História A New Thought - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Abo, Billdip
Visualizações 82
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saudações meus queridos leitores, aqui é a Yuu novamente, e eu AMEI a divulgação e os comentários que o primeiro capitulo gerou, então eu estou aqui para o segundo capitulo.
>Por favor leiam as notas finais<
Boa Historia ^w^

Capítulo 2 - Depois do ocorrido


<Pov Miwe>

 

Boa noite, estamos aqui para a continuação dessa história, podem me chamar de Miwe, e serei eu quem os acompanhará e solucionarei as dúvidas que vocês, queridos leitores, tem sobre essa história. . . . . . . Oque sou eu? Não importa agora, afinal, eu aparecerei em breve, mas apenas quero dar um aviso, não sou eu quem criou essa história, apenas estou contando-a para vocês, afinal, eu sou apenas um personagem criado por um ser superior a mim. Agora sem mais delongas vamos para oque interessa

 

<Pov Dipper>

 

Depois daquele imprevisto, fico naquele lugar, na borda daquele lago tão mágico, até escurecer, nunca me canso de ficar aqui, é como se tudo ao seu redor estivesse parado, ficando mais bonito no nascer do sol, quando os primeiros raios daquela grande esfera flamejante reflete no lago, mostrando suas belas águas cristalinas, e no por do sol, quando o mesmo esconde a si e todo o seu brilho para dar lugar a lua e a sua escuridão e estrelas refletirem na água mostrando seu brilho tão calmo e solitário. Tinha ficado tempo demais lá, e já estava chegando em casa, o lugar que tanto odeio.

Entrei pela porta dos fundos, já que não estava com um humor tão agradável para ver eles, oque não saiu como eu pensei, quando estava subindo as escadas me direcionando para meu quarto, sou interrogado:

-Onde pensa que vai? - Falou uma mulher com cabelos marrom claros, quase um bege, uma híbrida de lobo e humano, que estava nesse exato momento me encarando, usava um aventa, que com a luz do local deu pra entender estar molhado, provavelmente tinha terminado de lavar a lousa do jantar.

-Vou para o meu quarto – Falei parando no meio das escadas que dava para os quartos e direcionando meu olhar para ela.

-Pois então trate de ir para a sala, teremos uma pequena conversa – Falou tirando o avental, mesmo eu não gostando da ideia, tinha que obedece-la, afinal de contas, ela era minha mãe.

Sem ver outra saída, me direcionei a sala onde me sentei em uma das poltronas e ela em outra, mesmo eu estando dentro de minha própria casa, não gosto de ficar em minha forma híbrida na frente deles, mesmo que algumas vezes seja necessário.

-Então, sobre oque queria conversar? - Fui direto ao ponto, não queria prolongar muito essa conversa.

-A partir de hoje, você, Dipper Pines esta proibido de sair de casa antes do almoço e voltar depois do jantar, é uma regra, e se você se ousar a quebra-la, tenha certeza de que criara raízes dentro dessa casa. - Falou com autoridade e dava pra ver que não foi ela que sugeriu essa regra, pois se dependesse da mesma, eu já estaria morando na floresta, mas mesmo assim estava incrédulo, afinal o almoço acontecia ao meio dia e geralmente terminava depois de uma hora, e o jantar acontecia as seis horas, sendo assim eu tinha apenas umas 4 horas para ver o lago.

-Foi Mabel que sugeriu essa regra? - Tinha quase certeza de que tinha sido ela, mas apenas queria confirmar de fato.

-Sim, foi ela, devia agradece-la por você ainda morar nesta casa – Falou subindo as escadas para o segundo andar, e assim que tive certeza de que ela já não me podia ouvir, me pronunciei

-Pode sair dai Mabel – Disse me levantando e indo em direção a escada.

-Como você sabia que eu estava aqui? - Perguntou uma Garota cujo nome era Mabel, que saiu de trás de um dos sofás, tinha a aparência de uma garota de 17 anos, com longos cabelos Marrom chocolate com seus olhos da mesma cor, apenas um pouco mais claros, eu e Mabel tínhamos a mesma idade, mesmo ela parecendo a mais velha.

-É fácil reconhecer alguém com cheiro de chocolate – Falei começando a subir as escadas.

-Espera Dipper, Eu. . .quero pedir desculpas por essa regra que a Mãe criou, eu sei que você gosta muito de ficar fora de casa, mas eu quero passar mais tempo com você Dipper, já que você é sempre tão distante – Ela falou em um tom baixo, para que os nossos pais não ouvissem

eu a olhei antes de subir as escadas, Mabel era a única que me tratava bem, então apenas sussurrei “Está tudo bem, não precisa se preocupar com isso Mabel”, e subi para o meu quarto, que era o mais afastado dos outros, já que ficava no final do corredor. Entrei e tranquei a porta, meu quarto não era grande, mas também não era tão pequeno, mudei para minha forma híbrida, tendo cabelos castanho um pouco escuro, estando um pouco longo, já que tinha me esquecido de o cortar, mas não era tanto, meus olhos como sempre continuavam com um azul céu, não era nem muito baixo e nem muito alto. Abri as cortinas, assim permitindo a luz da lua adentrar em meu quarto pela janela em um formato triangular, peguei um livro que estava encima do criado-mudo do lado da cama e sentei na borda da janela, adorava ler a luz da lua, achava relaxante e me ajudava a dormir, já que geralmente tenho o habito de perder o sono, quando estava quase dormindo eu lembrei daquele lobo chamado Bill, ele me intrigava de certa forma, mas espantei esse pensamento, eu tinha coisas mais importantes para me preocupar, então me deixei levar pela escuridão e adormeci.

 

<Povo Bill>

 

Depois daquele ocorrido, eu sigo caminho a minha casa, que não era muito longe dali, então já estava no portão da mesma depois de ter passado alguns minutos, mudei para minha forma híbrida antes de adentrar na casa, minha aparência era bem simples, tinha cabelos loiros com olhos dourados, era um pouco alto para minha idade, que era 17, assim que entrei fui recebido por minha mãe que quase me estrangulou.

-Onde você estava?! Eu te procurei que nem doida pela Alcateia mas não te achei! - Disse uma mulher com cabelos loiros, seus olhos eram vermelhos e aparentava estar muito irritada e preocupada

-Eu estava apenas andando distraidamente pela floresta e não percebi que tinha ficado tão tarde – Falei me recuperando do abraço,

-Apenas não faça mais isso, é perigoso andar por aquela floresta

-Esta bem, não irei mais fazer isso

-Que bom, agora venha, vamos jantar!

Depois do jantar, que era sempre a minha parte favorita do dia, onde meu pai e meu irmão estavam em casa, subi para o meu quarto, já estava com um pouco de sono, afinal já era bem tarde, me deitei na cama e comecei a pensar novamente naquele lobo, estava ansioso para amanhã, afinal, contarei para os meus pais que tinha achado a “pessoa” que quero como meu companheiro, mesmo ele sendo da alcateia do norte, mas isso não importava muito, já que poderia ser facilmente resolvido, e com esse pensamento eu adormeci.

 

<Continua>


Notas Finais


Eu espero que vocês tenham gostado de mais um capítulo dessa história, e agora tenho alguns avisos rápidos:
>Primeiro: essa semana é semana de prova e entrega de trabalho, então é muito possível que não de para eu postar um novo capítulo no sábado
>Segundo: tentarei postar semanalmente, de sábado em sábado
>Terceiro: quem tiver alguma duvida pode perguntar e o Miwe responderá, desde que não haja spoiler
É isso, espero que tenham gostado e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...