História A Novata - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags A Novata, Amor Doce, Castiel, Lucy Hale, Lysandre, Veterana, Vingança
Visualizações 37
Palavras 584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus bolinhos! Já vou começar fznd propaganda de fanfic por que eu sou dessas. Queria que vocês dessem uma olhada na fanfic A Garota de Sweet Amoris da minha amiga Ju. Ela começou a escrever faz pouco tempo, e eu acompanho também. Please, dêem uma olhada.
Fiquem com o capítulo.

Capítulo 12 - XI. Armin


(Leiam as notas iniciais por favor)

Lucy On

Eu já não aguentava mais chorar mas as lágrimas não acabavam nunca. 

Minha garganta estava seca, meu nariz com certeza estava vermelho e meus olhos inchados. 

Eu estava encolhida em um canto da cama, ainda com o moletom que eu não consegui tirar. 

Já devia ter passado meia hora quando alguém bate na porta e a abre. 

Era Armin. Ele tinha um sorriso acolhedor e hesitante. 

— Posso entrar? - fungo e assinto me ajeitando na cama. — Eu não faço ideia do porque de você estar chorando, eu realmente não sei o que fazer. Então, você quer me contar o motivo?

 Balanço a cabeça em negação e ele assente.

— O.K., então... Você quer tentar esquecer o motivo? - assinto e ele sorri de lado. - Ótimo, precisava de alguém pra jogar comigo. Que tal... Você tomar um banho, se acalmar e comer alguma coisa? Eu volto aqui pra te buscar O.K.?

Assinto e Armin levanta sorrindo de lado. Ele estava prestes a sair quando eu o chamo. 

— Eu sei que não somos melhores amigos nem nada mas... Pode me dar um abraço? - ele hesita e assente vindo até mim. O abraço forte e ele parece um pouco surpreso e apreensivo. 

Me afasto e Armin levanta saindo do quarto. 

Paro alguns segundos e me levanto indo pro banheiro. 

Tomo um banho demorado e quente, e visto outro moletom e um short de pijama. Assim que saio do banheiro, encontro uma bandeja com dois sanduíches e um copo de suco. 

Como tudo e calço meias e um chinelo. 

Saio do quarto e chamo por Armin que me responde do quarto dos meninos. 

Entro e o encontro mexendo em uns fios. O quarto estava meio escuro e só tinha a luz do banheiro. 

— Oi. Gostou do lanche? - assinto e olho pras três camas. A última estava toda bagunçada e tinha uma mala vermelha do lado. Com certeza era dele. 

Por que ele fez aquilo comigo? 

E por que eu estou me preocupando? 

Não tínhamos nada, aos meus olhos e com certeza aos olhos dele.

Eu me vingaria e iria embora certo? 

— Lucy? - me viro pra Armin que estava sentado no chão com dois controles de vídeo game na mão — Você vem?

— Ah... - sento do seu lado e ele dá play no jogo. 

Eu tenho que admitir, foi divertido. 

Armin me ensinava a jogar e eu perdia todas as vezes, até que eu finalmente consegui, e depois consegui todas as outras vezes e ele alegou que eu estava trapaceando. Decidimos assistir Teen Wolf, e não prestamos atenção em nada, pois fazíamos piadas e comentários sobre os efeitos especiais e outras coisas. 

Enfim, decidimos prestar atenção e eu acabei dormindo. 

.....

Armin On

Lucy havia dormido no último episódio da primeira temporada, então eu decidi desligar a TV e deixá-la dormir. 

A peguei no colo e a levei até seu quarto. Coloquei-a na cama e quando estava prestes a sair. Ela agarra minha blusa e pede pra eu ficar sem abrir os olhos. 

— Por favor... - ela murmura sonolenta mas continua segurando firme minha blusa. 

— Tá. - Lucy solta minha blusa e eu dou a volta na cama deitando ao seu lado de forma que eu não encoste nela.

Isso se torna inútil quando ela me puxa e me abraça como um travesseiro. Sua perna estava sobre minha cintura e sua cabeça em meu peito. 

— Boa noite. - ela sussurra.

— Boa noite. - sussurro de volta. 




Notas Finais


E aí? Shippam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...