História A Nova Potter II - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Abraxas Malfoy, Alvo Dumbledore, Blásio Zabini, Daphne Greengrass, Draco Malfoy, Fred Weasley, Jorge Weasley, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Personagens Originais, Remo Lupin, Severo Snape, Sirius Black
Exibições 67
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Chapter VIX


Fanfic / Fanfiction A Nova Potter II - Capítulo 9 - Chapter VIX

A Nova Potter II

 

Chapter VIX

 

❄ Diagon Alley 2.0❄

 

Enquanto a multidão se dividia murmurando irritada, uma bruxinha igualmente irritada se esgueirava entre eles, tomando cuidado para não sair pisando em ninguém. Afinal eles não tinham culpa de todo o Mundo Bruxo achar que Harry era um herói porque tinha se livrado de um bruxo mal, esquecendo-se que o moreno havia perdido os pais no processo.

Pansy havia dito que estariam no andar de cima, não era?  Alice pensou irritadiça, sem encontrar nenhuma das cabeças loiras conhecidas. Eu mato aquela desgraçada se ela sair daqui sem mim. Juro que mato!

Antes que Alice pudesse continuar sua bela linha de pensamentos homicidas contra a amiga, ela sentiu alguém jogar o corpo contra o dela. A menina riu, devolvendo o abraço inusitado de Draco.

– Deixou seus bons modos na cama, loirinho? – questionou sorrindo, ao se afastar do loiro.

Draco rolou os olhos teatralmente, colocando a mão o coração se fingindo de ofendido.

– Você é cruel, Alice.

– Eu sou adorável. – rolou os olhos, abrindo um sorriso que podia ser considerado fofo logo em seguida. – Olha minha carinha de anjo! Eu sou o ser mais amável que você já teve o prazer de conhecer, Draquinho.

O loiro riu gostosamente daquilo, bagunçando os cabelos no processo.

– Sou simplesmente fabulosa, aceite isso.

– E nenhum pouco modéstia. – ele rolou os olhos, esticando o braço para apertar a bochecha dela, recebendo um tapa em troca.

– Já sei que você tem tara nas minhas bochechas, mas não precisa demonstrar isso com tanta violência não. – ela brigou, acariciando a bochecha. – Onde esta Pansy? Ela disse que viria procurar você e Dani.

Com o novo apelido para se referir ao loiro, Draco rolou os olhos e enganchou um dos braços no da menina.

– Pansy esta olhando uns livros de romance, super água com açúcar e Daniel esta com na seção de criaturas mágicas. – respondeu, batucando os dedos nas estantes. – Você anda conversando com Theodore?

Ela estreitou os olhos, olhando curiosamente para o loiro platinado.

– Sim, ele me mandou um colar super fofinho que ele tinha feito no meu aniversario e desde então trocamos algumas corujas. Como você sabe?

Ele bufou.

– “Dani”, só Theodore chama ele assim. – disse rolando os olhos, apontando para uma mesa onde Daniel e Pansy estavam rodeados de livros. – Ele é uma péssima companhia, ruivinha.

– Ele me disse isso sobre você. – comentou distraidamente – Mas eu não vim procurar vocês pra decidir qual dos dois é uma companhia pior, só que um repórter lá em baixo encontrou Harry e ta fazendo escândalos.

Isso pareceu fazer Draco se esquecer de Theodore, porque ele mudou o assunto totalmente quando chegaram à mesa onde os outros loiros estavam.

– Santo Potter. Não pode nem vim à livraria sem virar a primeira pagina de todas as revistas. – resmungou, sentando-se na cadeira ao lado de Daniel. – Exibido.

– Draco, ele ainda é meu irmão. – a menina resmungou dando um tapa na cabeça do loiro – Não fale mal dele na minha frente, ou eu vou lhe azarar. E eu descobri uma azaração incrível e estou louca pra testar.

Draco levantou as mãos em sinal de rendição e mudou de assunto, voltando ao preferido dele nas ultimas semanas: Convencer Alice que lhe visitar seria uma idéia maravilhosa.

E ele continuou naquele assunto que considerava perfeito até seu pai aparecer, e mesmo estando com uma expressão impassível o homem parecia chateado com alguma coisa. Mas ele mantinha a postura digna de um Malfoy, como Draco gostava de ressaltar sempre, e Alice admirou aquilo.

– Vamos descer. Lockhart terminou seus discursos ridículos – anunciou –, ele será o professor de DCAT de vocês esse ano.

Pansy aparentemente amou a noticia, mas Alice mal pode conter alguns xingamentos mentais para o novo professor. Ele parecia um completo babaca, talvez até se igualasse a Quirrell.

Quando chegaram ao andar de baixo, o grupo se separou. Pansy alegou que Draco queria roubar sua melhor amiga, então ela compraria o livro de Alice com ela e os dois loiros comprassem juntos. Depois se encontrariam antes de sair da loja.

Depois de tudo devidamente comprado e pago, as meninas se surpreenderam grandiosamente ao ver o Lucius Malfoy enroscado com um homem ruivo, brigando aos socos e livradas na cara enquanto Fred e George berraram algo como “Pega ele, papai” e uma mulher ruiva gritava desesperada para o ruivo parar e um outro homem, provavelmente um funcionário, tentava separar a briga.

– Da próxima vez continuamos com você. – Pansy comentou quando elas pararam ao lado de Draco, que também parecia chocado. – O que houve aqui?

– Os Weasley são um bando de selvagens. – respondeu o loiro, fazendo Daniel rolar os olhos.

– Draco estava provocando os Harry e a sua cunhada, ai o Weasley pai apareceu e o Sr. Malfoy ficou fazendo brincadeiras de mau gosto, com Draco. – explicou Dani – E deu nisso aí.

– Minha o que?! – Alice questionou com os olhos estreitos, sem nem ligar para o resto da informação.

– A Weasley fêmea. – Draco disse rindo, jogando o braço no pescoço dela enquanto Hagrid – que Alice não sabia de onde havia saído – ia separar os dois bruxos.

Para o homem foi fácil, ele era maior que ambos os bruxos. Quando se separaram os cabelos do senhor Malfoy estavam levemente bagunçados e ele estava com um belo olho roxo; E furioso. Ele segurava um livro surrado de transfiguração e atirou-o em uma menina ruiva que estava ao lado de Harry – fazendo Alice olhar feio para menina. Harry não precisava de outra ruiva em sua vida.

– Aqui, tome o seu livro, é o melhor que seu pai pode lhe dar...

E desvencilhando-se da mão de Hagrid, chamou os meninos para saírem da loja. Lucius Malfoy irritado não parecia ser alguém que alguém de juízo fosse contrariar, então rapidamente os dois loiros se despediram de Alice e Pansy e saíram com o loiro mais velho.

Alice ignorou o comentário do Guarda-Caças sobre Malfoys não prestaram, encostando-se em uma mesa e olhando feio para a multidão que encarava o tumulto, que pouco a pouco foram parando de encará-los.

– O que vamos fazer agora?

Antes que ela pudesse responder, Harry, Ronald, Hermione e a menina ruiva pararam em volta das duas.

– Vamos para o Caldeirão Furado, vocês vem com gente? – perguntou o moreno, esperançoso. E isso foi à única coisa que fez Alice assentir, o brilho nos olhos do menino. Não tinha nada haver com a criaturinha ruiva que olhava para a Potter com uma cara feia.

Nadinha.

 


Notas Finais


O LIAM VAI SER PAI
PORRA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA O DADDY DO GRUPO VAI SER DADDY
A
W
N
GENTE SÉRIO EU TÔ MUITO FELIZ PELO LIAM, com certeza não foi algo planejado, MAS CARA VAMOS TER UM BABY PAYNE
.
.
.
Tá, eu parei.
MAS O LIAM VAI SER PAI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Desculpa kdsfjskfjdf



Eu postaria ontem, não sei se foi aqui ou no twitter que eu falei isso, mas lembro que falei em algum lugar. Mas fiquei vendo 3% e esqueci, quando lembrei já era mais de meia noite e isso não é hora de postar. Fato.

O capitulo ta pequeno, porque como eu disse no ultimo, eu cortei no meio e esse é a continuação.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...