História A NOSSA LIGAÇÃO - wincest - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Crowley, Dean Winchester, Jo Harvelle, Lúcifer, Personagens Originais, Ruby, Sam Winchester
Tags Destiel, Supernatural, Wincest
Visualizações 83
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei povo meu, como vocês estão?, aproveitando o final de semana?, e pra ficar melhor que tal um capítulo novo dessa fic?. Vamos ao capítulo, boa leitura.

Recadinho pra vocês nas notas finais

Capítulo 15 - TALVEZ HAJA UM AMANHA


Fanfic / Fanfiction A NOSSA LIGAÇÃO - wincest - Capítulo 15 - TALVEZ HAJA UM AMANHA

Dean 

Fazia um tempo que eu não via Sam sorrir, ainda bem que o alegrei em trazer ele pro parque de diversões. 

- pelo seu sorriso percebi que gostou, estou certo?

- se esta certo?, Dean!, eu amei-ele me abraçar forte quase me deixando sem ar 

-tá bom Sam, só me solta, o pessoal que estiver olhando vai pensar besteiras

-deixa de ser chato- ele me solta- mas obrigado por me trazer aqui

- De nada

- sério que não tem palhaço?

Pode parceria bobagem minha, mas eu acho tão fofo quando o Sammy fica com medo dos assustadores palhaços. Sei que muitas pessoas tem medo de palhaços, mas nenhuma dessas pessoas conseguem ficar tão adoráveis como o Sammy fica ao ver um.

-(risada), sério Sam, não tem nenhum palhaço aqui tá?. E confesso que foi bem difícil achar um parque de diversões nos estados unidos que não tenha um palhaço, mas até que achei um bem longe mas achei. E sabe o que eu acho?

-o quê?- ele pergunta me encarando com seus olhos em estado perfeito. É incrível que mesmo com essas olheiras ele continua interessante e muito belo 

- que valeu a pena 

-ue porque?

- porque vou passar um bom tempo com você

-(sorriso bobo), obrigado Dean 

Aquele sorriso lindo e branco, que deixam suas bochechas vermelhas de vergonha, com aquelas covinhas que me encanta...aquela timidez. 

Como eu queria tirar toda aquela timidez, de uma maneira interessante, o levando aos gemidos nada inocentes. Em uma noite onde a lua fizesse um favor pra mim, e o iluminasse seu rosto pra que pudesse ver seus olhos direcionados a mim, e seu rosto esculpido com alguns fios de seu cabelo castanho caindo nos seus olhos, mas ele olhando pra mim, enquanto eu comando a noite de um jeito  incesto ao sair e entrar dentro dele e ainda por cima...." Dean!, acorda ele é seu irmão!"

-Dean!- começo a voltar ao normal, e não pensando em safadeza

-o que foi?- ele estava estalando seus dedos na minha cara 

- nada, só que você parecia ter viajado pra um lugar bem distante daqui. No que você estava pensando?- ele não vai querer saber...ou vai?

-em nada, só...Vamos logo, eu não vejo a hora de ir na montanha russa com você

- beleza, então vamos- começamos a andar em direção a montanha russa 

- promete que não vai virar mulherzinha e vomitar em mim?

- posso perguntar ou mesmo senhor macho alfa?

...

Risadas e mais risadas, confesso que a noite foi muito especial com o Sammy. A gente foi na montanha russa e em vários outros brinquedos.

O mais engraçado da noite, foi quando eu e Sammy fomos brincar daquele jogo sabe... tipo você tem 3 bolas e se derrubar as latas ganha um prêmio, o Sammy ganhou adivinha qual foi o prêmio dele?, um palhaço de pelúcia.

A reação dele foi muito engraçada,  quase sai correndo, eu peguei o palhaço e comecei a brincar com ele dizendo "temos que dá chances pra algumas pessoas", foi muito engraçado. No final de tudo queimamos o palhaço.

E então fomos pro carro, a noite foi legal mas a gente tinha que ir pra casa e descansar. Entramos no carro

- então na minha casa ou na sua?- pergunto brincado com ele

-o que?- ele olha pra mim com uma cara de surpresa 

-calma eu estava só brincado

- que bom. Vai  me deixar em casa?

-espera...o que?; você quer que eu vá te deixar em casa?

-qual o problema é longe eu sei, mas você é meu irmão o que custa me deixar?

- a questão não é se é longe ou se é perto, mas sim...Não vou te deixar sozinho naquele lugar, não mesmo!

- Dean!, escuta aqui. Eu amo você - não sei porque mas acelerei meu coração agora- mas eu quero ir pro meu quarto que é aquele quarto, eu quero naquela cama, naquele quarto, entendeu?

- Sammy não é não, ENTENDEU?

- Dean só porque você é meu irmão mais velho não que é dizer mais tanto assim!. Ou me deixa agora no meu quarto Ou eu vou sozinho

Não quero que ele vá só, Sam pode ser o caçador que é, mas ainda é meu irmão, se algo acontece com ele eu vou me culpar pra sempre.

-tá bem 

...

A gente em todo o caminho não tínhamos conversado, até que foi melhor assim, se ele puxasse uma briga ia falar algo bem forte pra ele.

-pronto, tá entregue.

Ele abre a porta do carro e já vai saindo, abro a porta do meu lado e vou atrás dele. alcanço ele puxou o seu braço e faço ele me encara

- o que foi agora?-ele quase grita 

-o que eu fiz pra você ficar desse jeito

Ele ia falar algo mas se arrependeu 

-nada, mas obrigado pela noite. foi demais você não acha?

- foi sim. Sabe eu mereço algo não?

- o que por exemplo?

-você que...-ele tinha virado o rosto pro lado e quando olhei pra frente num milésimo de segundo, acho que sem querer Sam me deu um selinho. Acho que ele não quis isso, porque ele ficou sem jeito.

-meu deus!, Dean me desculpe!

Algo em mim me tornou algo que não era eu.

Puxo Sam mais pra perto, olho em seus olhos e ele nos meus. Só que de repente meu olhar vai em direção a sua boca, e quando eu já percebo, eu estou beijando meu irmão, estou beijando o Sammy 



Notas Finais


Gente um beijo finalmente!!!, ouvi um aleluia?.
Galera lembra do último capítulo, nas notas finais eu perguntei se vocês conheciam o got7 que é um grupo de kpop que eu me apaixonei, sério...Eles são incríveis, a novidade é que estou pensando em fazer um fic deles, e então o que vocês acham? (Respondam nos comentários, por favor)
Beijo no coração de vocês e desculpem aos erros de ortografia. #rumoaos80favoritos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...