História A novata - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Niall Horan
Tags Camila Cabello, Comedia, Louis Tomlinson, Romance, Sexo
Visualizações 21
Palavras 1.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee

Não demorei neste, né?

Espero que gostem! *-*

Capítulo 10 - Flagra



Camila foi à procura das suas colegas, estavam Dinah e Lilly sentadas na lanchonete.
- Onde está Lauren? – Perguntou para elas
- Disse que ia te procurar. – Respondeu Dinah
Sentou-se com as duas e ficaram conversando sobre as novas abordagens que Lilly deveria tomar para se aproximar de Niall. Minutos depois Lauren chegou. Estava com uma cara horrível.
- Fiquei 40 minutos te procurando, garota! Onde você estava? – Perguntou para Camila.
- Estava falando no telefone com a minha Mami. – Mentiu. – Qual é o problema? Já estou aqui. Vamos para casa?
Todas concordaram e Lauren foi à frente a passos largos e duros até o ponto de ônibus.
Quando chegaram em casa, Camila quis evitar o mau humor inexplicável de Lauren e foi para a sala estudar.
 
               Segunda-feira na escola, só se falava na festa de aniversário de Louis. Camila, em fuga do drama, chegou mais cedo que todo mundo e sentou-se no fundo para a sua aula de história medieval. Sabia que Louis estaria nessa aula e estava um tanto ansiosa para vê-lo. Ele chegou quase na hora da aula acompanhado de Terry, estavam rindo, parecia que tinham feito as pazes, afinal.
               Ela baixou a cabeça para não olhar diretamente para ele, já podia sentir suas bochechas queimarem. Ele se sentou com Terry do outro lado da sala, os dois estavam conversando efusivamente e muito empolgados. Terry deu uma grande gargalhada e Louis enfiou a mão na sua boca para que se calasse. Camila se sentiu estranha. Do que eles estavam falando? Até dois dias atrás, quase saíram na porrada...
               O celular de Camila vibrou, era uma mensagem de Louis. “Difícil fingir que não quero ir ai pular em cima de vc!”. Ela sorriu. Respondeu apenas com um emoji de olhinhos de coração. “Quero vc!” – ele mandou novamente. O coração de Camila disparou. Ela também o queria, só de lembrar-se da festa já formigava toda, lembrava-se da língua dele dentro dela e perdia o folego. Foi bem difícil prestar atenção à história do reinado do Rei João V. Quando deu por si estava olhando para onde Louis estava sentado há vários minutos, até que o professor a “acordou”.
- Senhorita Cabello, sei que deve ser por de mais interessante o penteado dos jovens ali, mas, por favor, concentre-se nessa matéria, pois ela exige muita boa memória e atenção.
Louis olhou para trás em sua direção e sorriu. Ela sentia seu corpo pegar fogo de vergonha. Terry cutucou Louis e balançou positivamente a cabeça. Enquanto o restante da turma soltava um sonoro “huuuuuuuuuum”.
“Eu quero morrer!” Ela pensou afundando na cadeira.
Fez de tudo para não chamar a atenção e agora a sala de aula inteira estava de olho nela. Que sentimento horrível! Para completar, Louis ria junto com Terry. Ele estava se achando agora. Camila não podia deixar que ele pensasse que ela era louca por ele ou algo do tipo. Fez cara séria e não tirou os olhos do quadro até o fim da aula.
               Bateu o sino, todos se levantaram. O impulso de Camila foi de pular na frente de todo mundo e sair correndo primeiro, mas só chamaria mais atenção para ela. Ao invés disso, respirou fundo, guardou calmamente seu material na mochila e mexeu por uns segundos no celular. Nenhuma mensagem nova. Tentou disfarçar a cara de decepção por Louis não lhe mandar nada depois do vexame. Finalmente teve coragem de erguer a cabeça, a sala de aula estava quase vazia e Louis já havia se retirado. Era o melhor momento para sair de fininho. Viu Lauren perto no corredor conversando com umas meninas que ela não conhecia. Achou melhor ir até ela e tentar conversar, ver se ela já havia melhorado do seu humor.
- Oi L.
- Oi, menina! Saiu correndo hoje de manhã.
- Precisava chegar cedo para pegar um livro antes da primeira aula.
Lauren a olhava com interesse. Parece querer desvendar alguma coisa.
- Por que está vermelha? – A olhou erguendo uma sobrancelha.
- Eu?
- Sim! Não está vermelha, Normani?
- Um pouco – respondeu a garota que Camila não conhecia. – Você está passando bem, querida?
- E-estou. – gaguejou Camila. – Só um pouco de calor. Lauren, posso falar com você um estante?
- Claro, flor. Diga!
Camila olhou para os lados e se aproximou do ouvido de Lauren sussurrando:
- É particular.
Lauren pareceu congelar por uns segundos, até olhar para Normani e dizer que tinha que ir. Levou Camila até o pátio e perguntou o que ela queria da maneira mais fofa que conseguia.
- Te achei estranha sábado. De manhã estava num pique total, nos arrastou para o treino de futebol e de tarde brigou comigo e com as meninas. O que nós fizemos?
- Ah Cam, não foi nada! Fiquei preocupada de você ter sumido.
- Mas não faz sentido, eu estava no mesmo lugar que vocês me deixaram antes (...) – Camila parou de falar. Lauren sabia onde ela estava e tinha procurado por ela. Ela a viu ficando com Louis! Lauren a olhava com um sorriso nos lábios.
- Você viu! – Camila afirmou.
- Vi o que? – Lauren deu uma de boba.
- Não me faça falar, Lauren. – Camila já tinha levantado a voz. Ficou extremamente nervosa.
- Vi você e Tomlinson se agarrando no banco?
- Você me viu ficando com o cara e não falou nada o final de semana todo?
- Pensei que não era da minha conta. – Lauren falou dando os ombros. – Se você quisesse me falar, falaria.
- Eu não quero falar com ninguém! – Camila estava em um misto de vergonha e raiva. Como a sua amiga e colega de quarto tinha visto ela e Louis se agarrando e não disse nada? Justo Lauren que adora uma confusãozinha?
- Então não fale. – Lauren piscou para Camila. - É sério? Assim...vocês dois?
Camila olhou seriamente para Lauren. Ela não piscava. Estava curiosa sobre a sua resposta.
- Não, não é sério. É só uma bobagem, eu não vim de Cuba pra ficar arrumando namorado.
Lauren soltou a respiração e Camila riu dela.
- Por um minuto achei que você ia cair no conto do Tomlinson.
- Como assim?
- Ah amiga, ele fica com um monte de gente entre uma pausa e outra no namoro com a Ally. Dinah caiu no conto dele, coitadinha. Ela finge de durona, mas ficou muito triste.
Camila sorriu para Lauren e ajeitou seus cabelos.
- Não se preocupa. – Acalmou a amiga.
 
Enquanto elas voltavam para dentro a escola, Camila não parava de pensar em como tinha acalmado Lauren e em como ela a tinha feito ficar preocupada. Mentiu, óbvio, em dizer que não era nada. Sentia uma atração enorme por Louis, desde a primeira vez que o viu. Depois do que aconteceu, não tirava o cara da cabeça. Será que ela conseguiria terminar isso antes que ele voltasse para Ally? Sentiu vontade de conversar com Dinah.


Notas Finais


Alguma opinião?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...