História A novata - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Niall Horan
Tags Camila Cabello, Comedia, Louis Tomlinson, Romance, Sexo
Visualizações 24
Palavras 1.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá!
O desenvolvimento da história está caminhando melhor, espero que gostem...

Capítulo 8 - O sonho


Fanfic / Fanfiction A novata - Capítulo 8 - O sonho


Camila não queria fazer cena, era muito discreta para isso. Lilly estava sentada, meio dormindo em um sofá. Camila viu que Lauren a seguia e indicou com a cabeça que iria até onde estava Lilly.
- Ela bebeu de mais – disse para Lauren. – Vamos leva-la para casa.
Lauren concordou e colocou um dos braços da colega nos ombros e Camila fez o mesmo.
- Estourei a minha cota de carregamento de bêbados por hoje. – Disse Lauren sorrindo para Camila que retribuiu.
Louis desceu as escadas correndo a tempo de ver as três entrando em um taxi. Não conseguiu se despedir ou se explicar. O estrago estava feito.
 
***
 
Sábados, sempre foram os dias preferidos de Louis. Não por ser final de semana, mas porque era dia de treino. Pela primeira vez, desde que entrara para o time de futebol do colégio, ele acordou desanimado com a perspectiva de ir jogar bola. Não queria ver Terry, não queria ver Ally (que sempre ia assistir ao treino), não queria ver ninguém. Na verdade ele queria ver uma pessoa sim, mas ela não estaria lá.
Niall apareceu na porta do seu quarto. Estava em um estado lamentável.
- Como, em nome de Jesus, eu vim parar na cama da sua mãe? Ele perguntou tapando com as mãos os olhos para que a luz não o incomodasse tanto.
- Você está em um relacionamento sério com a minha privada. – Respondeu Louis se levantando.
- Não foi isso que eu perguntei. Eu me lembro de subir, te ver no banheiro e de fazer xixi. Depois disso – colocou as mãos na cabeça tentando abaixar os seus cabelos – só escuridão.
- Você dormiu na privada, vomitou, e alguém deve ter te lavado até o quarto da minha mãe para dormir. Só pode ser isso. – Respondeu Louis sem muita paciência.
- Sim, mas quem? Niall finalmente conseguiu abrir os olhos por completo.
- Não sei, man. Estava aqui no quarto conversando com a Ally.
Niall pareceu intrigado. Perguntou a Louis como ela havia chegado até lá e ele contou tudo, menos a parte de que ficara com Camila no banheiro 5 minutos antes do seu amigo entrar.
- Bom, - disse Niall,- ela ainda te quer, mas você quer voltar com ela? De novo?
- Não. Respondeu Louis – Estou cansado dos joguinhos dela. Tudo o que ela quer é ter atenção, é que alguém a diga que está bonita, que a sua roupa é ótima e etc... eu não vou mais ser esse alguém. Terry está interessado nela, que fique.
- Nossa, Lou. Nunca te vi falar assim da Ally. No fundo eu sempre achei que vocês iriam voltar...de novo. Definitivo então?
- Definitivo. – Colocou sua blusa de treino e jogou uma reserva para que Niall não perdesse o primeiro sábado no campo.
 
***
 
Camila abriu os olhos e viu Lauren ainda dormindo na cama ao lado. O quarto estava uma bagunça, lidar com uma Lilly bêbada não foi atividade fácil. Deitou de barriga para cima e se lembrou de Louis, do seu beijo, do seu sexo e sentiu um frio da barriga. Nunca tinha feito algo tão espontâneo como naquela noite, fechou os olhos e lembrou-se dos detalhes do banheiro e de como ele havia ficado excitado no chuveiro. Ela mordeu o lábio com desejo. Abriu os olhos e afastou o pensamento. Ficar com Louis, por mais gostosos que tenha sido, iria causar muita confusão e ela não estava disposta a isso. Pelo menos era o que ela achava.
Levantou-se com cuidado para não acordar as colegas e saiu do quarto para o banheiro, tomou um banho e foi até a área comum arrumar algo para comer. Dinah estava sentada no sofá comendo cereais.
- Bom dia. – disse Camila. Dinah a olhou e não respondeu, continuou comendo e assistindo um programa sobre moda.
- Tá tudo bem com você? Não te vi indo embora da festa ontem. Quando chegamos você já estava no seu quarto, por isso colocamos Lilly para dormir no nosso.
- Uhum. – Respondeu ela de boca cheia, sem tirar os olhos da TV.
Camila se sentou ao seu lado com seu pão frito e a acompanhou. Sentia que havia alguma coisa errada, mas não pretendia arrancar de Dinah. Se ela quisesse falar, falaria eventualmente.
Lauren e Lilly desceram as escadas juntas. Lilly estava com uma cara horrível, usando um pijama de Camilla que ficava muito pequeno nela.
- Jamais beberei novamente. Talhem isso em uma arvore e batam a minha cabeça nela caso eu resolva colocar qualquer gota de álcool na boca até o fim da minha vida. – Lilly disse se jogando no balcão da cozinha. Lauren sorriu e colocou um copo de chá para a menina beber. Olhou Camila e piscou para ela.
- Dormiram bem, meus amores? Perguntou para as duas que viam TV.
Dinah a respondeu como respondeu Camila. Esta, por sua vez disse:
- Maravilhosamente bem. – E mordeu um pedaço do pão.
- Ótimo, porque iremos ao campo de futebol hoje.- Disse Lauren.
Dinah levantou uma sobrancelha e disse:
- Quer apostar? – Em ar desafiador.
- Ah, Dinah! Tem muito tempo que não vamos assistir aos meninos jogando. Seria bom ver uns tanquinhos hoje. – Camila olhou para Lauren que se divertia com a cara de desespero de Lilly.
- Eu não tenho condições de andar hoje. – Disse tirando uma de suas trancinhas da cara. – Só quero dormir o dia inteiro e morrer.
- Que drama, Lilly. – Lauren a abraçou por trás. Até parece que você nunca teve uma ressaca.
- Eu nunca tive uma ressaca. – Respondeu.
- Então, deixa eu te ensinar. A gente cura ressaca ao ar livre, vendo tanquinhos! - Riu.
Dinah se levantou e Camila a acompanhou. Lauren saiu correndo atrás das duas. Não ia desistir de convencê-las.
 
***
Louis e Niall estavam correndo em volta do campo já com o time. Niall corria em ritmo lento e Louis o acompanhava para que ele não ficasse para trás.
- Eu quero morrer... - bufava o loiro.
Louis observava Terry de longe. Ele era alto, tinha cabelos castanhos e olhos escuros. Era o mais forte do time, jogava na zaga e desde o ano passado o treinador o nomeara capitão. Ele estava tão à frente dos outros na corrida que alcançou Louis e Niall, dando uma volta nos dois. Parou ao lado de Louis e diminuiu o ritmo para correr junto.
- Lou, ontem, eu não quero ficar brigado com você, cara. Ally não gosta de mim, ela gosta de você. Não vou ficar no caminho.
- Eu e ela não iremos voltar, Terry. O seu caminho está livre.
- Se ela quisesse ficar comigo, estaria, mas ela não me quer. Ela deixou isso claro ontem.
- Isso já não é problema meu. – Louis disparou na frente e deixou Niall e Terry para trás.
O treinador apitou para que eles parassem a corrida. Louis olhou para a arquibancada e lá estavam elas: Lauren e Lilly. Procurou Camila, mas viu Ally na parte de baixo conversando com Dinah. Elas pareciam estar discutindo.
Dividido os times, Louis resolveu que colocaria a cabeça no jogo. Camila não estava lá e ele não queria se estressar mais ainda com o que Ally estivesse fazendo.
 
***
 
Lauren estava dando tchau para Niall que retribuiu.
- Viu, Lilly? Olha que gracinha que Horan está. – Lilly concordou com a cabeça. Estava de óculos escuros.
Niall fez sinal para Lauren de que precisava falar com ela mais tarde e ela assentiu com o polegar. O treino começou.
- Por que você quis vir aqui hoje? – Dinah sentou-se perto das suas colegas.
- Como por quê? Gosto de ver gente bonita.
- Aquilo ali é bonito? - Dinah apontou para um dos jogadores que era realmente muito esquisito.
- Maravilhoso! – Respondeu Lauren sorrindo em tom de brincadeira para Dinah, que finalmente quebrou o mau humor e riu de volta.  
O treino acabou e Niall subiu as escadas da arquibancada para falar com Lauren.
- Olá, meninas. – Disse olhando para as três. Lilly que estava quase pegando no sono se ajeitou no susto rapidamente quando o viu na sua frente.
- Olá!! Responderam as três juntas.
Sentou-se ao lado de Lauren, tirou a camisa e secou a testa. Ela sorriu.
- O que você quer falar comigo?
- Só queria saber se está tudo bem. Eu apaguei um pedaço da festa. Cadê a sua outra amiga?
- Por ai, - respondeu balançando a mão. – Está tudo ótimo sim, querido. Mais alguma coisa que queira me dizer?
- Hum...é que tive um sonho com você. Com você e...sua outra amiga.
- Quem? Camila?
- Sim. – Ele disse um pouco tímido. – Puxou ela mais de lado para que Lilly e Dinah não os escutassem. – Eu não sei se eu estava dormindo, ou sonhando ou qualquer coisa. Ontem eu acho que sonhei que vocês duas estavam ficando e eu estava deitado assistindo. Como o sonho foi no quarto da mãe do Lou, eu tô aqui com essa dúvida.
- Pervertido até em sonho, né? Não quis participar do nosso romance? Lauren perguntou.
- Cara, eu não sei se eu sonhei ou se aconteceu, mas de qualquer maneira eu só queria ver mesmo. – Ficou com as bochechas vermelhas e deu risada.
- Se você viu, então aconteceu, nem que seja na sua cabeça, né? Disse Lauren.
Niall sorriu largamente. Concordou com a cabeça e disse que iria ao vestiário se trocar. Despediu-se das outras meninas e se foi.
Lauren estava sorrindo. As coisas aconteceram melhor do que ela planejara.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...