História A nova rainha de Gotham City - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Tags Arlequina, Batman, Harleen Quinzel, Jared Leto, Joker, Margot Robbie, Pamela Isley
Exibições 153
Palavras 620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


pudinzinho falando que ama a Harley? que essooooooooooooooooooo , boa leitura meus amores <33

Capítulo 33 - Capitulo 33


Fanfic / Fanfiction A nova rainha de Gotham City - Capítulo 33 - Capitulo 33


Eu acordei em um hospital, o pudim estava sentado ao meu lado, e um campanha com ele,  capangas estavam envolta do hospital, eu o vi conversando com um capanga sobre isso no quarto em que eu estava, eu ouvia as vozes mas simplesmente não conseguia abrir os olhos, eu vi meu corpo na cama eu acho que ninguém podia me ver, o que estava acontecendo! Ele disse algo sobre eu estar em coma, espera eu em coma?? Como assim o que havia acontecido, espera, o pudim estava chorando, meu Deus o que estava acontecendo! Então um médico entrou no quarto e disse: 
-Ela perdeu o bebê! 
Espera bebe? Como assim eu estava grávida e não sabia, Jesus que porra está acontecendo 
Joker
-Ela estava grávida? Que porra Harley! 
Um enfermeiro entrou no quero e perguntou se eu havia tido alguma melhora e o médico disse que não, eu estava como cheguei, a 1 semana
Que porra uma semana! 
Eles disseram algo sobre o bebe e que teve complicações eu não entendi direito, o pudim de sentou na cadeira e chorou, eu era um espírito? Acho que sim, ninguém podia me ver e meu corpo estava deitado na maca, eu agachei na frente do pudim e segurei as mãos dele, ele não podia sentir meu toque, será que eu iria morrer, meu Deus, de repente uma mulher com cabelos amarelos entrou lá, Hera! Ela estreou apavorada e gritou com Joker 
-Caralho como isso foi acontecer, você não me avisou, você é um filho da puta mesmo! 
Joker: 
-Hera me ajuda! Eu preciso que ela saia daí! Eu não aguento mais essa porra! 
Hera: 
-A Magia! Ela pode ajudar, você tem que cooperar vou ligar para ela vou ver se ela pode ajudar. 
Telefone on
Hera
Amiga? Me ajuda 
Magia
-Fala, o que aconteceu? 
Hera
-A Harley esta muito mal, eu acho que você pode ajudar! 
Magia: 
-Eu acho que posso conseguir ir um voo para Gotham agora
Hera
Tudo bem, te mando a localização do hospital pelo WhatsApp, beijo amiga 
Telefone off
Hera: 
-Só podemos esperar agora Joker!
Ela se sentou ao lado do meu corpo e chorou, eu nunca a vi chorando nem pelas plantas e por mim, ela chorou meu coração estava partido, eu queria acordar logo, abraçar a todos ele! 
Depois de algumas horas, não sei exatamente Magia chegou, Joker explicou tudo o que havia acontecido comigo, e meu estado no momento, ela disse que tentaria fazer uma poção, seria difícil mas ela tentaria, precisariam de 4 gotas de um bagulho eu não ouvi nitidamente o que era, eu sei que isso seria muito difícil e muito longe também, mas Joker tentaria, ele teria que se disfarçar ele não conseguiria passar pelas fronteiras do nosso estado, seria difícil ele é um criminoso SUPER procurado, ele pediu a ajuda da Hera para retirar as tatuagens e pintar o cabelo, no outro dia ele foi no hospital, ele estava até com sobrancelhas HAHAHAHA, essa não é a hora de fazer piadinhas, ele estava lindo, por um segundo eu o imaginei como um cara normal ele e lindo, eu queria o abraçar, ele me deu um beijo na testa, e por um segundo eu consegui me mexer, marcher minha mão, todos se olharam, ele chegou bem perto do meu ouvido e disse
-Eu vou salvar você, eu te amo muito, eu vou voltar e tirar você daqui, espero que onde quer que você esteja, quando você acordar não se lembre dessas palavras!
    ele me deu outro beijo na bochecha e um selinho e saiu, Eu queria o seguir, ir com ele, mas ele é o rei, e eu sou a Rainha de Gotham City, e para todos eu estou em coma
 


Notas Finais


eu choreeeeeeeeeei </3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...