História A onde tudo começou - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Erza, Gajeel, Gale, Gray, Gruvia, Jerza, Juvia, Levy, Lucy, Nalu, Natsu
Exibições 105
Palavras 1.644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente esse capitulo é mais para vocês conhecerem os personagens um pouco mais, então não tem muito progresso hoje mais espero que gostem :)
comentem se vocês gostarem

Capítulo 4 - Capitulo 4- Nos conhecendo um pouco mais


Fanfic / Fanfiction A onde tudo começou - Capítulo 4 - Capitulo 4- Nos conhecendo um pouco mais

Capitulo 4- nos conhecendo um pouco mais

Lucy on

Depois que conheci Levy e os meninos acabei me sentindo bem mais feliz que antes. Não tanto quanto eu estando com o natsu, mais muito feliz.

Gajeel e Gray, sempre me travam muito bem, e mesmo gente brigando um pouco Gray me trata como uma irmã mais nova que precisa ser protegida a todo custo e Gajeel é aquele amigo que te zua de tudo, as vezes são irritantes mais eu adoro eles.

Levy é minha melhor amiga, começamos a fazer academia juntas porque ela disse que queria me ajudar a passar essa fase da minha vida que eu achei muito fofo da parte dela. Juntos vivemos “grandes aventuras”, pois nos tornamos meio que atentados. Mais vou dizer momo tudo começou.

Bom, ainda era a primeira semana de aula e eu tinha acabado de conhecer Levy e os meninos, e também tinha decidido que seria a nova Lucy. Que não deixaria que mais ninguém me humilhasse.

Eu tinha acordado triste neste dia, pois mesmo tendo esses novos amigos eu ainda sentia muita saudade do natsu. Mesmo eu tentando não conseguia tirar ele dos meus pensamentos... se bem que eu não queria que ele saísse só queria ele ali comigo.

Cheguei meio pra baixo na escola e a “cambada” (como os chamo ) vieram até mim:

Levy- tá tudo bem lu?-disse preocupada

Lucy- sim Levy, só to com um pouco de saudade do Japão.

Gray-Mais você não disse que sofria bullying lá?-perguntou confuso

Lucy- sim eu disse, mais não estou com saudade necessária mente do Japão-expliquei e ficaram mais confusos- estou com saudade do meu melhor amigo.

Levy- falando nisso, você nunca nos contou sobre ele- disse com a mão no queixo pensando- como ele é? Qual o nome? É bonito? Você gosta dele?- disse me fazendo varias perguntas de uma vez.

Lucy- calma minha fia respira- falei e ela tomou folego- bom por onde eu começo?

Gajeel- que tal do inicio? – disse irônico

Lucy- há  há, muito engraçado- falei sarcástica- Bom o nome dele é Natsu Dragneel, ele tem a nossa idade, é alto, tem um cabelo rosa maravilho- fui cortada

Gray- rosa?- disse e eu assenti- deve ser viad- não deixei ele terminar

Lucy- você não se atreva a terminar essa frase- disse com uma aura sinistra- 1° o cabelo dele é natural, e 2° se ele fosse ele ia ser especial do mesmo jeito. Gray opção de gênero não define a pessoa, sei que tem muitos homossexuais bons assim como há maus, do mesmo jeito que héteros, por isso nunca julgue uma pessoa por sua escolha sexual e sim pelo ela é por dentro- disse e ele abaixou a cabeça.

Gray- desculpa Lucy, fui muito idiota- disse olhando para o chão

Lucy-eu que peço desculpas, acho que exagerei- ele levantou a cabeça e sorriu

Levy- acabando o papo meloso, continua com a historia do moleque lá- disse Levy empolgada.

Lucy-ok, ok continuando. Ele tinha cabelo rosa NATURAL muito sedoso, olhos verdes que eu podia me perder naquela imensidão, ele era a pessoa mais gentil que já conheci, sempre me defendia. Ele não gostava de brigas, mais sempre brigava para me defender, mesmo que ele soubesse que ia perder... ele era meu apoio... a pessoa que eu podia contar sempre. A pessoa que mais se importava comigo, era tudo pra mim- me virei eles estavam calados me olhando até que disseram:

Levy, Gajeel e Gray: ela goxxxta dele- quando falaram isso eu corei.

Lucy- sim, eu gosto. E ele gosta de mim-disse a ultima frase pra mim mesma mais eles ouviram.

Levy: ai que fofa Lucy... Perai... Você falou que não tinha namorado- disse brava

Lucy-tecnicamente não tenho - disse e ficaram confusos- quando eu soube que eu ia embora gente fez uma promessa.

Levy-ai menina continua porque agora eu to curiosa- disse já pegando uma cadeira.

Gajeel e Gray- a gente também- e fizeram o mesmo.

Lucy-como eu disse, antes de eu vir para Londres eu e ele fizemos uma promessa que sempre esperaríamos um ao outro- eu já estava muito vermelha- ai eu disse que gostava dele e ele disse que gostava de mim ai.... ai...

Levy, Gajeel e Gray-AI O QUE????

Lucy- ai ele me deu um beijo- eu já estava fazendo cospley de cabelo de Erza de tão vermelha

Levy- ai meu deus, o boy te beijou, arrasou amiga. - disse com corações nos olhos

Lucy- mais foi só um selinho... Nessa hora

Gajeel- como assim nessa hora? Teve outra hora? amiga conta tudo- disse fingindo imitar Levy e rimos

Lucy- é que uma semana depois no dia da mudança... Eu o beijei.

Ficamos em silencio por um tempo até:

Levy- miga sua louca já ta toda no esquema do boy e eu aqui solteirona- disse e Gajeel fez cara feia- ai que inveja

Lucy-ok, ok já falei muito de mim, a gora quero saber de vocês.

Gray- ok eu vou primeiro- ele disse- bom meu nome é Gray Fullbuster tenho treze anos nasci aqui em Londres. Quando eu tinha 3 anos meu pai foi vitima de um assalto, ele não tentou resistir mais mesmo assim o ladrão deu um tiro na cabeça dele e meu pai morreu na hora- disse triste- depois disso fiquei um tempo na minha vizinha enquanto minha mãe tentava arrumar emprego, a vizinha tinha uma filha, ela tinha cabelo azul que nem a Levy...  Mas eu não consigo lembrar o nome dela, por mais que eu tente. Quando fiz 9 anos minha mão Ur e minha irmã mais nova ultear sofreram um acidente de carro enquanto eu estava na escola e as duas faleceram... Desde então eu moro com meus tios, com o Gajeel e com a Wendy a irmã mais nova dele.

Gajeel-minha vez-ele disse- meu nome é Gajeel Redfox tenho quatorze anos, repeti ano passado, pois eu estava em uma faze rebelde, acho que ainda estou mais agora sei ajustar minhas prioridades.  Eu nunca me dei bem com meus pais, e nunca fiz muita questão sobre isso. Eles querem que eu seja um empresário e siga os passos do meu pai, mais isso não é o que eu quero fazer, eu quero viajar, me descobrir, conhecer lugares diferentes, pessoas diferentes, isso é meu maior sonho mais meus pais não aceitam isso por isso sou muito rebelde. Bom eu moro com meus pais, minha irmã e o Gray, eu ele brigamos muito mais muito mesmo mais ele é um irmão pra mim- disse e sorriu- bom ano passado conheci a Levy e ela me fez perceber o quanto eu estava sendo idiota abandonando tudo para tentar aparecer e agora somos grandes amigos mesmo ela dando ataque de vez enquanto. Disse a olhando- bem, sua vez baixinha.

Levy- ok...a Gajeel... BAIXINHA É A SUA VÓ, VOCÊ QUE É MUITO ALTO- disse berrando-bom meu nome é Levy Mcgarden tenho treze anos, sou filha única, sou muito estudiosa gosto muito de ler, e sou um pouquinho estressada-disse e Gajeel riu- calado. Bom eu “moro” com meus pais. Isso é quando eles estão em casa pois eles viajam muito. Sempre vivi sozinha então também não tenho muitos amigos. Conheci Gajeel e Gray ano passado e agora somos grandes amigos-disse com um grande sorriso- não tenho uma historia muito emocionante como esses dois mais é o que tem pra hoje. Vai Lucy sua vez.

Lucy- mais eu já fui

Gray- mais não como a gente falou.

Lucy-ok, ok- disse já desistindo- bom meu nome é Lucy Heartfilia, tenho ter--- me cortaram.

Levy- Heartfilia? Seu sobrenome não era Dreyar?-disse confusa

Lucy- Dreyar é o sobrenome da minha mãe, eu o uso, pois não quero que pessoas sejam gentis comigo por interesse.

Levy- deixa ver se eu entendi-disse com cara pensativa- você é Lucy Heartfilia, herdeira do maior empresário da Europa?

Lucy- isso- disse

Levy- serio Lucy cada vez gosto mais de você, você poderia ser uma babaca que esnobasse os outros, mais na verdade você esconde sua fortuna para que as pessoas gostem de você do jeito que é-  disse sorrindo serenamente e retribui o sorriso- a mais você podia pegar um bolo de dinheiro e sair gritando na frente das inimigas “ EU SOU RICA, EU SOU RICA”- e o demônio Levy ataca novamente.

Gajeel- menos Levy, muito, muito menos.

Levy- seu chato- disse fazendo um biquinho muito fofo

Gray- deixa a Lucy continuar

Lucy- obrigada- sorri- como ia dizendo antes de alguém me interromper- olhei para Levy- meu nome é Lucy Heartfilia, tenho treze anos nasci em Tóquio no Japão, moro com minha mãe e meu pai. Os dois são ótimos pais e sempre me dão atenção, além deles tenho um primo chamado Laxus, faz acho que uns oito anos que não o vejo mais sinto muita saudade dele. Como eu sempre fui acima do peso às pessoas sempre me zuavam e faziam bullying comigo, isso até eu conhecer natsu, eu o conheço dês dos meus oito anos, ele é meu melhor amigo e ficou no Japão. A um mês eu me mudei para Londres e acho que quase entrei em depressão, comecei a passar mal e o medico disse que minha saúde estava sendo afetada. Decidi começar a fazer academia e faço dês de semana passada. E agora estou aqui contando minha historia para três pessoas que posso chamar de amigos- disse e eles sorriram

Levy- Lucy, eu vou fazer academia para te incentivar, eu também preciso de exercícios

Gray-eu e o Gajeel já fazemos em outra academia então não podemos trocar os horários... Mais vamos te incentivar muito.

 Gajeel- isso ai bunny girl, conta com a gente.

Lucy- gente... muito obrigado- sorri- vocês são incríveis

Levy, Gajeel e Gray- nos sabemos – e demos muitas risadas.

Esse dia foi muito especial para mim, pois nos conhecemos um pouco mais e isso deu inicio a nossa grande amizade.


Notas Finais


Então gente o que acharam? ficou bom?
diga ai e deixe seu favorito :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...