História A New Story Of Tsukiuta - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 17
Palavras 2.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi Oi
Aqui está outro Cap
;) presença especial de:
Koi, o Príncipe Fofinho
Rui, o Príncipe Tímido
E You, o Príncipe Pervertido

Capítulo 8 - Três Príncipes e Uma Menina


Fanfic / Fanfiction A New Story Of Tsukiuta - Capítulo 8 - Três Príncipes e Uma Menina

Pov's Autora On

Sakura começou melhorando graças a todo o.cuidado que recebia. Mas por enquanto ainda só se lembrara de Rui. Por mais que tentara explicar, não sabia. Nenhum deles sabia o porquê de ela se ter lembrado apenas de Rui.
Sakura começou a amar outra vez Rui, afinal, no fundo, nunca o deixou de fazer, e desta vez Rui disse sim. You ficou bastante triste e Matsuri reparou nisso. Ela falou com ele e You pediu desculpas, mas depois de tudo não conseguia tirar a Sakura da cabeça. A menina aceitou o rompimento. Ela também gostava de ver You com Sakura.
A menina estava com dúvidas em relação às lembranças de sonhos e foi perguntar para Syunpei. O mesmo respondeu que tudo aquilo que ela pensa que é um sonho é real e são memórias perdidas.
A menina então começou a se lembrar aos poucos de todos. No final apenas não se lembrava de You. Ninguém entendia o porquê de isso acontecer.
Syunpei deu a Hipótese de trauma. Talvez You tenha traumatizado Sakura ao ponto de ela não ter memórias dele.
You ficou deprimido.
Rui contou a verdade sobre a ameaça de Yuno e o agente dos Procellarum acabaram por despedir Yuno. Eles queriam despedir todas mas Sakura disse que Mitsuri tinha sido muito boa para ela é que seria injusto pagarem pessoas inocentes, então acabaram só despedindo Yuno. Mitsuri e Sakura se tornaram grandes amigas. No meio da conversa delas Mitsuri mencionou que You tinha traído Sakura com ele, é nesse momento a menina se lembrou do.momento em que viu You e Mitsuri se beijando. A menina disse que se lembrava do momento, mas continuava a não se lembrar o porquê de ter fugido. Mitsuri explicou que You estava namorando com Sakura e que quando descobriu que a tinha traído a menina fugiu. A menina juntou as peças do quebra-cabeças e acabou se lembrando do resto. Quando o fez ela deixou cair lágrimas. Mitsuri deu um abraço de conforto a Sakura e a menina admitiu que agora estava confusa. Agora seu coração estava dividido entre Rui e You. Mas no meio da história se tinha apaixonado por Yoru e Koi. Mitsuri disse que não sabia como ajudar nessa parte. Então Sakura arranjou coragem e foi ver os meninos. Começou por dizer que tinha recuperado o resto de sua memória graças a Mitsuri, mas que agora tinha o problema de seu coração confuso. Quando.ela.revelou de quem gostava, Koi, Yoru, You e Rui ficaram felizes, mas Iku, Kai, Aoi e Arata ficaram bastante deprimidos. Mitsuri percebeu o que se passava e disse no ouvido da menina. A mesma falou para eles. "Vocês não perderam a esperança quando eu não me lembrava de ninguém, por isso não percam a esperança de um dia eu vir a vos amar, pois nunca se sabe o.dia de amanhã. ". Estás palavras comoveram todos. Todos saltaram a cima da menina. Ela estava de novo feliz e desta vez estavam com a intenção de guardar sua felicidade muito bem. No meio da festa Kakeru acabou anunciando que estava namorando com Syunpei. Todos aceitaram sua escolha e acabaram por fazer uma festa para celebrar. Sakura estava trabalhando numa música que era dedicada para todos, para lhe agradecer o que tinham feito por ela, mas bem no.fundo era mais para Rui.
Mitsuri descobriu isso é revelou para os meninos. Eles insistiram tanto que Sakura acabou cantando para eles.

"Se eu te dissesse que isso só vai machucar
Se eu te avisasse que o fogo vai queimar
Você andaria nele? Você deixaria eu andar primeiro?
Fazer tudo em nome do amor
Você me deixaria te guiar mesmo quando for cego
No escuro, no meio da noite
No silêncio, quando não há ninguém ao seu lado
Você apelaria em nome do amor?

Em nome do amor, nome do amor
Em nome do amor, nome do amor

Em nome do amor
Em nome, nome
No nome do
Em nome, nome
No nome do
Em nome, nome
No nome do
Amor

Se eu lhe dissesse que poderíamos nos banhar em todas as luzes
Você se levantaria e viria me encontrar no céu?
Você confiaria em mim quando você está pulando das alturas?
Você cairia em nome do amor?
Quando há loucura, quando há veneno em sua cabeça
Quando a tristeza deixa você quebrado em sua cama
Vou te segurar nas profundezas do seu desespero
E é tudo em nome do amor

Em nome do amor, nome do amor
Em nome do amor, nome do amor

Em nome do amor
Em nome, nome
No nome do
Em nome, nome
No nome do
Em nome, nome
No nome do
Amor

Eu quero testemunhar
Gritar na luz santa
Você me traz de volta à vida
E é tudo em nome do amor
Eu quero testemunhar
Gritar na luz santa
Você me traz de volta à vida
E é tudo em nome do amor

Em nome do amor, nome do amor
Em nome do amor, nome do amor

Em nome do amor
Em nome, nome
No nome do
Em nome, nome
No nome do
Em nome, nome
No nome do
Amor"
(Bebe Rexha ft Martin Garrix-  In The Name Of Love)

Todos aplaudiram a menina o que a deixou muito feliz.
No final.da festa foram para uma mansão que era dos Six  Gravity e acabaram por dormir todos lá. Cada quarto tinha cinco camas. Num.quarto dormiu Kakeru e Syunpei, noutro Mitsuri, Haru e Hajime, no outro Rui, You, Yoru, Koi e Sakura, no seguinte Arata, Shun, Iku, Aoi e Kai.
Como nos velhos tempos Rui vestiu o pijama a Sakura, mas desta vez ele não estava a espera de uma coisa, que os peitos da menina tinham crescido tanto. A menina estranho o menino estar olhando para ela fixamente e perguntou o que se passava. O menino não.respondeu e apenas apertou os seios de Sakura. A menina corou e perguntou o que o.menino estava fazendo. Ela apenas respondeu que estava verificando se eram verdadeiras.
Quando.todos já estavam dormindo a menina acordou e como não conseguia dormir foi falar com Rui.

Pov's Autora Off

Pov's Sakura On

-Rui-sama. Não consigo dormir. -Disse.

Ele acordou e me encarou.

-Você quer dormir comigo? -perguntou.

Eu Acenei com a cabeça e ele afastou os lençóis para eu.puder me deitar e assim o fiz. Ele se abraçou a mim e me beijou.
Eu acabei acontecendo agarrada a ele. Era bom tudo ter voltado ao normal. Não sei como pude esquecer eles.
Acordei no dia seguinte com alguém a me dar um beijo na face. Rui estava me encarando e sorrindo.

-Bom dia, Sakura-sama. -disse acariciando meus cabelos.

-Bom dia. -disse me aconchegando em seu peito.

Ele sorriu e me abraçou. Ficamos assim um pouco de tempo e sinto alguém a deitar por trás de mim. Era You. Ele me abraçou por trás me dando beijos no pescoço. Não foi só ele que se deitou ao pé de nos. Yoru e Koi vieram se deitar em cima de mim. Koi começou a fazer me cócegas e eu não conseguia parar de rir, então todos começaram a fazer isso.
Devo ter rido demasiado alto pois vieram todos ver o que se passava e como são todos uns fofos acabaram por saltar todos em cima de mim. Acabamos por cair todos da cama abaixo. Eu cai em cima de Rui e de Koi e You caiu em cima de mim. Os outros tinham caído para o outro lado.
No rimos bastante e nos levantamos.

-Sakura-sama. -disse Rui.

-Pequena... -disse You.

-Princesa... -disse Koi.

Eles os três me chamaram ao mesmo tempo.

-Toma banho comigo. -disseram os três ao mesmo tempo.

-Eh? -Digo corando um pouco.

-Podemos tomar todos juntos, se você quiser. -disse You falando para mim.

-Eta... Não sei quanto a isso. -disse olhando para o lado.

-Por mim tudo bem. -disse Koi.

-Se você estiver lá é que importa. -disse Rui.

-Ok. Acho que posso... -digo.

You sorriu e me pegou pela mão e me puxou para o banheiro.

-Hoi.. E-espere.... -digo.

Eles continuou me puxando. Koi e Rui vinham atrás de nos. Entramos no banheiro e sem demora You começou tirando minhas roupas.

-Se acalme. Parece que quer devorar a menina. -disse Koi.

-N-Nada disso... -disse corando ligeiramente.

-Princesa... Ce vai deixar ele te devorar? -disse Koi me encarando.

-N-não... -disse timidamente.

-Aff... Mas eu quero... -disse You. -Já faz um tempão...

-Um tempão? Como assim? -Disse Koi.

-Eta... Eu fiz sexo com ela... No dia em que o Rui a rejeitou... -disse You metendo a mão atrás da cabeça.

-O que?! -dizem ao mesmo tempo.

-Você tirou a virgindade à Sakura-sama... Ela era uma menina... Você é um pedofilo. -disse Rui.

-Hey... Ela deixou por isso...

-Deixou porque estava destroçada com a rejeição. E você aproveitou isso. -disse Koi.

-Aff.. Já percebi... O passado já passou por isso. -disse ligando a água.

-Né, princesa... CE deixava eu fazer sexo com você? -disse Koi um pouco corado.

Corei e acenei com a cabeça positivamente.

-E eu? CE deixava? -disse Rui me encarando.

Acenei com a cabeça e Rui me beijou na testa.
Rui tirou o resto de minha roupa me deixando completamente nua. Corei e tentei tapar meu corpo com as minhas mãos.

-CE não precisa fazer isso. CE é muito linda. -disse Koi.

-Mas estou com várias cicatrizes e para além disso---

Não pude acabar minha frase porque Koi me beijou.

-Para mim ce é perfeita como é. -disse Koi.

Corei e olhei para o lado. Ele riu.

-Adoro quando você fica envergonhada. -diz sorrindo.

You tirou sua roupa, em seguida Rui e Koi. Eu fechei os olhos com vergonha.

-CE pode abrir os olhos. -disse Koi.

Acenei com a cabeça negativamente. Ele me pega ao colo e me mete dentro da banheira. Os três entraram. Eu estava encolhida em meu canto. Sabia que havia alguém à minha frente e nos meus lados mas não sabia quem era.

-CE você não abrir os olhos vou ter que lavar o seu corpo. -disse You.

-N-n-não. -disse gaguejando.

Eu abri os olhos devagar e tentei não encarar os corpos deles, o que era um pouco difícil. Koi estava na minha frente, You do meu lado esquerdo e Rui do meu lado direito. Eu sentia meu rosto a queimar. Finalmente eu podia ver o corpo de Rui-sama e de Koi-kun. Os meus pensamentos estavam perdidos. Eu estava com o rosto vermelho e estava encarando minhas pernas.

-Princesa? O que se passa? -perguntou Koi se aproximando de mim.

-N-n-n-nada. -disse gaguejando.

-Você é mesmo fofa. -disse Koi rindo.

You estava se lavando e Rui também, apenas Koi estava me encarando.

-Koi. Me passa a esponja por favor. -disse You.

Koi se levantou e pegou a esponja que estava no móvel. Sem eu reparar tive sangramento nasal. Confesso que não era pequeno.
Koi deu a esponja para You e me olhou.

-CE está bem? -perguntou.

Eu estava bloqueada e ele olhou para seu membro e depois para mim e se aproximou.

-Você sabe que é seu, né? CE pode tocar quando quiser. -disse Koi sorrindo.

Comecei a esticar a mão. Minha mente estava dizendo para tocar mas meu coração não deixava então acabei encolhendo a mão novamente.
Ele pegou minha mão e colocou em seu membro. Apertei ainda envergonhada. Koi gemeu um pouco.

-Koi. CE parece que é virgem. -disse You.

Koi corou e virou a cara.

-B-bem... -disse Koi envergonhado.

-Só você é que não é virgem. -disse Rui para You.

Não entendia lá muito da conversa deles mas agora que não estavam olhando para mim comecei a acariciar o membro de Koi. Ele gemia um pouco. You e Rui olharam para mim e eu parei.

-N-n-não me e-e-encarem. -disse gaguejando.

-Ah... Entendi... -disse You.

-Nos não vamos julgar você. -disse Koi.

-Mas é muito humilhante. -disse.

-É uma coisa normal. Não tem mal a fazer isto. -disse Koi.

-Eta... Acho que não tem mal... Na verdade o You-kun disse para o chupar.

Koi e Rui olharam para You com cara de desaprovação.
You começou a assobiar e olhou para o lado.

Coloquei meu cabelo para trás da orelha e comecei fazendo movimentos de vai e vem no membro de Koi. Ele gemia. Eu continuei e seu membro começou a ficar duro.

-Vocês vão sujar a água. -disse You provocando.

-Tecnicamente é só o Kai. -disse.

Ele sorriu de lado.

-Logo vemos, né? -disse.

Não liguei e continuei fazendo movimentos de vai e vem. Aumeitei a velocidade e ele não demorou em gozar.

-Vá. Agora só falar a você. -disse You.

-O que ce quer dizer com isso? -disse.

Ele se aproximou de mim e começou a mexer em minha intimidade. Eu gemi.

-N-não... -digo no meio de gemidos.

-Não se preocupe. Você vai gostar. -disse metendo dois dedos dentro de minha intimidade.

Ele começou a fazer movimentos de vai e vem e de tesoura. Eu gemia alto e não demorou muito para eu gozar.

-Eu disse. -disse You levando seus dois dedos à boca.

Eu corei igual a tomate e ele se aproximou de mim.

-Você é muito deliciosa. -disse em meu ouvido.

-Agora é a sua vez Rui. -disse Koi.

-N-não quero. -disse olhando para o lado.

-CE não quer, ou tem vergonha? -perguntou You.

-Não quero. -disse.

-CE senta no colo dele e comece a mexer em.cima de seu membro. -disse You a meu ouvido.

Eu corei mas assim o fiz. Me sentei no colo de Rui e pus meus braços à volta dele. Comecei a me mover com calma em cima de seu membro. Ele gemia para dentro mas havia momentos em que ele deixava escapar alguns em meu ouvido. Ele colocou seu braços em minha volta e me abraçou forte apertando meus seios contra seu peito. Seu membro ficou duro e eu estava com dificuldades em me mexer.

-Me desculpe por isto. -disse Rui metendo seu membro dentro de minha intimidade.

Soltei algumas lágrimas e apertei forte Rui.

-Salte. -disse You. -Imagine que você está a cavalgar em cima de um cavalo.

Eu imaginei e comecei a cavalgar em cima de seu membro. Era movimentos lentos pois estava com dores. Ele colocou as mãos na minha cintura e começou a fazer os movimentos com bastante força.

-R-Rui-sama... ahh... -disse no meio de gemidos.

Ele continuou e acelerou. Ele gozou dentro de mim.

-Rui... CE esqueceu na camisinha... -disse You.

Rui ficou um pouco aflito.

-Me desculpe Sakura-sama. -disse.

-O que tem de mal não usar a camisinha?  -perguntei.

-CE pode ter bebês. -disse Koi.

-Eh... Eu não quero ter bebês agora. -disse.

-Me desculpe... -insistiu Rui.

Sua expressão era triste. Eu peguei em sua cara.

-N-não tem mal. Acidentes acontecem.  -disse o beijando.

Nos nos lavamos e nos secamos. Nos arrumamos e fomos para baixo tomar o café-da-manhã.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ;)
Quero a vossa opinião ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...