História A Noiva do deserto (imagine Min Yoongi ) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Visualizações 10
Palavras 728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee gente desculpa a demora.
Boa leitura
Leiam as notas finais por favor.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Antes...

Sg- olhe pra mim.

S/n- não...

Sg- olhe pra mim!

Os olhos de S/n encontraram os delesbe derepente ela paraou de respirar. O coração batia como um tambor africano e uma tontura intensa e inesperada ameaçou derrubala. Suga bateu Palmas duas vezes e o som foi como uma explosão no silêncio profundo.

Sg- agr tomaremos chá e conversaremos. 

S/n- acho q não... 

Três mulheres surgiram do nada casa uma delas carregava uma bandeija com xícaras bules e uma variedade de petiscos delicados.

Certa de q seria inútil discutir ela acomodou se no tapete diante da graciosa mesa de magno e recostou se contra as almofadas e cetim alinhadas junto a parede . As memórias desfilando diante seus olhos nublados.

Apaixonara-se por ele. Deixará sa fascinar por cada detalhe de suga ingênua como uma adolescente apesar de vinte e dois anos de idade. Ele fora seu primeiro amor uma obsessão q a atingirá como um raio especialmente pq ja não dispunha da velocidade de recuperação de uma garota de desseseis anos. Fora arrogante ao supor q a superioridade intelectual a protegeria contra certos impulsos hormonais e uma imensa imaturidade emocional e Suga reduzira suas crenças tolas e cinzas.

S/n- ouve uma certa confusão a respeito do meu visto no aeroporto.... caso contrário  não teria mencionado seu nome.

Sg- sei visto foi anulado.

S/n- oq disse?

Sg- mulheres jovens devem atender a certas exigências para receber o visto:  hospedarem se com alguma família jordaniana, estarem de posse e contrato de trabalho, ou viajarem com um parente ou colega do sexo masculino. Seu visto estabelecia q estaria acompanhada e vc chegou sozinha. Foi esse fato q invalidou seu documento. 

S/n- então discriminam mulheres fazendo listas de regras ridículas...


Sg- As vezes a discriminação pode ser um ato positivo.

S/n- Nunca!

Sg- está me obrigando a ser grosseiro. Um fluxo de prostituta não traria nenhum benefício benefício nossa sociedade.

S/n- prostitutas? 

Sg- nossas mulheres devem se casar virgem. Caso contrário ninguém a aceitara como esposa e sua família será densonrada. Numa sociedade com tais regras a profissão mais antiga do.mundo pode florescer num piscar de olhos, mas não tínhamos problemas desse tipo até distribuímos vistos de entrada com liberalismo excessivo. 

S/n- está tentando me dizer q aquele sujeito do aeroporto confundiu-me com uma...?

Sg- a outra categoria de mulheres q procuramos excluir é a das chamadas aventureiras trabalhadoras se é q me entende. 

S/n- receio q não.

Sg-  mulheres jovens chegam a nosso país com o único propósito de trabalhar. Elas procuram a divertir nas boates q proliferam nas cidades. La jovens veste- se bebem e comportan-se de maneira perfeitamente aceitável em outras civilizações mas esse mesmo comportamento é visto com outros olhos pelos homens daqui. Uma porcentagem considerável dessas mulheres jamais voltam pra casa. Permanecem em nosso país em condições ilegais e transformam em amantes e quem puder oferecer um estilo de vida luxuoso e confortável. 

S/n- francamente não acredito q me pareço com uma delas! A propósito agradeço as explicações mas acho q já é hora de mandar alguém me levar ao hotel.

Sg- mulheres sozinhas de sua idade não são aceitas como hóspedes em nossos hotéis. 

S/n- não entendi 

Sg- nenhum hotel aceitara hospeda-la quando apresentar-se sozinha. Se não a houvesse trazido.pra cá o estaria voando de volta ao Brasil.

S/n- mas isso é ridículo! Não tenho culpa pela fratura q empediu meu assitemte de embarcar!

Sg- é uma pena.

Suga sorriu deixando claro q não iria ajula-la a solucionar as pequenas dificuldades burocráticas da tumultuada viagem. S/n empurrou a xícara com um sorriso forçado. 

S/n- Escute vim aq para realizar uma pesquisa importante é séria. ..

Sg- seu trabalho sempre foi muito sério. 

S/n- estou as para estudar a Cultura nômade. 

Sg- um assunto completamente sem graça. 

S/n- sem graça? Esperava q sua formação cultural  o levasse a tratar o assunto com mais respeito.

Sg- li sua tese sobre a suspensão dos direitos femininos. 

S/n- leu minha tese? 

Sg- por isso decidi oferecer-lhe uma oportunidade num campo de pesquisa q vai torná-la famosa no mundo acadêmico quando retornar ao Brasil. 

S/n- que campo?

Sg- trata- se é um estilo e vida jamais revelado ao escrutínio de uma antropóloga Ocidental. Sinto-me como papai Noel para ser bem franco. Kkkkk 

S/n- quer fazer o favor de ir direto ao ponto?

Sg- Se insiste..... Uma estadia prolongada em meu harem não sò proporcionaria amplo material de pesquisa como me daria a tão esperada oportunidade de ensinar a vc o q é ser uma mulher. 


Continuaaaa


Notas Finais


É isso amores espero q estejam gostando.

Então deixa eu avisar estou sem net em casa de novo 😢 net da roça sabe. Vou tentar postar pela net do cel mais vai ser difícil. Não me abandonem se eu sumir vou ir deixando os Cap escrito e vou postando quando a net ajudar oky.
Bjs amo vcs😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...