História A nova lenda(camren) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Exibições 28
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Super Power, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


voltei,e dsp pela demora eu estava estudando para as provas...
essa imagem é a sala do trono do Hakam.

Capítulo 4 - Complicated


Fanfic / Fanfiction A nova lenda(camren) - Capítulo 4 - Complicated

 

Pov Hakam-

Depois de Camila ter saído os dois idiotas estavam ainda parados e espantados com a cena que presenciaram.

-o que ainda fazem aqui seus inúteis? acho melhor arrumarem suas malas como eu falei partiram amanhã bem cedo. Não quero ter o desprazer de olhar pra vocês de novo. Agora SAIAM! -falei e logo saíram depressa. Eu estou com uma raiva enorme um ódio e me sentindo humilhado. Como aqueles imundos mestiços conseguiram fugir assim e ainda como não conseguir pegar e nem tenho quase nenhuma pistas daquele covarde e inútil do avatar. E pra piorar a minha própria filha se revolta contra MIM seu próprio pai! E ainda me desacata na frente dos outros. Há mas se ela acha que vai ficar assim está muito enganada. Se ela quer sair daqui ela vai mas terá que fazer por aonde merecer. Se conheço bem a mesma ela vai fugir como disse então é só uma questão de tempo esperar e atacar. Agora vou ter uma reunião com os lordes sobre o destino da nação do fogo. *lordes são a maior patente,

Depois vem os capitães seguido pelos generais, tenentes e sub tenentes e. Os capitães são os que comandam o exército de determinado lugar mais se receber ordens de um lordes os mesmo tem que obedecer. *

-senhor-diz o velho servo interrompendo meus pensamentos.

-o que quer aqui Moshi? – perguntei sem muita paciência

-eu vim lhe informar que todos os lordes já estão aqui lhe esperando na reunião –

-entendo, já estou indo-

- certo senhor – diz fazendo uma reverencia e saindo logo depois.

Saiu do meu belo trono e caminho em direção a sala de reuniões que fica no canto bem escondido e escuro do palácio, duas tochas do lado da porta empurro a mesma e vejo os homens sentados à minha espera.

-boa noite senhores – cumprimentei os mesmos e responderam com um boa noite.

-bem como todos já sabem os amiguinhos imundos do avatar conseguiram fugir e sem nus dar qualquer informação sobre o paradeiro do mesmo. Agora estamos à beira da guerra, com a tribo da terra e água esperando um erro nosso pra declarar guerra. O que me traz um grande desconforto por querer ser o primeiro a declarar mas não posso fazer isso pois ainda não temos o Avatar do nosso lado nem sabemos aonde o mesmo está. Vim aqui informar que os culpados dessa grande merda já estão sendo punidos e ao mesmo tempo estão resolvendo o problema-

- e quem são os responsáveis por isso? –perguntou o lorde da marinha do sul Tarno

-o tenente Justin e o general Austin –falei e ao mesmo tempo todos ficaram surpresos por um ser o meu adorável e protegido sobrinho e o outro ser filho de um lorde...

- o que que o meu filho tem a ver com isso hakam? – o lorde da marinha norte Uromaki pai de Austin falou baixo mas com raiva.

-mas respeito lorde Uromaki eu te trato como deve ser tratado e mereço o mesmo respeito, e por falar em seu filho ELE se comprometeu junto com o tenente a se encarregar dos mestiços e logo encontrar o Avatar mas pelo que tens visto ele não cumpriu o que prometeu e agora pagará por isso – falo com um ar de superioridade e deboche.

-Hakam o que fez com ele? -falou com muita raiva eu gargalhei e falei.

-fiz o que ele merecia e pelo que eu tenho visto vou ter que fazer o mesmo com você pois percebo que não aprendeu a falar e ter respeito comigo. É soberano para você. Agora aconselho a se despedir do deu filho ele só tem até hoje –estou fazendo esse joguinho para testar até onde ele vai se ele passar dos limites perdera o jogo e a sua coroa. Eu não me importava mais das suas influencias eu tenho que ser respeitado e tenho que mostrar quem é que manda.

- VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO HAKAM! - gritou com ódio se levantando.

Eu cheguei perto dele peguei em seu pescoço apertando e começando a esquentar a minha mão que começou a queimar sua pele e falei.

-eu posso tudo aqui, eu quem sou o rei aqui e eu é quem digo o que pode ou não ser feito seu miserável-falei e joguei ele no chão o mesmo já estava roxo e com a pele do pescoço com uma queimadura de 2grau.todos olhavam a cena atentamente mas calados.

-espero que isso tenha sido de lição para vocês alguém quer falar mais alguma coisa sobre os dois? - falei e todos ficaram em silencio.

-ótimo antes de irem embora quero dizer que amanhã sairá uma equipe em busca do Avatar e eu mandarei desenhos e características dos amigos do mesmo para as bases ficarem de olho. Agora já podem se retirar- falo de costas e ouço os passos deles saindo.

(...)

Estou no meu quarto acordado pensando no que irei fazer com Camila sai do meu quarto e fui pro corredor passando em frente ao quarto de Dinha e ouvi vozes parei e me encostei na porta ouvindo a voz de Camila... “Ally não vai ter nenhum problema, vai dar certo eu sei que você quer sair daqui e além disso a Dinha vai e ai você vai ficar acabar ficando sozinha ... então vai?”

“Está bom” Alysson disse e ouvi gritos “então quando e de que horas?” “Hoje de 2h da madrugada “Camila falo e as outras falaram um ok. Foi o bastante pra eu sair dali e ir para o meu quarto com um ódio e raiva. COMO? COMO ELA PODE FAZER ISSO EU SEMPRE DEI TUDO A ELA E AINDA A PROTEGI DEIXANDOA AQUI! Ela não faz ideia do poder que tem e o perigo que representa eu só faço isso pra protegê-la mas se é assim que ela quer é assim que terá ela não quer aventura se arriscar pois bem terá mas pagará muito por isso...

(...)

Não dormi nada quando deu a hora fiquei em frente ao seu quarto já que eu botei guardas lá em baixo perto da sua janela caso tentasse sair por lá. Percebi o trinco se movendo e Camila arregalar os olhos ao me ver.

-Aonde está indo Camila? - pergunto calmo

-é-é..... Eu...estou apenas abrindo a porta pois está muito calor-diz nervosa eu solto uma gargalhada sarcástica

-acha mesmo que me engana Karla? eu sei muito bem aonde e o que ia fazer-

-Então por que perguntou? -falou com deboche.

-ainda fala assim com seu pai? realmente es uma decepção te dei e dou tudo que sempre quis e agora fazes isso comigo? -

-VOCÊ REALMENTE ACHA QUE ME DEU TUDO O QUE EU SEMPRE QUIS? VOCÊ NUNCA ME PERGUNTOU O QUE EU REALMENTE QUERIA E EU NUNCA QUIS FICAR PRESSA NESSA MERDA DE LUGAR! -

-VOCÊ NÃO ENTENDE NADA É SÓ UMA GAROTA QUE NÃO SABE DE PORRA NENHUMA E QUE NÃO TEM RESPONSABILIDADE E NEM TEM IDEIA DO QUE FALA! QUALQUER GAROTA DARIA TUDO PRA ESTAR NO SEU LUGAR-

-EU NUNCA PEDI ISSO EU NUNCA QUIS TER TUDO ISSO EU SÓ QUERO SENTIR LIBERDADE AO MENOS UMA VEZ NESSA VIDA! -

-VOCÊ NÃO PODE SAIR DAQUI SERA QUE NÃO ENTENDE? VOCÊ É MUITO PODEROSA E NÃO PODEM SABER DISSO-

-PORQUE NÃO PODEM QUE PORRA DE PODER? Estou cansada das suas desculpas, Sabe você pode até me trancar aqui pro resto da minha vida mas quero que saiba que eu TE ODEIO-falou e eu perdi o controle minhas mão já pegavam fogo e quando ela falou aquilo eu acertei um tapa nela.

-HAAAAAAA- gritou ela caída no chão chorando com a mão no rosto

- você é uma decepção Camila já que quer tanto sair daqui e já que tanto me odeia não faço nenhuma questão que continue aqui você irá com o Justin e o seu namorado na missão de capturar o Avatar caso não encontre pode esquecer que é minha filha e nunca voltara ao palácio-

-quem disse que eu quero ser sua filha ou voltar pra essa merda de lugar eu não faço nenhuma questão eu tenho é vergonha de ser sua filha-falou com ódio.

-há me esqueci desse porem ok se você não encontra-lo eu vou te prender e ai sim passará o resto da sua vida pressa aqui só que como uma prisioneira-falo soltando um gargalhada no final.

-você não pode fazer isso-

-posso sim e vou, pode levar as suas amiguinhas não quero traidoras, os garotos vão hoje bem cedo, e nem ache que conseguira se esconder os garotos vão estar de olho em vocês e se não acharem e trazerem o Avatar eu botarei sua cabeça e as das suas amigas e dos dois como recompensa, tenha uma boa noite garota-falei e sai em direção ao meu quarto.

 Realmente não me importo se ela me odeia na verdade é um alivio que ela suma eu nunca quis ter ela a vagabunda da mãe dela engravidou e não quis tirar quem acabou pagando por isso foi a mesma... acabei tendo que engoli essa filha mas no final de tudo ela é só mais um fantoche descartável que depois da sua missão será jogado fora, igual ao lorde...

 Ela ainda vai se arrepende amargamente e isso eu tenho certeza.

 

 

 


Notas Finais


então foi isso até a prox bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...