aceitar. - Se você não aceitar eu não canto. - Ditou e esperou a resposta do outro, parecia estar tendo uma confusão interna.

- Ok, mas como vamos fazer isso? Eles não vão acreditar em nada que dissermos. - Desistiu, precisava mesmo da ajuda do outro e não era como se não gostasse da ideia de ter um Taehyung interessado por si, mas tinha que se lembrar que era tudo mentira.

- Acho que dá para a gente usar o jogo como um início, sabe? Quando nós passamos os cinco minutos no quarto sozinhos. - Falou pensativo, aquilo deveria ser feito sem ter nenhuma suspeita. - E nós não podemos contar para os hyungs.

- Por que? - Já estava escondendo segredos demais, não queria mais um.

- Porque Hoseok iria fazer um discurso tentando fazer com que eu desista disso, o quê provavelmente ele conseguiria fazer, não aguentaria Jin enchendo o meu saco e eles iriam falar muita merda para você por ter aceitado a minha ideia louca, mesmo que só tenha feito isso por causa da chantagem. - Explicou, Yoongi até achou engraçado como aquela seria realmente as reações dos amigos.

- Em quê eu estou me metendo Deus? - Disse baixinho. - Está bem, eu não conto. O quê eu tenho que fazer?

- Acho que seria meio óbvio você me tratar bem de uma hora para outra, então só não deixe parecer que odeia por enquanto. Tenho certeza que Jungkook já contou para eles que você me chamou para conversar e depois você já vai falar que vamos trabalhar juntos, deve ser bom o suficiente. - Estava orgulhoso de si mesmo, o plano parecia ser bom o suficiente e nem tinha pensado tanto assim.

- Acho que sim. - Concordou sem saber muito o quê fazer.

- Então vamos para o refeitório. - Começaram a andar. - Como vai ser esse negócio da música?

- A gente vê um dia em que você pode ir lá em casa, eu te explico a música e começamos a gravar. Eu tenho meio que um mini estúdio. - Explicou, achava aquilo estranho, era a primeira vez que conversavam direito, sem provocações ou brigas, realmente tinha gostado daquilo.

- Tem que... - Foi interrompido por um grito assim que entrou no refeitório.

- MEU DEUS. - Fora Jin quem gritou e Hoseok deu um tapa na cabeça dele. - Como assim vocês dois juntos sem brigarem? - Perguntou quando os dois se aproximaram.

- Precisava de todo esse escândalo? - Yoongi perguntou enquanto se sentava na cadeira ao lado de Namjoon.

- O grito foi exagero, mas é muito estranho ver vocês dois juntos. - Hoseok falou e Taehyung apenas revirou os olhos.

- Yoongi só veio me pedir um favor, não entendo o porquê de tudo isso. - Todos olharam para a cara de Yoongi surpresos.


Notas Finais


Me perdoem novamente
Até o próximo
Bye Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...