História A Nova Vingadora - Capítulo 5


Escrita por: ~

Visualizações 114
Palavras 1.362
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ficção, Musical (Songfic)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um novo capítulo espero que gostem

Capítulo 5 - Capitulo 4


Fanfic / Fanfiction A Nova Vingadora - Capítulo 5 - Capitulo 4

P.o.v Maya.

Natasha: Você oque?

Tony: é, eu durmi com uma ex namorada, agora onde é que eu estava mesmo? Aé, eu acabo com você.- ele tentou correr em minha direção.

Xxx: não ouse encostar um dedo nela Stark.- sorri vitoriosa, e ele me lançou um olhar de ódio, ele saiu da frente e vi Nick.

Maya: oi tio.- me aproximei dele e o abraço.

Nick: oi, como foi a noite? E Alguém pode me explicar porque o Stark está parecendo um palhaço de circo.

Thor: Stark dormiu em pé, então a lady Maya pintou ele.

Stark: FOI VOCÊ.

Maya: foi.- falei na cara de pau.

Stark: porque?- falou com raiva.

Maya: fazia mais de 2 dias que eu não aprontava, eu tinha que fazer algo.- dei de ombros.

Nick: é um novo recorde.- eu ri.

Steve: 2 dias, você não consegue mais?

Maya: Eu tenho problemas.- todos concordam.

Nick: Bom, eu tenho um reunião com os vingadores, que tal você ir para o seu quarto enquanto isso.

Maya: Tá, quando for diz para as meninas que eu mandei um abraço.

Nick: você não tem o número delas?

Maya: mandar abraço por mensagem? Não mesmo.- disse e subi, entrei no meu quarto, mais começei a me sentir muito fraca e cai ajoelhada no chão, senti ancia( enjoada) corri para o banheiro e botei o que não comi para fora.

Sai do banheiro e caminhei até a cama, me deitando na mesma, pego meu fone e meu telefone, ponho uma música aleatória e logo durmo.

Algum tempo depois...

Xxx: Maya... Maya acorda.- diz um ser me balançando.

Abro os olhos devagar, tentando me acostumar com a claridade, vejo Steve sentado do meu lado, Natasha e Clint em pé pelo quarto, me sento na cama tirando o fone.

Maya: que foi.- Digo baixo.

Ste: Você está bem?

Maya: sim, porque?

Ste: Você tá pálida e quente.- disse tocando meu pescoço e minha testa.

Maya: impressão sua.- falei tirando sua mão do meu rosto.

Nat: engraçado, Fury falou que você toma um remédio, feito especialmente para você.- falou chegando perto de mim.

Maya: e-e o que é que tem?- perguntei gaguejando.

Nat: ele também disse, que quando você não toma, tem efeitos colaterais, para nós adultos sabermos que você não está tomando, porque não está tomando o remédio?- pergunta.

Maya: Quem disse que eu não estou tomando?

Clint: Fury nos entregou a lista dos efeitos colaterais que você vai ter se não tomar o remédio.- bufo- Você pode ter, vômito, fraqueza, desmaios entre outras várias coisas.

Natasha: você teve algumas dessas coisas?- fico calada.

Ste: você tem que tomar esse remédio.

Maya: porque? Eu tô ótima sem...- não consegui terminar a frase, corri para o banheiro vomitando novamente, senti alguém segurando meu cabelo.

Clint: você estava dizendo? - Falou debochando.

Maya: cala a boca.- disse indo lavar boca.

Nat: porque não está tomando o remédio?

Maya: eu não gosto.- dou de ombros.

Clint: a questão não é gostar ou não, você precisa tomar, vem.- disse me pegando no colo, caminhou até a cama e me colocou na mesma.

Ste: aqui, toma.- disse me entregando o comprimido.

Maya: eu não vou tomar.- digo me levantando.

Nat: você vai tomar.

Maya: NÃO.- Falo alto.

Nat: OLHA SÓ....- Clint toca seu ombro, ela respira fundo e sai do quarto.

Clint: vai tomar sim.

Maya: Não, não vou e ninguém vai me obrigar.- disse e sai correndo para fora do quarto, desci as escadas e fiquei perto do elevador.

Clint: peguem ela.- disse para os outros, chamei o elevador, entrei no mesmo e sai da torre.

Fui para uma praça, que ficava perto da minha antiga casa, sentei em um banco vi um muro, lembrei de poucos meses atrás que eu aprontei aqui nunca me pegaram, que mal faria fazer isso de novo.

Me levantei, entrei em uma loja que tinha ali perto, peguei uma roupa( ainda estava de pijama), um martelo, um tijolo e várias latinhas de tinta que tinham ali, uma sacola , sai de lá sem que ninguém me vi-se fui para um beco, troquei de roupa e voltei para a praça, que agora estava vazia já que estava ficando tarde, coloquei as coisas em um banco.

Xxx: Olha só quem está de volta.- respiro fundo e me viro.

Maya: Missy, Susan. -Comprimento as garotas a minha frente.

Susan: veio preparada.- disse olhando para a sacola.

Maya: é, um bom filho a casa torna, não é mesmo.

Susan: é, mais você tá mole, não é mais a mesma Maya de sempre.

Maya: quem disse.

Susan: eu disse.

Maya: se enganou então, continuo sendo a mesma.

Missy: então prova.

Maya o que?

Missy: quebra a estátua.- disse pegando o martelo e me entregando.

Peguei o martelo, olhei para ele um tempo, aquela estátua é especial para mim, levantei a mão como se fosse bater mais não bati.

Susan: viu, tá mole, aquele seu tiozinho te estragou.- disse pegando o martelo da minha mão e batendo na cabeça da estátua.

Peguei o tijolo, e tirei o martelo de sua mão, rapidamente prendi meu braço em volta de seu pescoço, a fazendo ficar curvada.

Maya: Tem certeza de que não sou mais a mesma Maya?

Missy: O-oque você vai fazer?- perguntou e vi medo em seus olhos.

Maya: eu poderia fazer uma demonstração do que uma garota com raiva pode fazer com um martelo e um tijolo na mão.- digo e aperto mais seu pescoço.- mais não, saiam daqui ou eu vou realmente ficar irritada.- digo e solto Susan, as duas saem correndo e eu começo meu trabalho.

P.o.v Steve

Clint: peguem ela.- quando ele disse isso os vingadores que estavam perto nos olharam sem entender nada, mais foi tempo suficiente para Maya fugir.

Ste: Maya não quis tomar o remédio e quando Clint tentou brigar ela fugiu.- digo passando a mão na testa.

Tony: Sexta, a Maya está no prédio? - Perguntou preocupado.

Sexta: Não senhor, ela correu para a rua.

Tony: okay, isso não é bom.

Nat: não me diga.- debochou.

Ste: sexta chame o Thor e o Banner.- pouco tempo depois eles aparecem.

Bruce: o que ouve?

Clint: Maya fugiu porque não queria tomar o remédio.

Thor: Como uma criança conseguiu fugir de 4 Vingadores?

Tony: esses dois entram correndo e gritando na sala, nós não entendemos nada.- disse apontando para mim e para Barton.

Ste: não interessa como e nem quando, nós temos que acha-lá se Fury descobrir que nos a perdemos, podemos nos considerar mortos.

Nat: o capitão está certo, Tony e Bruce conseguem olhar em todas as câmeras de segurança?- eles concordam com a cabeça- ótimo, então fação isso, nós vamos procurar ela pela cidade- disse apontando para mim, Clint, Thor.

Cada um foi fazer o que foi mandado, ficamos muito tempo a procurando, quando eram quase 22:00 voltei para a Torre sem nada sobre ela, encontrei o pessoal.

Ste: acharam ela?- todos negam.

Nat: Nada.

Thor: acham que pode ter acontecido algo com ela?

Tony: Nem pense em uma coisa dessas, porque....- ele é enterrompido pela voz de sexta que ecoa pelo local.

Sexta: senho Stark, um policial está querendo subir.

Tony: policial? Pode deixar subir Sexta.

Esperamos um tempo, quando a porta de abre, vi um policial segurando Maya, que estava com uma roupa totalmente diferente, pelo braço.

Policial: por acaso algum de vocês perderam uma criança.

Tony: Jeff, que bom te ver cara.- disse se aproximando do cara, e o abraçando.

Nat: onde conseguiu essa roupa?

Maya: não interessa.- diz ríspida.

Ste: O que ela fez?

Jeff: Foi pega em flagrante praticando Vandalismo.

Bruce: Vandalismo?

Jeff: sim e roubo, só vim trazê-la aqui, tenho que voltar ao trabalho.

Clint: tudo bem, obrigado policial.

Jeff: é o meu trabalho.- disse e saiu.

Nat: Roubo e vandalismo? Aonde é que você estava com a cabeça?

Maya: Em lugar nenhum, ela tá no meu pescoço não tá vendo.- Disse irônica.

Ste: aonde você foi? nós te procuramos por horas.

Maya: não entesa onde eu fui e eu não ligo pro que vocês fizeram.

Bruce: Pode pelo menos falar se você estava com alguém?- ela pensou um pouco.

Maya: encontrei duas garotas com quem eu andava e mostrei para elas que não se deve irritar alguém que está com um tijolo e um martelo na mão, satisfeitos? -Disse e subiu.

Ste: ela disse que bateu em alguém?

Thor: aparentemente sim.

Clint: vou ter uma conversa séria com ela.- disse se levantando, mas Natasha o impediu.

Nat: ta tarde, nós fazemos isso amanhã.

Dito isso cada um foi para seu quarto.

Continua.....

A roupa que a Maya roubou é a roupa da mídia, espero que tenham gostado do capítulo, digam o que acharam e o que foi que a Maya pintou e não se esqueçam de votar, bjs e até o próximo capítulo.


Notas Finais


Continua.....

A roupa que a Maya roubou é a roupa da mídia, espero que tenham gostado do capítulo, digam o que acharam e o que foi que a Maya pintou e não se esqueçam de votar, bjs e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...