História A Órfã - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Zayn Malik
Tags Drama, Incesto, Romance
Exibições 87
Palavras 1.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu amo a droga dessa musica que usei como título, eu descobri ela lendo uma fanfic PER-FEI-TA, chamada "six" e vou divulgar ela ali nas notas finais, sim me agradeça depois cara autora, ela embora não tenha o Zayn como protagonista muito pelo contrario, é uma das minhas preferidas e ela é com o Harry, de modo que sempre que eu a escuto lembro dele e me vi na obrigação de incluir esse momento, devaneios de cigarro, embora não tenha nada de cigarros nesse capítulo.
Enfim, espero que curtam esse, eu adorei escrevê-lo e adorei fazer uma friendship entre Melanie e Harry. Eu adoro esse garoto!
Bom, boa leitura e é isso aí!
>>> Lah Malik

Capítulo 18 - Devaneios de cigarro.


Fanfic / Fanfiction A Órfã - Capítulo 18 - Devaneios de cigarro.

ANTERIORMENTE:

Candice pelada em cima de Zayn que se encontrava na mesma situação. Eles estavam transando. Nossos olhares se encontram e eu senti as lágrimas caírem freneticamente.

- Meu Deus.

*************************************************************************************************************************

Você ficou lá sozinha?

Oh eu não consigo explicar o que está acontecendo

Eu consigo te ver do meu lado 

Dentro e fora, em algum outro lugar agora - Cigarrete Daydreams 

 

Melanie’s POV

Eu nunca havia sentido o que sentia naquele momento, eu devia no mínimo estar com uma cara bem bizarra já que Zayn literalmente arrancou a garota de seu colo. Eu sentia nojo, raiva e decepção tudo misturado.

- Mel... – Ele tentou dizer, mas eu apenas me virei dando-lhe as costas.

Eu sentia necessidade de vomitar, e uma vontade extrema de arrancar os cabelos daquela vaca.

- Ei, espera! – Senti mãos quentes me tocar e me virei bruscamente lhe dando um tapa forte na cara.

Zayn cambaleou de leve e se recompôs logo em seguida, me olhando assustado.

- Não toca em mim, seu imundo, traíra! – Gritei e sai andando em disparada.

Eu não conseguia nem pensar direito, nem sabia para onde ia, só sabia que ia e sem ele! Senti meu rosto úmido e só aí percebi que estava chorando. Entrei na casa sem olhar para trás procurando desesperadamente Liam ou Harry, apesar de Harry ser o mais apropriado tendo em vista que estava indiretamente irritada com Liam, por ser tão idiota a ponto de namorar aquela cobra.

- Aconteceu algo? – Um braço me parou e eu encarei o homem a minha frente. Era o tal Duan, o anfitrião daquela festinha.

Olhei para trás com medo de ser alcançada, mas por incrível que pareça, Zayn não estava mais atrás de mim.

- Ér... Eu estava procurando o Harry – Falo engolindo em seco e ele enruga a testa, mas me aponta um local sem falar nada.

De longe vejo a cabeleira cacheada de Harry e agradeço ao cara, que ainda me olha com preocupação. Ando em passos largos até Harry que não demora para me notar.

- Melanie? Tá tudo bem? – Pergunta se desvencilhando de uma loira e vindo até mim.

- Não, você pode me levar pra casa? – Pergunto me encolhendo e ele assente rapidamente, me guiando para fora da casa.

- Quer me contar o que aconteceu para você estar pálida desse jeito? – Ele pergunta assim que entramos no carro.

Balancei a cabeça negativamente e ele compreendeu minha decisão. Fui encostada ao vidro do carro o caminho inteiro. A música melancólica que tocava só piorava a situação. Harry percebeu meu desconforto e desligou o mesmo.

- Você tem as chaves da casa? – Ele perguntou assim que virava a esquina para entrar no condomínio.

Droga! Mais essa!

- Não tenho – Falei derrotada já sentindo meus olhos arderem com vontade de chorar. – Porra! – Soltei. Eu precisava xingar.

Harry arregalou os olhos e eu teria rido se fosse em outra situação.

- Ok, podemos tomar um sorvete enquanto Zayn não chega, que tal? – Ele propõe já dando meia volta.

O problema era exatamente esse! Eu teria que vê-lo, eu não queria vê-lo, sob nenhuma circunstância, mas nessa situação eu seria obrigada a encará-lo ainda hoje.

Ter chaves da casa! Anotado!

- Ok – Suspirei sem nenhuma outra alternativa.

- Eu conheço um lugar com o melhor sorvete da cidade!

(...)

Zayn’s POV

- Porra! – Gritei quando alguém me parou me impossibilitando de seguir ou ver Melanie. – Sai da minha frente garota!

- Nossa como ele está grosso hoje – Glenn disse sínica e eu rolei os olhos. Não sabia que ela podia ser tão irritante. – Primeiro, me confunde com uma qualquer e me deixa lá plantada, segundo, finge que não sou ninguém para umazinha qualquer e terceiro...

- Uou, uou, é melhor você ir calando a sua boca! – Falei nervoso. – É melhor você retirar o que disse!

- Não retiro porcaria nenhuma! – Ela deu chilique no meio da festa e eu coloquei a mão em meu rosto, mais que irritado. – Foi com aquele projeto de vadia que você me confundiu, seu cafajeste! – Ela disse com uma voz aguda que doeu meus tímpanos.

- Ah cala a boca garota, você nem é minha namorada pra começar, foi só uma foda aleatória – A vi arregalar seus olhos amendoados – E não me olha como se não soubesse Glenn.

Ela encarou o chão por alguns segundos me fazendo arrepender de ter dito tais coisas.

- O problema é que comecei a gostar de você...

- E eu sinto muito por isso, mas esse relacionamento não tem futuro. Alem do mais, eu gosto de outra pessoa, me desculpe.

Ela riu debochadamente e eu arqueei as sobrancelhas.

- Você quem sabe! – Ela disse e se virou rebolando a bunda, mas parou e voltou a me encarar. – Só mais uma coisa – A encarei tenso – Você perdeu a melhor foda da sua vida!

(...)

Melanie’s POV

- Experimenta, você não vai se arrepender – Harry dizia insistente me apontando seu copo de Milk shake, e nessas horas eu já ria compulsivamente do seu jeito extrovertido e maluco.

Era impossível ficar triste tendo Harry Styles ao seu lado.

- Não, isso não parece ser nada bom! – Falei empurrando o copo.

Ele me oferecia um Milk shake roxo, que agora nem lembrava mais o nome.

- É de origem brasileira, e tudo que é brasileiro, nunca decepciona – Ele pisca e eu rio.

Me dou por vencida e pego o copo da mão dele que sorri, animado. Parece mais uma criança. Levo minha boca ao canudo deixando um Harry mega ansioso esperando pela minha provação.

- É do que mesmo? – Pergunto afastando o copo e sua felicidade vai embora me fazendo gargalhar.

- Açaí Melanie! Toma vai – Ele fala rindo.

Levo novamente o canudo a minha boca e puxo o liquido roxo, sentindo o gosto. De primeira não gostei muito, por ser algo que nunca tinha provado, mas no final de tudo já pedia a moça um para mim do mesmo gosto abandonando o de chocolate.

***

- Viu garota! Vai brincando com os meus gostos – Ele falou convencido, enquanto eu finalizava o Milk shake.

- Ok, confesso, isso foi a melhor coisa que eu já bebi! – Eu falo e ele gargalha, adoro o som.

- Isso, foi porque você não provou O açaí, é maravilhoso! E você pode acrescentar vários ingredientes, como nutella que nem o nosso, ninho, leite condensado, morango.

Sorrio ao imaginar o gosto.

- Onde tem aqui em Londres?

- Tá aí o problema, linda – Ele fala cabisbaixo e eu engulo em seco por conta do elogio repentino. – Não tem aqui, ele é original do Brasil, se existir aqui vai ser ruim pra caramba! – Rio do seu jeito e faço biquinho.

- Você já foi ao Brasil? – Pergunto remexendo o canudo no copo vazio.

- Hmm, não, mas minha irmã já e ela meio que viciou e trouxe um balde de três litros. – Ele disse e eu gargalhei novamente.

- Melhor pessoa ela – Falo e ele assente.

- Sim, se não fosse por ela eu nunca teria conhecido essa belezinha aqui – Ele fala e eu mordo os lábios encarando o copo vazio.

O silencio paira, ele me encarando, e eu encarando o copo.

- Ok, mocinha, pode pedir outro! – Ele disse rindo me fazendo gargalhar. Pela milésima vez só naquela noite.

(...)

Zayn’s POV

A trajetória inteira, vim rezando para que quando chegasse Melanie já estivesse lá, mas me desesperei ao ver que não estava.

- Como assim ela não está aqui, Emily! – Falei irritado e ela deu um passo pra trás, assustada.

Ela ergueu os ombros sem saber o que dizer e eu suspirei sentindo minha garganta se fechar. Pensei em mil besteiras diferentes.

E se alguém tivesse a pegado?

E se ela tivesse sido seqüestrada?

E se ela tivesse sido atropelada?!

Não, nessas horas eu já saberia. Mas isso não foi acolhedor, caso a opção continuasse sendo a do seqüestro. Ela estaria indefesa, e eu ao menos saberia onde ela estaria. Comecei a me desesperar e resolvi ligar para Liam, uma vez que eu não havia o visto mais, e ele poderia saber de algo. Ele demorou a atender e quando o fez, me respondeu com o mesmo tom de sempre me fazendo acalmar em boa parte, já que ele ainda não sabia da cagada que eu tinha feito.

Dois imbecis mesmo.

- Não a viu mesmo cara? – Perguntei com aos mãos na cabeça. – Hã? Não, porque ela estaria com ele, não faz sentido! – Será? – Ok, vou ligar pra ele!

Eu não tinha certeza se preferia a ideia de ela estar sumida ou estar com o Harry.

(...)

Melanie’s POV

Engoli em seco assim que Harry parou em frente a mansão. Avistei o carro de Zayn e rapidamente encarei Harry num pedido de socorro.

- Você podia ter me deixado ficar lá na sua casa, Hazza.

Ele sorriu e se aproximou suspirando.

- Primeiro que Zayn morreria de preocupação, segundo que ele me mataria e terceiro isso ia ferrar com tudo – Ele disse e eu bufei sabendo que ele estava certo. – Por mais que eu quisesse muito, eu não podia, pequena.  – Ele sussurrou finalizando e meu coração palpitou alto.

- O-ok – Retirei o cinto que me envolvia e sai do carro sendo seguida por Harry. – Eu realmente não queria o ver agora!

Harry me olhou confuso e curioso. Chegamos a porta e assim que ele apertou a campainha seu celular começou a tocar numa musica que eu reconheci imediantamente.

- Você gosta dessa musica? – Perguntei o encarando firmemente ainda ouvindo aquela melodia mais linda.

- Eu amo Cage the elephant – Ele fala dando de ombros e eu continuo a encarar em choque.

- É a minha musica preferida – Falo simplesmente ainda em choque e ele me olha de volta intensamente.

Somos interrompidos pela porta sendo aberta abruptamente. Zayn me olha como se visse alguma santidade, mas assim que nota Harry fecha a cara na mesma hora.

 - O que você está fazendo com ele, Melanie?!

(...)

Devaneio de cigarro

Você tinha só 17 anos

Fala suave com um pouco de maldade

Quase me deixou de joelhos - Cigarrete Daydream


Notas Finais


Six: https://spiritfanfics.com/historia/six-2430127
Link da música, escutem vale a pena!: https://www.youtube.com/watch?v=QuFb2iRhM7M
Não ficou tão grande, mas não vou demorar a atualizar!
Espero que tenham gostado, eu particularmente achei incrível escrevê-lo!
Beijooos!
>>> Lah Malik


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...